setembro 01, 2008

iSilo para iPhone

O iSilo é o leitor de eBooks profissionais mais popular que conheço. Disponível para uma série de plataformas móveis, é um clássico da área médica: a quantidade de livros e referências gratuitas disponíveis nesse formato é absurda. O aplicativo conversor, iSiloX, que transforma textos em arquivos pdb (formato que o iSilo lê), é gratuito e apresenta versões para Windows e Mac OS X.

Os leitores móveis, pagos, estão disponíveis para Palm OS, Windows Mobile (Classic e Professional), Symbian UIQ, Symbian UIQ 3, Symbian Series 60, Symbian Series 60 3rd Edition, Symbian Series 80, Blackberry e iPhone.

A versão para iPhone é a "caçula" da turma e foi o meu primeiro programa pago adquirido na App Store, semana passada. Mas não foi o meu primeiro iSilo: em 2002 adquiri minha primeira licença para Palm e, em 2004, para Pocket PC. Simplesmente é o meu braço direito no trabalho, pois carrego comigo guias farmacênticos, guidelines e referenciais de conduta em pacientes com necessidades especiais.

Depois da área médica, outras áreas, como o Direito, também passaram a usar o iSilo. Afinal, nada como carregar as até então pesadas Legislações de papel num dispositivo móvel, não? Graças ao pioneirismo, o iSilo se tornou obrigatório para uma série de categorias profissionais que se beneficiam da mobilidade.

Leitura no iPhone / iPod touch

Enquanto o iPhone não amadurece nas aplicações de trabalho - com agendas poderosas, bancos de dados e emails - sigo usando o iPod touch, que está preenchendo muito bem minhas necessidades de lazer e leitura. Aliás, ler no iPod touch é meu mais novo vício: a tela imensa, com ótima definição e rolagem macia, tornam a leitura um prazer à parte. No iSilo o scroll ainda não está tão macio e o dedo precisa "empurrar" a rolagem com um pouco mais de força. Espero que esse pequeno problema seja corrigido nas próximas versões.

Transferindo ebooks para o iPhone / iPod touch

Agora vem a parte chata da coisa. Enquanto em todos os PDAs e smarts até então existentes basta você sincronizar (ou mais simples ainda, arrastar-e-soltar) seu dispositivo para ler os eBooks nele, a versão do iPhone exige um pouco mais de malabarismo: é tudo por download.

Como eu tenho um servidor, eu subi meus eBooks para um local específico por FTP e depois baixei-os todos em meu iPod Touch. Mas não é preciso tudo isso. Se você usa Windows, pode usar um servidor http de arquivos, como o HFS. Traduzindo: você abre o programinha (é um executável simples, não precisa instalar) e joga nele os arquivos que quer transferir. O endereço IP do comptador é mostrado no programa, basta digitá-lo na opção de download do iSilo, colocando "http://" na frente. Pode não paracer uma opção muito amigável, mas é a que temos por enquanto...

Pesquise preços de: iPhone, iPod touch, MacBook

postado via 3G

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 07:27 PM | Comentários (18) | Citações

agosto 26, 2008

Cadê o controle de qualidade na App Store?

Depois de virar do avesso a loja de aplicativos da Apple para iPhone, o que posso dizer até agora é que o resultado é decepcionante.

Desde 2001 estou habituada a buscar programas para trubinar as funções dos meus PDAs - primeiro, Palms, depois, Windows Mobile. Lógico que nesses anos todos os aplicativos desenvolvidos para esses sistemas amadureceram muito, tornando-se os responsáveis pela atual versatilidade profissional dos dispositivos móveis. Sempre pude procurar programinhas em sites de downloads gratuitos, como a www.freewarepalm.com e a www.freewareppc.com, além de fazer compras da loja Handango, a mais conhecida do ramo. Ou mesmo no site dos próprios desenvolvedores.

Quando tio Istive anunciou a possibilidade de desenvolvedores criarem soluções para iPhone, vibrei. Nesse meio tempo, eles usaram e abusaram de sua critividade. iPhones e iPods touch "jailbreakados" passaram a mostrar o potencial dos dispositivos da Apple.

Então veio a solução oficial, a App Store. Com direito a uma "filial" brasileira. Mas depois de uma semana lendo e caçando tudo o que podia sobre aplicações, confesso-me decepcionada. Nem de longe a App Store apresenta aos usuários soluções tão interessantes e produtivas quanto as existentes para outros sistemas.

Enquanto estou ávida por um bom programa de agenda (felizmente uma versão do Pocket Informant para iPhone está sendo desenvolvida), um bom (e versátil) leitor de eBooks, e um gerenciador de documentos, além de outras soluções produtivas, o que a Apple nos apresenta são, na maioria das vezes, aplicações inúteis. Ou, pelo menos, ruins.

Toma-se como exemplo um greneciador de tarefas. Foi um erro grave não ter nativamente no dispositivo, algo que os desenvolvedores imediatamente tentaram "consertar". Hoje há vários disponíveis na App Store, entre gratuitos e pagos. Mas mesmo os pagos podem ser chamados de patéticos. Faltam coisas básicas, como categorizações e contextos. Faltam alarmes. Quando encontra-se um mais completinho, ele resvala num pecado mortal: a falta de sincronismo ou backup. Qual o sentido de se colocar todas as suas tarefas importantes num dispositivo, podendo perdê-las a qualquer momento sem possibilidade de recuperação?

Mas aos desenvolvdores, darei um desconto. Eles estão trabalhando bastante, é só uma questão de amadurecimento. Não se ciram soluções completas de uma hora para a outra. Eu fico indignada é com a Apple, que não está sabendo o que colocar à disposição dos usuários. Há vários (e bons) aplicativos já criados, usados pelo pessoal que faz jailbreak mundo afora. Mas cadê?

Fiquei passada com o caso do aplicativo do pato de borracha. Um cara criou um pato de borracha virtual, que pode ser "apertado" e fazer barulho virtualmente. E só. Tudo bem, cada um cria o que quer, e o programinha era de graça mesmo. Mas o cara esperou o pato ficar entre os "top 25" para passar a ser vendido a U$ 0,99. O pessoal que consulta rankings para separar o joio do trigo acaba comprando.

Sei que a Apple quer dimdim também, mas não é só isso. Outro exemplo foi o de uma régua que usa o acelerômetro. Nos comentários, o desenvolvedor foi "desmascarado" pelos usuários, e descobriu-se que tal régua foi "roubada" do SDK oferecido à comunidade. Não adiantou nada: o aplicativo, pago, está entre os "destaques" da App Store. Cadê o controle de qualidade que tio Istive prometeu?

Não quero ser intransigente, nada tenho contra patos de borracha, sabres de luz ou bolhas para estourar. Todos são livres para criar. Mas fico chateada em saber que há uma "fila" e, creio eu, que bons desenvolvedores não estão tendo a chance de colocar seus trabalhos à venda ainda, enfrentando algum tipo de burocracia obscura. Também tenho a impressão que a Apple está priorizando os games. Aliás, para estes, eu tiro o chapéu: estão sensacionais, aproveitando todo o imenso potencial gráfico da dupla iPhone / iPod touch.

Outro problema sério que constatei: a falta de período de experimentação dos aplicativos pagos. Muitos deles parecem atraentes, mas é difícil averiguar se eles realmente preenchem as necessidades do usuário sem testar antes. As informações que os desenvolvedores disponibilizam são, na maioria das vezes, insuficientes. Ou, pelo menos para saber se não são bugunetos demais. Já baixei coisa que nunca consegui fazer funcionar. Que tal um trial de 5 dias para games e 15 dias para aplicativos, heim, tio Isitive? Desde meu primeiro Palm eu podia experimentar um aplicativo antes de optar pela compra...

Tenho certeza que há bons aplicativos em desenvolvimento. Porém tenho lido por aí, em blogs de desenvolvedores, que a Apple está demorando demais para aprovar suas requisições. Espero sinceramente que nas próximas semanas surjam mais soluções produtivas do que meros simuladores de isqueiros. Enquanto isso, creio que ainda vai demorar para que um usuário profissional de Palm, Windows Mobile ou Blackberry troque seu dispositivo pelo da Apple sem involuir no trabalho.


* * *
Nos próximos posts, ajudarei a separar o joio do trigo, apresentando para vocês o melhor que a App Store oferece.

Pesquise preços de: iPhone, iPod touch, MacBook

postado via 3G

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 10:15 AM | Comentários (37) | Citações

agosto 21, 2008

Com que conexão eu vou?


Teste de velocidade em conexão móvel no iMac. Clique para ampliar.

Muitas perguntas para um só post. Qual empresa de banda larga contratar em SP? A quantas anda o 3G da Claro e da TIM em SP? Como usar 3G no meu iPod touch novinho em folha? Responderei uma a uma.

Banda larga x 3G

Com a mudança de apartamento em São Caetano do Sul (SP), fiquei sem banda larga. Como a linha de telefone pertencia ao proprietário do apartamento antigo, agora no novo imóvel eu e meu noivo vivemos um dilema: qual empresa de banda larga contratar? Decidido a dar um pé no Speedy, meu noivo consultou alguns amigos nossos que usam o Virtua e não ficou muito animado. Os problemas que afetam uma também afetam outra: má qualidade no serviço, traffic shaping, péssimo atendimento e por aí vai.

Curiosamente meu modemzinho 3G da TIM bateu tranqüilamente os 700 kbps durante todo o final de semana. Alguns downloads tinham taxa de 70 kbps!

Achando que durante a semana a coisa mudava, fiquei muito surpresa com os resultados obtidos na 2a e na 3a. Em nenhum momento navegamos a menos de 500 kbps. Instalar o modemzinho no iMac foi moleza, já que o fabricante disponibiliza os driver em seu site. Presto muita atenção nisso: acho importante que modems externos funcionem em qualquer OS. Ainda não vi solução Linux, mas com certeza já deve existir. Darei uma procurada.

Meu noivo ficou incrédulo com os resultados porque ele vinha usando o 3G da Claro, em seu TyTN II, inclusive como modem. Mas jamais conseguiu navegar a mais de 200 kbps. Eu eu ele fizemos muitos testes por nossas andanças em SP e no ABC - ele com o chip da Claro no TyTN II e eu com o chip da TIM no N95-3 - e constatamos aquilo que eu já tinha percebido: o 3G da Claro tem bem mais áreas de cobertura, mas o desempenho geral é pífio. Mesmo nas regiões nobres, como Paulista e Berrini, o máximo que conseguíamos era 350 kbps. Pela TIM, infelizmente há menos cobertura. Mas onde o sinal aparecia, os resultados eram muito animadores. Banda larga móvel de verdade.

