« Treo 680 desbloqueado na Americanas.com | Home | Podsemfio n.39 - Edição extra: loucos por tecnologia »

maio 08, 2007

Vídeo da reportagem da Record

Começaram a chegar SMS e e-mails "injuriados" até mim, por causa da forma que a matéria da TV Record tratou as pessoas que usam a tecnologia em sua vida diária. Fiquei preocupada e saí voando da faculdade, depois do almoço, até o Fran's mais próximo - a rede wi-fi da faculdade, que usa proxy, bloqueia o YouTube. Super obrigada ao leitor C. Domingues, que gravou e disponibilizou a reportagem no YouTube para a gente!

Não vou comentar nada por enquanto, já que não se deve abrir o bico de cabeça quente. Mas já vou adiantando que a edição da minha fala vai na contramão do contexto de tudo o que falei. Aliás, falei muita coisa importante que ficou de fora, até para bater contra o estigma de "cyberviciado": falei do meu trabalho, do uso racional da tecnologia, de inclusão digital... mas no final, a matéria dá a entender, simplesmente, que eu (e meus leitores, já que estamos todos no mesmo barco, como fãs de tecnologia) somos doentes.

Assim que o sangue esfriar, gravo um podcast especial como "direito de resposta".

postado via gprs / edge

Escrito por Bia Kunze em Multimidia em maio 8, 2007 01:37 PM

Citações

Endereço para citar este post:
http://www.estrelasdopassado.com/odontopalm/cgi-bin/mt/mt-tb.cgi/1037

IMPORTANTE: escrevam nos comentários somente o que estiver dentro do assunto do post. Dúvidas genéricas sobre outros assuntos, mandem-nas para: bia arroba garotasemfio.com.br. Obrigada!

Eu era meio viciado em internet! Mas graças a Deus eu comecei a namorar uma pessoa que não gosta de tecnologia! re re re

O máximo de internet que eu acesso no final de semana é o meu moto Q (e ela faz cara feia qdo eu acesso). re re re

Escrito por Jonny em maio 8, 2007 02:59 PM

O vídeo pausado mostra justamente seus brinquedinhos! Seria esse o famoso "Qtec" da Bia?

Escrito por Jonny em maio 8, 2007 03:00 PM

Bia, voce já deveria saber que nunca uma emissora de TV faria uma matéria sem apelar, principalmente no Brasil que não vendo sem o sensacionalismo... claro que eles optam sempre por identificar grupos como diferentes, perigosos e extremistas, para dar mais chili nas reportagens, fica a experiência, na próxima voce assina um acordo de aprovar a exibição e impõe multa se desobedecerem :)

Escrito por Christiano Milfont em maio 8, 2007 03:01 PM

Bia,mais você sabia que o tema da reportagem era esse "excessos da vida digital",eu pensei que você fosse lá para exaltar a tecnologia e mostrar seus beneficios para nós,mais o que aconteceu foi justamente o contrario.
Mas você ficou muito bem na TV,pena que apareceu tão pouco.

Escrito por cvalves em maio 8, 2007 03:02 PM

Verdade, Christiano. Mas o termo de uso de autorização de uso de imagem que a gente assina não fala em edição...

E cvalves: eu sabia da pauta, "loucos por tecnologia", não nego. Mas "esqueceram" de me falar que abordariam o lado negativo, "doentio" da coisa. Eu falei MUITA coisa sobre inclusão digital, do uso da tecnologia no trabalho, mostrei banco de dados dos pacientes, fotos de casos clínicos que levo comigo, do atendimento domiciliar... isso que me chateou, eu mostrar que uso tecnologia de uma maneira construtiva, como um DIFERENCIAL na minha profissão... e a edição dar a entender justamente o contrário.

Aquela minha fala era para explicar que tenho 2 celulares, um pessoal e um profissional, de conciliar seu tempo, de usar a tecnologia como ferramente de trabalho e produtividade sem exageros. Nada de falar de odontologia. Pareceu que eu estava falando que todo fã de tecnologia é anti-social... e só. Isso é o que me chateou. Parece outra pessoa ali falando, parece que eu rasguei minha própria bandeira, entende?

