« Preços e pacotes do iPhone da TIM | Home | Podsemfio n.80 - webOS »

janeiro 14, 2009

Os riscos dos smartphones "genéricos"

Em meio às marcas consagradas de celulares, despontam modelos com nomes obscuros que não figuram em estatísticas: os chamados MP6, MP7, MP8, MP9 e por aí vai. São os chamados "genéricos", presentes em camelôs, pequenos importadores e várias lojas virtuais.

Para atrair a atenção dos consumidores, apostam no visual copiado de modelos famosos, um canivete suíço de recursos (entre eles, suportar 2 chips e sinal de TV) e preços muito atraentes.


A Apple pode não ter lançado o iPhone nano, mas a Foston lançou... hehehe...

Não me sinto apta a julgar esses produtos, já que nunca testei nenhum modelo. Porém decidi escrever esse post por causa das dezenas de emails que caem semanalmente no meu inbox, de gente perguntando sobre esses aparelhos. Basicamente o que recebo são queixas da qualidade e da falta de assistência e garantia quando começam a apresentar problemas. Na maioria das vezes, os problemas surgem já nos primeiros meses de uso.

Mas não é só o prejuízo financeiro - travestido de uma aparente economia - que deve preocupar quem adquiriu ou pensa em adquirir esses aparelhos.

Há um outro porém (muito mais perigoso) que quase ninguém comenta: eles não são testados por entidades regulamentadoras (como a FCC, nos EUA, ou a Anatel, no Brasil) e por isso mesmo ninguém sabe o nível de radiação que esses aparelhos emitem. As grandes fabricantes têm um cuidado especial nesse quesito, pois fazem testes à exaustão e documentam todos os resultados. No caso dos MP-qualquer-coisa, o fabricante não tem essa preocupação. Ou pelo menos, nada está claro para o consumidor.

Não sou expert no assunto e nem há um estudo definitivo ligando celulares a câncer, mas há uma preocupação geral da sociedade com a proliferação de antenas e redes sem fio em centros urbanos. No caso dos smartphones genéricos, a proliferação desses aparelhos não-regulamentados também não seria preocupante? Deixo a dúvida no ar.

Pesquise preços de: celulares 3G, celulares dual-SIM, celulares com câmera

postado via wifi

Escrito por Bia Kunze em Smartphone em janeiro 14, 2009 11:11 AM

IMPORTANTE: escrevam nos comentários somente o que estiver dentro do assunto do post. Dúvidas genéricas sobre outros assuntos, mandem-nas para: bia arroba garotasemfio.com.br. Obrigada!

Eu nunca tive preocupação em relação à radiação que o aparelho emite. Passei a ter depois que comprei o HTC Touch, quando vi algumas restrições de uso -- devido à radiação -- no manual.
Imagine só esses MP-whatever...
...uma bomba nuclear.

Escrito por Gustavo em janeiro 14, 2009 10:31 AM

Parabéns pela iniciativa. Ninguém melhor para comentar sobre assunto do que você. Sendo sincero, nunca fui a favor desse tipo de produto "genérico". Nunca tinha pensado por esse lado, conforme você fala. Tem toda razão e concordo plenamente. Não sabia que esses aparelhos não eram testados pelas entidades relacionadas acima. Sobre a qualidade, "prefiro não comentar". Abração!

Escrito por Daniel Accorsi em janeiro 14, 2009 10:32 AM

Do meu ponto de vista como consumidor, quem compra um desses e realmente espera assistência técnica e garantia, é um deslocado. Quando vc compra um smartphone que não custa menos que R$800,00 vc tbm compra todas essas comodidades junto. Agora, comprar por esse preço e reclamar depois... é osso, viu?


Do ponto de vista da saúde pública, realmente é algo para se pensar...

Escrito por Kenji-182 em janeiro 14, 2009 10:34 AM

Bia além do risco de alta emissão de radiação, me preocupo e muito com as baterias desses aparelhos.
Como o consumo de energia é intenso devido os diversos recursos e as baterias são de péssima qualidade há sim um risco de alguma reação química inesperada que pode acarretar danos físicos diretamente ao usuário.

Escrito por Paulo em janeiro 14, 2009 10:36 AM

Bia,

Esse "outro porém (muito mais perigoso) que quase ninguém comenta".
Quase ninguém leva em conta na hora de "economizar e/ou gastar menos". Levando-se em conta que tem gente que compra Cigarros e Remédios... nestes "camelôs".
O Risco à saúde NÃO vale a pena !!! O famoso "o barato sai caro". Tanto pela saúde, quanto pelo prejuízo em o aparelho "parar" de funcionar após a "garantia" de poucos meses.

Parabéns, por não só se preocupar ! Mas, por postar sobre esse assunto TÃO importante !!!

Em meio ao Lançamento do PALM Pre !!! Pronúncia-se "Pree", correto ?

Escrito por Jeff em janeiro 14, 2009 10:37 AM

Concordo com você em gênero, número e grau, Bia.
A falta da fiscalização/homologação por órgãos reguladores são preocupantes no que diz respeito aos danos à saúde que o aparelho pode causar.

Adiciona ao seu comentário outros três fatores:

1) A maior parte destes pseudo-smartphones são provenientes da China. Basta lembrar do caso das bonecas da Matel que apresentavam alto teor de chumbo na tinta, podendo gerar envenenamento das crianças. Com isso, os materiais empregados na construção destes aparelhos também é questionável.

2) Lembram há tempos atrás a questão de explosão de celulares com "baterias piratas"? Isso ocorria pela falta de controle de qualidade na linha de produção das mesmas... agora imagine quando se trata de um celular inteiro.

3) Relacionado ao item anterior: dá até medo de conectar um aparelho destes com um computador/notebook - já que portas USB mal montadas em um celular podem gerar curtos nos controladores internos do PC. Fora o risco de um sensor de carregamento de bateria mal montado (que pode causar super-aquecimento e eventual incêndio enquanto o aparelho estiver conectado na tomada).

Ótimo tópico, ótimo alerta!

Escrito por Seidi Magori Jr (SeidiMobile) em janeiro 14, 2009 10:40 AM

Já venho dizendo, né... esses telefones não têm certificação FCC ou CE, mas têm uma ótima, a C-TA. Comprou um? Cê Tá Fu.

Escrito por Fernando Segura em janeiro 14, 2009 10:50 AM

Se até o iPhone original causou queimaduras na perna de um sujeito... eu não sei se quem paga R$ 2000 está seguro ou se tem somente a ilusão de alguma segurança!

Escrito por Humberto Massa em janeiro 14, 2009 10:51 AM

Antes de comprar meu N95, me mostraram esses MP-qualquer coisa, que fazem de tudo, mas optei pela segurança e confiabilidade de um Nokia.
Mas a gente sabe que a maioria vai pelo preço, sem se preocupar se é seguro ou não.

Escrito por Paulo em janeiro 14, 2009 10:54 AM

Isso me lembra o que postei a um tampão atras... Uma amiga filha do dono da pizzaria vizinha aqui de casa exibia o seu "Foston" toda orgulhosa... Ate eu sacar o treo da mochila, depois de brincar a valer c/o treo eu acho que hoje se ela não estiver com um alfone... Eu apoosto que ela deve estar c/o Fostone... (alfone+foston)

Escrito por grind em janeiro 14, 2009 11:00 AM

Muitos amigos já adquiriram esses "fakes", vou alertá-los sobre isso.

Talvez os sites da empresa apresentem alguma informação, vou conferir

Escrito por Gattune! Tecnologia em janeiro 14, 2009 11:01 AM

Bia, é o que eu digo aos meus amigos que me perguntam sobre esses MPx: se vc comprar um, tem que ficar trocando de lado toda hora na hora de usá-los, porque senão vai cair o cabelo de um lado só... Trocando de lado toda hora, o cabelo cai por igual.
Falando sério, o grande problema nem é o financeiro / econômico. É a qualidade e risco à saúde da exposição (não avaliada) à radiação que esses aparelhos emitem.

Escrito por jaymebc em janeiro 14, 2009 11:07 AM

"Antes de comprar meu N95, me mostraram esses MP-qualquer coisa, que fazem de tudo, mas optei pela segurança e confiabilidade de um Nokia.
Mas a gente sabe que a maioria vai pelo preço, sem se preocupar se é seguro ou não."


N95 = 2,500 reais

MP-qualquer-coisa = 400 reais

Não se preocupam se é seguro, pq não tem 2,500 reais pra pagar em um celular como vc teve, será que é por isso? Gente vamo abri os olhos...

Escrito por jackz em janeiro 14, 2009 11:08 AM

Bia, tu fizeste o correto em alertar sobre estes "fakes".

Agora cá entre nós, é triste ler um comentário de alguém dizendo que isto é papo de "burguês".

Como dizia o Robin no seriado da TV, "Santa ignorância Batman".

Graças a estes que pensam que camelô e "la garantia soy yo" são a única porta de entrada para a tecnologia, é que estas porcarias são vendidas. Graças a estas "mentes especiais" que temos um país como este chamado Brasil.

[]'s

Escrito por Assis Haubert em janeiro 14, 2009 11:12 AM

Para que se interessar no assunto, segue o link de uma publicação do International Comission on Non Ioninzing Radiation Protection:

http://www.icnirp.de/documents/radiotelephones.pdf

Recomendo ler as conclusões do artigo, para não ter de ficar no bla bla bla técnico. Em suma, apesar da falta de evidências conclusivas sobre os efeitos biológicos relacionados com a radiação de telefones celulares, o ICNRP recomenda a limitação da SAR emitida por estes aparelhos. Será que este smarts genéricos atendem a tais recomendações?

Escrito por Raphael em janeiro 14, 2009 11:13 AM

Post interessante, já usei esses aparelhos e o barato acaba saindo caro por estragarem rápido demais, uma "capa" (carenage) nova custa mais da metade do preço do aparelho.

Me chama atençaõ o topo do teu blog, não gostei, não quer que eu faça um? :)

Escrito por Mike Rodriguez em janeiro 14, 2009 11:15 AM

É um verdadeiro absurdo que algo possa ser comercializado no Brasil e não ter selo de aprovação da ANATEL. Importante o consumidor ficar de olho para não ser enganado por uma aparente economia que sai caro. Às vezes é melhor adquirir um modelo com menos recursos, se você não dispõe de dinheiro no momento, do que se expor a problemas imprevisíveis tentando "ser esperto".

Escrito por Alexandre Costa e Silva em janeiro 14, 2009 11:27 AM

Bom, sou técnico em eletrônica, embora não tenha mexido muito com celulares. Porém, a parte de radiação, é praticamente impossível um celular chinês ultrapassar os limites recomendáveis, pois os circuitos, bem como as antenas, são os mesmos utilizados em marcas como HTC, Nokia, etc. As baterias, sim, aí já temos um risco um pouco maior, de explosão, pois não sabemos se as baterias têm o chip de proteção de carga, presentes em baterias de marcas confiáveis. Porém, vale lembrar, hoje, a maioria dos componentes eletrônicos é fabricada na India, China, Taiwan, Indonesia, etc. e podem ser as mesmas empresas que fornecem as baterias para estas marcas. Sem contar que, a CECT, por exemplo, lançou um dos seus clones do iPhone com Windows Mobile 6, Wifi e acelerômetro ... imagina, um iPhone com um WM ? A gama de produtos seria um grande atrativo, não ?