Mas tendo um sinal estável e eficiente em São Caetano, foi o que nos bastou. Já estamos planejando um 2º modem 3G da TIM, para usar tanto em casa como fora. Temos que ter 2 linhas, pois viajo muito e mesmo meu trabalho como dentista homecare é itinerante. Meu plano é de 1 MB, ilimitado, a R$ 99/mês. Contudo, confesso que sinto uma coceira para experimentar o de 7 MB, que custa R$ 149/mês. Conversarei com o pessoal da TIM em SP, para ver se posso pelo menos testar o serviço.


Router 3G

Outro item que está na nossa listinha de compras é um roteador 3G para usar em casa. Afinal, tudo lá é wifi: nossos notebooks, nossos smartphones, nosso iMac e agora o iPod touch. Dei uma olhada num modelo que o pessoal da Qualcomm me mostrou, e que está sendo homologado pela Anatel:

Há outros vendidos por aí que também parecem interessantes. Mas antes de comprar, é importante assegurar que seja um modelo quadriband, para funcionar com 3G de qualquer operadora, em qualquer lugar do país. Esse lance das frequências é bastante confuso: por exemplo, se você usa um smartphone (dual ou tri band) da TIM em SP, tem altas chances dele não funcionar aqui no PR, onde a frequência é 850 MHz. O inverso acontece com a Claro: em SP, a frequência de 850 MHz é deles. Ufa!


iPod touch 3G

Meu noivo ficava admirado com minha resistência em ter um iPhone. Nada contra o smart da Apple, muito pelo contrário. A questão é que, para trabalhar, o smart da Apple ainda nem chega aos pés do Windows Mobile. Pelo menos por enquanto. Como tenho 2 linhas, poderia ter um aparelho mais para diversão, que, obviamente seria usado para testar aplicativos para os leitores do blog e na prestação de consultoria em empresas. Eu não gostaria de fazer isso com um aparelho "jailbreakado". Mesmo assim, comentei com ele que gostaria de ter um dispositvo da Apple pois é o único que falta na "família", junto com o Blackberry que não tarda. Como consultora em mobile, acho fundamental conhecer todos os sistemas e ser íntima deles. Um iPod touch já estaria de bom tamanho.

E não é que ele me surpreendeu? Antecipou meu aniversário (que é semana que vem) e me deu um de presente, de surpresa. Com garantia estendida de 2 anos! Para isso, ele me enganou direitinho: fomos na Fnac e ele comprou um livro. Cheguei a ver o livro e tudo. Mas não sei como, ao chegar em casa, abri o pacote e tinha um iPod lá dentro. Foi divertido...

Imediatamente comprei o firmware novo na App Store e saí instalando um monte de coisas. Mas o tempo estava curto, tive que retornar para Curitiba e até agora não consegui brincar direito com nada.

Sem banda larga por aqui, a coisa complicou. Para driblar a dependência dos hotspots, estou usando uma solução sob medida: instalei no N95 um aplicativo gratuito chamado JoikuSpot, que transforma o aparelho num hotspot móvel. Ele cria conexões ponto-a-ponto com qualquer outro gadget que tenha interface wifi, compartilhando o 3G. Foi assim que consegui dar meus primeiros passos no iTouch ontem, em casa e na rua.

Em breve, novos reviews de aplicativos para a plataforma móvel da Apple e soluções de produtividade para os fãs do JesusPhone!

Pesquise preços de: modem 3G, roteador 3G, iMac, iPod touch

postado via 3G

escrito por Bia Kunze em Telecom às 10:25 AM | Comentários (45) | Citações

agosto 11, 2008

Evernote: dando utilidade para a câmera do seu celular


Evernote online. Clique para ampliar.

O Evernote é uma solução para armazenamento e consulta de notas, seja no seu PC, na web ou em seu dispositivo móvel. Ele ganhou grande desatque recentemente com uma elogiadíssima versão para iPhone, embora já existisse há tempos uma versão para Windows Mobile. É uma ferramenta de produtividade utilíssima para quem quer se organizar e criar listas de tarefas a partir de notas, fotos rápidas feitas pelo celular e até guardar textos de dentro de imagens, graças a um sistema de OCR - o mesmo dos scanners.


Evernote, respectivamente, em Mac e Windows. Clique para ampliar.

Comecei a usar o Evernote ao cuidar da mudança e montagem do apartamento novo em Sampa. Sempre usei muito a câmera do meu celular ao fazer pesquisas de preços de lojas e "peregrinações" em lojas de material de construção. Subo as fotos do smart direto para minha conta online no serviço, ficando disponível para consultas futuras em qualquer máquina. É uma maravilha! Tudo fica sincronizadinho na web, no meu notebook Windows em Curitiba, no meu iMac em Sampa e, é claro, no meu smartphone. E de graça :)

A versão para Windows conversa direitinho com meu OneNote e adiciona ícones para captura rápida nos meus navegadores e até no Outlook.

Se você não tem um smartphone, mas tem um celular com boa câmera e conexão à web, pode enviar suas fotos diretamente do celular para um endereço de email personalizado, criado assim que você abre sua conta no site deles. As imagens ficarão guardadinhas no servidor, podendo ser acessadas normalmente em seu computador mais tarde. Se a câmera do seu celular tiver a função macro, melhor ainda: você pode fotografar papéis, bilhetes, páginas de revista, entre outras coisas, preservando a nitidez do texto.

Saiba mais: Transforme a câmera do seu celular em uma ferramenta útil

Conforme o Erick Pessôa prometeu nos últimos Podsemfio, eis as impressões dele sobre o Evernote:

"Eu sou um cara que lê 329 coisas totalmente diferentes todos os dias e muitas delas eu gostaria de ir mais à fundo no futuro. Então, anotava em papéizinhos, sticky notes etc. Logicamente a maioria fugia de mim e nunca mais achava ou então ficava com um bookmark do tamanho de um bonde e altamente bagunçado. Evernote é um sistema onde eu posso colocar tudo em um lugar só. Ele não é exatamente um ToDo mas uma vez que você o visite regularmente, acaba se tornando uma ferramenta que te ajuda a se organizar e executar tarefas. O melhor de tudo é que ele é multi-plataforma - Mac, Windows, Windows Mobile, iPhone e Web.

Como funciona? Vou explicar com um exemplo meu. Estou pesquisando ferros de passar (pois é, estou de Amélia aqui em Berlim). Como os meus euros estão contados, tenho feito muita pesquisa. Pela rua, vou à lojas e tiro fotos de modelos que me interessam com os preços e pelo Evernote mando para a minha conta via iPhone. Em casa, pesquiso na internet e faço um clipping dos sites que me interessam; mando-os usando o webclipping (é um print screen de um pedaço específico da tela), plugin do Evernote para Firefox. Quando eu quero pesquisar, abro o Evernote no Mac e vejo tudo que capiturei para pesquisar. Claro que ajuda bastante colocar palavras-chave (tags)nas suas notas, pois elas no final das contas acabam funcionando como categorias.

O legal é que no site do Evernote, ele conta com um OCR que vai identificar o texto dentro da sua foto, o que facilitará a pesquisa por palavras-chave. Isso facilita MUITO quando se tem muitas anotações e também no caso de cadastrar cartões de visitas. Além disso, você pode gravar anotações de voz - algo que vários aplicativos vendidos na iTunes Apps Store não fazem.

Logicamente que para isso você terá que se cadastrar lá no site do Evernote (www.evernote.com) mas o grande lance é que tudo é gratuito. Aí você se pergunta, "onde eles ganharm o $$ deles?" Essa armazenagem, identificação de texto em fotos e transferência entre plataformas tem o limite de transferência mensal de 40 MB, que é coisa para caramba se ficar usando texto e fotos do celular. Uma estimativa da própria Evernote diz que isso dá para aproximadamente 20.000 anotações de textos, 400 fotos de celular e 40 gravações de voz. Porém, se você for um heavy user, pagando 5 dólares por mês passa-se a ter 500 MB de transferência mensal.

No iPhone a solução é extremamente simples de usar. Você escolhe que tipo de anotação quer fazer (texto, imagem já capturada, tirar uma foto ou gravar áudio). Feito isso, ele irá usar ou o WiFi ou a rede do celular para enviar para o servidor. Você também pode consultar o que já está guardado na Web. Tudo funciona perfeitamente nesta atual versão (1.0.1) . A única coisa que me incomoda (mas já está prometida para a próxima versão) é a edição de notas já feitas. Atualmente você só pode criar novas notas no iPhone, não pode editar sequer a que você acabou de criar."

Pesquise preços de: iPhone, Windows Mobile, celulares com câmera

postado via 3G

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 02:31 PM | Comentários (12) | Citações

julho 21, 2008

Opera Mobile 9.5 [beta]

Saiu (finalmente!) o beta do novo Opera Mobile 9.5 para Windows Mobile. Depois de alguns dias brincando com o bichinho, dá para dizer que ele está mesmo sensacional!

Eu já tinha ficado embasbacada com o novo Opera no lançamento do HTC Touch Diamond, em Londres, e estava louca para experimentá-lo. No post do Diamond tem todas as especificações do novo Opera, comparando ao Pocket Internet Explorer.

Demorou para sair o beta, mas valeu a pena. É quase um Safari. Quase... :-)

A experiência de navegação é incrível. A rolagem suave, abas, zoom e adaptação de "pedaços" da tela para a telinha diminuta do celular fazem do novo Opera um aplicativo indispensável. Ele também compartilha seus bookmarks com os do IE, então, não é preciso se preocupar em exportar ou copiar um a um de volta.

Aproveitem enquanto o beta é gratuito. Funciona em aparelhos Windows Mobile 5 e 6 Professional (com touchscreen).

Só um pequeno detalhe: apesar de ter funcionado redondinho no meu HTC Touch, ele consome muita memória. Pelo menos para os padrões do Touch. No HTC TyTN II o desempenho foi sensivelmente melhor.

A seguir, mais alguns screenshots:

Pesquise preços de: celulares 3G, HTC TyTN II, Windows Mobile
postado via wifi

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 11:21 PM | Comentários (18) | Citações

junho 18, 2008

Agenda produtiva - de verdade

Todos sabem que sou uma profissional de múltiplas atividades, e que é preciso de talento de malabarista para manejar tudo sem estresse. Mas isso não é "privilégio" meu. Nos dias de hoje, todo mundo é multitarefa, às vezes estufando o peito dizendo que "vive na correria" e que chega em casa sempre "morto de cansaço", como se isso indicasse eficiência.

