« Mini-review: Motofone F3 | Home | CNN Mobile: não é mais um portal espremido no celular »

março 06, 2007

Estou abandonando o Firefox

Sei que estou em vias de ser condenada à fogueira como herege, mas vamos lá. Pensei mil vezes antes de vir a público dizer isso. Não, não estou casando, ou saindo do armário. É pior. Estou abandonando o browser Firefox pelo Explorer 7.

Openxiitas e militantes anti-Microsoft, baixem os rifles e deixem eu falar primeiro!

Sabemos que o Firefox é um excelente browser e está ganhando cada vez mais terreno, aproveitando-se das inúmeras brechas de segurança do quase onipresente navegador da Microsoft. Além disso, os milhares de plug-ins o tornam único em versatilidade de funções.

As "chatices" começaram quando fiz o upgrade para a versão 2.0. Não foi logo que ela saiu, pois meus plug-ins não funcionariam nela. Resolvi aguardar.

Atualizados os plug-ins, fiz a atualização há algumas semanas. Para minha surpresa, o browser ficou bem mais pesado do que era. Ele simplesmente devora todos os recursos da minha máquina, independente do número de abas abertas. E começou a ocasionar travamentos, coisa que nunca acontecia antes. Algumas abas também passaram a fechar sozinhas quando eu simplesmente clicava para visualizá-las.

Mas continuei usando... comecei a cogitar um downgrade... aí outros fatos vieram à tona.

Nas últimas semanas, tenho me irritado com o fato dos 3 sites que mais acesso todos os dias não serem compatíveis com o Firefox até hoje: dois são dos planos de saúde que sou conveniada e passei recentemente a fazer liberação online de tratamentos. O terceiro é o da faculdade, o Unicenp. Um desses convênios de saúde, que tenho um grande número de clientes, liberou essa semana o atendimento online e me frustrei com o fato dele não funcionar no Firefox.

Como costumo trabalhar com várias abas simultaneamente, postando no blog aqui, lendo uma notícia ali ou liberando um atendimento online acolá, percebi que o Internet Explorer 7 ganhou fortíssima presença no meu dia-a-dia. E a versão 7 está bem legal, com suas abinhas, feeds e com sincronismo de favoritos no meu smartphone, algo que sempre gostei muito. Na pasta "favoritos móveis" você coloca apenas os links que deseja que estejam em seu dispositivo móvel também. Muito prático. Não é um primor de leveza, mas em desempenho, vinha ganhando da raposinha.

Segurança? Aqui está tudo em ordem, uso há anos os pacotes da Symantec. Não entro em sites suspeitos e sou uma pessoa com boa educação digital. Vírus, spywares e afins, quando aparecem, são caçados no exato momento em que surgem. As manutenções e atualizações, inclusive do XP, estão sempre em dia. Minha máquina é estável e segura. Nunca tive crashes nem precisei reformatar nada. Ah, vale lembrar que não tem nada pirata aqui.

Falem o que quiser, mas a gente faz nossas opções não só por escolhas de cunho afetivo, mas também de cunho prático. O Internet Explorer hoje se transformou, oficialmente, em meu browser padrão. E hoje o processo se consumou. Exportei meus bookmarks e desinstalei o Firefox do meu notebook. Como vocês podem notar, a culpa não é só dele, mas também de webdesigners e desenvolvedores que insistem em não padronizar seus trabalhos para funcionar em qualquer máquina, de qualquer OS e qualquer browser.

Apesar de tudo, o Firefox continuará presente na minha vida. Mas no pendrive, e na versão 1.5.

Pronto, falei.

Pesquise preços de: notebooks computadores notebooks com Linux

postado via gprs / edge

Escrito por Bia Kunze em Desktop em março 6, 2007 11:54 AM

Citações

Endereço para citar este post:
http://www.estrelasdopassado.com/odontopalm/cgi-bin/mt/mt-tb.cgi/926

IMPORTANTE: escrevam nos comentários somente o que estiver dentro do assunto do post. Dúvidas genéricas sobre outros assuntos, mandem-nas para: bia arroba garotasemfio.com.br. Obrigada!

q pena, mas só vc q está tendo tantos pepinos..
talvez sejam problemas a serem corrigidos com uma formatação, ou uma "revisão" na sua máquina.. vai saber..

qto aos sites, testei aqui e nem no ie funcionou.. é a típica história dos maus desenvolvedores.. mas o q se pode fazer?

já sei, já testou o opera?.. e o novo netscape?

é verdade q o ie7 recarrega a pag em nova aba como se estivesse com o cache vazio?

ou até mais.. já setou baixa no consumo de memória através do about:config do ff?..

:\

isso me deixa muito triste..

Escrito por :\ em março 6, 2007 12:07 PM

Entendo seus motivos, mas eu não troco o meu FireFox por nada, principalmente pelo o IE7, que eu detesto e só uso para entrar acessar o site do meu banco online.

Boa sorte com o Explorer, algo me diz que você vai precisar.

Escrito por Nick Ellis em março 6, 2007 12:07 PM

Bem, eu acabei de perder pela terceira vez meu bookmark no Firefox. Azar? Mal uso? Não, simplesmente desapareceu DE NOVO.
A sorte é o Del.icio.us e o backup semanal que me fez perder 2 ou 3 sites apenas. Mas ainda não sinto segurança no IE7

Escrito por Cobra em março 6, 2007 12:24 PM

Nem é questão de sentir segurança no IE7. Os sites que preciso só funcionam nele, que eu posso fazer?
Mas gosto mais do 7 que do 6.

Escrito por Bia Kunze em março 6, 2007 12:28 PM

HEREGE!!!!
Abandonar o FirefoX, tudo bem. Mas, pelo IE????
Opera, não?

Bloqueando o arquivo de hosts... Redirecionando odontopalm para localhost.


Esse casamento com o cardoso tá te fazendo mal?
*vamos fazer o bolão do tanto que ela vai demorar pra perder a grana no banco?*

Escrito por Alberto em março 6, 2007 12:30 PM

Bia, se for pelo Firefox for muito pesado, tenta o Opera. Ele roda com uma performance aceitável até em máquinas bem antigas, onde o Firefox fica uma carroça....

Quanto a compatibilidade das páginas, tanto o FF como o Opera tem "extensões" onde dá pra abrir a página usando o motor do IE.
Ou você pode abrir o IE quando precisar abrir uma página dessas...

Escrito por Felipe Cepriano em março 6, 2007 12:37 PM

Pena mesmo, mas eu realmente nunca ouvi falar desses problemas no FF, uso ela a um tempão e nunca tive nenhum problema desse tipo, dificilmente abro o IE e aqui ocorre exatamente o oposto com relação a esse consumo de memória, o IE7 fica pesadão enquanto o FF leve como uma pluma.
Mas bem, devemos fazer o que é mais conveniente nesses casos realmente, se fosse comigo também acabaria fazendo isso, mesmo não gostando do IE.