Eu conheço muitas pessoas que têm os MP algo e não trocam ele por nada! Eu já mexi bastante com um e, confesso, coisas como a TV analógica me chamaram a atenção ... Porém, o idioma português é muito tosco, não possui opções de customização, a maioria deles não possui suporte a Java ... Vai do uso. Quem quer algo para ver vídeos, ouvir música (a qualidade do som é aceitável) e tirar fotos (alguns modelos vêm com uma câmera com zoom óptico) e quer gastar pouco pode até ser feliz com um. Eu não seria ;) . Como a Bia escreveu em outro post: existem pessoas que têm seus smartphones e nunca instalam programas !

Escrito por Mauro Martins em janeiro 14, 2009 11:42 AM

Bia, parabéns, há algum tempo venho acompanhando o seu blog e acho ele muito útil para muitos... vamos lembrar que há 10 anos atràs, internet era considerada coisa de burguês, agora vamos esperar, quem sabe daqui alguns anos fique mais acessíveis essas coisas.
Depois comento com mais calma....
Kenji
Feliz proprietário de um n95 e um HTC.

Escrito por Kenji em janeiro 14, 2009 11:42 AM

Curiosamente, acabo de voltar de Hong Kong e Shenzhen, na China e a esmagadora maioria de celulares que eles usam, por incrível que pareça, é composta de Nokias e Motorolas...eventualmente um Sony Ericsson. Vi muito poucos Iphones e menos ainda esses "genéricos".

Acreditem se quiserem...

Escrito por Adriano em janeiro 14, 2009 11:50 AM

É, realmente esses celulares vem adquirindo espaço no mercado brasileiro, vários amigos(as) compraram um modelo desses dizendo que é bom, que é eficaz, porém uma coisa que eles não sabem é o risco que eles podem estar correndo confiando em um celular sem homologação nenhuma. As vezes o barato pode sair muito caro daqui alguns anos.
Outra coisa, o sistema operacional que esses "genéricos" carregam é totalmente "TOSCO", se alguém estava em vista de comprar alguma "coisa" dessas acho melhor ler esse post da Bia várias vezes e pensar novamente a respeito do mesmo.

Escrito por Danilo Brizola em janeiro 14, 2009 11:52 AM

E é incrível como o pessoal acha que esse são os melhores aparelhos do mundo, um amigo meu, comprou ukm tal de mp9 por R$600, eu disse pra ele pegar um Nokia N73, ele não me ouviu e comprou o mp7, ele achou o máximo nos primeiros dias, depois, o mp9 ficou uma m*rda e bateu o arrependimento, ele devia ter pego um N73, é muito mais celular, e é um smartphone e a câmera é realmente de 3,2mpx, não VGA de webcam interpolada até 3,2mpx, deixando as fotos uma verdadeira caca...

FlW

Escrito por Mathias Kroyzanovski em janeiro 14, 2009 12:15 PM

Comprei um celular recentemente e fui chamado de burro por alguns amigos meus. "Pra que pagar tanto assim nesse aí se um MP faz 500 vezes mais coisas?"
O mais engraçado é que semanas depois o MPqualquercoisa novo do meu amigo estragou e ele teve que ir pro lixo.

Como falaram, o barato que sai caro.

Escrito por Rafael em janeiro 14, 2009 12:17 PM

Um dos programas de televisão "investigativos" bem que poderia fazer uns testes, não é?

Escrito por Cid R Andrade em janeiro 14, 2009 12:25 PM

Bons tempos aqueles em que esse blog testava o celular antes de comentar e aguardava hipóteses serem comprovadas (sobre a radiação, por exemplo) antes de estimular suposições. Pela primeira vez me desapontei com a Garota sem Fio.

Escrito por Sérgio Coutinho em janeiro 14, 2009 12:32 PM

Novamente, esbarraremos na incompetência dos nossos governantes, porque permitem que essas porcarias entrem no país, sem pagar imposto, sem ter garantia à saúde ?

Sem serem verificados.

Já nós pobre mortais e brasileiros, se por exemplo eu abrir uma fábrica de celular (nada é impossível ao que crer) ahah, o meu celular aqui no Brasil, vai ter tanto impercilho para operar, vai ser tanta gente querendo um troco para carimbar um papel aqui e outro ali.

Escrito por Leonardo em janeiro 14, 2009 12:43 PM

Bia, parabéns pelo post.
Lançar um posts desses registra uma preocupação tantas vezes desapercebida.
É um bom alerta.
Você foi imparcial, parabéns!

Escrito por Macs in action em janeiro 14, 2009 12:50 PM

Tenho um HIPHONE I9, um dos mais parecidos do iphone. Funciona bem, to contente, pois não queria pagar mto mesmo, pra mim é ta show de bola, e esses aparelhos fazem baixar os preços dos mais caros. Exemplo: paguei 1/5 do valor do iphone.

Escrito por Cristiano em janeiro 14, 2009 02:05 PM

@Sérgio Coutinho
Caro amigo, veja o que a Bia escreve... "...Não me sinto apta a julgar esses produtos, já que nunca testei nenhum modelo. Porém decidi escrever esse post por causa das dezenas de emails que caem semanalmente no meu inbox, de gente perguntando sobre esses aparelhos..." e sobre a radiação não apenas uma suposição, são fatos propriamente ditos, esses MP(X) não passam por homologação nenhuma, ou seja, não precisa testar um aparelho de má qualidade igual esses (que nem passam por homologação) para chegar a conclusão que é uma "roubada" adquirir um.
E agora falando sobre a minha pessoa, já fiz testes nesse aparelho e pode ter certeza que não é nenhum pouco amigável. A interface é totalmente ultrapassada, nenhum pouco intuitivo. Se você está escutando música e alguém te liga é quase impossível você atender a ligação, pois o software do aparelho não trabalha bem com gerenciamento de processos (Chamada e MP3 Player), a parte da TV até que funciona legal, porém, você precisa estar (praticamente) do lado de uma antena, o rádio funciona, porém se você recebe uma ligação enquanto ouve rádio acontece a mesma coisa que eu expliquei acima. Enfim, tem vários outros detalhes que eu poderia estar esclarecendo aqui para vocês, quem tiver mais dúvidas e quiser saber mais só postar um comentário aqui que irei responder.

Escrito por Danilo Brizola em janeiro 14, 2009 02:08 PM

A propósito, o aparelho testado foi FOSTON MP9 CELULAR N88, aquele que tem suporte para dois chips.

Escrito por Danilo Brizola em janeiro 14, 2009 02:12 PM

Realmente Bia....
Trabalhando aqui com a Importacao muitos desses MP any thing... inclusive o FOSTON.
A Diferenca no Preco é muito grande, mas realmente o desdem do fabricante com os pequenos detalhes é visivel.
Acabamento péssimo, e no quesito "Padrao de Qualidade" a coisa fica a desejar.
Ja testei alguns por aqui e fazer e receber ligacoes com esses aparelhos causa ruidos altissimos nos speakers do meu NTB...coisa que nao acontece com meu Sony Ericson e nem com o HTC.. por ai eu ja imagino que a emissao de radiacao nao tenha o mesmo controle .
A recepcao de TV é a parte mais engracada, se vc observar bem a maioria das embalagens desses aparelhos deixa sub entendido que o aparelho recebe TV Digital (nao esta escrito...mas aparenta nas imagens) e male male ele pega alguns canais de TV aberta....a recepcao em locais onde existe muitos sinais de radio (Paulista por exemplo) é pessima... não há santo que consiga assistir TV nesses MP.
Caro Sergio Coutinho...antes que vc diga que eu nao sei o que estou dizendo....posso te garantir que ja testei mais de uma centena desses aparelhos... nao estou aqui querendo diminuir quem compra, agora...quem compra tem que saber o que esta comprando.. nao espere que um MP qualquer coisa passe por N testes de qualidade como um iPhone passou.
Vendo esse tipo de aparelho e vivo de quem compra.. mas por opcao nao uso

Escrito por kaka em janeiro 14, 2009 02:38 PM

Concordo com o kaka, existe um público para este aparelho...quantos milhões de usuários que não podem pagar 2mil por um smart e serão felizes com o MPalgo...acredito q não podemos desmerecer completamente...tira foto, toca mp3, pega tv é exatamente isto q a grande massa deseja...e baixo preço!

Escrito por Jackeline em janeiro 14, 2009 04:02 PM

Danilo, obrigado pelo esclarecimento. Kaka, eu nunca me dirigiria desse modo ofensivo, que é isso. Agradeço a ambos pelas avaliações.

Não vendo nem compro nem represento. Minha mãe tem um Foston. Os objetivos dela eram que suportasse dois chips simultaneamente, que tivesse tela grande e fosse barato. Satisfez nos três aspectos. Não usa a TV nem ouve música nele. Bom saber dessas limitações, direi para ela.

Abraço!

Escrito por Sérgio Coutinho em janeiro 14, 2009 04:04 PM

De nada Sérgio, qualquer dúvida sobre esse e outros smartphones e PDAs pode falar comigo que esclarecerei todas as suas dúvidas.

Escrito por Danilo Brizola em janeiro 14, 2009 05:36 PM

ola a todos. eu tenho um aparelho generico e um i617. ganhei o meu generico proximo a março/abril de 2008. ele aceita micro sd de 8gb. tem um bluetooth que funciona muito bem. tem tv e 2 chip de operadoras diferentes. mas tirar fotos com celular na minha opinião é roubada. precisa ser um celular com nome sobrenome e algo mais (10 megapixels). acredito que muitos usam essa função em casos de emergencia. quanto a emissão de radiação e problemas de baterias, nada como uma pesquisa no google sobre explosão de celular(MOTOROLA ?). não estou fazendo qualquer referencia a valores. pois no nosso país o que compramos tem um senhor imposto. falando de marcas, eu preciso registrar meu descontentamento com a marca NOKIA. simplesmente ignoraram o problema no meu fone BH-501 (plástico desmanchando). provavelmente o Apple tenha muita qualidade, pois não vi nada que o desabone. o único problema é que o Iphone no nosso país está com as vendas travadas comparativamente com outros paises, e não sei se após uns 6 meses o preço do Iphone 3G desce desse pedestal. enquanto isso as pessoas continuam pedindo o marba nas lojas de celular.

Escrito por MARCOS em janeiro 14, 2009 06:07 PM

Estou pesquisando sobre esses aparelhos e ainda sim pretendo comprar um. Pq? Não tenho nem a metade do dinheiro que um iphone custa.. as funções dos smartphones "originais" do mercado não se satisfazem comparando preço...

A maioria dos brasileiros, assim como eu, não ganham nem 1000 reais por mês e procuram estar por dentro da tecnologia confome o seu dinheiro pode dar.

Fico preocupada com a questão de segurança... sim... mas eu trabalho de madrugada por exemplo e nada melhor que um aparelho com tv para destrair-me quando o sono bater...não é verdade?

Bom.. cada um tem a sua opnião... mas para mim e para a maioria dos brasileiros que compram esses produtos a compra de um mp7, 8 ou 9 é devido ao que ele pode oferecer...

Só compraria um aparelho "original" se eu tivesse condições para tal.