Para quem tem Palm, Windows Mobile ou Symbian, sua agenda pessoal pode ser muito mais que um mero lugar para anotar compromissos e tarefas botando alarme em tudo. Há excelentes agendas à venda em lojas online de softwares, que valem cada centavo. Decidi compartilhar com vocês algumas dicas sobre meu modo "sui generis" de gerenciar minha agenda atribulada através do meu dispositivo móvel. Usei como referência meu software de escolha, o Pocket Informant (PI), mas há vários outros, como o Agendus (também disponível para Palm, que usei por muitos anos e amava), o Papyrus e o Handy Calendar (estes últimos para Symbian).


Fase 1 - Mind-map

Ser dentista móvel não é só ir na casa do paciente, mexer na boca dele e ir embora. Tem que planejar o tratamento muito bem, para poder levar os medicamentos e jogos esterilizados corretos a cada dia de atendimento, programar idas à laboratório de prótese, manter prontuários e guias de atendimento sempre em ordem e atualizados.

Se fosse só isso... hoje tenho duas profissões! Ainda tem os textos e reviews do GSF e outras publicações para escrever, palestras para montar, consultorias para realizar. E a faculdade de jornalismo. E por fim, ai ai, a célebre jornada-extra feminina de dona-de-casa. No meu caso, em dobro: para a casa de Curitiba e o apê em S. Caetano.

É fácil passar batido por detalhes quando se tem muita coisa para fazer. Assim, sigo à risca o princípio do David Allen de esvaziar a mente, deixando-a livre para a criatividade. Sem essa de confiar na memória!

No começo de toda semana, faço meu brainstorm semanal, botando tudo no papel, em mind-maps. Sim, papel. Por que? Bem, papel eu posso colocar na minha Filofax, rabiscar, desenhar e pendurar no mural (no escritório ou no consultório) para não desviar o foco das minhas metas. Até as refeições da semana eu programo: assim, as idas ao supermercado e à feira são mais rápidas e eficazes. Mais uma vez, é o papel que é afixado na geladeira. Procuro reduzir o número de refeições fora de casa, só para os dias que for inevitável. Não apenas por questões econômicas (sou autônoma, não ganho ticket hehe) mas também para evitar de cair na armadilha do fast-food.

A Filofax continua sendo uma grande companheira. Embora seja um "clássico inglês", há bons similares, como a Redfax ou a Tilifax da Tilibra. Profissionais de saúde ainda vivem às voltas com papel. Carrego nela guias de atendimento que precisam de assinatura, exames, radiografias, recibos e outros documentos importantes. E flags, muitas flags para marcar páginas de livros ou da própria Filofax.


Fase 2 - Organizando as tarefas

Depois que a mente foi "esvaziada" no papel, organizo minha lista de tarefas. Tenho uma categoria no PI chamada ações, onde sub-agrupo as atividades por contexto. Assim, tudo o que preciso fazer com conexão banda larga (@banda larga) faço de uma vez (diferente das atividades @pc, onde independo de conexão ou posso usar conexões móveis mais lentas, como EDGE). Quando preciso fazer atividades de @rua (banco, correio, mercado etc) também o faço de uma só vez. O mesmo vale para escrever artigos, fazer telefonemas... há até uma sub-categoria chamada @esperando, para monitorar as atividades que delego. E as sub-categorias @um dia e @talvez ajudam-me a fazer planos para o futuro, baseando-me nas minhas metas pessoais e profissionais.

O tempo que se ganha agregando atividades por contexto é enorme!


Fase 3 - Colocando no calendário

Organizadas as tarefas, é hora de encaixá-las no meu calendário, onde, via de regra, já constam os atendimentos da semana, seja no consultório ou em domicílio. Esse é o momento de definir horários ou períodos para fazer todas as atividades @rua, por exemplo. Para uma profissional itinerante como eu, é importante colocar TUDO no calendário, por causa do tempo perdido no trânsito e deslocamentos - até isso deve ser considerado, para evitar atrasos. Também é importante pensar no lazer e separar um tempinho para ele - cinema, esporte, ver seu seriado favorito, etc.

Não é recomendado que deixe a agenda toda preenchida. É preciso pensar nas urgências - elas sempre aparecem de supetão e exigem solução imediata. Nesses espaços em branco ao longo do dia, quando não tenho urgências a resolver, respondo emails, checo meus feeds, leio livros e estudo. O mesmo vale para os momentos irremediavelmente "perdidos", como filas de banco, correio, congestionamentos... é sempre nessas horas que leio feeds no meu smartphone.

Organizando a rotina desse jeito, chego em casa e posso descansar, cuidar de mim. Sem essa de "levar trabalho para casa"!

Para as tarefas domésticas chatas (lavar louça, passar roupa, arrumar a casa) renderem mais e não sofrer procrastinação, deixo separados meus podcasts mais leves e divertidos. Cuido da casa com o fone de ouvido na orelha. Nem vejo o tempo passar.


Fase 4 - Checando os resultados

Não adianta nada se organizar tanto e não saber, depois, de se objetivos foram alcançados. É comum que haja um desequilíbrio nos tipos de atividades, fazendo profissionais se queixarem de dedicação excessiva ao trabalho, deixando o mais importante - família e pessoas importantes - de lado. E para nós, mulheres, é comum a queixa de falta tempo para "cuidar de si mesma". Sim, pois além de ser ótimas profissionais, esposas presentes, e mães dedicadas, ainda temos que estar sempre bonitas - magras, depiladas, com cabelos brilhantes e unhas impecáveis. É muita pressão!

Inspirada nos métodos de Covey, tudo o que vai para o meu calendário é categorizado segundo meu papel (ou "roles"). Assim, há pelo menos 6 Bias dentro de uma só: a Bia dentista, a Bia Garota Sem Fio, a Bia estudante, a Bia dona-de-casa, a Bia familiar (noiva e filha) e a Bia-Bia - que também é mulher e vai ao salão, cuida da saúde, se diverte etc. O resto fica por conta do PI, que calcula para mim o quanto tenho me dedicado a cada papel.

Foi por causa dessa utilíssima checagem de "estatísticas" que constatei que minhas crises de asma se deviam a um quase absoluto esquecimento de mim mesma em prol do trabalho.

Replanejei tudo em busca do equilíbrio e acho que estou no caminho certo. Sim, porque, no meu parecer, uma vida equilibrada e produtiva é uma eterna busca...


* * *

P.S. 1: Volta e meia aparece alguém perguntando dos meus mind-maps. Uso-os há pelo menos 6 anos, tanto para me organizar como para estudar. Quem me "introduziu" aos mapas mentais foi minha grande amiga Liz Kimura. Corri atrás de livros e mais tarde fiz um excelente curso a respeito, com ela. A Liz é uma das poucas certificadas pelo Buzan Institut (criador do método) para ministrar esses cursos, que recomendo fortemente. Na próxima sexta, dia 20, haverá uma palestra gratuita em São Paulo para quem quiser se iniciar nesse mundo. Será às 14 h, no no auditório vermelho do Centro de Convenções Rebouças. Mais informações aqui.


P.S. 2: Tenho sido cada vez mais requisitada nas minhas atividades de consultora e palestrante, e uma das requisições mais comuns vêm por parte de executivos e grupos de profissionais liberais em busca da produtividade com mais liberdade, algo que só a tecnologia móvel pode proporcionar. Assim, inaugurei uma seção nova aqui no blog chamada "Produtividade" onde compartilharei, aos poucos, mais e mais dicas de gerenciamento de tempo e produtividade com o auxílio de dispositivos móveis. Para dicas de uso profissional, uso o meu outro blog, o Profissionais Móveis. Deixo meu email disponível para quem quiser mandar sugestões de textos, dicas ou mesmo palestras para usuários finais: bia arroba garotasemfio.com.br

Pesquise preços de: agendas RedFax, post-it Flags, agenda Tilifax

postado via 3G

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 12:45 PM | Comentários (56) | Citações

junho 04, 2008

HandBase para iPhone e meu próximo smartphone 3G

Nesse mês de junho completo 1 ano com meu HTC Touch e tudo o que tenho a dizer é que ele continua perfeito para minhas necessidades. Exceto pela ausência do 3G.

Sei que mais cedo ou mais tarde terei que trocar de aparelho, pois não pretendo mais ter conexão de internet fixa em casa ou na clínica. O 3G entrou na minha vida e dela não sai mais.

Vários candidatos apareceram nos últimos meses, mas nenhum me animou a deixar o HC Touch para trás. O Touch Dual (sem wi-fi, sem chance), o TyTN II e o Touch Cruise (trambolhudos demais para quem se acostumou com a leveza do Touch) e, mais recentemente, o Diamond - cujos primeiros reviews web afora não têm me empolgado por enquanto.

Porém, surgiram essa semana dois fortíssimos candidatos a meu próximo PDAphone: o ETEN DX900 e o HTC Touch Pro. Falarei deles no próximo post.

Para complicar minha vida, semana que vem sai o Jesusphone 2.0 e não se tem falado em outra coisa na internet. Eu tenho minhas dúvidas que o iPhone 3G seja enfim uma versão para profissionais móveis largarem de vez seus Palms, Blackberries e Pocket PCs, sem arrependimentos. Mesmo com a App Store despontando. Mas não dá para descartá-lo como candidato.

O que está me fazendo balançar pelo iPhone, pela primeira vez, é o aplicativo que é o grande braço direito no meu trabalho como denista itinerante: o programa de banco de dados HandBase. Pois é, o pessoal da DDH Software avisou hoje que já está trabalhando numa versão dele para o smartphone da Apple. É graças ao HandBase que levo os prontuários digitais dentro do bolso, realizando atendimento odontológico em domicílios, casas de repouso e hospitais. Aqui tem um review completo sobre ele.

Qual será meu próximo smartphone 3G? Os aparelhos Windows Mobile Pro continuam na dianteira da minha preferência. O sistema operacional está maduro, a biblioteca de aplicações disponíveis é imensa e eu não sentiria dor nenhuma durante a migração. Um simples sincronismo e estou pronta para ir pra rua atender meus pacientes odontogeriátricos...

Pesquise preços de: iPhone, HTC Touch, acessórios para iPhone

postado via 3G

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 05:35 PM | Comentários (14) | Citações

abril 30, 2008

Seleção de softwares móveis para o feriado

Véspera de feriadão, é hora de selecionar alguns aplicativos que possam ser úteis aos meus leitores móveis! Tem para todas as plataformas e gostos.