"HEREGE"

Escrito por Sigil em março 6, 2007 12:45 PM

Ta limitado o tamanho do texto dos comentários? fui falar do exagero(pra mim) do Alberto falar "herege" nesse caso e cortou. :P

Escrito por Sigil em março 6, 2007 12:48 PM

tentou o IEtab ? https://addons.mozilla.org/firefox/1419/

é uma extensão que usa o engine do IE dentro do FF ...

Escrito por fraige em março 6, 2007 01:00 PM

Essa questão dos problemas do Firefox 2.0, principalmente com relação a performance, já é conhecida desde o lançamento. O engraçado é que o desempenho piorou ao invés de melhorar. Espero que na versão 3.0, ou mesmo numa 2.1, venham a ser corrigidos.

Aqui eu uso o Opera, Konqueror e Firefox, na ordem. O Firefox está muito pesado, mas parece abrir um pouco mais rápido que antes. Não sei se é porque eu não uso mais do que duas extensões. Mas depois de um tempo, o consumo de memória vai lá no espaço (e tenho apenas 128MB).

Sei que essa dica não vai resolver um dos teus problemas, que é a compatibilidade de páginas, mas em leveza o SeaMonkey (o Mozillão) poderia ajudar. Foi nesta mesma linha tua, Bia, que o Rui Moura escreveu em seu blog (abaixo).

http://ruimoura.net/blog/2007/03/05/seamonkey/

Escrito por AndersonTS em março 6, 2007 01:06 PM

Bia, também uso o FF, e tenho os mesmos problemas que você nessa versão. Travamentos constantes e sites que não abrem. Esses ultra-fãs do FF podem falar tudo, mas ele não é tão funcional quanto o IE...muitas vezes sou obrigado a abrir o IE para ver algum site. E ainda ter que ficar instalando zilhões de plugins para um browser funcionar? Estou lotado deles aqui e nem assim funciona direito.

Escrito por Andre em março 6, 2007 01:06 PM

IE7 FTW!!!!1

Escrito por Ivan em março 6, 2007 01:16 PM

Pontos positivos para o firefox:


1) Extensão de bookmark online (foxmark), uso os favoritos em casa e no serviço (além de poder usar em qq lugar).


2) Extensão de ftp (fireftp), ótima ferramenta para ftp.


3) Em casa utilizo linux, e por consequência, uso o firefox (às vezes utilizo o ópera).


4) Incentivar o uso de browser alternativos, para que tenhamos possibilidades além do Internet Explorer.



Pontos negativos:


1) Pesado e trava. Trava com o uso de extensões excessivas; apenas colocar extensões realmente úteis, se não ocorre muitas instabilidades.


2) Sites com flash. Isto é terrível para qq pessoa que utiliza firefox (sempre dá algum pepino), se utilizar a extensão adblock, o firefox fica mais lento ainda.


3) Sites só para IE (o que não é culpa do firefox).

Escrito por Marcos em março 6, 2007 01:25 PM

Com base nesse artigo fui dar uma olhada em um ponto do IE7 que não havia testado antes: a parte de feeds. Meu...aquilo é HORROVEL. No FF é perfeito.

Escrito por Sigil em março 6, 2007 02:10 PM

Eu venho usando o Opera há algum tempo. Leve e eficiente.

Escrito por alfred em março 6, 2007 02:10 PM

Puxa, é uma pena vc abandonar o FF.

Será que ficou pesado por causa da configuração de pre-fetch do Firefox? se for esse o problema, a solução é:

1. Digite na barra de endereços “about:config”
2. Procure pela opção “network.prefetch-next”
3. Dê um duplo clique para mudar de TRUE (padrão) para FALSE (sem pré-carregamento)!

Esse negócio de fechar a aba, também é configuração do about:config browser.tabs.closeButtons, deixar com valor = 1

Qto a sites que não funcionam, não tem jeito... tem muito web developers que precisa de atualização!

Abraços!

Escrito por Alexandre Fugita em março 6, 2007 02:15 PM

Qdo vc diz q o FF consome exagerados recursos da sua máquina, fica um tanto descaracterizado, pois vc disse que usa produtos da Symantec - que são levíssimos, né? Antivirus, Internet Security, System Works...

FF em máquinas Ruindows é, irrefutavelmente, relativamente mais lento do q o IE. Quem usa FF no Linux sente-o ser bem mais veloz.

Mas há uma vertente que deve ser analisada com carinho: dizem que isso se dá pelo fato de o IE ter raízes no Ruindows e rodar melhor por ter componentes já nativos do próprio Ruindows, o que otimiza a performance do IE em alguns aspectos.

Na boa, o que importa é vc usar o software que resolva os teus problemas e q vc se sinta feliz. Liberdade de escolha!

Escrito por koala em março 6, 2007 02:15 PM

Cada um escolhe o que quer, e no seu caso o que menos atrapalhar melhor. Eu uso no note o Firefox(2.0.0.2) como padrão, IE6 e Opera para os testes dos sites. No desktop, minha mulher que usa mais, tem o IE7 como o padrão e exatamente o IEca é que vive dando pau, travamentos sem mais nem menos... isso que o XP é original e tem todas as atualizações. Na real, deve existir sempre um parafuso solto no Windows que estraga um software qualquer sem mais nem menos independente se é concorrente ou não. Eu continuo com a raposinha.

Escrito por Dumpa em março 6, 2007 02:27 PM

Pra mim isso é desculpa em ter que correr atrás e resolver ou minimizar os problemas.

Existem tantas formas de contornar tais erros reportados que dá até preguiça de mencioná-los, apesar de alguns visitantes já terem feito.

Shame on u...

Escrito por Daniel em março 6, 2007 02:36 PM

Incrivel, mas é por isso que os "alternativos" não prosperam. Uso os 3 (IE7, FF e Opera) sempre nas versões mais atuais e em maq com Win98, XP e Vista (Maq de trabalho mesmo) e SIM, o FF e Opera dão tanto defeito de carregamento, acesso e navegação como o IE. Nenhum deles é perfeito. A diferença é que no IE todos metem o "pau", mas os Free são sempre "perfeitos", mesmo com as falhas, que não sao corrigidas tão rápido a exemplo do IE.
Quem trabalha com suporte sabe como são ruins os alternativos para pessoas que tem pouco conhecimento de TI. Por algum motivo "mágico" o IE é sempre mais fácil de configurar, acessar e baixar Plug's e extensões (coisa que alias o IE7 quse não precisa).

Escrito por Alexandre Norberto em março 6, 2007 02:49 PM

Bia,

Resolvi esse problema de incompatibilidade de alguns sites usando o IE TAB! Funciona tranquilamente. No mais, o Opera tb é show! Leve como uma pena de gansos suíços....kkk

Use o complemento chamado IE TAB!