Infelizmente, prefiro usar 2000 reais para comprar algo mais importante do que um celular que já já ficará ultrapassado e mais tarde até mais barato doq isso.

Infelizmente não ganho bem para isso.

Escrito por Bel em janeiro 14, 2009 06:17 PM

Bia,

Esse seu artigo lavou minha alma. Vivo dizendo as mesmas coisas a meus amigos, o tempo todo.

E outra: suponho, e apenas suponho, que para funcionar com 2 SIM's, a emissão de radiação deverá ser dobrada, já que são duas redes diversas, às vezes funcionando em frequências diferentes. E qual controle de qualidade que uma fabriqueta da China vai ter?

E, ainda que usem os mesmos componentes, acredito que há preocupação dos fabricantes que respondem a agências de controle quanto a revestimento, antena, etc., o que duvido ser observado pelas fabricantes xing-ling.

Escrito por oculos em janeiro 14, 2009 06:19 PM

Gente...so uma coisinha que eu esqueci de dizer....
Se a gente for pegar lah no fundao do problema...eu acredito que os dois maiores responsaveis da proliferacao dos MP Canivete Suico sao o Governo e os Grandes fabricantes (leia-se motorola, samsung, lg, nokia e outros).
Porque o governo ?
Porque os impostos que incidem sobre esse tipo de mercadoria sao absurdos....trazendo as pecas de fora e montando no Brasil o imposto ate a revenda ja encosta nos 50%...ai vc coloca mais o lucro da revenda e outros impostos e taxas imbutidos na venda e isso chega brincando nos 100%.
Se vc for corajoso o bastante para importar comercialmente celulares montados fora, ele ja chega para a revendaa com 100% de imposto, sem falar no que lhe eh cobrado por vc estar trazendo material nao reciclavel pra dentro do pais (leia-se baterias de nickel, litiun e etc)...tudo isso eh cobrado...ja esta embutido no preco final do celular....eh por isso que tem celular custando o preco de um fusquinha.
Porque os Grandes Fabricantes ?
Porque eles vivem em busca de diminuir os custos de fabricacao, e gracas a essa busca incessante eles enviam milhares de projetos de bugigangas para a China para que os chineses (que tem mao de obra quase escrava) produzam em grande escala "com um plecinho balatinho neh"...um verdadeiro "negocio da china".
So que o "negocio da China" mesmo e que a China nao respeita nenhuma patente no mundo e pega os projetos originais das grandes fabricantes...modificam algumas coisinhas a revelia e lancam milhares de clones do mesmo produto com as marcas mais exdruxulas ja inventadas no mundo...isso porque na China a maior fiscalizacao e sobre marcas e nao sobre patentes....ai os chineses espertinhos num momento de pura criacao artistica transformam sony em syno, apple em orange entre outras...e isso nao acontece apenas com celulares nao...acontece com 90% de tudo que eh industrializado no mundo....nem mesmo o ultimo livro do Harry Potter escapou de uma versao em mandarim lancada antes mesmo de ser lancada no resto do mundo.
Tem muita coisa que nao chega no Brasil....(pelo menos ainda nao)...mas pra quem quiser ver as marcas que os chineses enventam..venham visitar o Paraguay....daria pra escrever um livro so com as marcas que existem por aqui.
A solucao pra esse problema estao tao loooonge que eu quase chego a acreditar que ela nao existe, porque se o governo baixar os impostos, o brasil nao vai ter como se livrar de tanto lixo toxico que vao descarregar por aqui e o problema do desmatamento na amazonia vai ser cafe pequeno perto dos lixoes entupidos de baterias nickel cadmiun. E se os fabricantes pararem de mandar os projetos pra china, o custo da fabricacao na europa ou na america do norte vai pesaar tanto no custo final do produto que ninguem vai ter grana pra pagar logo que com o salario de um operario americano medio daria pra pagar mais de 25 operarios chineses.
Caros senhores ...leitores do GSF....cada um que tire a sua propria conclusao....

Escrito por Kaka em janeiro 14, 2009 07:59 PM

Essas suposições não levam a nada amigos, trabalho na área de Metrologia e Instrumentação com dispositivos trabalhando com várias freqüências e duvido que alguém consiga provar nada nos próximos 10 anos.
Na empresa que trabalho vários colegas comparam esses MP por uma simples razão: Não tem a droga da assinatura. Esses usuários não sabem instalar programas, não acessam a internet e muito menos baixam música em formato MP3, serve apenas para assistir TV e fazer ligações.
Para que serve um Iphone sem internet? Sou mais um MP 20 onde posso assistir o final da novela da globo.

Escrito por Ricardo Vieira em janeiro 14, 2009 08:14 PM

Bom, independente se faz mal ou nao, não compro um desses. Vários que eu vi da Foston a recepção não é la aqueles agrados, e mesmo pelo fator preço, pode ser barato agora, mas se realmente (se realmente) constatar que dá algum problema em questão de saúde pela utilização destes aparelhos, vai ficar muito mais caro o tratamento (ou não... né?) Mas eu prefiro não arriscar. To satisfeito nas linhas da HTC.

Escrito por Gustavo Souza em janeiro 14, 2009 09:03 PM

Impressiona o baixo cuidado com o acabamento, nunca usei um desses genéricos, nem conheço alguém que possua, mas a impressão que dá ao ver esses modelos nas "lojinhas" é a de ser um produto descartável. Fico imaginando o infeliz que adquire um produto desses e precisa de assistência... melhor nem imaginar.

Escrito por Erickson Leon em janeiro 14, 2009 10:04 PM

"Não se preocupam se é seguro, pq não tem 2,500 reais pra pagar em um celular como vc teve, será que é por isso? Gente vamo abri os olhos..."

Uma vez uma priminha pequena, cuja situaçao financeira não é das mais favoráveis, estava contando do novo colégio, onde todos os coleguinhas usam Nike Shox. Fiquei muito orgulhosa quando ela respondeu: "eu não vou morrer se eu não tiver um Nike desses, não consigo entender fulano que roubou pra poder ter um. É simples, não pode pagar, não tem!"
A questao maior nao é que ciclano nao pode pagar 2500 num N95, a questao é que ciclano carece de prioriedades, deseja ter um equipamento similar ao mais caro MESMO correndo risco a sua saúde.
Em sua mente, existem somente duas opcoes, ter um N95 caro, e ter um MpX inseguro e nao confiavel e barato, mas se esquece da terceira opcao: Não TER.
É que para a maioria das pessoas NÃO TER, hoje em dia, deixou de ser uma opção, e TER a qualquer custo, regra!
'Quando a esmola é muita, o santo desconfia'

Escrito por Marina em janeiro 15, 2009 02:11 AM

@Kaka,

Discordo de sua opinião sobre o governo e os impostos. Não que não sejam altos, são, muito, absurdamente.

Mas o preço dos smartphones é alto. O meu Touch Pro custou cerca de US$ 1000 pra mim, que foram só $200 a mais que o preço lá fora. O problema é que $800 ainda é muito, comparado com os $150 de um MP(X).

Portanto pra mim uma coisa não tem a ver com a outra. Essas porcarias vendem aqui porque o povão compra.

Escrito por Ricardo Smania em janeiro 15, 2009 07:17 AM

Oque mata nosso pais,sao os impostos,o governo taxa tudo...dai o barato sai caro...nao vale a pena...ainda vale a pena pagar mais caro..e comprar algo que preste,por isso ainda nao comprei meu smartphone...em breve...

Escrito por luciano em janeiro 15, 2009 07:30 AM

Entre um Smartphone e um "genérico", acabo ficando com o meu Motorola C305 cdma que tem o básico: lista de contatos de 500 nomes, agendinha com alarme, calculadora, viva-voz, vibra-call e o mais importante: faz e recebe ligações.

Escrito por Sergio em janeiro 15, 2009 09:04 AM

Existem smartphones baratos e muito bons. Nokia E61, têm até banda 3G e achamos por 400 reais no ML. Nokia E51 então, a partir de 600 reais desbloqueado, completo, com wifi, 3G ... Às vezes, o que falta é informação.

@kaka : normalmente, as linhas da Vivo dão interferência em aparelhos sonoros por sua frequência baixa. Meu E62 fazia um barulho infernal quando utilizava Vivo: ao trocar para Tim, o barulho praticamente acabou. Estes seus Mpx são testados com linhas da Vivo ou outras ? Pois aí pode ser uma resposta para este barulho.

Escrito por Mauro Martins em janeiro 15, 2009 09:13 AM

Eita tópico polemico.....rs
Concordo com o camarada dos impostos, eles pesam sim no preço, o fornecedor paga os impostos, impostos já está sobre o lucro dele, o vendedor compra, coloca o lucro dele, e mais impostos sobre tudo isso.
Um HTC Diamont 4 gb desbloqueado custa 520 dólares, na amazon, a última vez que eu vi aqui, custava quase 3 mil reais um desbloqueado. Mais barato eu achei na santa por 1200,00 reais, é mais barato por que eles não pagam impostos, taxas, etc....
Agora uma dúvida, N95 R$ 2.500,00? caraca tá caro heim, paguei no meu R$ 999,00 sem plano, sem vinculo nenhum, e foi em uma loja "normal"......rs
O que a colega falou de que é melhor ter qualquer coisa do que não ter é verdade também, me lembro que há muito tempo atras, queria uma camera digital ( na época as cameras com disquete era o alge...e muito cara), comprei uma porcaria genérica, fiquei pagando alguns meses e no final foi pro lixo de tão vagabunda, depois desse fato fiquei muito tempo sem consumir nada tecnológico, mesmo sendo apaixonado por isso.
Problemas para saúde, eu não sei, nada foi cientificamente comprovado, até bateria de motorla já explodiu. Eu tive problema com meu HTC, a assistencia foi excelente, agora será que nesses mpx vc conseguiria isso? E digo mais, eles são bem mais baratos por que vc compra em lojas que não pagam todos os impostos, agora vai achar em uma loja que paga, verá que não é tão mais barato assim, vai na santa que encontra uns smartphone bem mais barato...
E um outro ponto, tem smartphones da motorola por cerca de 750 reais desbloqueado. pelo que vi na foto tem um mpx por 650, no de 750 é na submarino em 10 vezes sem juros.....rs
E para finalizar, vai comprar um smartphone para utilizar todas as funções dele ou para falar que tem?

abs
Kenji

Escrito por Kenji em janeiro 15, 2009 11:27 AM

Uma dúvida !!!

Quando vocês dizem que os "genéricos" "entitulados" de MP7, MP9, MP10, MP11 "usam" os mesmos "componentes".

Vocês realmente acreditam que estes Mp9, Mp10, Mp11 "quase idênticos" a um iPhone "USAM" os "MESMOS" componentes que "SÃO FABRICADOS" pela APPLE ???????

...mesmo ?????

...sério ?????

Escrito por Jeff em janeiro 15, 2009 03:52 PM

As pessoas acham que só porque é fabricado na China é tudo igual, mas lá tem de tudo. Tem empresa que fabrica produtos de altíssima qualidade e empresa que fabrica produtos descartáveis. E até a mesma empresa pode ter as duas linhas. A linha de produção de qualidade, com tudo o que existe de melhor, produz com um custo de US$ 450 o que na Alemanha ou nos EUA custaria US$650 e exatamente com a mesma qualidade. Já na linha descartável eles fabricam o mesmo produto (apenas visualmente falando) com matérias-primas tóxicas, resíduos hospitales, etc, com um custo de US$ 40. Claro que a Nokia, a Apple, a Nike, etc, contratam a linha de qualidade, enquanto esses "genéricos" saem da linha dos descartáveis. É tudo chinês, mas quanta diferença...