RodoviasBR

Vai botar o pé na estrada? Baixe esse programa gratuito, compatível com celulares GSM que suportem Java. O RodoviasBR ermite consultar em tempo real as condições de 26 rodovias brasileiras. A atualização é baseada em informações do Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes (DNIT). Download direto em:
www.fazion.com.br/rodbr.jad

Guitar Hero III Mobile

Sucesso do momento, dispensa apresentações. Se você tem Windows Mobile, não sofrerá de tédio nos dias frios e chuvosos - bem, pelo menos é a previsão do tempo aqui no sul. Baixem-no em:
www.winplay.com/game/GuitarHeroMobile

Mobbler

Aguardada versão para Symbian do Scrobble do Last.fm. Ou seja, submete à sua página do serviço as músicas ouvidas em seu dispositivo. Ainda não permite ouvir rádios e playlists, como a versão para Windows Mobile. Mas já é um começo. Pode ser baixado em:
http://www.symbian-freeware.com/tag-mobbler.html

Geotag

Quer registrar a posição geográfica das fotos tiradas no feriado? Experimentem o Locr. Dá para "taguear" as fotos tiradas com o celular (com GPS) ou com sua câmera convencional, no PC, manualmente. Certos serviços de publicação de fotos, como o Flickr, mostram as informações geográficas da imagem, posicionando-a num mapa.

Calma que ainda não acabou. Até o final da tarde subo o Podsemfio n.65.

Pesquise preços de: teclado wireless Palm, HTC, teclado bluetooth Nokia SU-8W

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 12:05 PM | Comentários (14) | Citações

março 24, 2008

De volta com a dupla Pocket Informant e FlexMail

Quando comprei o HTC Touch, me frustrei muito com a então incompatibilidade dele com dois programas que eu amava, o Pocket Informant e o FlexMail, ambos da WebIS.

Tudo bem, o sistema WM6 era recente e a interface TouchFLO, uma grande novidade. O jeito foi esperar o trabalho dos desenvolvedores e ir levando com os PIM nativos, além do Messaging.

Felizmente alguns meses depois saiu a versão 8 do Pocket Informant, maravilhosa, resolvendo todos os bugs e inconsistências. E o melhor, priorizando operações touchscreen com os dedos. Aliás, o modo scroll do PI8 chega a ser melhor que o do próprio HTC Touch, com um deslize mais suave, como o do iPhone. Uma agenda lotada como a minha precisa de um gerenciador poderoso. Ao reinstalá-lo, indaguei-me sicessivas vezes como tinha conseguido ficar sem ele por tanto tempo.

Agora foi a vez do FlexMail. Eu vinha usando o Messaging nativo com bastante desenvoltura, uma vez que ele suporta muito bem contas IMAP e é ágil. Só sentia falta do sincronismo dos sinalizadores e flags. Quem gerencia muito email precisa saber o que já foi respondido e encaminhado. Era um exercício mental, ao abrir o Outlook, tentar lembrar quais mensagens já tinham sido respondidas no Touch, qual era mais importante, qual exigia atenção posterior... enfim, um caos.

Navegando por alguns fóruns, li que usuários do HTC Touch estavam satisfeitos com a última versão do FlexMail 2007, que os bugs mais graves estavam resolvidos e que ele ficou muito mais estável em aparelhos de processador mais lento, como o meu. Era a chance que eu esperava: imadiatamente baixei e instalei o programa.

É um alívio enorme voltar a usar sinalizadores. Sinto-me mais segura. E, de volta ao FlexMail, voltei a usar funções mais poderosas e utilíssimas para quem está acostumado com o Outlook do PC: usar flags ("bandeirinhas") e criar tarefas ou compromissos a partir de mensagens. Estou respirando aliviada: vamos ver se agora consigo, de uma vez por todas, manter o inbox sob controle. Não tem sido fácil,as tenho certeza que a dupla Pocket Informant e FelxMail será minha mais nova aliada pela produtividade.

Agora, com licença, tenho 354 emails no inbox aguardando e o review do Asus para terminar... ;-)

Pesquise preços de: Windows Mobile, HTC Touch, smartphones HP

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 12:47 PM | Comentários (8) | Citações

março 03, 2008

Google2Go

Não me animou nem um pouco o aplicativo Google2Go, uma espécie de centralizador de todos os serviços móveis do Google.

Criado para Windows Mobile, o Google2Go traz num só lugar as populares aplicações de buscas, email, calendário, reader, docs, notas, blogger, fotos, entre outros. Talvez minha decepção se deva ao fato de eu amar o Yahoo! Go, que, além de funcional, é visualmente muito mais agradável.

Mas nem por isso vou atirar pedras no desenvolvedor. Sim, pois ao contrário do Yahoo! Go, tal programinha não é um produto oficial da Google. Daí talvez a falta de uma melhor elaboração da interface. Odiei o fato dele só funcionar em landscape (modo paisagem).

O post aqui vale mais pela idéia e pela iniciativa. Com certeza, por causa da grande popularidade dos serviços Google, demanda não deve faltar. Se você é usuário ávido desses serviços e possui Windows Mobile, vale a pena experimentar.

postado via wifi

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 04:02 PM | Comentários (11) | Citações

fevereiro 01, 2008

Kit (móvel) de sobrevivência ao carnaval

O carnaval é a época do ano em que desligo a TV da tomada, deixo o rádio mudo e fujo para bem longe. Para qualquer lugar onde não se ouça um pandeirinho sequer. Procuro relaxar, dar um tempo para tudo e carregar as baterias para o ano - que, no Brasil, começa verdadeiramente após a folia. Não sou exceção. Cerca de 80% dos brasileiros não pulam carnaval. Brasileiro folião é mais mito que realidade. A grande verdade é que essa é uma "festa para gringo ver".

Se você também não está nem aí para desfiles, festas e foge do barulhos, vai gostar do meu kit móvel de sobrevivência ao carnaval:

1. Filmes e música

O pqDVD ripa DVDs e filmes DivX para praticamente qualquer dispositivo móvel. É só escolher sua versão e baixar. Tem conversores para Palm, Windows Mobile, PSP, Symbian, iPod e mais.

A iTunes Store acabou de liberar seu acervo de filmes para aluguel. Se você tem uma conta na loja, é uma boa experimentar o serviço. Infelizmente ele ainda não está disponível em alguns países. Outra coisa chata: o serviço de aluguel só funciona nos iPod mais novos - classic, o último nano, Touch e iPhone. Meu amigo Erick conta como foi sua experiência e postou suas impressões no Movieblog.

2. E-books

Um e-book gratuito para você se inspirar para 2008: Time Management For Creative People. São dicas úteis de grenciamento para profissionais que trabalham com criatividade. Se você entende inglês, vale a leitura. Vai motivá-los muito a tornar o ano mais produtivo! O autor, Mark McGuiness, disponibilizou o e-book em seu blog Wishful Thinking, que aliás, é uma excelente fonte de dicas de produtividade e autoconhecimento. Aqui.

3. Games

Embora já tenha citado alguns joguinhos no Podsemfio n.55, vou aproveitar e citar outros títulos bem legais. Tem para todas as plataformas:

- Disponível para Palm e Pocket PC, no Lemonade Tycoon você precisa gerenciar seu business de venda de limonada. Começando com uma barraquinha até virar magnata. Bem legal e viciante.
- E por falar em viciante, o Bejeweled é um clássico e desde 2002 ele fazia eu ficar grudada no Palm. Sai ano, entra ano, o danado continua um excelente game! Além do Palm, tem versão para Pocket PC.
- Para quem tem Palm ou Pocket PC e gosta de aventura, sugiro o premiadíssimo Broken Sword: Shadow of the Templars. Inicialmente disponível em PCs e PlayStation, ele foi para os dispositivos móveis com gráficos de cair o queixo.
- Também premiado e também para Pocket PC, o SPB Brain Evolution propõe uma série de desafios para exercitar a mente. Você pode acompanhar sua "evolução" com o passar do tempo. A idéia é se superar sempre.
- Se você tem Symbian, que tal pack de 8 jogos estilo arcade? Com certeza garantirá horas de diversão. Tem para série 60 e UIQ.
- E por fim, donos de iPhone e iPod touch podem escolher e baixar vários joguinhos gratuitamente, aqui. Infelizmente não tenho iPhone para dizer se vale a pena. Depois vocês me contam o que tem de legal lá.

Foliões ou não, aproveitem o feriado, mas com resposabilidade. Independente dos gostos, o importante é estar bem para pegar no batente quando o ano começar para valer. Bom descanso a todos!

Pesquise preços de: PlayStation Portable, Nintendo DS, games para PC

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 11:17 PM | Comentários (17) | Citações

janeiro 29, 2008

Dicas para incrementar o HTC Touch

Desculpem fazer esse post só agora. É uma reinvidicação antiga dos leitores. Mas é que eu testei muita, mas MUITA coisa mesmo, e decidi fazer um post apenas com aquilo que prestasse. Portanto, aí estão: add-ons, aplicativos, skins e muitas outras coisas legais (tudo GRATUITO!) para deixar seu HTC Touch ainda mais bonito e funcional.

Com o HTC Touch, aconteceu comigo uma coisa que nunca tinha acontecido com meus PDAphones anteriores: a vontade de não mudar de tema. No máximo, troco a cor de fundo, de vez em quando, para um vermelho ou azul. Mesmo assim, a maior parte do tempo ele está com sua tradicional cor fumê de fundo.

Isso acabou refletindo nas skins que uso em outros programas. O Pocket Informant, por exemplo, está com o perfil de cores Goth, o que mais combina com o Touch:

Não costumo emperiquitar muito minha tela Today. Sou partidária das telas estilo clean. Além do HomePlug da HTC, meu Touch tem apenas os plugins do Phone Weaver (lá embaixo, escondidinho, em formato de ícone) e do Pocket Informant, que, lógico, é o coração das minhas atividades diárias e está sempre repleto de compromissos e tarefas:

O HTC HomePlug é o cartão de visitas da família Touch e do TyTN II. Além do relogião característico, ele tem abinhas que mostram a previsão do tempo e atalhos para aplicativos de sua escolha. Porém, no HTC Touch "gringo" há pouquíssimas cidades brasileiras no rol.

