« Meus 25 anos de PC | Home | Podsemfio na iTMS »

agosto 12, 2006

Não gaste R$ 6000 no litro de tinta de impressora

Um litro de tinta de impressora custa R$ 6000. Depois que a ficha caiu, eu não me revoltei, simplesmente. Eu me alarmei! Muita gente que quebra vidros de carros para roubar aparelhos de som vai se tocar que está perdendo dinheiro. O negócio é arrombar escritórios e roubar cartuchos de tinta!

Brincadeiras à parte, fico estupefata de constatar que, em plena era da documentação eletrônica, muita gente se sente dependente ainda do papel e dos cartuchos. Minha mãe até hoje imprime artigos da internet para ler depois, e os faz como as crianças do século passado faziam com suas pastinhas de recortes.

Felizmente hoje há maneiras de não desperdiçar nosso dimdim com esse líquido tão precioso.

Eu só uso minha impressora quando realmente preciso. Ou melhor, quando sou exigida. Hoje, é apenas para os receituários dos pacientes, que ainda precisam de um papel em mãos para se dirigirem à farmácia. Fora isso, nem para a faculdade. Na UnicenP a maioria dos meus professores tem uma mentalidade totalmente compatível com o mundo digital. Se algum trabalho meu tiver que ir para o papel, os alunos mandam imprimir dos próprios laboratórios para a Central de Impressão. Que só usa impressoras a laser. Pudera, o que se podia esperar do Grupo Positivo?

E você? Gasta racionalmente sua tinta? O que você faz quando paga uma conta ou fatura via internet banking? Imprime o comprovante e grampeia na conta? Fala sério!

Ano passado comentei aqui no site que há maneiras de guardar seus recibos, documentos e páginas da web num formato universal, que funciona em PDAs e celulares, que não gera perda na formatação, usando o RepliGo. O único problema é compartilhar os arquivos, já que tudo fica no formato RGO. Mas isso também é possível usando o formato PDF. Há vários programinhas gratuitos por aí, que criam uma impressora virtual e "imprimem" tudo o que você quiser em arquivos PDF. Excelente.

Assim, converto todos os meus comprovantes, recibos, demonstrativos de pagamentos e tabelas de referência em PDF. Mas textos e páginas da web, colunas de jornais, artigos científicos... ainda prefiro o RepliGo, que uso desde 2002. Ele funciona bem mais redondinho em PDAs e smartphones para esse fim. Leio meus artigos com conforto visual, posso adicionar anotações, bookmarks e até sublinhar trechos com marca-texto.

P.S.: Aproveitando a deixa... ok, já falei isso aqui milhares de vezes, mas... o Reader da Sony tá demorando MUITO! Não agüento de expectativa...

postado via wi-fi

Escrito por Bia Kunze em Aplicativos em agosto 12, 2006 02:52 PM

IMPORTANTE: escrevam nos comentários somente o que estiver dentro do assunto do post. Dúvidas genéricas sobre outros assuntos, mandem-nas para: bia arroba garotasemfio.com.br. Obrigada!

Ainda tenho recibos de 1999 ate hoje,todos em 5 caixas.

Escrito por Lu em agosto 12, 2006 06:06 PM

Gostei desse Sony Reader :)

Mas e quanto vai ser o preço da brincadeira!?

Realmente imprimir é muito caro, assim como tirar cópias (0,08naUfpr) ... mas eu definitivamente não consigo ficar lendo na frente do PC.

Tenho uma pilha de artigos me aguardando, o jeito é ir acostumando o bolso para essa semana....

Escrito por Rafael Slonik em agosto 12, 2006 07:36 PM

Vale lembrar de um software muito bom pra economizar na hora em que impressões se mostrem necessárias. Ele é o Inksaver.
http://www.inksaver.com/
Funciona muito bem. Ajustando corretamente não se percebe diferenças nítidas entre um documento impresso com ele acionado, ou sem ele.
Maiores informações: http://www.baboo.com.br/absolutenm/templates/content.asp?articleid=13325&zoneid=19

Escrito por Cleber Luiz em agosto 12, 2006 08:20 PM

Rafael, estima-se que o Sony Reader custe entre 300 e 400 dólares e o lançamento seja até setembro.

Escrito por Bia Kunze em agosto 12, 2006 10:10 PM

Eu devo confessar que prefiro imprimir as documentações que preciso estudar. Lendo direto da tela do computador, acabo deixando passar detalhes e perdendo tempo devido a releitura.

Além do mais, meus olhos são mais valiosos, do que qualquer tinta ou folha de papel.

Escrito por Sidney Costa em agosto 13, 2006 01:46 AM

Além do RepliGo que é apenas para symbian e PDAs. Qual funciona com o mesmo objetivo para Java?