Escrito por Rogério em janeiro 15, 2009 04:41 PM

Vocês esqueceram da mão de obra escrava. Na China comunista todos os abusos que tinham na revolução industrial e que motivou a revolta bolchevique é regra lá. Há, sim. Não existe MP"X". Quando os players de mp3 começaram a rodar vídeo, começaram a ser chamados de MP4, mesmo não rodando esse formato. Aí, quando incorporaram outras funções os comerciantes espertos começaram a a aumentar o número, já vi até mp11...

Escrito por 1k2 em janeiro 15, 2009 04:57 PM

Esses produtos são contrabando, portanto, financiam tráfico de drogas, bandidos na cadeia, PCC, etc.

Aliás o contrabando de produtos chineses será, a curto prazo, mais lucrativo que o tráfico de drogas, se já não o é, visto a pressão da opinião pública e a repressão policial sendo intensificada contra o narcotráfico.

Escrito por bullittkowalski em janeiro 15, 2009 07:55 PM

Acho que radiação é o menor dos problemas.. Muito roteador sem fio é muito pior que o celular, tenha certeza disso.. O que eu fico preocupado é sobre testes de resistência e os empregos.. Essas fabricas provavelmente usam mto trabalho quase-escravo..

Escrito por stefan em janeiro 16, 2009 02:35 AM

em abril do ano passado comprei um q funciona bem até agora, até avaliei ele no meu site
http://odontologiaprogramada.com/blog/index.php?option=com_content&task=view&id=6&Itemid=2
na época saiu 250 reais e comprei direto da china pelo e-bay. não costumo usar muito smartphone, tenho tb um nokia e-50 e um mio p550 o mio é um ótimo computador de mão, só q eu ainda sou fã da linha palm e ainda penso q deveria ter comprado um palm tx, pois todos os aplicativos q eu mais usava são naquela plataforma, mais aos poucos vou me adaptando ao WM.
mas como o assunto são os genericos sou totalmente a favor deles, inclusive os acho melhores q os iphones, pois não vejo utilidade nenhuma nesses, senão o status, diferentemente das outras plataformas symbian, palm e WM.

Escrito por alex em janeiro 16, 2009 09:46 AM

A maioria dos brasileiros não sabe adquirir tecnologia. Eu ganho um salário mínimo, possuo uma série de compromissos e tenho:
* Treo 650 + SD 1 GB
* Samsung SPH-i330
* Nokia N800 + SD 2 GB + SD 128 MB (original dele)

Temos aqui então, um smartphone GSM bem poderoso e quadribanda, um smartphone CDMA mais antigo e bem mais básico (não tem multimídia, por exemplo) e um computador de mão com tela de alta resolução (800x480) voltado para conectividade.

Quanto tudo isso custou somando? R$ 1.295,00. Não comprei tudo de uma vez e principalmente: comprei usado. Então está aí, o brasileiro quer coisa nova e se esquece de que pessoas com maior poder aquisitivo muitas vezes tratam bem os aparelhos que compram (pois muitas sabem que dinheiro é um recurso difícil de obter e finito) e claro, vendem os mesmos para adquirir outro ou quando adquirem um modelo mais novo e/ou mais poderoso.

Com esse trio de aparelhos, praticamente só falto fazer café. Detalhe que um MP9 atual é do tamanho desse i330, que foi lançado em 2003.

Esses aparelhos chineses não só representam riscos a saúde, como são extremamente defasados tecnologicamente, não suportando nem mesmo EDGE e um navegador HTML. As pessoas que querem ver vídeos e ouvir música podem contar com dezenas de aparelhos, geralmente começando em 300/400 reais e que são infinitamente superiores, em qualquer sentido, mas posso destacar:
1. Construção
2. Suporte
3. Qualidade de áudio
4. Sistema operacional decente, muitas vezes inteligente (caso de Palm OS, Symbian etc)
5. Interface gráfica consistente e confortável
6. Acessórios

Há também a opção de parcelamento, onde um aparelho extremamente atrativo, como um LG Viewty, LG KF770 ou um Palm Centro, pode ser parcelados em até 10, 12 vezes. O consumidor parcela um computador e aceita comprar um carro usado, mas com tecnologia móvel, é diferente. Prioridades? Pode até ser, mas acho que vai ainda mais além.

Meu Treo não está com chip pós-pago (atualmente sou um dos que aproveitou até o máximo os 20 reais diários da promoção da Oi em São Paulo) e meu Samsung CDMA não foi habilitado com um VIVO Escolha ou VIVO Econômico, só com o plano pré-pago padrão da operadora, onde ele recebe R$ 17,00 por mês.

Inclusão digital nesse país não existirá nem se muitos tiverem dez computadores em casa, é preciso muito mais do que isso, é preciso cultura.

Também aplaudo o colega que disse que achar que tudo que vem da China é lixo, é um erro. É um erro MESMO, uma fábrica pode ou não fabricar produtos com qualidade, inclusive, pode até fabricar alguns com alta tecnologia. Ou seja, num tom humorístico: "um chinês pode apertar um parafuso bem ou mal, depende apenas da contratação".

O Guia do Hardware publicou um texto sobre esses aparelhos também, vale uma conferida.

Escrito por Caio César em janeiro 16, 2009 11:48 AM

Bia!

Não sei o seu HTC Touch, mas o meu eu acho que não foi aprovado pela Anatel! qualquer lugar que eu ando, as caixas acusticas (TV, computador, carro, etc) já começam a apitar! Já perdi até mesmo vários minutos de gravação de podcast porque eu descobri que esqueci ele ligado, e a gravação ficou praticamente inutilizavel!!!

No mais, o maior problema desses aparelhos são a bateria! Nos MP3 players elas quase não duram! Imagine em um celular...

Abraços!

Escrito por Jonny em janeiro 16, 2009 01:32 PM

Eu to doido pra comprar justamente o da foto (foston fs-829), o preço dele está imbatível no mercado livre, o problema é o absurdo de taxa que o mercado pago cobra pra parcelar no cartão, por 2 aparelhos pedem +R$ 200,00 de taxa... só não finalizamos a compra por causa disso

Escrito por Neto Cury em janeiro 16, 2009 01:37 PM

Eu tenho um N80 e um MP9.

confesso q gosto de usar mais o MP9 e ja tenho ele a mais ou menos 6 meses sem dar problema. Acho ele mais completo e mais ágil sem falar q tem de tudo. Não me arrependo de ter compado e estou vendendo meu n80 por não ter mais o q fazer com ele. quem gosta de celular pra jogar joguinho ou colocar porcaria dentro, esses aparelhos não sõa legais mesmo mais pra quem usa para videos, agenda, leitura e principalmente ligações não vejo problema algum. assistência tem sim pois meu irmão trabalha em autorizada e direto ele vem arrumando esses aparelhos q na maioria das vezes é problema do Touch. A manutenção é cara mais dependendo do q estraga, vale a pena arrumar. Cada caso é um caso. O meu estou muito satisfeita. Quanto 'a radiação, daí eu ja nõa posso dizer nada.

Escrito por Sandra em janeiro 16, 2009 04:38 PM

Estou pensando em comprar também este da Foston, e para os que colocam a Nokia em um pedestal, rezem para não cair na assistencia técnica deles, se precisar, tá ferrado.

Escrito por valmir em janeiro 16, 2009 06:51 PM

Todos os dias quando vou trabalhar, sempre vejo, aliás, ouço primeiro, dentro do ônibus aquelas pessoas super educadas que adoram compartilhar sua música (e principalmente seu bom gosto musical) com quem está ao redor, usando justamente uma porcaria como essa, e os infelizes fazem questão de carregar o "gadget" na mão para todo mundo ver seu "aiFoune" ou "ismarte-foune" em ação. Todos os dias meu Nokia 5310 me salva dessas mazelas do transporte coletivo, pena que eu sou egoísta e só uso no fone.

Escrito por angelo em janeiro 16, 2009 11:23 PM

Neto e Valmir,
comprei em www.foston.com.br.

Escrito por Sérgio Coutinho em janeiro 17, 2009 12:29 AM

Olha toda grande grife de informática tem fábricas na china e oriente, inclusive podemos estar nos comunicando nesse momento graças a um programador indiano por exemplo.



O público desses aparelhos ironicamente é o mesmo que compra dvd´s de filmados dentro de cinemas,realmente tem pouca instrução e poucos recursos, procua nestes aparelhos a função de TV, principal forma de acesso à cultura no Brasil, e a oportunidade de aproveitar ao máximo as promoções das operadoras.





Sobre a interferencia em chamada sobre aparelhos de som, tbm já vi muito em aparelhos de marca gerarem ruídos em equipamentos de som, o que pode inidicar que há mais fatores além da construção do celular.

Escrito por erico em janeiro 17, 2009 01:40 AM

@erico
O que foi dito com relação aos ruídos que são sim um tipo de interferência causada pelo aparelho celular, é que, no caso desses aparelhos de procedência duvidosa, ilegais e de baixo custo, eles são mais altos, o que pode indicar que há problemas com a emissão de radiação, controle de potência etc.

Sistemas como iDEN (Nextel) e GSM geram interferência. Com aparelhos CDMA, ao menos em 800 MHz, nunca notei qualquer tipo de interferência. Provavelmente o fato talvez esteja relacionado com a interface ser TDMA, mas não posso dizer isso com certeza.


@angelo
Sei exatamente como é isso e faço exatamente o mesmo, só mudam os aparelhos, hehehe.

É o que eu falei: questões de cultura.

Escrito por Caio César em janeiro 17, 2009 08:22 AM

e eu acho qeu cancer e celular nao e muito parecido mas compra original e caro isso e mas e o mundo capitalista nosso

Escrito por g3br1el em janeiro 17, 2009 10:42 AM

Bia, bia... Sempre trazendo polemicas... hehehehe!
Eu sempre leio os posts, indico e cito como referencia, mas nunca havia comentado.
Hoje lendo este post me deparei com este debate fervoroso e recheado de pessoas de todos os tipos classes... È a tal globalizaçao... E nesse intuito que muitos adquirem esses aparelhos: inclusão digital, mesmo que com riscos a saúde, mesmo sem pensar no custo-beneficio, TODOS querem se sentir incluidos. Mas me deperei tb com a afirmação de uma criança: "não pode pagar, não tem", que neste contexto faz todo o sentido, tenho amigos, que não tem casa propria, carro ou faculdade, mas se orgulham de ter um Omnia touch... Eu me pergunto e pergunto a todos: pra que? Pra que alguem sem internet em casa entra em uma lan house suja e manda e-mails? Pra que um cara que ganha bem pouco compra um aparelho que custa dois meses de seu suado salário? Inclusão é a resposta. Todos querem participar...
Bia, beijo pra ti...