Tem um monte de geeks brabos agora atrás de mim e pior é que não posso dizer que eles não têm razão...

Escrito por Bia Kunze em maio 8, 2007 03:03 PM

nossa que viagem na maionese da Record!!!

Bia, veja como eu vejo: Eles falam sobre tv (e olhe lá) e nós sobre tecnologia.... simples assim!

Escrito por TIGOS em maio 8, 2007 03:21 PM

Mal-humorado e anti-social é a vovozinha!!!!!!!!!

Brincadeirinha :D

Escrito por Racco em maio 8, 2007 03:27 PM

Bia, eles falam tanto na TV contra a tecnologia que eles se esquecem que sem ela não estariam ao falando aquele monte de mentiras, pq os mais doentes e loucos são eles que ficam correndo atrás das materiais que acabam editando de forma a não mostrar o lado negativo deles.

Escrito por João Carlos em maio 8, 2007 03:29 PM

A década da série Star Trek também está errada...

Escrito por Bia Kunze em maio 8, 2007 03:33 PM

Então sou um cyberviciado, e gostaria de ser muito mais viciado... oras.

Agora a reportem falando que os loucos por tecnologia são "mal-humurados" e "anti-sociais" e exatamente ai entra a sua imagem foi a mesma coisa que falar mal de você bem na sua cara.

Escrito por Massao em maio 8, 2007 03:44 PM

Não te aborrece com esses sanguessugas da televisão, que distorcem as palavras da maioria dos especialistas em tecnologia que dão entrevistas.


Se alguém está disposto a ver outro exemplo parecido, assista a entrevista do Sergio Amadeu e do Julio Neves no Jô Soares: http://www.youtube.com/watch?v=8axiChPHRcM


O Jô, com sua profunda falta de conhecimento do que se trata o Linux, acaba por atrapalhar o andamento da entrevista de 2 caras que sabem muito bem oq tão falando, e querem tornar o assunto mais fácil de ser entendido pelo público.


Eu não gostei da reportagem da Record, pois trataram os "loucos por tecnologia" como pessoas doentes, quando na verdade todos pensavamos que iam ser tratados como "visionários a frente do próprio tempo".


Eu me sinto um pouco a mais frente no tempo do que as pessoas que ainda não tem tanto contato com a tecnologia, como eu acredito que se sentem todos que lêem o blog da Bia, e ainda mais aqueles que chegaram até esse comentário.


BIA! Tu demonstras como tu usa a tecnologia pra coisas boas aqui no Blog, e não na "Rede Universal". Não te abate com coisa pouca.

Escrito por Everton Foscarini em maio 8, 2007 03:44 PM

Isso é um absurdo!!!
Fazem 15 anos que eu acesso computador todos os dias e nunca viciei!!!!

Brincadeiras a parte, não esquenta Bia. Não é de hoje que sabemos que temos que ficar com o pé atrás com a TV aberta.

Abração!

Escrito por Baumart em maio 8, 2007 04:24 PM

Péssima reportagem!

Pelo jeito foi produzida por uma equipe que trabalha em máquina de escrever.

Escrito por Marcelo Camargo em maio 8, 2007 04:31 PM

Bia, não fique chateada não, a TV é podre, ultimamente com a guerra deliberada de audiência entre Globo e Record; principalmente a Record, está fazendo de tudo, e apelando, em todos os horários e programas, para se manter no topo da audiência, portanto, não é de se estranhar o que aconteceu na edição dessa matéria.
Eu evito assistir TV, programação normal, não acrescenta nada, só só assisto séries, filmes, futebol e documentários, vez ou outra, algum programa de entrevistas e só, de resto, nada se pode aproveita.
Além deles usarem na edição, uma fala sua que era apenas uma explicação sobre o comportamento dos "cyberviciados" ainda mostraram vc escrevendo no Qtec "Hoje em Dia" bem bonitinho né? Faltou só colocar a foto e chamar de trouxa!!
Poutzzzz se eu fiquei com raiva, imagina vc hein Bia?
Esquenta não, toma um suco de maracujá!
Vc não merecia isso.