Escrito por Nabuco em março 6, 2007 03:15 PM

Alexandre, discordo de você um pouco.
Sim, todos os navegadores tem algum defeito, mas na maioria dos casos é em sites "feitos para IE".

Nunca vi ninguém metendo o pau no IE por ele ter algum defeito de carregamento ou navegação, mas sim em falta de recursos e segurança.

E quando que as falhas do IE foram corrigidas mais rápido do que as dos "alternativos"? Tem falha do IE que foi corrigida bem depois de um mês...

E pra gente com pouco conhecimento de TI, o IE só é facil porque é o padrão do Windows. Eu instalei o Opera no PC de um amigo meu, totalmente leigo, e ele prefere o Opera ao IE, acha mais rápido.

Escrito por Felipe Cepriano em março 6, 2007 03:19 PM

Bom Bia,

Eu concordo com você, também já abandonei o FX, só uso o IE7, só irei trocá-lo com o lançamento oficial do firefox 3.

Escrito por Darcio Roberto Martins em março 6, 2007 05:29 PM

Bia, uma solução interessante nesse seu caso seria a extenção IE View (http://br.mozdev.org/firefox/vocesabia/?ie).

Embora, pessoalmente, considere loucura trocar o firefox pelo IE (:-P), acho que mais liberdade do que usar esse ou outro programa é a liberdade individual de cada um escolher o que usar, conforme suas próprias necessidades.

EU, se você fosse, não faria essa troca, visto que determinados problemas - como este que você enfrenta com páginas que só abrem no IE - podem ser contornados facilmente, através, por exemplo, do uso de plugins.. MAS.. cada um que decida o que é melhor para si :D

Escrito por Mitchel em março 6, 2007 05:30 PM

Bia, uma solução interessante nesse seu caso seria a extenção IE View (http://br.mozdev.org/firefox/vocesabia/?ie).

Embora, pessoalmente, considere loucura trocar o firefox pelo IE (:-P), acho que mais liberdade do que usar esse ou outro programa é a liberdade individual de cada um escolher o que usar, conforme suas próprias necessidades.

EU, se você fosse, não faria essa troca, visto que determinados problemas - como este que você enfrenta com páginas que só abrem no IE - podem ser contornados facilmente, através, por exemplo, do uso de plugins.. MAS.. cada um que decida o que é melhor para si :D

Escrito por Mitchel em março 6, 2007 05:31 PM

Mulheres! Quem as entende? E quem precisa entendê-las para amá-las? Acho que é por isso que gostamos tanto delas! :-D

Já tentou a extensão IE Tab? ;-)

Mas é verdade que o FF2 ficou mais pesado, tanto que a Fundação Mozilla está disponibilizando um SDK básico para o pessoal que desenvolve extensão, para que no FF3 possa ser possível rodar todas as nossas entensões e ele ficar mais leve, consumindo menos recursos.

Abraços e sucesso,

Escrito por Nelson em março 6, 2007 05:32 PM

Eu ainda não tenho opção de ir pro IE7 (em tempos de WGA, meu micro não recebe mais nada da Microsoft), mas eu sinceramente sou viciado demais no Fiofox e nos plugins instalados. Talvez teste depois o Opera, mas eu hoje em dia não tenho mais muita paciência para mudar de software quanto tinha antigamente...

Escrito por Dudu em março 6, 2007 05:49 PM

E eu achando que era algo importante...

Imagina quando a Bia casar, os comentários passarão de 1000, hehehe.

Curti muito o podcast com o pessoal do papotech, principalmente quando um deles revelou que compraria um iphone!

Escrito por Raphael em março 6, 2007 05:58 PM

Gente é tudo muito engraçado.

Se a Bia tem tudo 100% legalizado, não fica rodando keygen nem cracker pra economizar dinheiro. Mantém o windows atualizado e pacote de antivírus e firewall qual o problema?

O mundo da informática é complexo aos olhos do usuários exatamente por isso, porque tem muita gente querendo vender para o usuário aquilo que ele não precisa ou não é prático e funcional para o seu dia-a-dia.

Poderia por exemplo postar toneladas de dicas de otimização do firefox pra Bia mas e dai, os sites continuam não funcionando!

Eu considero que ela está plenamente correta.

E digo mais o que é bom é o que atende suas necessidades até o momento em que não se transforme em problema ou que suas necessidades ultrapassem o oferecido.

PS.:
Bia Comé que usa esse negócio de gravatar ai que bota a figura de quem posta. Tenho sobrenome Gianni mas prefiro minha foto ao G aí do lado.

Escrito por Daniel Gianni em março 6, 2007 06:06 PM

Bia, também estou com você: parei de usar o FF quando foi lançada a versão 2, muito pesada, travando e incompatível com uma grande quantidades de sites, principalmente os bancários.
O IE 7 funciona e bem. E abre qualquer site. Prá quem precisa trabalhar é o que basta.
Abraços

Escrito por Cejunior em março 6, 2007 06:31 PM

Sei lá anti tenho ele aqui, junto com o opera, pois preciso testar quando faço meus sites pessoais nas 3 versões, mas no normal uso o IE 6 mesmo.

Escrito por Walter Jr. em março 6, 2007 06:52 PM

Pô, mas vocês são chatos, hein?

Depois eu entendo quando a bia fala que é alvo de xiitas. Eu só postei uma brincadeira, e vem esse tanto de tiro?

Escrito por Alberto em março 6, 2007 06:59 PM

Mas... o grande enigma dos últimos posts era isso??? A montanha pariu uma formiga. :)

Já quanto aos sites tabajara, fico imaginando o sujeito que pagou 12 mil num macbook e é obrigado a reativar o Duron 700MHz com Win98 pra conseguir acessar, hehe.

Poderia dizer os endereços de tais sites? Eu costumo reclamar quando encontro algo IE only e adianta na maior parte das vezes.

Escrito por Jeferson em março 6, 2007 07:15 PM

Alberto, puxa uma cadeirinha, senta, toma um chimarrão e relaxa.

Galera, testei as dicas de vocês, o IE Tab eu até já tinha aqui, mas ele é meio de lua... uma das intranets que acesso com freqüência é chata demais, simplesmente não navega direito em caixas de opção e bancos de dados internos - não sei que nome tem aquilo.

Sim, antivírus, firewall e antispyware da Symantec são pesados, Koala. Como qualquer outra solução de segurança para Windows.

O Opera é legal pacas, mas prefiro ele só nos dispositivos móveis.

Como eu disse, o "peso" e os bugs do Firefox 2 eram só a ponta do iceberg. O GRANDE problema são mesmo os sites que eu acesso.