Escrito por Dinhojohn em janeiro 17, 2009 02:14 PM

Bia... Posso concordar com você apenas em parte. A parte que concordo é que você se preocupa com a saúde pública em geral, porém discordo por você ter falado sem estudar direito sobre o assunto:
Estou fazendo faculdade de ciências e venho aqui esclarecer uma dúvida cruel que nos ronda desde a criação dos celulares, a radiação. A verdade, para a decepção de muitos, é que não existe radiação nenhuma vinda desses celulares!!! (Podem perguntar em qualquer um desses blogs de ciências por aí)
A unica preocupação que devemos ter em relaçã a esses MP6, 8, 9 é com a bateria. Afinal, do mesmo jeito que um Iphone explodiu semana passada no bolso de um jovem nos EUA, um MP# também tem seus riscos apenas em relação à bateria.
Espero ter esclarecido todas as dúvidas, e para quem ainda tem dúvidas sobre a radiação dos celulares, meu, é só procurar no google.

Escrito por Whatahelll => Alef <= em janeiro 17, 2009 02:36 PM

Hum...
Eu comprei um MP6 apara trabalhar (era consultor da vivo) e para chamar a atenção de clientes.
Não tive problemas,só uma das baterias que inchou depois de um ano de uso,mas isso as baterias da nokia e motorola também fazem...
=)
Estou completando meu 2º ano com meu MP6 (foston 868B),mas tenho colegas q não conseguiram passar de meses com o celular,acho q tem a ver com sorte também.
Abraço.

Escrito por Anderson Cruz em janeiro 17, 2009 06:29 PM

Falar sem conhecer é dose!!!!

Essa polêmica toda é baseada em pura suposições. Só porque os produtos são baratos acham que são perigosos. Podem até ser, mas a maioria está esquecendo dos impostos.

Esses MPx são vendidos sem impostos, acabam ficando baratos. Se fossem taxados legalmente, teriam preços similares aos mais famosos e toda essa discussão iria por água abaixo.

Certa vez recebi um pdf com tabelas de preço de celulares pra importação da China e um N95 estava por 110 dólares!!!!! Quer dizer então que é uma porcaria perigosa também?

Bateria do caríssimo iPhone já explodiu, da Nokia também e quem não se lembra dos caríssimos notebooks da Sony explodindo baterias em todos canto do mundo?

Estão misturando os assuntos e falando bobagens.

Escrito por Emerson em janeiro 18, 2009 12:02 PM

O povo ta cagando pra isso... o povo quer preço bom...

Ja tive contato com um exemplar de mp9 e não quero nem de graça.

Não só por questões de saude, mas tb por ser de pessima qualidade, o software é uma piada, uma versão touch dos softs vistos em mp4s.

Se virem um, corram!

Escrito por ZeroleO em janeiro 19, 2009 08:05 AM

Quanto moralismo barato!!!
Todos ficam criticando, mas pode ter certeza que todos ja compraram alguma coisa pirata, seja cd, dvd... por aí vai!
Comprei um Mp10 iPhone, sinceramente não tenho nada a reclamar, funciona perfeitamente, e ainda dá pra tirar maior onde dizendo que é o iPhone. Quem nao quisser compra, beleza, não compre, mas como vivo num país democrático de direito, posso adquirir o que eu quisser, basta pagar e levar.
Como disse um técnico em um post anterior, a radiação não difere dos aparelhos originais.
A diferença é que em um se paga imposto e nos camelos não.
*Desculpe os erros de português, estou com pressa por ter coisa mais interessante pra comentar... Fui!!!

Escrito por Dogao22 em janeiro 19, 2009 12:28 PM

Alguem tem um dosimetro pra me emprestar?

Quem mediu a radiação dos MP qualquer coisa?

Pra mim MP5 e MP7 da H&K são os que fazem mal pra saude. (E a H&K deve tá orgulosa disso, afinal foram feitos pra isso!)

O problema é que a Apple, Nokia e seus outros parentes tão com medo da concorrencia. Se você já foi concorrente de um grandão sabe como eles mesmos dificultam a concorrencia.

Aumentam o preço da homologação, aumentam insanamente os critérios dos testes pra praticamente só o aparelho deles passarem.

Nokia, Apple, Sansung, LG não querem concorrencia e assustam o publico, pode até ser que os "MP genericos da vida" soltem radiação, mas é comum espalharem boatos em relação aos concorrentes.

Escrito por MoonSong em janeiro 19, 2009 12:48 PM

Eu olhei um aparelho desses numa loja. Pedi para a vendedora me mostrar o manual porque eu queria ver as especificacoes. Entao ela me responde: "Nao tem manual."

Alem disso, a traducao para portugues foi a mais tosca que eu ja vi. Por exemplo, "Data e tempo" e "Tom do anel".

Escrito por Denilson em janeiro 19, 2009 01:09 PM

Olá pessoal, já disse logo acima que não havia tido contato com um aparelho desses, desde lá para cá, conheci o MiPhone M88+. Minha opinião mudou comletamente, o aparelho é bem acabado, manual completo uma impressão impecável, folha com brilho, o que nem a Nokia faz, roda Windows Mobile 6, tem um desempenho bastante aceitável - melhor que o do HTC Touch pelo menos. Boa visibilidade, câmera, Wi-Fi, Bluetooth e todas essas coisas mínimas. Aceita cartões de expansão mini SD e tem stilus (coisas que i iPhone não tem), vem também com duas baterias de polímero de lítio. O lado "iphone" dele é a skin, o Slide to Unlock (S2U2) e o Slide to View, tudo podendo ser baixado para seu WM do xda-developers. Ah, sim, e é quadriband. Bem, nada sei de radição ou se é seguro como a Bia levantou, mas adorei a iniciativa. Um iPhone com todos os benefícios de um Windows Mobile! Isso, eu espero, que faça as operadoras agilizarem em reduxir a ganância preços e as maçãs em entregar um produto mais à altura das exigências de usuários experientes. Ok, não vou comprar um aparelho desses, admito que estou mais para um HTC Touch HD... mas vale a reflexão.

Escrito por Erickson Leon em janeiro 19, 2009 07:29 PM

Se toda a polêmica criada é suposição, isso também vale para quem defende. ^^

Mas claro, para que incentivar o crescimento de um mercado consideravelmente honesto se o melhor é comprar produtos pirateados e enganosos? Brasileiro é sempre muito inteligente, incrível...

Se esses aparelhos realmente conseguirem dominar um determinado público por aqui, é mais fácil fabricantes largarem determinados nichos (ex: aparelhos de baixo custo, modelos de médio custo para multimídia) do que realmente abaixarem os preços. Razão: NINGUÉM FAZ MILAGRE.

Prefiro comprar um produto de qualidade usado, como falei, do que tentar "pagar de esperto" comprando algo desse tipo.

Escrito por Caio César em janeiro 20, 2009 06:53 AM

Comprei o meu foston e ele é ótimo, mas não o uso para fazer ligações, apenas para assistir TV e estourar pipoca. Vc compra essas pipocas de microondas e coloca o Foston em cima e faz uma chamada para ele... prooonto, pipoca quentinha e TV... isso sim é tecnologia!!!

Escrito por GLB em janeiro 21, 2009 07:03 AM

Bem lembrado o "Fator Brasil" em que um Mac de U$ 500,00 custa aqui R$ 2500,00 isso com o dólar a R$ 1,60...

Escrito por 1k2 em janeiro 21, 2009 07:23 AM

Todos esse aparelhos são meios, toscos e devem ser queimados. Eh triste ver pessoas q para se aparentarem estar melhores financeiramente compram um aparelho desses. Um mp3 Made in China ate aceito, mais esses "smartphones" gigantes e com interface péssima NO

Escrito por Matches em janeiro 21, 2009 10:30 PM

Quem pode, pode, compra iPhone, iTouch, N95, Omnia, Xperia ou Bold.
Quem não pode, compra foston.
grato.

Escrito por Lex em janeiro 22, 2009 09:50 PM

Apenas uma expressão ....

A ganancia das operadoras em ralação ao valor do Iphone é inadmissível... por isso não sou trouxa em comprar um.
Agora comentar algo de que não tem conhecimento e inadmissivel ao cubo !!!

Escrito por Camolez em janeiro 23, 2009 03:35 PM

"Quem pode, pode, compra iPhone, iTouch, N95, Omnia, Xperia ou Bold. Quem não pode, compra foston."

Rsrs...resumiu tudo...os MP7, 8, 9, 10000...são produtos de baixa qualidade, extremamente frágeis, com tradução de péssima qualidade e como a Bia frisou, não tem regulamentação da Anatel...e se não bastasse, até onde sei, não existe assistência técnica ofical. Ou seja, caiu no chão já era.

É um produto de preço baixo e sua qualidade é equivalente.

Quem está pensando em comprar um MPX ouvindo as milhares de funções que muitos vendedores apresentam por aí, se comprarem vão jogar dinheiro fora.

É melhor comprar um celular com menos funções de uma marca reconhecida ou investir um pouco mais em um celular melhor, do que comprar um produto que em pouco tempo dará problema.

Hoje meu celular caiu de cerca de 1,5m...acho que se fosse um MPX, só restaria os cacos. Mas como é Nokia, está intacto ;-D

Escrito por MoorpheuSs em fevereiro 2, 2009 04:12 AM

@MoorpheuSs Bem um menino derrubou um desses MPn no onibus hoje e ficpou alisando para ver se voltava a funcionar a viagem toda. Parece que a técnica funcionou, pelo menos para metade superior da tela.

Escrito por Erickson Leon em fevereiro 2, 2009 11:58 PM

Sem contar os perigos da bateria explodir
exemplo
http://meiobit.pop.com.br/mobile/homem-morre-apos-explosao-de-celular

Escrito por Hideki em fevereiro 4, 2009 03:55 AM

TC Touch e IPhone são os aparelhos (digo aparelhos e não MP-alguma-coisa) que mais emitem radiação homologados no brasil!

Escrito por Tiago em fevereiro 5, 2009 10:13 PM

Fala besteira não Thiago. Emitem radiação sim, mas estão MUITO abaixo do que é nocivo e estão dentro dos parâmetros de segurança.
Agora, vai testar esses MP xing-ling da vida e depois nos conta.

Escrito por Slash em fevereiro 10, 2009 09:13 AM

Não há motivo para preocupações, a frequencia do celular é não ionizante, ou seja não tem capacidade de ionizar celulas e/ou dna. Tomar sol é muito mais perigoso que usar um celular.

Escrito por Diego Veríssimo Lakatos em fevereiro 16, 2009 01:54 AM

tudo são suposições! a radiação emitida por esse tipo de aparelho é mínima.
seria necessário passar uns 200 anos com o celular colado na orelha p/ o risco de ter cancer aumentar 0,0001%.
e outra, duvido que alguem deixasse de comprar um iphone pq ele emite mais radiação que um LG da vida.
essa historia é igual à dos trangenicos, neguinho fica procurando pelo em ovo.

Escrito por jefferson em fevereiro 17, 2009 09:43 AM

@Mauro Martins

Concordo inteiramente com você.

Escrito por Raphael Calmeto | 18 anos | São Paulo/SP em fevereiro 18, 2009 10:57 AM

bom, sou usuario feliz de um powerpack tctv 108 ja tem um ano e esta 100%. Sua bateria de 1800mah esta em perfeitas condiçoes ( a outra que acompanha ainda nem usei). Adoraria poder comprar um nokia n98, um iphone, ou um htc de ultima geração, porem, minha saude nao permite, pois do jeito q esta aqui no brasil, se me roubarem um desses, terei um infarto pelo preço( tenho ate condiçoes de comprar qq um desses, mas para que se vc nao pode usa-los na rua? hehehehehe. Viva os genericos por esse caso.