Escrito por ivan Luiz em agosto 13, 2006 04:10 AM

para celulares em java tem o read maniac que possui um assistente pro windows que cria o software em java com opções que vc quer, como o stand alone que o livro vc ja deixa embutido dentro do arquivo em java, assim pode por algumas imagens e formatações, e tem a versão full onde vc salva varios arquivos de texto puro na mamoria do celular e pode ler, a desvantagem justamente é que só texto puro mas da pra abrir varios livros e arquivos de texto, enquanto em stand alone da pra por umas imagens mas daí que tem ter um programa em java pra cada livro.
http://www.deep-shadows.com/hax/ReadManiac/
ele funciona pra maioria dos aparelhos que aceitam java

O negocio de usar papel realmente é um problema, mas o duro que o valor de aparelhos como PDA, Tablet PC e outros, que substituiriam, ainda ñ é muito acessivel pra qlq um, eu mesmo gostaria de poder ter um PDF pra colocar nele os livros que uso na unicenp, mas não tenho condições ainda de comprar um, então sempre que posso, acabo tendo que imprimir em papelo mesmo...
recomento pra akeles que tem boa visão:P usar recursos como tem no driver das impresoras epson, ou no proprio adobe pdf reader, que imprime varias paginas por folhoa, eu imprimo 4 por folha, depois recorto e fico com um compacto livro de bolso pra ler facilmente em qlq lugar ...
mas assim puder, compro um PDA legal pra ter os livros nele :D hehehe

Escrito por Ed Carlos em agosto 13, 2006 06:08 PM

Sobre o site que falou sobre o litro de tinta custar 6000 reais... um galao de 5 litros de tinta pra impressora custa 150 reais.
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-45930065-tinta-para-impressoras-galo-de-05-litros-14990-_JM

Escrito por Bruno em agosto 13, 2006 07:26 PM

"Muita gente que quebra vidros de carros para roubar aparelhos de som vai se tocar que está perdendo dinheiro. O negócio é arrombar escritórios e roubar cartuchos de tinta!"

Hahahahahaha

Eu já não tenho impressora há muito tempo. Penso em comprar uma jato de tinta para usar somente em casos urgentes, mas acho que não vale a pena. Pois ao deixá-la muito tempo sem usar, corro o risco da tinta secar. Quando for realmente necessário imprimir alguma coisa, vou com um disquetinho na mão até a papelaria da esquina e papo alguns cents por isso.

Escrito por Marcus Danillo em agosto 14, 2006 03:14 AM

[autor do artigo citado]

Bruno, LEIA o artigo que você comentou. Depois vá em uma loja, compre um cartucho original, faça as contas e me diga quanto sai um litro.

Escrito por cardoso em agosto 14, 2006 07:22 AM

Realmente concordo que o preço dos cartuchos é realmente muito elevado.
Quando preciso imprimir alguma coisa, geralmente uso a impressora matricial da empresa. A qualidade não é lá essas coisas, mas se é só para ler, como alguns disseram acima, ou para imprimir "receita de bolo" serve. Para impressões que necessitem de mais qualidade, uso o laboratórioda faculdade.
Tbm sou adepto do PDF e recomendo o pdf creator para quem ainda não conhece, ou o próprio Open Office (Br-Office pra nós aqui no Brasil) que exporta para PDF. Para leitura de PDF no PC recomento o Foxit (tem só 1,5 Mb. Não conheco o RepliGo, mas vou testar. :)

Escrito por Emerson Padilha em agosto 14, 2006 11:00 AM

Cheguei aqui porque vi seu artigo no br-linux.org. Adorei seu texto, a propósito.

Eu trabalho num atelier de informática no UnicenP (Desenho Industrial - Macintoshes) e imprimo todos os meus trabalhos aqui, hehe! Num curso como o meu, se prima pela qualidade gráfica dos trabalhos, então não tem como fugir.

Mas faz tempo que não compro cartucho de impressora. Fala sério: o original da minha Lexmark é cinquentão!

------

Conheci seu blog na época do lamentável incidente "Não! a divulgação negativa", onde o fanatismo tinha tomado o lugar da livre opinião e transformado seu blog num ringue.

Não se preocupe: eu odeio Windows, pra mim, sistema é Mac OS X ou Linux, mas respeito sua opinião. :-)

Nem imaginava que você estudava aqui também!

Escrito por Fabiane em agosto 14, 2006 01:43 PM

É assustador o que você escreveu: R$6.000 por 1l de tinta de impressora?

Todavia, acho que há duas falhas no raciocínio. Primeiro, se eu efetivamente não chegar a usar um litro de tinta de impressora esse valor passa a ser irreal. Gastarei mais com os míseros R$2,45 o litro da gasolina, que certamente deve polui o ar mais do que o papel impresso.

Segundo, quem prefere ficar usando a tela, especialmente a do desktop, em lugar de um material impresso estará estragando a vista mais rápido do que se lesse o mesmo texto impressso, ou seja, uma economia porca. Poupar uns trocados e estragar a vista.