Queridos, fiquem tranquilos, não é o fim do mundo. O IE7 não me ofende, tá se comportando bem... tá tudo funcionando redondinho aqui e a migração não doeu nadinha. Nem precisou de KY ;)

Escrito por Bia Kunze em março 6, 2007 07:26 PM

Bia, você traiu o movimento firefoxiano véio!

heuaheuahiheuahi

Escrito por Hener em março 6, 2007 07:58 PM

Li alguns do comentários e achei interessante, mas geralmente os problemas das pessoas não são tão simples e tem que ser visto com critérios, dentro de cada tipo de problema. O primeiro é, por ser o navegador padrão de 85% dos usuários da internet, quem dita as regras é a microsoft, é sabido que o IE tem funções que não são padronizadas pela W3C (Consorcio que controla o padrão de páginas da internet). O segundo, se todo o construtor de site o fizesse exatamente como as diretrizes padrões da W3C, qualquer navegador poderia ser usado e mostraria a página do mesmo jeito. Terceiro, o firefox é desenvolvido com foco para uma gama de pessoas que já possuem PC's com 1Gb ou mais de memória e por isso talvez esse excesso de consumo não tenha sido atacado da melhor maneira. Claro que estas afirmações são para ponderar sobre como cada programa funciona, um exemplo: muitos se esquecem que o motor do IE é uma função vital do windows e já roda desde o inicio do computador por isso ele "carrega" mais rápido que qualquer outro navegador. Eu uso o firefox e apliquei vários plug-ins que para mim o deixam muito melhor que o IE 6, quanto o IE 7 não vi nada de melhor que me faça trocar pelo meu atual navegador. A única bronca que tenho é que muitos sites de bancos não funcionam corretamente no firefox por pura preguiça. Fora isso uso ele para 90% dos sites que navego e os outros 10% uso o excelente plug-in IE Tab. Uma dica, existe uma configuração no IE Tab permitindo que sempre ao clicar em um link na página aberta nele, a nova página também seja aberta em outro IE Tab. Isso já resolve muitos problemas para vários sites mal feitos. Espero que essa dica seja útil.

Escrito por Rodrigo em março 6, 2007 08:08 PM

Não consegui me acostumar com o IE7. O Firefox 2.0 está um pouco lento, acho que vou testar o Opera.
O mini no MotoQ resolveu meus problemas com o java.

Escrito por Milton Toshiba em março 6, 2007 08:38 PM

Bia aqui foi a mesma coisa, antes da versão 2.0 ia tudo maravilha. Agora só problemas, eu pessoalmente abandonei definitivamente o FF. Acho que os caras se empolgaram um pouco com o sucesso e meteram os pés pelas mãos. Deve haver agora um interesse comercial enorme e os "técnicos" não devem estar conseguindo realizar um bom trabalho sob PRESSÃO...

Escrito por Marcio em março 6, 2007 08:50 PM

Qdo sou obrigado a usar o IE, por causa desses apelativos de sites muito mal feitos... uso o crazy browser, ele utiliza o ie6 por baixo mas com a vantagem das abas, sem contar q ele é muito mais leve q o ie.

Escrito por jeffmor em março 6, 2007 09:12 PM

Meu firefox só reclama quando eu abro mais de 20 abas. Já o Opera está me deixando bem satisfeito, apesar da incompatibilidade ocasionamente com os sites.

Escrito por Felipe Veiga "Dent VII" em março 6, 2007 10:13 PM

Terceiro, o firefox é desenvolvido com foco para uma gama de pessoas que já possuem PC's com 1Gb ou mais de memória e por isso talvez esse excesso de consumo não tenha sido atacado da melhor maneira.

uhmm.. nao precisa 1 giga não. no windows, aqui ele roda junto com uma porrada de outros aplicativos muito bem, e eu só tenho 512 de ram. (:

Escrito por Mitchel em março 6, 2007 10:44 PM

Tanto tempo que nao leio meus feeds por falta de tempo e me deparo com uma noticia dessas Bia?!!!

Heresia total! hahahahhah

Quanto à esses "sites especificos" que você acessa Bia, temos o IETab... (6)

Ja quanto a problemas no FF.... nada que o C:\FORMAT C: nao resolva viu... (a)

Nisso... vale lembrar: Que venha a versão 3.0... e ano que vem quem sabe a 4.0.....

Quanto aos webmaster/webdesigners... meu... só digo uma coisa: tem um se auto-intulando um a cada esquina! Mas um de verdade é aquele que faz site para firefox/ie/opera e smarts se for seu foco...

T+

Escrito por TIGOS em março 6, 2007 11:03 PM

Ah! Era isto...
Hum... que bela novelista a G.S.F.
Continuo no Firefox, mas cada um sabe aonde o calo aperta.
Felicidades. E parabéns pelo suspense. Coitada da Kate que caiu em boca de Matilde à toa.
Seja feliz.

Escrito por Alex Cardoso de Lima em março 6, 2007 11:34 PM

Oi Bia, excelente seu post e... isso não é lindo? o que você está fazendo já é justamente exercer seu direito de ser humano livre e usar o software que você considera que atende melhor melhor suas necessidades, justamente o que o movimento do software livre prega, ou deveria pregar...

Concordo com tudo que falastes, o firefox 2.0 realmente veio com uma necessidade voraz de consumo de memória, li algumas análises que explicam o porque isto acontece e de uma dessas surgiu uma dica bem legal, é mais ou menos assim:

1) Na caixa de digitação de endereços digite:
about:config

2)procure pela opção:
browser.cache.disk.capacity

3)altere o valor de 50000 (default) para 5000

4)reinicie o firefox e pronto, quando ele iniciar novamente parcialmente contivemos a fome deste monstro :-)

já quanto a "evangelização" imposta para o uso do internet explorer por meio de desenvolvedores webs preguiçosos isso sim eu considero um problema muito mais grave e de humanidade, pensamento meu, que ultimamente se tornou mais forte principalmente pelos recentes recursos de ajax implantados no microsoft visual studio para desenvolvimento ASP.net e claro... incompatíveis com outros navegadores que não sejam IE...

problema que se torna mais grave pra mim, um usuário linux até agora de pensamento irreversível pela simples opção de usar o software que considero melhor para as minhas necessidades, e que simplesmente com ele, teoricamente não posso acessar estes sites...

mas... fazendo isto estes "webmasters" não estão ferindo minha liberdade de usar o software que é melhor pra mim? não fizeram isso com você quando você ainda gostava do firefox? me obrigar a mudar os cabeçalhos de meu navegador para se encaixar em um padrão que muitas vezes é imposto por uma empresa para o uso apenas em seu navegador e não o acordado na W3C é realmente o que chamamos de "justo" com os usuários?? é isso o que chamamos de liberdade??