Bjus e sucesso!

Escrito por MarceloZ em maio 8, 2007 04:50 PM

Quem assiste esses programas de manhã? ridículo vai.
Até o louro José eh melhor.

Doente eh quem fica em casa assistindo tv e record.

Eu já proibi minha mãe e minha avó de ver isso ... faz mais q 1 ano. Acho q o comportamento geral das duas melhorou mto .. agora elas tem mais vida, e não ficam vegetando na frente da TV vendo Hoje em Dia.

A saída do Brasil eh mesmo o aeroporto. Anta de quem faz o programa, mais anta de quem assiste depois ... eu me recusaria a aparecer nesses lixos.

Escrito por Pablio em maio 8, 2007 04:55 PM

Bia, eh bom pra vc começar a selecionar melhor onde aparece.
Eu gosto mto de vc, dos seus post, admiro e torço mto pra vc ... mas perai né, começa a recusar certas coisas tb. Tá na cara q vai ser furada!

Abraço. Boa sorte ai.
Faz q nem o cara falow: suco de maracujá pra vc.

Escrito por Pablito em maio 8, 2007 04:57 PM

Pablio, só que sempre existe a esperança de que eles vão fazer algo decente...

Eu (que não gosto da Record), quando vi que eles tinham chamado a Bia para participar, achei que fariam uma matéria decente... Nem sei porque me iludi...

Escrito por Felipe Cepriano em maio 8, 2007 05:02 PM

Bah!
Deixa pra lá isso pessoal.
E Bia, na próxima vez que precisarem da sua opnião para alguma coisa, peça para tentarem te contactar por sinal de fumaça, pq assim não correm o risco de ficarem "viciados"! =P

Pra mim pode precisar de alguma terapia aquelas pessoas que só usam toda esta tecnologia pela qual sou apoixonado para usar Orkut, MSN e afins como único meio de interação com outras pessoas.

[] a todos!

Escrito por Rafael Nunes em maio 8, 2007 05:05 PM

Caro Everton, essa entrevista do Jô já foi falada aqui no GSF. Dê uma pesquisada no arquivo do blog.

Nada a ver comparar a entrevista da Bia com aqueles dois sujeitos que citaram o Google como exemplo de SL e outras pérolas tipo "compilar" programas. Uma entrevista que foi um mico devido ao despreparo dos entrevistados.

Já a record queria apenas fazer uma reportagem bobilda. :|

Escrito por Jeferson em maio 8, 2007 05:15 PM

A falta de conhecimento de um reporter sobre um tema, só poderia dar nisso mesmo...

Pegaram uma coisa que realmente acontece, principalmente com jogos online (na China então nem se fala, toda semana morre um que "esqueceu" de comer), só que não souberam como fazer a matéria.

Esse negócio de ter suas falas editadas e colocadas fora de contexto, só dá problema. É como aquela brincadeira do Silvio Santos, que você entra numa cabine, não ouve nada o que acontece lá fora e fica falando "sim" e "não" quando acende uma luz.

Escrito por whinston em maio 8, 2007 05:20 PM

Realmente, a reportagem foi pra láde tendenciosa, mas não acho que pegou mal pra você, não. Ficou claro que você tava falando das excessões, das pessoas que deixam de ter vida própria em nome da tecnologia, e não de todos os apaixonados pelas ferramentas e facilidades da tecnologia no cotidiano.

E chamaram o Sr. Spock de Dr. Spock, aaaaaargh!

Escrito por Lu em maio 8, 2007 05:24 PM

Sacanagem o que fizeram com você, Bia. Basta ler um ou dois posts seus para perceber que a edição não tem nada a ver com o que você diria, num contexto "por inteiro".
A única coisa favorável a eles é que você ficou muito melhor no vídeo que na foto da revista.