Escrito por rubem em fevereiro 21, 2009 01:07 AM

Eu tinha escrito no meu antigo blog, e posto novamente no meu atual sobre esses MP*, mas tem coisas que realmente não dá pra aguentar, como dizer que ele é 3G "porque tem câmera na frente e acessa a internet" (por GPRS). Dá até medo de comprar um, principalmente pelo MercadoLivre, que foi onde eu li essa pérola.

Escrito por Adriano em fevereiro 25, 2009 05:03 PM

Esses Mp´s sao uma roubada, que teve ou ja teve reclama pela falta de qualidade, garantia e outros mais... alem disso esses aparelhos nao tem nenhuma homologaçao de nenhum instituto conhecido (eles nao se importam com isso) nao pagam impostos nao geram emprego e nao sao confiaveis... se voces tem respeito pelo seu Pais nao os comprem nao vale a pena o preço e bom mais o barato sai caro, agora tem smartphones com preço bastante bom eu tenho um e paguei 799R$ nada mal para um celular 3G e nao troco por nunhum Mp9 ou qualquer um chines, pensem nisso nao troque gato por lebre...

Escrito por valerio em março 3, 2009 10:30 AM

Hoje com a portabilidade existem promoções de aparelhos com um bom custo beneficio, não vale arriscar a sua saude com estes aparelhos genericos

Escrito por Marcelo Gomes em março 6, 2009 05:07 PM

realmente aparelho pirata é forte!

Escrito por leonardo em março 7, 2009 10:14 PM

Como muita gente disse ai em cima, de fato é um produto de qualidade dúbia, porem nem todos recebem bem o suficiente para gastar 2.500 em um n95, eu por exemplo uso o mesmo Palm Treo680 a 2 anos, e me satisfaço com ele, mesmo ele sendo pesado e ultrapassado, e pra min comprar outro vai demoraaaar. Mas se o Palm levar o farelo (ou for desviado em alguma esquina da super-segura Belém do Pará) o jeito vai ser comprar um dos MP-Genéricos.

Escrito por yandeara em março 13, 2009 09:33 AM

Vandeara, o Treo 680 é um excelente smartphone, mesmo sendo velho, ele dá de 10 nesses xingling da vida.

Escrito por Lex em março 13, 2009 09:49 PM

Esses MP-genéricos podem ser muito bons ou ruins, depende da sua necessidade.

Eu não preciso de 3G no celular, nem ao menos preciso de internet pelo celular. Mas... eu tenho 2 linhas e fico o dia todo em trânsito de carro, falo muito pelo celular enquanto dirijo.

Eu poderia comprar um Nokia N-qualquer, baita aparelho, mas não me atenderia devido as minhas duas linhas. Então comprei um MP-genérico que possui slots para 2 chips (onde posso ter as duas linhas ativas simultaneamente) e Bluetooth (que uso para conectar um viva-voz Motorola bluetooth dentro do carro).

O MP genérico me atendeu 100%, coisa que um super smartphone que tem tudo, menos slot para 2 chips, não me atenderia.

E essa história de radiação é hilária, por favor informem-se antes de darem opiniões. Mas por via das dúvidas, até contra isso eu me dei bem com o MP-genérico, pois uso o viva-voz.

Ah, e com a diferença de $ que eu economizei, dá pra ajudar na compra do PS3 que meu filhão está pedindo.

Escrito por Daniel em março 16, 2009 06:06 PM

Dá para acreditar em alguma coisa da ANATEL????
Até hoje só vi ao lado dos grandes grupos.
Dizer que só porque foi homologado pela ANATEL é uma garantia me assusta um pouco.
Quant aos MP***, tenho um, paguei super barato numa viagem ao Paraguay. Está funcionando. No preço que paguei, quando quebrar jogo fora e vejo se vale a pena comprar outra coisa melhor.
Comprar MP*** e comparar com um Nokia ou HTC é quase como acreditar em papai noel.

Escrito por Jaquim em março 21, 2009 12:45 AM

O grande problema, a meu ver, é a necessidade de se sentir importante fingindo ser o que não é.


Se o sujeito compra um MPn porque tem TV, toca MP3, tem canetinha, tudo bem. Se o aparelho não for contrabando, melhor ainda. Se for mais barato que um N95, melhor ainda! Viva a concorrência!


Mas o que a gente mais vê são as pessoas comprando aparelhos que parecem o iPhone (principalmente), tanto no formato quanto até nos ícones, que são mal copiados descaradamente (e feitos para esse público sem autoconfiança). Cadê a criatividade?


Pôxa, essas pessoas estão fingindo ser o que não são. É igual pintar um Palio (mesmo que 0km) de vermelho Ferrari, colocar o cavalinho em todo lugar e sair por aí se sentindo importante por estar numa Ferrari. É o tirar onda ao mostrar aos outros ser o que não é. Pior ainda, fingir ter o que não pode ter para se sentir reconhecido pelos outros. Vamos crescer, né?


Eu acho que o iPhone está muito caro no Brasil e não está valendo a pena. Simples, tenho um Nokia. Poderia até ter um xinglingophone. Agora, ridículo seria comprar um xinglingophone que simula um iPhone para também simular a minha 'superioridade' por ter um iPhone. Ah, qualé! Tá faltando terapia e ver menos TV, hein?


Bom, foi mal pelo tom de desabafo.

Grande podcast o seu, Bia. Parabéns.

Escrito por Ricardo em março 21, 2009 09:08 PM

O grande problema, a meu ver, é a necessidade de se sentir importante fingindo ser o que não é.


Se o sujeito compra um MPn porque tem TV, toca MP3, tem canetinha, tudo bem. Se o aparelho não for contrabando, melhor ainda. Se for mais barato que um N95, melhor ainda! Viva a concorrência!


Mas o que a gente mais vê são as pessoas comprando aparelhos que parecem o iPhone (principalmente), tanto no formato quanto até nos ícones, que são mal copiados descaradamente (e feitos para esse público sem autoconfiança). Cadê a criatividade?


Pôxa, essas pessoas estão fingindo ser o que não são. É igual pintar um Palio (mesmo que 0km) de vermelho Ferrari, colocar o cavalinho em todo lugar e sair por aí se sentindo importante por estar numa Ferrari. É o tirar onda ao mostrar aos outros ser o que não é. Pior ainda, fingir ter o que não pode ter para se sentir reconhecido pelos outros. Vamos crescer, né?


Eu acho que o iPhone está muito caro no Brasil e não está valendo a pena. Simples, tenho um Nokia. Poderia até ter um xinglingophone. Agora, ridículo seria comprar um xinglingophone que simula um iPhone para também simular a minha 'superioridade' por ter um iPhone. Ah, qualé! Tá faltando terapia e ver menos TV, hein?


Bom, foi mal pelo tom de desabafo.

Grande podcast o seu, Bia. Parabéns.

Escrito por Ricardo em março 21, 2009 09:25 PM

Olá, gostei do post.
Sou totalmente contra pagar R$ 2 mil por um celular somente porque tá na moda. Eu comprei o genérico por R$ 420,00 e funciona perfeitamente. Tem muitos recursos que o original não possui, como TV e praticamente todos os recursos do outro.
Se quebrar, jogo fora e pronto. A garantia é de 6 meses e como troco mesmo celular 2x ao ano, tá valendo. Não recomendo jamais gastar tanta grana por um celular.

Escrito por Gato Guga em março 23, 2009 06:05 PM

Até concordo que existe um certo perigo com esses MPS da vida. Não sabemos a qualidade e segurança das baterias e tal. Mas, um amigo tinha um N95 8GB. É Nokia, homologado pela Anatel e no entanto, explodiu quando ele levava no bolso. Ele teve até queimadura no braço. E aí?

Escrito por André em março 24, 2009 05:13 PM

Assim ta muito bom pra fazer um blog , vc fala umas coisinhas sobre mps da vida,e opovo faz o resto, tem muito comentario que ficou mioto mais esclarecedor que o seu post,daqui a pouco vc vai ta pedindo para galera atulizar o blog

Escrito por Luis Cristiano em março 25, 2009 01:39 AM

E aí lemos comentários do tipo: "E qual controle de qualidade que uma fabriqueta da China vai ter?"
Ora, essa é boa... A mesma "fabriqueta" que faz esses genéricos faz os componentes do seu aparelho de grife.

E ainda bem que um colega técnico em eletrônica aí já esclareceu que se preocupar com a radiação do genérico é besteira. A não ser que vc se preocupe com a radiação do seu de grife também. Vamos ser francos, ninguém aqui entende porcaria nenhuma sobre essa questão, nem a autora do blog (muito menos eu). Falar que as corporações fazem estudos, testes é pura bobagem, elas fazem isso como marketing e para proteção legal e de outras pesquisas isentas (que praticamente inexistem; money talks).

O ponto chave é a bateria, isso sim pode ser um problema. Mas todas as notícias que eu já li de celulares que explodiram por aqui, eram todos de marca. E quanto aos resíduos tóxicos das baterias, realmente há empresas que se preocupam (Nokia?) e isso é realmente um diferencial, mas outras são campeãs no uso de mercúrio e outros materiais nocivos (Apple?) E aí nessa hora, ninguém busca tais informações.

Escrito por hulago em março 26, 2009 04:24 PM

Se eu mandar o miphone de um amigo vocês testam ?
Pelo preço que pagou (R$800) dava pra pegar 2 Apache (Tudo bem que HTC nãoé lá aquelas coisas duráveis) que usam PXA270 (400Mhz) ao invés do antigo Omap da Texas (200Mhz) que faz as letras demorarem um boooom tempo para aparecer na tela

Escrito por Guilherme Nader em abril 2, 2009 12:57 PM

Cinismo,

Quem já não ouviu que cds piratas estragam o rádio e não sei oq mais! Comprei um celular genérico desses! Até agora está funcionando muito bem obrigado... oq acho q acontece é o seguinte... existe uma fabrica completa da Nokia la na China por exemplo... eles tem tudo! Máquinas, softwares... clonam a fabrica toda e mudam o adesivo q vai em cima do aparelho! Simples assim!! Sou adepto ao copyleft! Não vejo problemas com isso! Então essa homologação já foi feita... para o original!

Mas.. se existe o interesse em levantar alguma questão relevante ae... vamos falar dos direitos trabalhistas na China (ou melhor dizendo) na total ausencia dos mesmos! O capitalismo selvagem (aquele q existe nos paises de 3º mundo) está naufragando um modelo coerente que respeita as pessoas. Com todas as práticas perniciosas desse regime! Miséria, hipocrisia, sensacionalismo, guerras e mortes sem motivo justificado. Enfim!

Escrito por Claudio em abril 4, 2009 08:27 AM

Olá,

Esses mp-alguma-coisa são para pessoas que não têm muito dinheiro e quer um celular com alguma coisa a mais.
Eu prefiro não ter um telefone móvel do que ter um aparelho que não tem assistência técnica e são falsificados (genéricos).
Depois que Steve Jobs criou o Iphone, muitos mp´s começaram a fazer modelos falsificados. Existem muitos aparelhos que imitam o celular de Jobs. Como: Hiphone, Ifone, Sciphone...