sinceramente, nestes casos prefiro mandar um email bem educado porém indignado para os responsáveis pelo site que faz isso, explicando para ele porquê foram criados os padrões e porquê é importante e humanitário seguir-los durante a criação e pedindo gentilmente para que tentem resolver este problema e me permitam apenas o que eu quero... exercer meu direito de ser humano livre e poder usar o software que melhor se adapta a minhas necessidades....

e claro... seguir os seguintes passos
1) Help
2) Report Broken Web Site
3) Problem Type "Browser Not Supported"

e exercer meu direito de reclamar, neste caso para a mozilla e sobre o site, afinal, é um "Web site quebrado" porque não suporta os padrões da W3C...

para finalizar, algumas ferramentinhas que considero super importantes e pelas quais não largo o firefox :-))

1) Flashblock
2) Google notebook
3) Google browser sync
4) Torbutton
5) Firebug
6) JSView
7) Extensão Web Developer

de qualquer forma, esta decisão tua faz tornar-me mais teu fã e não menos, e se você se sente bem com o IE7 então, eu estou feliz também porque você está bem, e isso não é lindo? :-)

grande abraço

Escrito por Tito em março 6, 2007 11:48 PM

Clap Clap Clap ! Parabéns, é a primeira vez que vejo alguem falar que abandonou o Firefox em um blog que possui um grande público e "seleto"(não conheço as estatísticas deste site, mas chuto que metade dos visitantes daqui usam o FF )

A bem verdade é que o FF não é tudo isso que se fala. E o IE não é tão lixo como se fala.

Tenho instalado 4 navegadores (Opera, FF, IE7, Maxthon2) pq preciso deles para testar o desenvolvimento de sites, TODOS tem suas qualidades e defeitos.

Cada pessoa deve usar o que mais lhe convém, no seu caso foi o IE7, e parabéns por não ter ficado CEGA com a modinha do FF.

Uso o Opera (browser do futuro hehehe), e raramente o IE7, Maxthon é um ótimo browser mas já estou muito contente com o Opera.

O FF abandonei, depois de muitosS meses de uso, percebi que mtas das extensões (no meu caso) não passam de bobeiras, e o uso de memória dele é uma piada de mal gosto.

desculpe lá qq bobeira q tenha dito, mas nem revisei o q escrevi aqui ! hehehe

;)

Escrito por Matt em março 6, 2007 11:52 PM

Espero que leias meu comentário no meio de tantos. hehehe

Não tive saco de ler todos os outros comentário, mas eu sou como você disse um Openxiitas e militantes anti-Microsoft.

Eu uso Ubuntu e sempre fui um fã incondicional do Firefox, uso ele desde a versão 0.3 quando ainda se chamava Phoenix.

Pois bem... não é que o Firefox tá uma BOSTA!!!
Trava toda hora, fecha e etc. Tá um CAOS!
Eu não o abandonei nem pretento, mas te entendo.

E não é só comigo e contigo não, vejo na lista de discussão do Ubuntu o pessoal falando isso, meus amigos falam a mesma coisa. Tá feio pro lado da Mozilla!!! :(

Infelizmente a coisa está assim quem sabe uma hora dessas muda.

Abraços

Escrito por Andre Almeida em março 7, 2007 12:38 AM

Infelizmente tenho que concordar que o FF decaiu na versão 2.0 mas ainda não acho justificável a mudança para o IE por que o FF decaiu em seu desempenho e estabilidade e não em sua segurança. De qualquer forma, respeito sua decisão.

Escrito por Ivan em março 7, 2007 12:40 AM

Bia,

Não morro de amores pelo FX 2 mas vi que o seu problema é estar no windows usando firefox e não conseguir acessar sites feitos exclusivamente para Internet Explorer.

Solução: Instala o complemento IE Tab. Ele transforma a aba utilizada no IE sem sair do Firefox, basta mudar clicando no icone do firefox na barra inferior (ele automticamente se altera para o icone do IE)

Link para instalar: https://addons.mozilla.org/firefox/1419/

Não vou ler todos os comentários mas nos primeiros vi alguém reclamando que perdeu todos os bookmarks. O problema tem solução, é só instalar o complemento FoxMarks. Este complemento cria uma conta num servidor para hospedar todos os seus bookmarks, basta instalar noutra maquina para ter seus links sempre a mão.

Link: https://addons.mozilla.org/firefox/2410/

Ou seja, sempre há uma add-on pra quebrar o galho. Fique a vontade para perguntar no meu e-mail ou abertamente pelo blog, a comunidade sempre está disposta a ajudar.

PS: Cuidado com a navegação no IE, o Firefox com NoScript[1] nos deixa mal acostumados.

[1] - https://addons.mozilla.org/firefox/722/

Escrito por José Vitor Lopes em março 7, 2007 01:03 AM

O Firefox 2 me serve muito bem como navegador padrão desde que era Phoenix 0.2, mas se surgir algo melhor eu mudo num piscar de olhos. Liberdade de escolha é isso aí mesmo, poder usar o que bem quiser e o que melhor lhe servir. Virou moda pregar que todos nós temos esse direito de escolha, mas ai de nós se escolhermos algo diferente destes xiitas...

Escrito por Denis Dias de Lima em março 7, 2007 01:04 AM

Poisé, esta é uma notícia triste, ja que o IE é tão fraco! Além do mais, o problema não está no Firefox, e sim nos sites que nao sao construidos seguindo as regras do html.

Escrito por daniel andrade em março 7, 2007 01:21 AM

Deixemos mesmo de hipocresia gente...
Ate eu sofro com essas incopatibilidades de sites, e mais ainda, sem IETab, já que estou no Mac e nao tenho PC em casa...
fico p*** da vida com quem faz site incompativel, já que nao tenho o que fazer, sendo que muitas vezes nem o Opera nem o Safari abrem esses sites (ex: vivo online)
Mas mesmo assim eu acho que o Firefox é mais veloz do que o Safari, por exemplo, em sites flash, consederando que meu Mac é bem velhinho já

Digo que sinto uma curiosidade imensa de mexer em um PC pra ver como que é o IE7, mas no meu dia a dia e nos habitos que eu fiz, Firefox na cabeça ;-)

e lembrem-se que liberdade também é o direito do outro discordar de você

viva o IE7 tbm, porque nao?

Escrito por Micael em março 7, 2007 01:44 AM

Putz, que pena... eu demorei um bom tempo para fazer a atualização exatamente por conta dos addons; quando a fiz, felizmente não tive nenhum desses problemas. Não me imagino vivendo sem o firefox e suas extensões!

Testa de novo quando sair a versão 3.0. :)

Escrito por Lu em março 7, 2007 02:00 AM

Dei upgrade pro Firefox 2.0 e aki não mudou nada da versão anterior, leve, sem travar... Rodando bem que é uma beleza.