Escrito por Fernando em agosto 14, 2006 06:56 PM

Cardoso,
Eu LI os dois, o seu inclusive. Só que eu não concordo, inclusive coloquei minha opinião no seu. O preco que o cartucho está é só uma questão de mercado. O preco da tinta obviamente é baixissimo como eu mostrei. O cartucho custa esse preco simplesmente pq não vende mais. Pra quem tem escritório compra esse galões de tinta pra ficar recarregando os cartuxos. Se continuarem a não usar impressora como tá acontecendo o preco vai subir tanto que vai ser inviável impressora doméstica, e os fabricantes vão tirá-las do mercado. Muita gente não vai sentir falta, outros vão. Fazer o que, é a lei de mercado.

Escrito por Bruno em agosto 15, 2006 10:28 AM

Grande informação!

Escrito por César em agosto 16, 2006 08:40 PM

Bem já faz uns dois anos que deixei de ser escravo da tinta, comprei uma impressora lazer. Agora a minha única preocupação é com o custo do papel visto que o toner vai durar mais de 2000 páginas. :)

Escrito por Xpf em agosto 17, 2006 04:10 PM

Concordo que a tinta da impressora é realmente cara. Infelizmente as empresas que desenvolveram tais impressoras uniram a "cabeça de impressão" aos cartuchos. Obviamente, pegando o gancho nesta tecnologia diversos outros fabricantes picaretas que não possuem a "cabeça de impressão no cartucho" abusam no preço da tinta já que a "HP tem a tinta mais cara do mundo". Só que existe um porém. A verdade é que o caro não é a tinta... como foi comprovado por alguém que postou um link do Mercado Livre. O caro é a tecnologia da chamada "cabeça de impressão" que deveria ter ficado na impressora. Com exceção da HP, alguns fabricantes já perceberam isto, retiraram as cabeça de impressão do cartucho, voltaram a coloca-lo embutido na impressora mas infelizmente mais uma vez os preços do cartucho não caíram tanto por causa da cultura CARTUCHO É CARO MESMO. Gente, numa boa se você não precisa imprimir não imprima, agora se for realmente necessário usem as famosas matriciais ou as LASER que possuem a melhor relação custo benefício neste mercado milionário. Ps: Vários documentos transmitidos pela internet já possuem validade legal, a tendência das impressoras é diminuir cada vez mais.

Escrito por Mauro em agosto 18, 2006 11:42 AM

"Garota sem Fio - "Não gaste R$ 6000 no litro de tinta de impressora" - Bia Kunze é uma superstar ;-) O texto dela foi o mais lido da semana no BR-Linux."

Escrito por a em agosto 20, 2006 01:01 AM

Ai, n é por nada nao ... uso micro bem antes q vc posso garantir ...
outra coisa q posso garantir é q a boa e velha impressora, seja a laser a jato de tinta ou ate a de agua recentemente inventada no japao ( rsrs essa é brincadeira), mas elas nunk deixarao de ser usadas ....
Um documento no papel vale muito mais do que em uma tela de pda, micro ou oq for !!
As praticidades sao incrivelmente maiores, isso é indiscutivel, mas assim como o jornal (por mais asqueirozo q seja ler akilo) nunk acabará !!
Eu mesmo odeio ler joral ... mas nunk ira acabar ...
Portanto ... temos de adequar nossos bolsos rsrsr

Escrito por Arthur em agosto 21, 2006 11:18 AM

Sabem quanto custa o cartucho de tinta preta da HP 1510 em minha cidade (Teresina-PI)? R$ 57,00. Isso mesmo, R$ 57,00 por míseros 5 ml de tinta que acabam em um piscar de olhos. Concordo que ter um texto impresso é bem mais saudável (para os olhos) e talvez mais cômodo. Mas que é um absurdo, isso é. Façam as contas e calculem quanto custa um litro. Chega a ser imoral.

Escrito por Hallyson em setembro 3, 2006 12:54 PM

De boa... só pra constar... Eu não sou vendedor, já aviso, mas sou usuário, no meu escritório tem um sistema que se chama Bulk Ink, Compro a tinta por litro e pago 1% do valor citado na matéria, 60 reais o litro de cada cor.... Será que vocês não estão exagerando não... Se acham caro, então não comprem e vão atrás de soloção... A industria de tintas e impressoras está na dela, eles produzem, dão o preço e vendem, sem crime nenhum... Agora se vocês estão se achando prejudicados, protestem... não comprem mais, procure um sitema mais econômico... Tenha alguma reação que mude isso, ao invés de só postar textos nos blogs... o Brasileiro precisa aprender a tirar a bunda da cadeira... Sabem de onde veio este tal sistema que eu mencionei lá em cima? ... Dos Americanos, que apesar de metidos e prepotentes, sabem exigir e reclamar... enfim, era pra ser só um toque e virou um protesto contra a morosidade do povo do nosso País... Nada Pessoal!!! Boa Sorte !!!

Escrito por Alberto em janeiro 12, 2007 01:50 AM

Eu pago 70 reais em 500 ml de tinta, nossa!

Escrito por rafael damaso em setembro 9, 2008 04:34 PM