Na minha opinião esse tipo de celular teria de ser banido do Brasil

Escrito por william em abril 4, 2009 07:34 PM

Pelo que vi a maioria das pessoas que falam mal desses MPn são pessoas que tem condições de pagar o preço de um aparelho original, eu estou pensando seriamente em comprar um genérico, coisa que pretendo fazer essa semana ainda, acredito que a concorrência é valida pra fazer baixar os lucros absurdos dos fabricantes dos originais que devem utilizar os mesmos componentes das copias, pois eles na maioria são chineses também, se não são montados lá utilizam peças com essa procedencia,acredito que tenham um controle de qualidade proporcional ao preço mas como celular é uma coisa praticamente descartável atualmente não compensa pagar 3 ou 4 vezes o preço de um aparelho que vc não vai utilizar até o final da sua vida util.

Escrito por Rogerio em abril 5, 2009 10:04 AM

Quanta bobagem só pra valorizar as grandes marcas de seus aparelhos caríssimos... curioso que só vemos celulares e palms de grife explodindo por aí...
Os chineses fazem muito bem: copiam descaradamente os projetos que as "grandes marcas" mandam para eles produzirem a preços de banana. Subvertem a ideia capitalista daqueles que exploram sua mão-de-obra barata: eles que querem que produzamos barato aparelhos com os quais eles vão lucrar fortunas? Pois bem, vamos nos apropriar dos projetos e vender sob nossas próprias marcas a preços ínfimos. Deixamos de gastar com pesquisas e desenvolvimento, os capitalistas otários que façam isto por nós, eles vão nos mandar os projetos e nós simplesmente copiamos, nosso custo será apenas com a produção dos equipamentos. Para cada aparelho que produzimos sob encomenda das "grandes marcas", produziremos dois "clones" que custarão juntos o mesmo preço do aparelho de grife.
Vocês acham mesmo que as "grandes grifes" de tecnologia se preocupam com o câncer que seus aparelhos podem transmitir?? Eles querem exatamente a mesma coisa que os chinas querem: o seu dinheiro! Aprendam a ler as letrinhas que veem impressas nas caixas de seus aparelhos de "marcas consagradas e idôneas": Made in China, Made in Taiwan, Made in Singapore... Os fabricantes são exatamente os mesmos, a diferença é apenas o cofre de para quem o dinheiro vai...
A propósito, sou o feliz proprietário de um CECT A530, clone descarado do iPhone. Não, eu não tiro onda dizendo que comprei um iPhone, pra quem perguntar eu falo de bate-pronto, "é um MP11, não é iPhone, não tenho dinheiro pra comprar um iPhone". A maior vantagem para mim é sem dúvida o Dual SIM que os china phones dispõem, senão eu continuaria com os 02 "Tijorolas" que eu tinha.
Os trouxas que teem muito dinheiro que comprem o iPhone, cheio de recursos mas que devem ser pagos "por fora": só baixa músicas pagas através do iTunes, só baixa aplicativos pagos através do AppleStore, só funciona o GPS pagando pacote de dados, só funciona aquilo pagando mais isso, só funciona isso pagando mais aquilo, pague, pague, pague...

Escrito por Fernando Garrido em abril 11, 2009 01:03 AM

Olha eu trabalho em uma das maiores operadora de telefonia movel do brasil..(claro) e tenho 2 linhas ganhei com os meus planos 2 aparelhos Optei por marcas conhecidas Nokia 5310 e Sony W580 não tive sorte com nenhum pois o Sony ficou sem volume e o nokia deu problema no softuer todos dois com menos de 1 ano, e eu vou ter que deixar nas assistencias mais de 1 mês!!!! Isso se ficar bom!!!! Pode Isso???
E vcs vem me fala da falta de assistencia das marcas Genericas?? Ha por favor... o custo beneficio não se compara !! Antes pagar mais barato do que pagar um a aparelho caro e ter uma assistencia falha. Falam tando dos genericos mas não falam das marcas consagradas que tambem tem apaelhos ruins. Querem 1 Exemplo? O modelo w380 da Sony , Um aparelho com um desaine bonito muitas funçoes marca conhecida e o mais importante TESTADO PELA ANATEL mas que não dura nada. Uma edição que tem uma serie de problemas e é hoje o campião de Reclamação por mal funcionamento(segundo o Procom),vale lembras que este aparelho foi lançado a menos de 1 ano.
O que comprova que não é so a marca e nem a garania que conta , conheco pessoas que tem generico a tempos e não reclamão.
Bom Eu vou comprar SIM um MP alguma coisa pois estou com dois chip e não tenho onde usalos. Pra mim o principal não é a economia e sim a mobilidade, pois com um aparelho tenho a opção de usar 2 chip. Mas tem pessoas que não tem condiçoes de pagar um apelho que possua as mesmas funçoes.
Alem disto hoje em dia nunguem compra sem antes pesquizar ou pelomenos saber informaçoes sobre o protuto desejado.

Escrito por fernanda barela em abril 13, 2009 04:01 AM

Peguei o iPhone porque a tim fez por 12 parcelas de 30 reais ja que gasto 400 reais por mes com a conta. Minha experiencia com htc 9100 e windows mobile nao foi muito boa e quis testar I Tao badalado iphone. Apesar das dificuldades que a apple coloca, achei o OS bem melhor que o WM. Entao, comprar um generico com software tosco nao faria sentido para mim. Mas nao veria problemas se eles nao fossem copia descarada do iPhone externamente, ai perdeu a moral e deveria ser crime. Estou feliz com meu iphone pois nao gastei muito , tem qualidade, rapido, confiavel,garantia, e apesar do trabalho que dá posso fazer tudo que o htc faz e muito mais

Escrito por Joao em abril 22, 2009 12:48 PM

Eu ia pegando um Miphone, tive ótimas referencias, mas fiquei sabendo que o modelo M88 está fora de produção por tempo indeterminado,houve um problema junto a Microsoft,e isso fez com que eles interrompessem a produção. Aproveitei e juntei mais para pegar um Smartphone Smartmaxx Gold, que tem garantia aqui no brasil.

Escrito por Artejose em abril 22, 2009 06:57 PM

Não se pode esquecer que muitos aparelhos (drivers de cd, drivers de dvd, cameras fotograficas digitais, etc) de marcas famosas (hp, sony, philips, etc) são produzidos na china como marcas genéricas e recebem uma adição considerável no preço apenas porque essas marcas colocam seu selo em cima do produto genérico e vendem os produtos como se fossem produzidos por elas mesmos.
Ou seja, você pode pagar centenas de dolares por um produto de uma marca famosa e levar o mesmo produto que custou apenas algumas dezenas de dolares para outra pessoa.

Escrito por Luciano em abril 26, 2009 06:54 PM

Muito bem colocado este artigo. Uma preocupação que sempre tive foi com o nivel de radiação emitidos por esses aparelhos. Mesmo com os aparelhos 100% genuinos confesso que gosto de ler bem o manual e pesquisar na internet sobre os efeitos do mesmo. É uma pena que as pessoas na ora de comprar pensam somente na economia e acabam esquecendo do ponto mais importante que é a saúde.

Escrito por BlackBerry Brasil em abril 26, 2009 09:06 PM

Pode até ser meio perigoso comprar devido à procedência mas para quem não pode comprar um iphone vai esse mesmo

Vejam o video do cect a530 mult touch(meia boca) e tudo
o link
http://baixedoyoutube.com/player.php?url=7C3mXvu5Tpc

Escrito por Marrone mello em abril 29, 2009 09:22 PM

Bom,só de passagem, fui cair na onda desses genéricos, e me dei mal!Alem de ter gasto dinheiro ele não durou nem 4 meses...primeiro tinha horas q ele desligava sozinho,tentei a assistência e era a maior burocracia,mas pra minha sorte ele parou de fazer isso,mas,como o ditado ja diz,alegria pra pobre dura pouco,depois de um tempo uma das baterias que veio com ele explodiu,é,isso mesmo...explodiu...deixei carregando em cima de minha lixeira no quarto,e quando fui ver,tinha feito um buraco na tampa da lixeira,logo depois, a outra não funcionou(a bateria boa)então foi a explodida mesmo(a bateria parecia um ovo)e logo depois pra ter sinal era um Deus nos acuda,foi aí que decidi comprar um smartphone!
Á propósito,esse era um mp6 da foston (pda-phone)
espero ter ajudado
abraços!

Escrito por Diogo em abril 30, 2009 04:45 AM

Eu não tenho nada contra esses produtos mas não ocmpraria poois não tem nota fiscal vai saber de onde veio e outra a garantia é de 90 dias e sempre quando acaba a garantia de um produto é quando quebra rsrs e não tem autorizadas mas falo desses produtos que são vendidos em camelos em loja acho mas confiavel.

Escrito por Tatiana Assis em maio 14, 2009 10:50 AM

Ola! Despois de quase 1h e meia lendo os comentarios resolvi dar minha opiniao tambem:

1) Radiação: li diversos comentarios sobre a tal radiação de um aparelho original e de um genérico. O ponto que ninguem está levando em conta é que radiação nós sofremos 24 horas por dia a níveis que nem sabemos... como? Antenas de celulares que a uns 10 anos atras cobria por exemplo 5% do território de uma cidade grande hoje cobre 100%... outra: são 5 operadoras de celulares (oi, vivo, claro, tim, nextel) que operam simultaneamente transmitindo os sinais de rádio para seus "celulares"... se eu tenho meu claro aqui comigo, logo sentado ao lado de alguem com um celular de outra operadora estamos os 2 sendo irradiados pelas frequencias de ambas operadoras. Outro ponto... o aumento de redes wi-fi , se antes eram raras as redes sem fio domesticas hoje acredito de cada 100 usuarios conectados a alguma rede 10 usam rede wi-fi, eu mesmo tenho uma rede wi-fi em casa com 4 PCS + 1 notebook. Finalizando... não acredito que por causa de um aparelho original ou generico estaremos livres de tal radiação.

2) Qualidade: é claro que os genericos tem sua qualidade muito inferior aos originais... mas nao se deixem enganar, até os xing-lings evoluem, tanto que comprei um Hiphone A530 e estou um tanto impressionado com seu acabento (em metal), seu peso está relativamente igual ao um iphone original (tenho amigo que tem um), realmente o que ainda deixa a desejar é seu OS, mas até isso já evoluiu levando-se em conta que quando tive contato com uns desses a um certo tempo atrás minha nossa era pre-histórico, esse modelo por exemplo já conta com java.

3) Bateria: não é de hoje que ouvimos noticias de celulares que explodem, celulres que voltam pra assistência (que não assiste) por causa de defeito com a bateria, e por ai vai... problema numj aparelho sempre vai dar independente de sua procedencia. E concordo que as baterias dos genericos são de inifita qualidade inferior, mas... como disse antes, eles evoluem :)

4) Custo/Beneficio: não tenho muito que falar sobre esse ponto, já que somos unânemes em concordar que o preço é o principal favor para a proliferação desses aparelhos no país, outra: se a pessoa tiver um certo cuidado com seu xing-ling ele vai durar muito tempo, com certeza :), afinal "Com xequim-nomon é sempre negócio bom!".