Escrito por Enio Luiz Vedovello em maio 8, 2007 05:25 PM

É ou não de se lamentar quem só tem acesso a informação pela Televisão? Quem só tem acesso a um ponto de vista? Ou pior, quem acha que só existe um ponto de vista? Há anos eles se habituaram a catequizar as pessoas, seja em política, lógica de consumo massificado, etc... A rede esta aí como resposta a essa mono-cultura de idéias e mídia. Um viva para a rede (que somos nós e aquilo que colocamos nela)! Aguardo por sua resposta. Abraços!

Escrito por Witaro em maio 8, 2007 05:28 PM

É por essas e por outras que eu prefiro podcasts e rádios! Só para comparar, basta ouvir os seus podcasts, ou a reportagem da CBN que você postou em
http://www.odontopalm.com.br/psf/arquivo/2006/09/

Na entrevista da CBN, o locutor me pareceu que não era muito ligado em tecnologia, mas foi um bom entrevistador porque se colocou no lado de leigo e foi aprendendo com os 4 especialistas :).

Escrito por Jonny em maio 8, 2007 05:33 PM

Olha Bia, vi de novo a reportagem e achei que numa coisa eles foram legais com você. Eles nem citaram seu nome!

A matéria foi tão ruim que não ter seu nome escrito ou pronunciado lá já é um alívio!!!

Escrito por Jeferson em maio 8, 2007 06:24 PM

Prefiro tomar os dois copos de cerveja hUAhAUhUAhUAhUAh

Escrito por Otavio Kaminski em maio 8, 2007 06:26 PM

Realmente o exagero pode acontecer, mas acho que deveriam ter falado com os entrevistados que iriam colocar essa abordagem, mas...

...o papel da imprensa não é relatar os fatos e deixa a interpretação com o público ou, pelo menos, mostrar os dois lados?

Quanto ao Jô, tenho muitas críticas ao seu programas, mas neste caso acho que estava certo, pois nós que trabalhamos com informática temos a tendência a usar o nosso jargão e não traduzir para o mundo leigo.

Escrito por Fernando em maio 8, 2007 06:34 PM

E aí Bia, quando vc vai aparecer no Jô Soares? Duvido que ele não vá te respeitar!!!!

Escrito por Fernando em maio 8, 2007 06:37 PM

Ah cambada de safado, deturparam tudo, eu s fico no micro por que trabalho, agora se ganhar na megasena acumulada vou morar no tahiti e nunca verei micro... somente smarthphone :P

Escrito por Walter Jr. em maio 8, 2007 06:48 PM

Eu particularmente, largo o telefone e prefiro a cervejinha, fácil fácil.

Escrito por Fabio em maio 8, 2007 07:18 PM

Muito frustrante...

Fico me perguntando: "como será que te acharam Bia?" Se não sabiam como era seu cotidiano, sua relação com a tecnologia, se não sabiam do seu Blog, que você é praticamente uma celebridade entre os aficcionados por tecnologia...Porque se sabiam do seu perfil, é total sacanagem oq fizeram com você. Sua participação na materia não tem nada a ver com oq você faz. Deturparam tudo!

Seria muito mais legal até pro programa se tivessem levado você ao palco ou mesmo de onde você estáva, e mostrasse você demonstrando a utilidade de seus "brinquedinhos viciantes". Seria uma materia interessante pro público leigo também...Mas seria pedir muito dos editores do programa né?

Acho que você não deveria esquentar muito a cabeça com isso. Mas bem que poderia mandar um email pra produção e mostrar a repercussão da meteria e se posicionar a respeito. Falar que não gostou da edição que fizeram e tudo mais..

Abraços e sucesso!

Escrito por Carlos Olimpio (Malino) em maio 8, 2007 07:19 PM

Cá entre nós, a Record não é da Universal, é do demônio cara =X

Escrito por Rafael Marin em maio 8, 2007 07:36 PM

Não foi só vc que foi sacaneada!!! o cara que foi depois mostrar os aparelhinhos não falou nem 5 minutos! Mostrou só o voip + camera e não mostrou todas as outras parafernalhas!