Instalando um HomePlug personalizado e cstomizável, têm-se acesso a uma infinidade de cidades brasileiras e, de quebra, ganha-se abinhas extras para mostrar o que está tocando no Windows Media Player, fazer troca de perfis, etc. A HomePlug editável pode ser baixada aqui, mas antes de instalá-la, feche o HomePlug nativo do Touch, desmarcando o box nas opções da tela Today. As modificações para personalizar as abas devem ser feitas no registro do Windows. O fórum XDA-Developers explica direitinho como fazê-lo. Eu costumo fazer alterações através do Resco Registry, que acompanha o software Resco Explorer.

Se você não tem Touch ou TyTN II, pode experimentar a HomePlug também. Ela funciona com vários outros modelos touchscreen da HTC.

Para ouvir músicas e podcasts uso o Windows Media Player nativo, mas aquele tom azul dele não me agradava. Mais uma vez saí à caça e instalei esse "iPhone theme". Além de combinar mais com o estilo do Touch, deixou-o bem parecido com o player do iPhone / iPod Touch:

O tema pode ser baixado aqui. Para que o tema fique disponível no WMP, jogue os arquivos desse .zip na pasta Windows do Touch. No WMP, vá em skins para fazer a troca.

Falando em iPhone, o Random Access é um pequeno plug-in inspirado no smart da Apple para fazer buscas mais ágeis nos contatos, a partir da letra inicial. A barra horizontal fica à direita na tela. Ele pode ser baixado aqui. Simples e bonitinho:

E o teclado? Usuários do HTC Touch brasileiro são afortunados: o Touch brazuca vem com um teclado virtual grande, bem mais amigável que o touchscreen nativo - que não ajuda na hora de digitar com os dedos, exigindo a canetinha. E o melhor, com dicionário em português.

Minha opção de teclado recaiu sobre o PocketCM Keyboard. Embora eu ainda tenha o hábito de digitar na unha, estou tentando pegar o hábito de usar o polegar. O PocketCM tem boa mira mesmo com a área de superfície maior do dedão.

Dá para customizá-lo com várias cores, mas obviamente escolhi a fumê ("Touch") para combinar com o aparelho. E suporta vários idiomas. Obrigada ao Maurício, que me enviou o dicionário e o layout do teclado para o idioma português. Primeiro baixem o PocketCM no site do desenvolvedor. Depois, copiem os arquivos portugues.layout e portugues.dict, que estão neste .zip, para a pasta de instalação do teclado (que estará na pasta Program Files, sob o nome PCM Keyboard).

Vejam como ele fica interessante:

Há uma série de teclados disponíveis da web, entre gratuitos e pagos. Testei uma infinidade deles. Minha opnião é: pesquisem os que são de gosto de cada um de vocês. Postei aqui apenas o PocketCM porque é a melhor opção gratuita que temos hoje, estável e bastante customizável.

Espero que tenham gostado da seleção. Obviamente há muito mais coisa por aí. Fiquem à vontade para postar suas sugestões de aplicativos aqui nos comentários!

Pesquise preços de: teclados wireless, HTC, aparelhos Windows Mobile

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Windows Mobile às 01:37 PM | Comentários (79) | Citações

janeiro 28, 2008

Review: RSS com o NewsGator

O serviço de RSS NewsGator recentementemente passou a ser gratuito, bem como seus subprodutos para leitura de RSS nas mais variadas plataformas.

O que é mais legal no NewsGator? Você pode ler seus feeds online, via browser, ou no seu desktop (Windows ou Mac), ou como uma conta de notícias na caixa de entrada do Outlook, ou no seu dispositivo móvel. No Mac OS X, quem faz o serviço é o NetNewsWire, no Windows, o FeedDamon.

Ler notícias online, diretamente no browser, em serviços como Google Reader, NetVibes ou Bloglines (que contam inclusive com versões mobile, para browsers de dispositivo móveis) é algo muito prático. Porém exige uma conexão permanente. Se você é um profissional móvel e está em constante deslocamento, nem sempre terá uma conexão disponível. Ao encontrar uma no saguão do aeroporto, por exemplo, o melhor a se fazer é baixar seus feeds e lê-los de modo offline no avião. É por isso que, mesmo sendo fã dos serviços online, ainda prefiro um leitor offline, de preferência que faça sincronismo de feeds, para eu não ter que ver notícia repetida quando for de um computador para outro.

Com o "pacote" do NewsGator dá para salvar suas notícias favoritas numa pasta de clippings, também sincronizável em todos os dispositivos.


No serviço online, ainda em beta (foto acima), você gerencia seus feeds a partir de qualquer máquina, como já faz o Bloglines e o Google Reader.


No inbox do Outlook, são baixados feeds direto do servidor do serviço online. Notíciais já lidas estão marcadas como tal. A pasta de clippings também é sincronizada. Funciona também com enclosures, ou seja, anexos. Se você também gerencia podcasts, pode marcar para o aplicativo baixar os anexos em MP3 automaticamente.

Além de web e desktop, também dá para ler e sincronizar seus feeds em seu dispositivo móvel, para leitura offline. Há leitores para iPhone, Windows Mobile e BlackBerry. Tudo gratuitamente. Não são como aqueles gerenciadores de feeds superpoderosos, mas para a grande maioria dos usuários, preenche perfeitamente as necessidades.

Escolha suas opções, faça os downloads e experimente a novidade:

FeedDemon for Windows
http://www.newsgator.com/Individuals/FeedDemon/Default.aspx

NetNewsWire for Mac OS X
http://www.newsgator.com/Individuals/NetNewsWire/Default.aspx

NewsGator Go! for Windows Mobile or BlackBerry
http://www.newsgator.com/Individuals/NewsGatorGo/Default.aspx

NewsGator Online
http://www.newsgator.com/Individuals/NewsGatorOnline/Default.aspx

NewsGator Inbox for Microsoft Outlook
http://www.newsgator.com/Individuals/NewsGatorInbox/Default.aspx

Recomendo essa linha de produtos para quem tem muitos feeds, múltiplos computadores e um dispositivo móvel, e deseja gerenciá-los de forma mais eficiente, aumentando a produtividade e economizando tempo. Mais detalhes sobre como fazer essa tarefa de forma produtiva estão no meu tutorial “Gerenciando feeds com eficiência”, no Profissionais Móveis. Lá eu explico também porque optei por feeds resumidos ao invés de integrais.

Pesquise preços de: smartphones, Blackberry, Outlook

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 02:14 PM | Comentários (6) | Citações

janeiro 24, 2008

Dicas: Office Mobile 6.1, OneNote Mobile e Outlook OEM

Quando comecei a usar o Office 2007, a primeira coisa que me perguntei ao ver os novos formatos docx e xlsx foi: que diabos eu vou fazer com esses arquivos que ninguém que eu conheço poderá ler? A única vantagem vantagem prática que vi, pelo menos para o meu caso, é que os arquivos gerados no novo formato são mais leves. Mesmo assim continuei salvando tudo no bom e velho formato 97-2003.

Então saiu o Office Mobile 6.1 para Windows Mobile Professional, suportando os novos formatos, e decidi arriscar o upgrade - pensando justamente nos documentos sincronizados e alterados várias vezes ao longo do dia. São meus artigos, minha planilha de despesas pessoais e o livro-caixa do meu consultório. As planilhas, em especial, estão separadas em sheets mensais, então, é natural que elas aumentem de tamanho conforme o ano passa. A de despesas pessoais fechou dezembro de 2007 com pouco mais de 600 KB.

Para quem acha que a diferença é pouca, percebi que os documentos no novo formato são 40% menores. Há uma maior agilidade também na abertura e fechamento dos arquivos no PDAphone. Foi aí que finalmente achei uma utilidade real na coisa!

Para quem mexe muito com Office e tem um dispositivo móvel com pouca memória e um processador mais lento, o upgrade para o Office Mobile 6.1 é uma boa opção! Ele está disponível na seção de downloads do site da Microsoft, subseção Windows Mobile. O download, que vale para quem tem Windows Mobile 5 ou 6, é grande, mas dá para salvar no cartão de memória, felizmente.

OneNote Mobile

Outra dica legal: se o Office do seu PC tem o OneNote, como o "Home and Student" (a versão mais vendida no Brasil), saiba que ele vem com o OneNote Mobile junto. Ao abrir o OneNote, vá em Ferramentas, Opções, OneNote Mobile. O programa pedirá para instalar o OneNote Mobile em seu dispositivo móvel, caso você tenha o ActiveSync instalado. Vá em frente e faça um teste, sincronizando notas criadas no PDA com notas criadas no desktop, e vice-versa. Depois mande para mim por email. Se você já é usuário do aplicativo, conte-me sua experiência. Em breve publicarei um review no Profissionais Móveis e mostrarei como a solução é uma mão na roda para diversos tipos de profissionais e estudantes.

Outlook OEM

Uma quantidade enorme de usuários de Windows Mobile me escreve periodicamente reclamando que não conseguem registrar o Outlook do CD que acompanha os smartphones dessa plataforma. A chave de registro vale por um período limitado e, depois disso, ao procurar a Microsoft, o usuário é orientado a comprar um pacote Office que contenha o Outlook. Ou contratar um serviço Exchange para sincronismo remoto.

O problema é recente: até 2006, o Outlook que os usuários recebiam era a versão definitiva.

Obviamente os usuários ficam irritados com a orientação da Microsoft, pois querem apenas registrar o Outlook - sem ele, sua agenda, contatos e tarefas simplesmente não sincronizam. E no fim, acabam ouvindo que precisam engolir todo um pacote Office junto. Isso caracteriza venda casada!

Nos EUA, é possível fazer o registro do Outlook sozinho, por cerca de U$ 100. Por que não disponibilizar no Brasil o registro do Outlook OEM também, já que o pessoal daqui muitas vezes acaba apelando para o piratão?

Por enquanto isso não é possível, mas semana passada conversei com o pessoal da Microsoft e passei a reinvidicação para eles. É um novo perfil de usuário que eles realmente não tinham se dado conta que existia. Eles prometeram uma resposta para breve. Assim que eu a tiver, aviso aqui mesmo no blog.

Pesquise preços de: Microsoft Office, Microsoft OneNote, Microsoft Outlook

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 02:27 PM | Comentários (23) | Citações

janeiro 18, 2008

Review: Last.fm Mobile

Uma das características do serviço Last.fm é disponibilizar um plug-in para vários players de desktop, que submetem as músicas ouvidas ou seu perfil na página. O objetivo é, baseado no gosto do usuário, sugerir novas músicas, bandas, estilos e tendências e criar "rádios" com os tipos de música que curte.