Abraços!

Escrito por Jorge em maio 21, 2009 01:28 AM

Oi Bia, só para lembrar que estamos ansiosos por sua volta ao blog e ao podcast, mas tenho acompanhado pelo Twitter.
Fique bem.

Abs!

Escrito por Edu Görck em maio 25, 2009 03:51 PM

Smartphone genericos, é complicado 99% das pesoas que usam esses Smartphones não precisam realmente de um smartphone por isso comprar e ficam maravilhados com todas as usas opção de uso, televisão, bluetooh, touch screen entre outros e como os outros dizem acabamento é extremamente ridiculo todos os aparelhos são horriveis e não funcionais tem uns até que os numeros para efetuar ligações são coloridos pessimo.

tenho um HTC TOUCH e um NOKIA E61 não troco por nenhum MP alguma coisa, Smart mp alguma coisa são aparelhos de office boy que quer pagar de Executivo..


alguns desses MP-LIXO tem sincronismo com exchange, pop3, IMAP4 ?? 3G ?????


sera que podemos chamar de smartphone celular que não tem esse tipo e tecnologia ...


abs ...

Escrito por Edu Morales em maio 28, 2009 11:21 AM

O absurdoooo é o cara saber escrever e dizer que só pq é ilegal financia o tráfico de drogas e armas, como o DVD hahahah, o cara acredita em polícia, em governante, no Ministério Público e no Papai Noel, entre outros.É uma piada as besteiras que dizem, descaminho é um inímigo do Governo logo inventam que aquilo financia a droga que seus filhos consomem. Pura balela! Só pq não paga salários de Magistrados nem greves de técnicos Judiciários, se torna algo altamente reprovável. Reflitam sobre isso pois cds de música custavam 40 reais e hoje no mercado custam 3 por 9 reais, agradeçam aos chineses por nos ajudarem e pensem no que realmente é ter ideal Cívico!!

Escrito por LM em maio 31, 2009 01:45 PM

como voce consegue ser tao invejosa? cuida da sua vida!

Escrito por Marmore em junho 6, 2009 01:38 PM

Pow em primeiro lugar gostaria de dar parabens a vcs pelo otimo site muita coisa interesante.. em segundo lugar podendo parecer idiota mas rachei de rir apos ter lido o post e visto um baner da loja fator digital oferecendo un desses genericos por apenas 269.90...
Do meu ponto de vista um dos grandes defeitos destes genericos e o que eu chamo de quebra1/ja era 7.. explico infelismente mesmo depois de ler um post la no mundo tecno ao qual a cynara citava um primo seu que ganhou/comprou uma praga destas e foi lhe mostrar e trarara.. acontece que minha avo sabendo que sou um doido por novidades em visita ao paraguay resolveu me presentear com um genericos desses.. pow fiquei feliz na hora e fui testar pra começar nao conseguia por porcaria de jogo nenhum nele ate descobrir que ele so roda jogos em plantaforma .Nes ai mais uma coisa dificiu de se achar... fora isso o começo foi uma maravilha muito bom mesmo cumpria o que prometia depois de um ano de uso incontido do mesmo a decepeção o play começou a apresentar bugs e pra minha maior surpresa assim que o play começou apresentar bugs acabou-se todas as demais funções.. ai eu pensei vou arrumar essa lata velha pensando melhor voltei a usar meu celular velho que apesar de nao ter nada de especial nunca me deixou na mão quando precisava estar on-line ou com meus joguinhos... so pra finalizar o site esta exelente espero que continuem sempre assim.
A ja ia esquecendo achei vcs na seção blogs amigos do mundo tecno e agora poderei me informar melhor com vcs.

Escrito por juliano em junho 14, 2009 06:48 PM

Ubirajara Placido disse...
Os celulares "made in china" são bons no quesito design, muitas utilidades incorporadas, TV, FM, etc... Mas na questão qualidade, perde feio, pois as câmeras propagam 2.0 MP, 5.0MP, mas não são reais. As imagens são ruins, pois utilizam componentes de baixa qualidade. Como poderiam vender um produto com preço baixo? Com certeza os componentes (aqueles que ninguém vê, que ficam armazenados dentro da caixinha bonitinha do aparelho) são os mais “fuleiros” do mercado. Duvida? Então pesquise e verás. Outro ponto negativo é que não se pode sincronizar os contatos da agenda, compromissos ou anotações com algum software. O firmware é fixo e não existe atualizações. A garantia é curta e em média de 3 meses e depois "babau". Se der problema nesse período, o que o fornecedor faz é apenas trocar por outro, pois do contrário haveria claro prejuízo, pois não tem conserto, não compensaria. (Alguém conhece alguém que já consertou oalgum desses "bichinhos"???) Os "ditos" consertos se baseiam em utilizar peças de outros aparelhos com problemas, como em um desmanche de carros, ou o próprio importador solicitar para a fábrica na China alguma peça e cobrar um preço absurdo. Como não dá para comparar, o usuário acaba pagando se quiser ter o aparelho funcionando. Enfim, o preço é bom, mas a qualidade baixíssima. Quem não se importa com qualidade, que quer apenas fazer uso dos dois chips e ter uma TV móvel, que cabe dizer, para assistir, há informações que dizem que a utilização de dois chips simultâneos, descarregam a bateria mais rápido - pois não é a tôa que o aparelho vem com duas baterias - já pararam para pensar? Assistir alguma programação da TV é bom, desde que se fique parado em um ponto pois do contrário, no ônibus, no carro em movimento, ou andando, ESQUECE, não se conseguirá uma imagem estável, pois a TV é analógica. Agora, assistir uma programação inteira seria inviável, pois a bateria iria esgotar rapidamente, portanto, teria que ligar ao carregador e deixar em um ponto estático, e ficar bem próximo da telinha para poder enxergar ou conseguir ler algumas legendas. Bom, essa é a minha opinião simples, honesta e sincera. Não sou contra os MP “X", afinal esse mercado acaba por fazer os fabricantes de produtos de marca a repensarem nos preços de seus aparelhos e nas funcionalidades dos mesmos. Mas quem for comprar, tenha em mente que qualidade está em último plano. Em primeiro plano está como disse no início, o "design" e o grande número de funções. Finalizo, salientando como usuário e proprietário de um JC777s, que esses "made in china" não são confiáveis, apenas aparelhos "bonitos" que fazem pose de robustos mas que no fundo não passam de um brinquedinho com o tempo de vida limitado. Gostaria que as pessoas que possuem aparelhos "made in china" há muito tempo opinassem, pois parece que as opiniões aqui dispostas são de novos usuários desses brinquedinhos. Obs: O texto acima foi por mim escrito em 28fev09, hoje em 21jun09, fiz alguma correções e atualizações e gostaria de salientar que o meu JC777s (citado no texto) perdeu a sensibilidade do touchscreen depois de uns 3 meses de uso. Mandei para o fornecedor na China, somente o aparelho com uma bateria. me cobrou R$ 60,00 prometendo trocá-lo por um outro novo, na caixa. Para minha decepção, depois de mais de um mês, recebi o aparelho de volta embrulhado em um plástico do tipo bolha com a mesma bateria que havia remetido. Após, ligá-lo pude notar que o fornecedor simplesmente trocou a carcaça por uma aparentemente mais nova e devolveu o aparelho, pois ainda havia toda a minha agenda e alguns arquivos gravados no aparelho. Fui enganado, lesado, e o pior não tenho como reclamar direitos de algo ilegal (clone). Essa é a minha experiência. Valeu gente, até a próxima.

Escrito por Ubirajara em junho 21, 2009 08:17 PM

Gosto de ver que algumas pessoas aqui (muito provavelmente proprietários desses aparelhos) se sentem pessoalmente ofendidas e ficam indignadas quando se fala mal desses aparelhos “populares”...
É mais do que óbvio que aparelhos de qualidade e durabilidade duvidosa como esses celulares, trabalhando com duas linhas ao mesmo tempo e fabricados com componentes de qualidade desconhecida e que só Deus sabe se o projeto respeita ou não as normas de segurança e padrões técnicos estabelecidos (o que não acontece com os fabricantes de renome, que estão sujeitos a fiscalização e regulação técnica e de segurança, de proteção ao consumidor do governo, que compram sim os mesmos componentes, mas de fornecedores escolhidos a dedo e com rigoroso controle de qualidade, pois os mesmos ao contrário desses fabricantes desconhecidos tem uma marca para zelar), devem sim emitir muito mais radiação.
Esses aparelhos podem ser parecidos esteticamente com os que tentam copiar, mas o que a maioria leiga não sabe, pois não tem contato com o aoarelho original e que a copia nem de longe tem todas as funções do original, são muito mais defasados tecnologicamente, apresentam softwares bugados e confusos, tradução e implementação muito mal feitos como por exemplo as cópias do iPhone, como o Hi - Phone v800 que esteticamente é muito parecido com o original, mas não é um smartphone, não se tem as funcionalidades do sistema original, não se pode instalar jogos programas (como o Safari que é o melhor navegador móvel que existe), não tem GPS, rede sem fio, pouca memória e não possui navegação nem por EDGE quanto mais 3G, entre outros recursos que passam desapercebidos da maioria.
Finalizando discordo de quem disse que a venda desses produtos ilegais e contrabandeados não alimenta o submundo do crime e por tabela o das drogas, pois assim como o material pirateado, além de estarem sonegando impostos para o governo e tirando mercado das empresas estabelecidas que investem em tecnologia de ponta ao invés de simplesmente fazer copias baratas (quem sabe tirando postos de trabalho digno para substituí-los por trabalho semi-escravo ou escravo) o dinheiro arrecadado circula no submundo, nas mãos dos Law Kin Chongs da vida...

Escrito por Rodrigo Maciel em julho 1, 2009 04:33 AM

O problema todo esta no preço, da mesma forma que muitos compram CDs e DVDs piratas, imitações de bolsas e roupas de griffs famosas, usam softwares piratas, tudo esta ligado ao poder de compra das pessoas e o status que estes produtos trazem, mingúem compra um produto de baixa qualidade porque quer e sim como um paliativo ao seu desejo de comprar e se situar na sociedade que estes produtos podem trazer.
Hot Master - Ar Condicionado para carros e Som Automotivo

Escrito por Durval em julho 22, 2009 06:18 PM

No fim o barato sai caro.

Escrito por empresa de rh em agosto 3, 2009 05:54 PM

Será que um dia vão inventar um celular expandível, ou um notebook que diminui de tamanho? Aí sim teriamos o melhor dos dois mundos em um só produto

Escrito por Filmes da TV em agosto 4, 2009 03:01 PM

Realmente acredito que esses celular não deveriam ser vendidos sem os devidos testes básicos.
Alem de serem prejudiciais a saude podem interferir em serviço oficiais.

Escrito por Raphael Celuppi em agosto 18, 2009 01:18 PM

Gostaria de saber se já existem smartphones com TV Digital integrada?

Escrito por Robson pimenta em agosto 23, 2009 01:27 PM

Uma coisa que odeio nesses produtos é o software tosco que colocam neles, a tradução em muitos é sofrível e o modo touch não é bem calibrado. São horríveis e já viraram praga.

Escrito por lucas em agosto 23, 2009 08:17 PM