Escrito por Jonny em maio 8, 2007 08:00 PM

Bia, ultimamente não estou conseguindo acessar o youtube, tem como você me disponibilizar outro link para que eu possa ver essa reportagem?
eu ia ver de manhã mas acabei perdendo a hora.

eu não sei o que está havendo, pois não consigo nem pingar o youtube.com (nem por pelo endereço nem pelo IP)

Grato, Gustavo

Escrito por Gustavo em maio 8, 2007 08:03 PM

Putz Bia. Que saco isso. Mas pelo menos você ganha experiência. Já sabe que precisa cuidar muito de como, onde e para quem concede entrevistas.
Quanto aos caras que fizeram isso, total falta de respeito pelas pessoas. Nem digo por uma colega de trabalho, pois de repente eles nem sabem que você é jornalista.
Porém, basta ver um repórter da Record em qualquer reportagem que se vê que a qualidade dos profissionais de lá não é essas coisas.

Não esqueçe de me ligar qualquer dia para tomarmos um café.

Beijos,

MR

Escrito por Marcelo Rosa em maio 8, 2007 08:54 PM

Por que será que não estou surpreso com isso?
É típico de edição de redes de televisões e principalmente de quem não manja lhufas do que foi entrevistado.
Sem nem ter visto a reportagem, boto minha mão no fogo por você, pois tua competência na área te dá o devido crédito.
Beijo

Escrito por Neto Cury em maio 8, 2007 09:03 PM

Uma visão pratica da vida moderna:
1 - O apocalipse já aconteceu, quem passou dessa pra melhor se salvou, sobrou nós então já era...
2 - Dado que vivemos na era pós-apocalíptica acho que até que tá bom.
3 - O Brasil é o desigual em proporções de qualquer apecto que se vá analisar.
4 - O público alvo desse tipo de programa é a dona de casa (veja o horário).
5 - Vai falar sobre coisas que as pessoas não entendem em sua grande maioria, pra fazer quadro em um programa não dava pra elogiar nada, pra colocar certas coisas nas cabeças das pessoas precisava de um documentário.
6 - Quantos brasileiros tem "paciência" de assistir documentário.
7 - Gente vamos acordar a realidade tá ai, ninguem muda nada! então vamos vivendo do jeito individual de cada um. A coletividade a tempos caótica, exclui, oprime e segrega.
8 - Precisa-se de décadas para se mudar quase nada no Brasil.
9 - Muita coisa está melhor mas para pouquíssima gente! vejam só, agora é que a telefônica estuda levar fibra ótica até as residências.
10 - Sempre seremos índios, sejamos índios hightech ou índios da pedra lascada. Apenas bons e amáveis indiuns brasilies.

Escrito por Daniel Gianni em maio 8, 2007 09:09 PM

Esqueci de um ponto importante. Toda universidade tem os pesquisadores bolsistas que vivem dessa bolsa de pesquisa. Como tudo na humanidade nem todos produzem conhecimento razoável e sustentável. E não é previlégio de pesquisador brasileiro não, vejam os anúncios de pesquisas no exterior, é cada conclusão absurda, cada estudo medonlho. Bom mas cada um batalha seu peixe do jeito que sabe né!

Escrito por Daniel Gianni em maio 8, 2007 09:12 PM

Não sei porque a Bia está tão furiosa, afinal nem apareceu o nome dela..rs...

Além disso, se ela fosse um pouco mais inteligente, nem daria essa entrevista.

O que esperar de um programa matinal na Record?

Quis se aparecer e se ferrou...

Escrito por Leticia em maio 8, 2007 09:13 PM

Por falar em aparecer, tu deu as caraa né , Letícia?
Puta dor de cotovelo por ser tão medícocre e não ter o sucesso que nossa amiga Bia tem, não é, Dona Letícia?
Letícia, VTNC!