Quem tem iPod pode enviar a.lista das faixas ouvidas no ato do sincronismo, mas quem ouve música em smartphones não tem como. Ultimanente passei a ouvir minhas músicas mais no Nokia N76 e no HTC Touch por uma questão de conveniência, mas meu perfil na página ficou bem desatualizado.

Experimentei o LobsterTunes, programa para Windows Mobile que, além de ser um tocador de vários formatos, submete as faixas ouvidas ao Last.fm. Achei o aplicativo interessante, mas deixava o Touch lento demais e mal conseguia acessar outros funções durante sua execução. Além disso, para que pagar por um player de música, enquanto o WMP e o Audio Manager (nativo do Touch) me suprem tão bem?

Agora surgiu o Last.fm Mobile, uma aplicaçãozinha simples, leve e grátis que faz só o que realmente interessa: envia as músicas ouvidas para seu perfil no site e acessa a toca suas rádios online favoritas. Adorei!

Consegui ouvir bem as músicas das rádios via wi-fi. Mas por EDGE há interrupções. Cada música é "bufferizada", ou seja, carregada aos poucos. Deveria ser toda carregada antes, na minha opinião, porque tê-la interrompida no meio é um balde de água fria no prazer musical do ouvinte. Fazer outras coisas que exijam conexão web simultaneamente, nem pensar - meu Touch checa emails num período recorrente e isso acabou atrapalhando muito.

Por enquanto, temos apenas versões para Windows Mobile Professional (touchscreen) e Standard (sem touchscreen). Estamos na torcida por uma versão Symbian, já imaginaram que legal isso seria para os musicphones? Ainda mais porque tenho usado o N76 com fone bluetooth na academia e nas minhas pedaladas direto.

Mais detalhes dessa novidade na página do fórum do Last.fm Mobile, onde podem ser encontrados os links para download. Aparelhos WM5 precisam ter o .Net Compact Framework 2.0 instalado. E lembrem-se, ainda está em beta, podem ocorrer instabilidades.

Meu veredito final? Aprovadíssimo, vai ficar instaladinho no meu Touch. Mas com meu limitado cartão de 2 GB, vocês vão notar que as músicas do meu perfil estarão meio repetitivas demais. Mal vejo a hora do cartão de 6 GB chegar! :-)

Pesquise preços de: iPhone, MacBook, iPod Touch

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 08:28 AM | Comentários (7) | Citações

janeiro 14, 2008

Pocket Informant 8 e a importância de um bom programa de agenda


Nova interface no Pocket Informant 8

Se o gerenciamento de calendário, contatos e tarefas é a atividade-chave em seu PDA ou smartphone no dia-a-dia, é essencial que você use um programa à parte. Em geral, os recursos nativos dos aparelhos são bem fraquinhos para quem gerencia muita informação. Faltam recursos mais poderosos, como exibir tarefas junto com compromissos, linkar itens de contato, tarefas e calendários uns aos outros e filtros mais versáteis.

Se você usa Windows Mobile Professional (com tela sensível ao toque), o melhor gerenciador pessoal que já experimentei é o Pocket Informant. Na versão 8, recém-lançada, houve uma revolução total na interface, que agora prioriza a interface touch. Para usuários de PDAphones como o HTC Touch, é um alívio, pois agora dá para manipular tudo com uma mão só, livrando-nos da canetinha. A tela desliza com o arrastar dos dedos e os botões ficaram bem grandes.

Se o seu Windows Mobile é Standard (sem tela sensível ao toque), a WebIS também disponibiliza uma versão Smartphone do Pocket Informant. Vale a pena experimentar, embora eu ache que, nesse sistema, o Agenda One ainda seja superior. Se você usa Palm OS, vale a pena dar uma olhadinha no Agendus.

Desde que comentei aqui no blog e no Podsemfio n.55 alguma coisa sobre gerenciamento de agenda e produtividade com o auxílio da tecnologia móvel, vários leitores me procuraram pedindo que eu aprofundasse o tema. Pois bem, a partir da semana que vem, no Profissionais Móveis, começarei uma série especial para melhorar a produtividade na vida profissional e pessoal. Abordarei desde metas, projetos e gerenciamento de atividades até dicas para extrair a máxima eficiência no manejo de feeds RSS. Espero que seja útil a todos.

Pesquise preços de: HP iPAQs, HTC Touch, HTC TyTN II

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 12:28 PM | Comentários (12) | Citações

dezembro 14, 2007

Pocket Informant: de graça e só hoje

O Pocket Informant foi o primeiro aplicativo que registrei após migrar para o lado negro da força, em 2004.

Fiquei um pouco chateada quando comprei o HTC Touch, pois o programa, que é o melhor software de agenda que existe, não funcionava a contento no WM6. Felizmente a última versão corrigiu o problema e hoje está redondinho por aqui.

A boa notícia é que hoje, e somente hoje, a Handango está dando ele de graça. Basta ir até o link da promoção e baixar sua cópia. O problema é que os servidores da Handango estão sobrecarregados desde as 8h da manhã. Então... boa sorte!

Pesquise preços de: HTC Touch, HTC TyTN II, acessórios para Windows Mobile

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 03:28 PM | Comentários (3) | Citações

Test-drive do "My Location" do Google Maps Mobile 2.0

Recentemente o Google Maps Mobile ganhou um update que trouxe uma série de melhorias. Nessa nova versão 2.0, a principal novidade é o "My Location", que localiza sua posição no mapa mesmo que seu celular / smartphone não tenha GPS. Além disso, o programa está bem mais rápido.

Depois de 15 dias de uso constante da nova função em Windows Mobile e Symbian, eis os meus resultados.

O "My Location" funciona da seguinte maneira: se o seu dispositivo não tem GPS, o Google Maps tenta posicioná-lo no mapa baseando-se na antena de celular a qual você está submetido no momento. Uma bolinha azul piscante surge, avisando que aquela é sua posição aproximada.

Em Sampa, na Starbucks da Alameda Santos, o GMM posicionou-me no mapa e tracejou a área em volta, garantindo uma margem de erro de 1.700m. Mas comparando à localização do GPS, a margem de erro era de cerca de 1.000m. Na região da Berrini e da Av. Santo Amaro, o "My Location" errou apenas por 1 ou 2 quarteirões.

Já em São Caetano do Sul, o GMM insiste em me posicionar sempre em 2 pontos fixos da cidade, independente de onde eu estiver. Em Curitiba, mesmo numa região relativamente central (Água Verde e Batel), o "My Location" erra por mais de 3km. Quando vou para o Hauer, Boqueirão e São José dos Pinhais, o serviço sequer consegue me posicionar no mapa. Ou seja, ele não é confiável e não deve ser usado rotineiramente, mas só como quebra-galho e fora do volante.

Aplicativos como o Destinator ou qualquer outro com direções por voz são maravilhosos para quem está de carro e prefere mapas offline. Mas é preciso desembolsar uma boa grana na compra da licença e ter um cartão de memória espaçoso.

O GMM, em contrapartida, é gratuito e leve. Mas seus mapas são online, algo que exige conexão permanente e um plano de dados razoável. E agora com a versão 2.0, o GMM se firma como a melhor opção para quem precisa de uma opção de posicionameto emergencial sem demandar um smartphone sofisticado.

O mesmo vale para quem tem Symbian e usa o Nokia Maps. Igualmente gratuito e com mapas online, os mapas da Nokia têm a vantagem dos módulos de comando por voz - nesse caso, pagos à parte. Somado a um GPS nativo (como o do N95) ou por bluetooth, até dá para usar dentro do carro! Pena que a cobertura de cidades brasileiras seja tão pequena ainda.

Por outro lado, o GMM já não é tão interessante para motoristas. Pelo contrário, seu uso ao dirigir é até perigoso. Recomendo usá-lo antes de pegar no volante, para definir rotas. Contudo, os mapas do Google são simplesmente perfeitos para quem anda mais a pé ou de ônibus. Posicionado no mapa, ele calcula rapidinho sua rota. Com o "My location", a imprecisão do seu local nem faz tanta diferença, uma vez que o objetivo é, na maioria das vezes, saber para onde ir.

Se você se desloca de carro o dia todo e precisa muito desse tipo de aplicação, esqueça: compre um GPS dedicado, como aquele da Quatro Rodas, pendure no seu painel e seja feliz. O investimento nem é alto se você considerar a economia de tempo e combustível. Palavra de uma curitibana que não tem mais medo de dirigir na desvairada São Paulo...

"My Location" ausente nos Treo com Palm OS

Se você tem um Treo que roda Palm OS (como o 650, 680 e 755p), uma má notícia: o "My Location" não funciona. Fala-se em alguma deficiência no Palm OS Garnet, sistema operacional da época em que não se usava tanto sistemas operacionais online e que, portanto, já está bem defasado. Usando as palavras de Barry Schnitt, do Google: "O Palm OS não oferece a API que precisamos para acessar o número de identificação da torre de celular a qual o aparelho está submetido em dado momento. Assim, não podemos atualmente oferecer a função "My Location" nos aparelhos Palm OS."

Segundo o site PalmInfocenter, o buraco é mais embaixo. Cogita-se que a supressão dessa função seja deliberada, resultante de um acordo entre as operadoras e a empresa Handspring, quando esta ainda produzia o Treo. Todo celular precisa da identidade da torres em que se conectam, caso contrário nem funcionariam. Mas esse dado não estaria mais disponível a desenvolvedores.

Bem, o fato é que a função "My Location" não funciona nos Palms e, conhecendo bem a empresa, alguém sinceramente acredita que eles vão corrigir um sistema operacional estagnado há 4 anos? Ainda mais num problema que envolve operadoras? É ver para crer...

Pesquise preços de: HTC Touch, HTC TyTN II, acessórios para Windows Mobile

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 07:21 AM | Comentários (45) | Citações

dezembro 10, 2007

Twitter e mobilidade

Tirei uma semana de folga do blog para colocar a vida pessoal em dia. Afinal, mal as aulas terminaram e eu tive que viajar para Vitória, depois a Sampa, depois de volta a Curitiba para a BlogCamp PR e alguns pacientes agendados, e agora, outra vez, de volta a Sampa. Resolvidas as pendências pessoais, agora posso colocar as novidades em dia aqui.

Não desapareci completamente. Agora que meu Twitter está mais afinado com minha vida móvel, acho que aprendi, finalmente, a usar o serviço a contento.