Escrito por Sergio Victor em março 7, 2007 02:41 AM

Bom sou FF até o fim e também anti-MS, mas você poderia ao menos ter optado pelo Opera né hehehehe
Bjão e boa sorte.

Escrito por Neto Cury em março 7, 2007 07:38 AM

É absolutamente impressionante que nos anos 60 tínhamos os movimentos estudantis políticos, agora temos os movimentos cybernético.

Por isso que a política tá uma palhaçada, o povo agora quer saber é de jogar coquetel eletrônico.

Enquanto isso lá no fim do mundo tá o Brasil... Oh pobre Brasil. Não investe em educação, não tem tecnologia, importa, contrabandeia, pirateia e como em um sopro de esperança forma legiões de revolucionários cybernéticos.

Pena que nossa revolução está igual a cubana. Fadada a ser sempre uma pequena ilha.

E onde fica a liberdade de escolha?

Escrito por Daniel Gianni em março 7, 2007 07:59 AM

Comecei a usar o Firefox por influência de um amigo poucos meses antes do I7 ser lançado oficialmente.
As abas e os plugins viram realmente um vício.
Na versão 2.0 não tive grandes problemas e me acostumei com ele. Agora tenho também o IE7 (no Vista) e às vezes uso ele (pois o meu navegador padrão é o FF).
Já na rádio onde presto serviço de informática, tem os dois instalados (em Windows XP), mas quase sempre usam o IE7. Não grilo com isso. O importante é quem use se sinta bem.
Se você está insatisfeita com um programa, não deve usá-lo somente porque "todo mundo" acha ele bom. Bom é aquilo que te agrada.

Escrito por Silvinho em março 7, 2007 09:24 AM

A Folha Informática de hoje (http://www1.folha.uol.com.br/fsp/informat/fr0703200701.htm, para assinantes da Folha ou do UOL) comenta a queda de participação do FF no mercado, com a oscilação do IE e o crescimento do Safari.
Tive problemas quando fiz o upgrade do 1.5 para o 2, também, no trabalho. Felizmente, pouco tempo depois a minha máquina foi substituida por uma menos pior, instalei direto o 2.0, os plug-ins que usava e está tudo na santa paz. Em casa, não tive problemas com o upgrade.

Escrito por Enio Luiz Vedovello em março 7, 2007 10:39 AM

Oi Bia,
Acompanho direto o teu blog ... e mesmo sendo um utilizador ferrenho de opensource e linux não utilizo o firefox. Várias coisas me fizeram a abandonar ele. Uso hoje no Gnome o navegador epiphany. Leve, rápido e baseado no engine gecko.

Mas para minha surpresa estou utilizando tb o FLOCK. Muito bom este navegador, pronto para web2. Ele é um firefox com melhorias.

Experimenta : http://flock.com/tour/

Beijão

Escrito por Tiago "Trex" Menezes em março 7, 2007 10:58 AM

O Firefox 2.0 anda bem pesadinho no meu iBook G3 de casa.

No trabalho, usando Firefox 1.5 no Windows XP, as coisas funcionam bem melhor!

Escrito por Alexandre Sena em março 7, 2007 11:25 AM

Queridos,

Não sou anti nada. Prezo a liberdade de escolha, só isso. E liberdade é optar entre um software livre ou proprietário. O usuário é quem sabe o que é melhor para ele.

Apesar de ter gadgtes dos mais variados OS, o Windows Mobile é o de escolha no gerenciamnto da minha vida profissional, por questões práticas, e não ideológicas. Ontem ainda fiz um trabalho de consultoria onde recomendei a um colega Palm OS e alguns aplicativos, entre abertos e proprietários. Era o melhor para ele.

Quando algum profissional me pede ajuda pedindo sugestões de dispositivos móveis para auxiliar em suas atividades, eu consideraria uma falta de respeito chegar a ele e dizer "não gosto do Windows way of life". Eu sempre abordo o lado prático da coisa, as vantagens e desvantagens de cada sistema.

Uso o IE7 no meu note, mas o Firefox continua no pendrive e no Ubuntu. Ambos na versão 1.5, por enquanto. Deixo as brigas das versões 1.5 x 2.0 para os mais entendidos discutirem.

Gosto do FF principalmente por causa das extensões, mas uso poucas. A maioria é irrelevante, mas é aí que reside o charme da coisa: para mim, os mais importantes são os fechadores individuais de tabs e os que fazem backup dos bookmarks. Mas para muitos, o melhor pode ser o player de música ou o de previsão de tempo, ou o que acessa o Gmail e o Adsense... cada um é cada um, no fundo, a verdade é que não existe extensão inútil! Se tem um usuário que a usa, é útil e ponto final.

Acima de tudo, respeito as necessidades dos meus leitores e de todos que me escrevem pedindo dicas e ajuda. Não usar o FF no meu note não significa que não o recomendo mais a ninguém.

E parabéns a todos vocês pelo alto nível das discussões. Li todos os comentários sim, aliás, leio todos, sempre.

Escrito por Bia Kunze em março 7, 2007 11:46 AM

Tenho o FF instalado mas não uso por opção mesmo. Não sou fã!

Escrito por Bruna Pazinato em março 7, 2007 12:03 PM

Sou da seguinte opinião : Software bom é aquele que lhe atende, seja ele para o Windows, Linux ou qualquer outro sistema operacional.
Assim, se o IECA, está lhe atendendo, a sua decisão foi realmente acertada :-)

Escrito por Ataliba em março 7, 2007 12:54 PM

Eu fico pensando, se ela pode usar o IE7 tranquilamente sem ter que ficar arrumando jeito de funcionar os sites no FF, perdendo tempo com isso, pq não usar só o IE7, eu uso o dia todo e quase não da pau, muito menos que o FF, o lance é que as pessoas gostam do que é diferente, dá status, é que nem quem é adorador do LINUX, passam um perrengue as vezes pra fazer certas coisas funcionarem, mas metem o pau no WINDOWS, o lance de meter o pau no WINDOWS é só pq o BILL GATES é milinário, a MICROSOFT uma potência e o povo boicoita como se os concorrentes fossem perfeitos, se fossem a MS já teria ido pro espaço a muito tempo, o cara usa o LINUX, um monte de coisas nele dá pau e não funciona, mas ninguém mete o pau, se o WINDOWS acontece uma vírgula, o povo cai de pau. Assim que como tem gente que gosta de azul e outros de amarelos, o lance é questão de gosto e usabilidade, pra quê eu vou trocar o meu IE7 pelo FF, só pq o não é da MS, uso o que me atende, não importando qual seja, a BIA tá certa, se é mais fácil usar o IE7 pq ficar quebrando cabeça com o FF. Fala sério heim gente.

Escrito por Anderson Marinho em março 7, 2007 04:40 PM

parabéns
esta usando o melhor dos melhores
instalei o firefox 2.0 so para testes msm, demora muito pra entrar e ainda usa muita ram (eu tenho 1giga), agora o ie7 é perfeito, nunca me decepcionou.