Escrito por lexreis em maio 8, 2007 10:09 PM

Jonny,


Bem lembrando.. tenho até hoje os aquivos guardados no pen drive.. acordei com MUITO sono pra participar via msn. De luz apagada e com frio consegui escrever alguma coisa, pena que o vicio daquela época de escrever em várias linhas tenha atrapalhado.

É mesmo Bia.. e a CBN?

Escrito por Jose Vitor em maio 8, 2007 10:32 PM

meu deus!... descobri que sou doente!...


hahaha


bia não esquenta...

Escrito por betushco em maio 8, 2007 11:12 PM

HAHAHA, Caro lexreis... a verdade é que essa participação da Bia foi o micosemfio do ano...

Dor de cotovelos em fazer esse papelão de se auto-promover, e depois nem ter seu nome citado...

Tava todo mundo achando que ela seria e estrela da reportagem, e na verdade foi aquele gordinho...

HAHAHAHAH

Escrito por Letícia em maio 8, 2007 11:15 PM

Se a Bia fosse mais gatinha, com certeza os teria tido mais tempo.
Uma mulher inteligente não chama atenção da mídia.

Escrito por Mauro em maio 8, 2007 11:18 PM

Matéria medíocre, bem ao estilo do programa, de ignorantes para ignorantes...

É Bia, caiu no conto do pastor, uma pena...

Escrito por Raphael em maio 9, 2007 12:23 AM

Ola a todos, ola bia, você foi vitima de pegadinha... na hora da entrevista, quem te entrevistou deve ter falado de varios topicos com você sem nexo, e depois pegaram apenas o que interesava. o que você deve fazer a partir de agora e evitar dar entrevista a certas emissoras e programas de quinta categoria como esse ai, quem não te conhece através do blog pensa que você e uma nerd do mal vinda das trevas.
Sim quanto a entrevista, programa de quinta categoria, numa emissora que dispensa comentarios sobre qualidade, e o programa falou besteira, principalmente na parte que diz que os americanos não apreciam tecnologia..... quem escreveu aquilo não deve nem conhecer o que é um ipod..... bem por aqui basta não vou perder meu tempo falando desse programa ai! Bia tenha essa entrevista como aprendizado, é que entrevistas melhores ocorram daqui pra frente, e sempre de olho vivo com esses reportes malas sem alça!

Escrito por Irvin em maio 9, 2007 12:24 AM

Viva o Louro José!

Escrito por Gilberto Navarro em maio 9, 2007 12:32 AM

É impressionante, como pode ter gente tão pobre de espírito (e neurônios) que acha que eu topo aparecer numa reportagem de TV para ser... "estrela"?

Nem responderei mais a isso. Não vou perder tempo. Já disseram que eu ia morrer de câncer, olha eu aqui firme e forte. Coincidência ou não, foi quando apareci em outro programa de TV, no fim do ano passado...

Pra que isso? Falta do que fazer? Só pode! Nem consigo mais ficar braba... Sinto é pena de gente assim, pois essas pessoas é que sentem vontade de "aparecer", no sentido leviano da palavra. E, que ironia, só "aparecem" quando botam seu nome aqui nos comentários. Pronto, o post vira um samba do crioulo-doido. (Ops, samba do afrodescendente mentalmente inapto, já que estamos na era do politicamente correto.)

Que tal sairem pelados na rua? Dá muito mais resultado! Pendurem uma melancia no Palm, com trocadilho, hehehehe, e saiam na rua...

Aos que gostam de tecnologia de verdade e participam de blogs, fóruns e afins: estou fazendo uma segunda faculdade, de comunicação, porque decidi que quero ajudar a melhorar um pouquinho esse nosso país, retribuir um pouco tudo que conquistei ensinando, passando adiante, defendendo bandeiras como a inclusão digital. Já estou sendo procurada para isso. Até livro vou escrever. O que farei com imenso prazer!

Como bem disse o João no último Papotech, não estou mais na idade de ter razão, e sim de ser feliz. Eu só faço o que amo e ganho minha vida com isso. O que poderia ser melhor?