Sei que muita gente não gosta do Twitter, mas desde o começo eu vi bastante potencial nesses serviços de micro-blogging. Dentro do contexto do "what are you doing?" e sendo um serviço público, achei interessante a idéia de informar meus leitores e ouvintes a respeito dos softwares que estou testando, dos aparelhos que estou mexendo e das futuras pautas para o blog e o podcast. Mas depois da BlogCamp PR, descobri que é uma ótima maneira de trocar links, idéias e micro-pensamentos com outros blogueiros, e é mais para isso que estou usando o Twitter agora.

Eu me considero péssima em interagir com blogs. Leio muita coisa, mas raramente comento. O motivo: leio tudo por RSS no meu smartphone. Comentar é complicado para quem é online-móvel quase 100% do tempo. Nem me lembro quando foi a última vez que li meus feeds no notebook ou num desktop, nesse caso, comentar é fácil. Mas hoje falta tempo para ler tudo o que eu gosto e minha vida é naturalmente é uma correria. E como vou me casar no começo de 2008, já estou aprendendo a colocar a futura vida de esposa na administração do meu dia-a-dia.

Mas o Twitter é uma mão na roda. Vou adicionando os meus amigos blogueiros e sigo "conversando" com eles naturalmente. E, acima de tudo, existem tantas ferramentas "twitteiras" na internet, para todos os sistemas operacionais e comunicadores instantâneos, que é impossível não encontrar uma que se encaixe no meu perfil.

Para começar, o Twitter funciona através de SMS. Só isso já é motivo para os fãs de mobilidade aderirem ao serviço. Mas eu acho essa opção bem cara e intrusiva demais. Não quero que meu celular apite o dia todo recebendo SMS de atualizações, quem já usou isso por um tempo diz que é um pesadelo. Felizmente há outras opções móveis que não precisam encher nossa paciência ao longo do dia.

Em qualquer celular ou smartphone, basta colocar m.twitter.com em seu browser que você acessará sua página principal. E pronto. Mas para os heavy-users, há aplicativos dedicados que podem ser instalados nos dispositivos móveis. No meu Windows Mobile não instalei nenhum, pois não gostei das opções existentes. A solução que encontrei foi acompanhar as atualizações por RSS no meu Egress, com um plug-in na tela Today (vejam o screenshot lá em cima). E para twittar, uso o TwitterMail, que também envia para meu inbox todas as mensagens a mim dirigidas bem como as particulares (direct messages).

Para quem tem Palm OS, um aplicativo bem legal é o TreoTwit, e para quem tem Blackberry, vale a pena experimentar o TwitterBerry. Os usuários de iPhone, por sua vez, elegeram o iTweet. Ainda não achei nada em Symbian por que o serviço concorrente Jaiku impera nessa plataforma. Mas aceito sugestões para testar!

Agora que estou participando de uma série de eventos e recebendo um monte de aparelhos para testar, estarei sempre "twittando" tudo antes de fazer reviews e posts aqui no GSF. Amanhã, por exemplo, é o dia em que finalmente embarcarei no 3G da Claro e minhas impressões serão todas "micro-blogadas". Quem quiser me acompanhar, minha página do Twitter é www.twitter.com/garotasemfio

Agora com licença que, agora que voltei, tem uma fila de posts atrasados para terminar...

Pesquise preços de: HTC S711, HTC Touch, Nokia N95

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 10:01 PM | Comentários (12) | Citações

novembro 23, 2007

Snap para Palm: de graça, e só hoje

Sabe aquele aplicativo simples e prático mas que faz a maior diferença em seu Palm e depois você não se imagina mais sem ele? O Snap é um deles.

Sabe aquele aplicativo simples e prático mas que faz a maior diferença em seu Palm e depois você não se imagina mais sem ele? O Snap é um deles.

É comum que às vezes você precise fazer anotações rápidas, enquanto faz outras coisas, mas é mais comum ainda que esse monte de memos acabem desorganizados e esquecidos. Não importa de você usa bloquinhos, post-its o seu Palm. Mesmo no seu Palm, na hora de procurar aquela informação importante, para marcar uma reunião ou adicionar às informações de um contato, as notas estão todas bagunçadas e misturadas.

Com o Snap, basta um toque da Stylus para transformar suas notas em uma entrada no calendário, na agenda de contatos ou nas tarefas. É perfeito quando você está ao telefone e precisa anotar coisas rapidamente, como o nome e telefone de alguém, ou itens que você precisa levar a um compromisso. Você anota, clica no ícone correspondente do aplicativo que você quer usar e pronto. O Snap até sugere, no caso dos contatos, o que vai nos campos nome, endereço e telefone.

O programinha é shareware, custa U$ 10, mas exclusivamente hoje ele sai de graça na Handango.com. Mas é só hoje. Vocês têm até 23:59h para correr até lá e baixar na faixa... ;)

Mais detalhes no site da Splashdata.

Pesquise preços de: Teclado Wireless Palm, cartões de memória SD, Palm Treo 680

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 02:27 PM | Comentários (4) | Citações

outubro 24, 2007

Mais sobre IMAP no Gmail

Bem, no post anterior falei do IMAP do Gmail e já recebi uma enxurrada de mensagens com dicas, por email e IM - desde como "forçar" seu Gmail a funcionar com IMAP até a configuração em dispositivos móveis. Vou compartilhá-las com vocês!

O leitor Igor sugeriu que eu mudasse o idioma do meu Gmail para que as opções de IMAP aparecessem. Bem, eu mudei de português para inglês e deu certo! Agora, lá nas "Settings" ("Configurações"), aparece "forwarding POP/IMAP". Basta marcar a caixinha para habilitar IMAP.

Já o leitor Almir sugeriu que eu experimentasse usar as configurações de IMAP no meu Outlook, segundo explica o suporte do Gmail, mesmo que minha conta não falesse nada de "forwarding POP/IMAP". Ele disse que no Outlook dele deu certo, e imediatamente as "labels" que ele usava em seu Gmail se transformaram em pastas IMAP. Bem, como eu já consegui o IMAP com a alteração de idioma, não pude checar, Almir, mas fica sua dica para a galera.

Configurar o Gmail para funcionar com IMAP em seu PDA ou smartphone também é moleza. Coloque imap.gmail.com no servidor de entrada e smtp.gmail.com no de saída, e no username, seu login completo com @gmail.com e só. Importante: se no seu aplicativo de email houver uma opção para baixar automaticamente as configurações do seu servidor, desmarque-a. Isso acontece no Windows Mobile 5 e 6. Senão, ele baixará sozinho as configurações de conta POP!

Aqui o IMAP do Gmail funcionou tudo direitinho, tanto em Windows Mobile quanto em Symbian. As suas labels são automaticamente transformadas em pastinhas, como vocês puderam notar na foto lá em cima. Adorei! Agora poderei voltar a acompanhar alguns grupos do Google que não conseguia por pura falta de tempo para sentar na frente do notebook. Estou tão acostumada a gerenciar tudo por mobile que muita coisa que não é prática para mim, acabo preferindo abrir mão.

Espero que as dicas funcionem também com vocês! Aproveitando a onda e atendendo a pedidos de Google-fans, logo falarei mais de Google Calendar, Google Docs e Google Reader (RSS) para dispositivos móveis. Mas agora, pé na estrada... minha semana está bem cheia.

Pesquise preços de: HTC Touch, Nokia N76, MotoQ

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Web às 10:35 AM | Comentários (33) | Citações

outubro 03, 2007

Exchange também rola em Symbian!

Já que estou testando tudo quanto é aplicação freeware para Symbian, e já que sou uma grande fã do Mail2web, um servidor Exchange gratuito já resenhado aqui no blog, não posso deixar de falar do ótimo Mail For Exchange, que acabou de ganhar uma nova versão, a 2.0.0.

Oficialmente a nova versão é para servidores Microsoft Exchange 2007, mas o suporte ao 2003 continua. O aplicativo também suporta agora toda a nova geração de Symbians 3a edição.

A partir do Mail2web, usando o mesmo endereço remoto que uso no ActiveSync do Windows mobile, que é mobile.exchange.mail2web.com, o serviço sincronizou direitinho no meu Nokia N76. Mas tomem cuidado: sincronizar através do PC Suite *e* do Mail For Exchange pode duplicar seus contatos. Outro defeito do aplicativo é que ele não permite escolher quais pastas do servidor Exchange sincronizar. Mas vá lá, por ser um programa gratuito, já está mais do que bom...

Veja se o seu Symbian está na lista de aparelhos compatíveis (Nokias E50, E60, E61, E61i, E65, E70, E90 Communicator, N73, N76, N80 e N95) e baixe sua cópia aqui no Mosh. Um review completo do serviço Mail2web pode ser lido aqui. Para quem não conhece Exchange, ou não sabe o que é, lá eu também explico direitinho as vantagens desse tipo de serviço.

Pesquise preços de: Nokia N73, Nokia E65, Nokia N95

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Symbian às 02:06 PM | Comentários (10) | Citações

outubro 02, 2007

Windows Live Messenger no Symbian

Finalmente um bom comunicador instantâneo para Symbian. O Fring é legal, mas a interface é confusa principalmente para quem só quer usar chats. Mesmo assim o mantive, para quando quiser usar o Skype. Outra opção legal, o Hier, peca no sentido de ficar enviando pequenos spams para os interlocutores das conversas. Agora experimentei o Live Messenger e aprovei.

Ironicamente o Live Messenger para Symbian saiu ainda antes que a versão para Windows Mobile. O maior mérito do Windows Live Messenger para Symbian é a semelhança com a versão dos Windows Mobile, como vocês podem notar pelas fotos comparativas abaixo:


- À esquerda, telas do Windows Mobile e à direita, do Symbian.

Ou seja, você consegur editar TUDO, desde sua foto até nick e estado de humor, bem como visualizá-los nos seus contatos online.

A exemplo da versão do Windows Mobile, existe aquela chatice de sincronismo de contatos. Dentro dos contatos, é criada uma abinha só com os seus amigos do Live Messenger:

Há várias versões do Live Messenger para Symbian na internet, contudo algumas apresentam restrições de idiomas e/ou países. A versão que disponibilizei no meu recém-criado Mosh está em inglês e funciona perfeitamente bem em qualquer operadora brasileira. Vale a pena baixar. Não esqueçam de, antes, instalar o aplicativo pré-requisito, para depois, o Live Messenger propriamente dito.

A versão para Windows Mobile já foi aboradada aqui no blog, com link para download e tudo. Aqui.

Pesquise preços de: Nokia N73, Nokia N76, fone bluetooth Nokia BH-501

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Symbian às 11:36 AM | Comentários (23) | Citações

setembro 25, 2007

Estudantes versus arquivos PDF

Nessa época de provas, falar de ferramentas para estudantes é sempre bem-vindo.