Abraços

Escrito por call em março 7, 2007 05:20 PM

Já tentou o Safari?

Escrito por Ferguson em março 7, 2007 05:53 PM

Bia, adoro suas declarações "polêmicas"!!!! :-)
Sempre geram um debate fervoroso, isso é bom.

Abraço.

Escrito por Adriano Baumart em março 7, 2007 06:05 PM

Assim como o IE7 e todas as versões anteriores têm falhas, o Firefox tem também. Para mim, desenvolvedor Web, o Firefox é o melhor na hora de desenvolver. Mas a questão não é que o IE7 não segue à risca os padrões, mas sim que ele roda bem o que você precisa e que você sente-se confortável ao navegar.

O usuário comum deve estar satisfeito com o browser, e nós desenvolvedores fazemos o possível para que mesmo aqueles que não são "Openxiitas" e usem o browser da Microsoft possam ser capazes de exibir o site corretamente.

Abraço, Bia!

Escrito por Rafael Marin em março 7, 2007 08:00 PM

Eu fiz isso hoje, 5 minutos antes de abrir seu blog com o meu novo SeaMonkey. Coloquei SeaMonkey e Opera antes de deixar o Firefox. O SM também é Mozilla, mas não tem esse estouro de memória que o Firefox vinha apresentando. Tô testando o Opera e tô gostando bastante. Enquanto o Firefox pedia 40 Mb de memória (pode-se ver isso no gerenciador de tarefas - não me batam, sim, eu uso Windows AINDA!) os outros dois não passam de 9 ou 10 Mbs. O Opera é um chuchu: ágil toda vida. O SeaMonkey é bem rápido pra abrir o programa e navega-se bem rapidinho. A sensação é a mesma de quando passei da linha discada para a banda larga: tudo ficou mais ágil!!!

Escrito por Adriano em março 7, 2007 09:53 PM

Bem Bia, concordo que se você precisa acessar sites que só funcionam com o Internet Explorer, você deva usá-lo mesmo ;-) mas... por mais que deixe de lado o Firefox entre em contato com o pessoal responsável por esses sites para que construam versões compatíveis com o Firefox, afinal é o mínimo que se pode fazer.
Abraços.

Escrito por Daniel André Beck em março 8, 2007 08:47 AM

Peraí, pára tudo!!! Esse é o blog da Garota Sem Fio ou da Garota Software Livre? Sou leitor do blog a pouco tempo, mas acho que posso me considerar um leitor assíduo, uma vez que passei um dia todo lendo posts e outro dia todo ouvindo podcasts até onde meu iTunes consiguiu baixar, e pelo que eu vi, em nenhum momento ela se diz defensora de software livre simplesmente porque é mais "policitamente correto", assim como grande parte do pessoal da computação. Vale lembrar que ela é USUÁRIA, e apesar de prestar serviço na área de tecnologia, não é como se fosse como aqueles aficcionados por Linux, software livre, e GNL. Ela como usuária, resolve se quer um software livre ou quer pagar por outro que resolva melhor o problema dela. Se o IE7 resolve melhor o problema dela, então que fique mesmo com o IE. Principalmente se o Windows dela é original. Quem é que pode falar alguma coisa? E viva a liberdade de escolha!!

Escrito por Luiz Afonso Bemfica em março 8, 2007 03:40 PM

Peraí, pára tudo!!! Esse é o blog da Garota Sem Fio ou da Garota Software Livre? Sou leitor do blog a pouco tempo, mas acho que posso me considerar um leitor assíduo, uma vez que passei um dia todo lendo posts e outro dia todo ouvindo podcasts até onde meu iTunes consiguiu baixar, e pelo que eu vi, em nenhum momento ela se diz defensora de software livre simplesmente porque é mais "policitamente correto", assim como grande parte do pessoal da computação. Vale lembrar que ela é USUÁRIA, e apesar de prestar serviço na área de tecnologia, não é como se fosse como aqueles aficcionados por Linux, software livre, e GNL. Ela como usuária, resolve se quer um software livre ou quer pagar por outro que resolva melhor o problema dela. Se o IE7 resolve melhor o problema dela, então que fique mesmo com o IE. Principalmente se o Windows dela é original. Quem é que pode falar alguma coisa? E viva a liberdade de escolha!!

Escrito por Luiz Afonso Bemfica em março 8, 2007 03:44 PM

não abandone o Firefox. Utilize o plugin IETab. Ele acrescenta um botão na barra de endereços que altera a página para visualização como se fosse o IE.

Escrito por Alexis em março 8, 2007 03:58 PM

Não é uma notícia que se veja todo dia, mas não vejo problema algum. Eu, que não tenho aqui os problemas que você teve com o FF e o uso como padrão, realmente gostei do novo IE7. O importante é a liberdade de escolha. Sempre! O Opera é um ótimo programa, mas pelo menos comigo tem a compatibilidade bem pior que a dos concorrentes.

Beijos.

Escrito por Donizetti em março 8, 2007 10:12 PM

Eu acho que largar o Firefox por causa de sites mal feitos e que não obedecem aos padrões é uma decisão equivocada e egoísta. São justamente essas desculpas que as pessoas dão que mantém e realimenta o monopólio do IE e d windows. O FF é um software livre e uma das mínimas formas de ajudá-lo é justamente utilizando. Na realidade eu (e muitos) ainda vou mais além usando o linux no lugar do windows mas posso compreender o motivo de usar o windows para certas pessoas.

Se o problema é abrir páginas IE-only há o plugin IEtab para o FF

http://ietab.mozdev.org/

que abre uma tab usando o engine do IE.

O IE é um ímã para pegar tudo o que é malware do mundo e esse IE 7 tem vários bugs e é bem pior do que o FF e o Opera.

Escrito por Manoel Pinho em março 10, 2007 07:59 PM

Vai com Deus!

Escrito por Pincel em março 11, 2007 06:53 PM

Bom, embora eu não use Firefox (prefiro o Safari), explico o pq o consumo excessivo de memória do firefox em http://www.sourbox.net/2007/03/direito_de_resposta_do_firefox.shtml

Escrito por marcelo alves em março 12, 2007 07:19 PM

"nem precisei reformatar nada"...
auHuahUhauHahuHua e ainda acha que a máquina é estável... usa os pacotes há anos, ou seja, instala-desinstala (atualiza) pacotes que são resource-intensive, e ainda acha que o registro do Windows fica nas mil maravilhas... O computador deve odiar você... Se você não limpa seu computador, vem reclamar do Firefox? Pois aqui no meu, tudo funciona perfeitamente, e querida, é SIM necessário reformatar a máquina de tempos em tempos, em qualquer sistema operacional... Ele vai ficando pesado, com arquivos de sistema e/ou de programas desatualizados, e isso carrega o ambiente... Felizmente, você é tão educada na informática, né? ushahsUHsuHushUhs... quando eu acordo de manhã e quero dar boas risadas, eu entro no seu blog... Acontece que eu não comento, mas hoje eu resolvi comentar... Você é muito, para não forçar, boba. Aí, "garota sem-fio", reformata esse notebook e usa o Firefox com as extensões certas, antes de reclamar... Beijinhos.