Fiquei com raiva da matéria sim, mas é porque generalizou a nós todos, fãs de tecnologia. Contudo, a revolta já passou. Agora estou até fazendo piada com a história. O pessoal também descontraiu, recebi mensagens engraçadíssimas agora à noite. Gravei o Podsemfio n.39 como extra, e o que está lá é a minha palavra final a respeito do caso. Vamos dar uma descontraída e rir um pouco?

E amanhã, todo mundo está obrigado a procurar um psiquiatra, ok? Chega de computador!!! ;)

Escrito por Bia Kunze em maio 9, 2007 12:53 AM

Eu achava que a record, das "Tvs abertas" era uma das mais sérias, mas agora dá pra ver que eles adoram o lado sensacionalismo da coisa também, como todas. A audiência é passar só coisa ruim. Mas o que fizeram com vc, em distorcer as coisas, foi muita deslealdade. Meu conceito da record caiu muito.

Escrito por Adriana em maio 9, 2007 01:09 AM

Um dos "equipamentos-de-alta-tecnologia-que-te-mantêm-plugado-dia-e-noite,-seu-viciado" mostrados na reportagem é uma potente impressora de etiquetas (aos 03:36").

Escrito por Laércio Muniz em maio 9, 2007 02:12 AM

Bia:
Acho que a "Rede Universal" perdeu uma boa chance de fazer uma matéria útil para a comunidade. Na verdade pensava em dizer que a matéria ficou um verdadeiro "samba do crioulo doido" mas como, graças à Deus, lí a sua resposta anterior, não vou cometer esse deplorável ato politicamente incorreto e, já me corrigindo à tempo, classificá-la de "samba do afrodescendente mentalmente inapto".
Continue firme!

Escrito por Alberto Magno em maio 9, 2007 03:26 AM

Esta é a "indústria" da notícia.
Estes hipócritas falaram mal da internet e dos meios de comunicação mais eficientes hoje, porém eles também dependem deles. Sem mencionar que a propria internet, de certa forma, gera uma concorrência com a TV.
A natureza tende ao equilíbrio. Equilíbrio este que não mostraram na reportagem, entre o lado fútil e o lado produtivo da era da informação.
Achei uma materia muito tendenciosa e para "vender" o peixe deles.
A falta de comunicação é um dos grandes problemas da humanidade, afinal: "Quem não se comunica, se estrumbica". Então vamos comunicar.

Abraço e sucesso Bia!

Escrito por Gustavo Borba em maio 9, 2007 09:52 AM

Bia, Não liga não. Você é melhor que isto, todos nos leitores e usuarios de tecnologia, sabemos que você não é do tipo de pessoa que faz para aparecer. Pode parecer estupido a comparação mas outro dia na hora do almoço, cheguei em minha casa e minha mãe tava assistindo a uma entrevista com o clodovil na record no mesmo programa. A materia ficou tão distorcida que no final do programa após varios telefonemas, o pessoal do programa veio e falou que editaram varias partes da entrevista que durou quase 4 horas para passar em 35minutos, e ainda tiveram a cara de pau de dizer que editaram para proteger o clodovil =S

O pessoal lá é meio sem noção. BIA você sempre será a nossa blogueira predileta. bjus

Escrito por Thiago Marangon em maio 9, 2007 10:17 PM

Olha Thiago...

Depois do Bafafá que deu hoje no congresso, não duvido que ele tenha dito umas coisas impublicáveis nessa reportagem... rs rs rs rs rs

Deu na folha:
"Segundo da deputada Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Clodovil teria dito a Cida Diogo que se referiu às mulheres "bonitas", mas que ela "é tão feia que não serve nem para ser prostituta"."
http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u92127.shtml

Hadooooooooouken!

Escrito por Jonny em maio 10, 2007 05:50 AM

Eu também sou MUITO viciado e preciso de tratamento URGENTE!

Conto com a ajuda da Rede Record, já que gastou tanto dinheiro em uma matéria para nos alertar e nos identificar como "doentes", de apenas R$ 200.000,00 para me curar.

A propósito, ainda deveriam te pagar o dobro deste valor por ter manipulado sua entrevista, a fazendo parecer que tem uma opnião oposta a sua.

Não entendo de direito, mas acho que dá para encaixar alguns processos aí! ;)

Escrito por Bruno Fontes em maio 10, 2007 03:27 PM

É que celular é coisa do demônio. O que você esperava da Rede Record? A emissora é propriedade de um dos maiores salafrários que já se ouviu falar no Brasil. É mais tendenciosa que a própria Rede Globo. É só uma pena que tenham usado o seu depoimento para ridicularizar quem de certo modo está acima da média no uso de equipamentos eletrônicos. Fora a pergunta idiota, sobre a lei americana, que provavelmente deve ser mentira.
Já foi discutido aqui anterioriormente sobre a imprensa, e o que concluímos que se pegarmos todos os telejornais, e batermos no liquidificador, não dá meio copo.
Tenta não cair mais nesse tipo de "golpe". É ótimo que você tenha mais notoriedade, consiga divugar mais seu trabalho e sua filosofia de vida. Mas a esse preço, vale a pena?

Beijo grande

Bruno

Escrito por Bruno em maio 11, 2007 09:06 PM

Uma coisa que eu acho engraçado em relação à internet: se vc passa o dia inteiro lendo livros pq adora literatura, nunca vai ser um viciado. Se vc passa o dia inteiro lendo na internet, é um viciado. Vai entender.

Escrito por Alexandre Fugita em maio 13, 2007 04:42 AM

Não consegui ler todos os comentários pela quantidade, mas alguém lembrou que a Record pertence à Igreja Universal? Quem fica muito no computador não tem tempo de assistir televisão (pastores) e talvez ir à igreja dar dinheiro à eles... ou sou muito paranóico?

Escrito por j. noronha em maio 14, 2007 07:51 PM

A reporte condena as pessoas que usam celular ao atravessar a rua por serem equipamentos eletrônicos, e por isso não prestão atenção. Mas ela estava usando um microfone e olhando para a câmera ao atravessar a rua. Devemos condena-la também?

Escrito por Tiago Cussiol em maio 15, 2007 12:09 AM

Eu acho que não devemos condena-los, isto porque as vezes são casos delicados e que não podemos deixar para outro momento, correndo o risco de perder muitas coisas.

Escrito por Arly em maio 15, 2007 11:28 AM

hahaha, as únicas conclusões que consigo tirar são:

mamães, protejam suas crianças!!
ou melhor ainda...
Nossa Bia, não sabia que você era assim :p

Mas pessoal, agora sem ironias, o que poderíamos esperar de um programa dirigido a donas de casa, ainda mais num canal como este que, como dizem por aí, super-fatura os horários na madrugada para poder injetar dinheiro dos fiéis e fortalecer uma empresa de mídia? uma reportagem sobre sexo virtual as 9:30 da manhã?

nota 0 pra reportagem, porque o canal já estava excluído da lista de minha tv a tempos! :-D

p.s. tentei postar no youtube mas lá só aceitam 500 caracteres, melhor postar só aqui mesmo que fica mais restrito :-))

Escrito por Tito em maio 17, 2007 04:08 PM

Bom, Record dispensa comentários, oq eu poderiamos esperar de uma TV sensacionalista? Claro que eles querem atrair a atenção dos pais de família preocupados com seus filhos que passam horas na frente do PC, bom isso mostra que inclusão digital, avanço tecnológico, mobilidade e convergência são termos muito complexos para os produtores deste programa abordarem com bom senso, ou melhor, sanidade, deveriamos falar sobre o impacto dos programas sensaciolanistas na nossa sociedade, como protesto a essa abordagem de quinta da record a um assunto que vai muito além de nerds consumistas.

Escrito por Sandro Silva em julho 4, 2007 05:20 PM