Escrito por auhUahUha em março 13, 2007 01:13 PM

Eu nunca notei nenhum problema de lentidão, mas claro que tenho 2GB de memória instalada aqui.... e ainda por cima estou usando o Windows Vista, que seria um famigerado "comedor" de memória... mas depois que passei a usar ele o firefox até ficou mais rápido!

Escrito por Gustavo em março 13, 2007 06:20 PM

Usa o plugin IE Tab.
Como você, também ficava louco da vida quando entrava num site não compatível para os browsers de verdade, que seguem os padrões web direitinho, como Opera e Firefox. A solução para não abandonar o Firefox foi usar esse plugin, que abre o IE dentro das tabs do browser da raposa.

Escrito por Alexandre em março 14, 2007 11:20 AM

Vou dizer para o Glacial fazer teu próximo template funcionando só para o FF. Seria um forte motivo para voltar para ele, não? hehehe
Eu gosto muito do FF, mas o que eu sou apaixonado é o Opera. Só não uso o Opera normalmente por um único motivo: não aceitar as extensões do Firefox.
O FF para mim hoje é ferramenta de desenvolvimento, mais importante que o Dreamweaver inclusive.
O IE7 é simpático. Tirando os velhos problemas de renderização, nada contra.

Escrito por Rafael Dourado em março 14, 2007 04:44 PM

Use a extension IETab, funciona muito bem e vc não vai precisar abandonar a rapozinha. ;)

Escrito por Rocha em março 15, 2007 02:09 PM

Oi Bia,

Já tentei usar o FF umas 3 ou 4 vezes, mas sempre acabo voltando para o IE7. Não consigo me acostumar.
Fique tranquila com a mudança, pois o IE7 é muito seguro (não perde em absolutamente nada dos outros) e tem ótima performance.
O resto é perfumaria...

Abraços.

Escrito por Vaine Barreira em março 17, 2007 05:30 PM

O site da telefônica nem abre no Firefox... grrrrr

Escrito por Jonny em março 27, 2007 11:59 AM

é irritante demais, ver que fazem javascripts que só funcionam no i.e. esses pseudo webdesigners esquecem que existem pessoas diferentes, assim como sistemas diferentes, e browsers diferentes... seus crashes no firefox provavelmente são causados por algum addon mal configurado, ou incompativel.. aqui ele continua mil vezes mais rapido que o i.e. 6, já usei o 7 em outras maquinas, e a 'inovadora' tecnologia de abas não deixa a desejar.. mas realmente, eu sinto dificuldades em abrir o webmail da empresa, da faculdade, e do cartão de credito, as vezes até do banco.. é a vida.. nada é perfeito

Escrito por Eduardo em março 31, 2007 01:56 PM

a cruz ou a espada?
realmente são bons motivos: também percebi uns crashes a mais e certo peso na nova versão, e olha que meu computador é lento...
por outro lado, não me adapto ao IE7 - já com abas: ele é devagar pra abrir (e pra salvar...) nos pcs da facul, e não é tão "customizável" assim...
tudo bem, o pessoal do mozilla/mozdev se esforça muito, e a nata da microsoft investe pesado no seu monopólio...
entre o IE e o MF, fico testando os pequenos.

Escrito por /deselegante em abril 1, 2007 01:24 AM

Bueno, se tu usa tudo legalizado, atualizado, tens conhecimento do funcionamento das coisas e faz backup diário do que for importante, além de não ter preocupação com a possibilidade de alguém estar bisbilhotando teu pc, então acho muito legal que assumas tua escolha em público.
Eu, particularmente, acho horrível a cara do IE e não acesso internet no windows (agora, por acaso, estou num micro de cliente, mas no Firefox, é claro! e acessando internet pelo linux que eu configurei);
Agora, enquanto algumas pessoas inteligentes como tu, ou diferentes, continuarem se rendendo aos sites mal feitos que só rodam na plataforma M$, o mundo demorará mais para ser feliz.

Escrito por Jó em maio 14, 2007 05:02 PM

às vezes o Firefox é meio ruim mesmo, não abre alguns links, além de aparecer desconfigurado quando quer, enquanto não tiver desenvolvedor fazendo site para navegadores diferentes vai ser assim...

Escrito por Adriana em maio 17, 2007 02:53 AM

Putz, se tem uma coisa que não consigo abrir mão, é do FireFox. Eu adorei a versão 2.0. Mesmo comendo muita memória.

Escrito por Leandro Fiore em maio 28, 2007 10:00 PM

Bia,
Você não é a única! Também tenho tido problemas para acessar o site da minha faculdade, e fora isso, neste último domingo, tive que desinstalar o meu portable Firefox, pois o mesmo passou a apresentar travamentos, e só aparecia parte da janela, com os botões de maximizar, minimizar e restaurar. Além disso, desde quando instalei a nova versão, percebo que ela tem se mostrado uma grande sugadora de recursos do sistema.

abraço

Escrito por Daniel Mello em junho 4, 2007 11:18 PM

Lei de mercado. Fez muito bem. Desde que comeicei a utilizar a verdadeira porcaria que é o Firefox só tenho tido problemas. Ainda tem gente que diz que é só "pesquisar", que existem maneiras de contornar...insanidade, não é? Só pode aconselhar isto quem trabalha no ramo ou quem não trabalha em ramo nenhum, daí abre o navegador e passo o dia catando plug in.

O firefox ainda tem relativo sucesso graças a alguns usuários que usam pra "fazer bonito", os descolados e undergrounds da net...hehehe. Na prática é uma merda e ainda pra quem precisa ganhar tempo, é completamente inviável.

É como aquela citação de W. Churchill sobre a democracia: o Explorer é o pior dos browsers inventados com exceção a todos os outros já testados".

Escrito por Out of Time em setembro 28, 2007 11:26 PM

Bia,eu estou escrevendo aqui direto do Konqueror no famigerado KDE,pra abrir uma página é tenso,aquela barrinnha de porcentagem contando,um saco,bom,mas fazer o que,eu optei por usar esse sistema operacional,pelo menos falo a verdade sobre os defeitos e qualidades deste não fico inganando ninguém como certos "Fanbois"que existem por ae..,é isso e.."dasvedania"(não não é palavrão em russo)..é..até mais...

Escrito por tuxnroll em dezembro 10, 2007 12:30 AM