Atualmente, estudantes costumam receber muito material de aula no formato PDF. Boa parte desse material em PDF tem destino certo: impressoras e máquinas de xerox, O RepliGo é um conjunto de aplicativos composto por uma impressora virtual e visualizadores, parecido com os geradores e visualizadores de PDF, com inúmeras vantagens a mais.

Já falei dele aqui no blog inúmeras vezes, mas nunca fiz uma abordagem mais prática. Tenho recebido muitas dúvidas de estudantes que querem acessar seu material de estudo em PDAs e smartphones, então chegou a hora de falar mais dessa ótima ferramenta.

Apesar de existir versões do Adobe Reader para todas as plataformas mobile (hoje vem nativamente em boa parte dos smartphones), a visualização dos arquivos PDF nas telinhas diminutas dos dispositivos móveis é pífia e não dá para fazer muita coisa além de dar zoom e pular entre bookmarks.

Os arquivos RGO são bem mais maleáveis que os tradicionais PDF, inclusive em dispositivos móveis, onde há inúmeras formas extras de visualização. Certas funções podem ajudar estudantes a usar seu material de estudo de uma forma bem mais eficiente. Além dos bookmarks nativos do documento (em geral, capitulações), você pode adicionar seus próprios bookmarks separadamente.

Outro uso bem legal são os highlights, ou marca-texto - aquele destaque amarelo que se dá a trechos do documento. Cada destaque acompanha uma notinha, ou seja, você pode adicionar suas próprias anotações no documento. Tudo isso é possível de ser feito em qualquer um dos visualizadores em qualquer sistema operacional. Ele é padronizado.

O aplicativo é muito bom mas não é perfeito. Para desktop, só funciona em Windows, nada de versões para Mac ou Linux, o que é uma pena enorme. O conversor é pago, mas todos os visualizadores são gratuitos. Há visualizadores para Windows desktop, Windows Mobile (Standard e Professional), Palm (inclusive os OS mais antigos), Symbian s60 e UIQ (ainda não compatível com os Symbians mais novos, infelizmente) e Blackberry. Eles podem ser baixados aqui.

Tenho um conversor semelhante instalado na minha máquina, só que para gerar PDF. O único uso que faço dele é a impressão de recibos de pagamentos feitos pela internet. Para gerenciar meus documentos, textos, material de estudo e artigos da internet, só uso o RepliGo. Ele é minha versão moderna dos "recortes de jornal".

Pesquise preços de: smartphones Nokia smartphones Windows Mobile Palm

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 11:21 AM | Comentários (11) | Citações

setembro 04, 2007

Exchange fácil e grátis

Há alguns meses testei e aprovei o serviço Mail2web, mas achei que não precisaria de um serviço Exchange naquele momento. Porém, chegou a hora de ativá-lo.

O Mail2web é um servidor Exchange gratuito, com limitações, claro, mas com opcionais mais completos na versão paga - como por exemplo, usando seu próprio domínio para hospedagem e manutenção de emails. No gratuito, você é obrigado a usar a conta seunome@mail2web.com. Isso não é um empecilho para a maioria dos usuários mais básicos, pois ele oferece um agregador - suas outras contas de email POP ou IMAP podem ficar todas agregadas à sua conta no mail2web e você poderá gerenciar toda sua correspondência num lugar só.

Ao logar no sistema, o visual é impressionantemente idêntico ao do Outlook dos PCs, com fácil acesso aos seus emails, calendário, contatos, tarefas e notas. Mas você usa apenas um browser qualquer.

O que eu mais gostei foi do adicional para usuários de Windows Mobile. Dá para configurar seu ActiveSync facilmente para sincronismo remoto, basta apenas uma conexão móvel de internet ativa em seu PDA ou smartphone. Usuários de Palm, Symbian e Blackberry também tem ferramentas separadas para sincronismo remoto, portanto, qualquer usuário móvel pode (e deve) usufruir do serviço. Basta utilizar como endereço remoto mobile.exchange.mail2web.com.

Eu me dei conta da necessidade desse serviço quando notei que eu fazia cerca de 20 intervenções diárias em minha agenda de compromissos, contatos e tarefas. Aquele sincronismo básico que a gente faz no PC ou no notebook não se mostrava mais suficiente. Tá, o sincronismo deveria ser diário, mas confesso que às vezes passo dois dias sem levantar a tampa no meu notebook, por causa da correria. E mesmo que meu sincronismo diário fosse religiosamente cumprido, em caso de uma "pane" eu perderia as intervenções mais recentes - o que é fatal para quem gerencia todas as suas consultas com pacientes, trabalhos da faculdade, provas, reuniões, compromissos e mil tarefas de um modo frenético.

Durante essa minha última viagem, então, foi o que me salvou: mal tive tempo de ligar o notebook. Aliás, com o Mail2web já me sinto segura para dispensar o computador quando for viajar, pois configurei meu ActiveSync para sincronizar automaticamente com o Mail2web tão logo seja feita qualquer intervenção em minha agenda. Mesmo se você não tem um plano de dados ilimitado com sua operadora, vale a pena deixar essa opção ativa se sua agenda for seu suporte de trabalho mais precioso que tiver.

O Mail2web ainda oferece opções mais avançadas, como sincronismo direto com Outlook, Blackberry, entre outros. O mais avançado até inclui um registro do Outlook 2007! Saiba de maiores detalhes aqui.

Pesquise preços de: Microsoft Outlook 2007 Windows Mobile Blackberry

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 04:56 PM | Comentários (7) | Citações

agosto 24, 2007

Mais uma leva de super cartões vem aí...

Bem, eu nem bem falei dos planos de incrementar o acervo multimídia do meu Touch, e me deparo com essa notícia... Uma nova linha de cartões SDHC (Segure Digital, High Capacity) da Toshiba vem aí no início do ano que vem.

O modelo com capacidade de 16 GB custará US$ 350 e o 32 GB, US$ 700. Além disso, sairá também um microSD (ou seria microSDHC?) com capacidade de 8 GB.

Nossa, um cartãozinho de 8 GB já seria um espetáculo! Quanto será que vai custar? Eu estou tão empolgada em colocar músicas e baixar podcasts no meu PDAphone que os atuais 2 GB estão quase lotados. Também estou reativando o software Pocket DVD Studio, que usava há muito tempo nos meus antigo Dell X50v e Qtek 9090 para ripar vídeos, seriados e DVDs. Não estou lá muito otimista, pois o Touch tem processador de 200 MHz, mas vamos ver como ele se sai com algumas amostrinhas.

O Pocket DVD Studio também é maravilhoso para quem tem os Palms TX ou LifeDrive, os dois Palms que tem as maiores e melhores telas atualmente.

Pesquise preços de: HP iPAQs, PDAs Windows Mobile, Palm TX

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Acessórios às 03:11 PM | Comentários (15) | Citações

agosto 20, 2007

O "apagão" do Skype

Não, Skype não é coisa de nerd. É uma ferramenta utilíssima para famílias, profissionais e empresas se comunicarem em todo o globo de graça ou pagando tarifas mais baixas.

Desde o fim da semana passada, diversos usuários se viram em pânico quando o serviço saiu do ar. Cogita-se várias hipóteses para explicar o 'apagão'.

Desconfio que o problema esteja ligado a desktops. Quando precisei do Skype sexta à tarde, no centro de Sampa, não tive problemas. Só soube do apagão ontem, ao ler as notícias. Mas também consegui usar à noite normalmente, creio que a rede está se normalizando. Milhões de usuários respiram aliviados.

Para mim, já é praxe: se preciso fazer um interurbano nacional ou internacional, páro no primeiro hotspot, saco meu smartphone, ligo o wi-fi e abro o Skype. Skype mais mobilidade é minha fórmula da alegria.

Sabem o que é mais legal nisso tudo? Não vi nerds reclamando. Vi médicos em seus consultórios, amigos que estudam no exterior, empresários, donas-de-casa, vovôs, vovós e sogros, todos sofrendo e aguardando ansiosamente a rede ser restabelecida.

Minha maior alegria não é o pioneirismo. É a popularização. A tecnologia de fato mudando - para a melhor - a vida de pessoas comuns.

Em 2007, em especial, parece que houve uma explosão. Basta ver o número de empresas oferecendo serviços VoIP. Na minha opinião, VoIP é a tecnologia mais revolucionária do ano. Que iPhone que nada :)

Pesquise preços de: aparelhos VoIP, Skype fones, fone bluetooth estéreo HT820

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 09:32 PM | Comentários (11) | Citações

agosto 12, 2007

Fring e Skype: não podem faltar no seu smartphone

Se você tem uma PDAphone Windows Mobile, não pode deixar de ter instalados em seu dispositivo o Fring e o Skype!

Para quem tem PPCPE com processador de 200 MHz (Qtek 9100, Qtek S200, HTC P3300, HTC Touch etc) recomendo que usem essa versão do Skype, que disponibilizei aqui no blog, e não está mais lá no site da Skype não sei por que. A versão que está lá hoje é meio problemática. Esta, porém, é a mais estável e funciona tanto em WM5 como WM6. É a versão que estou usando no meu Touch e usava no S200.

Junto nesse zip coloquei o Fring para Windows Mobile, já que o cadastro no site via SMS para baixar nem sempre funciona com números brasileiros.

Apesar de eu não ter gostado muito da interface do Fring (achei meio bagunçada), em TODAS as vezes que tentei fazer ligações VoIP pelo Skype ou Gtalk a chamada se completou, MESMO PELA REDE EDGE DA CLARO! Pela TIM, infelizmente, a rede se mostrou muito instável, pelo menos aqui em Curitiba. Mas isso não significa que vocês não possam usar, talvez eu tenha sidoi meio azarada. Por wi-fi, nem precisa dizer que a qualidade fica ótima!

Baixem os dois aplicativos (eles são freeware) aqui:
http://www.odontopalm.com.br/downloads/fring-skype.zip

Vale lembrar que há versões do Skype para Windows Mobile Standard (MotoQ, Samsung i321, HTC S621 etc) e do Fring para Symbian. Visitem os sites dos desenvolvedores em www.skype.com e www.fring.com e baixem lá as versões mais adequadas para cada smartphone

Pesquise preços de: Qtek 9100, HTC S621, acessórios para Windows Mobile

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Windows Mobile às 08:27 PM | Comentários (30) | Citações

agosto 02, 2007

Yahoo! Go, um canivete suíço móvel

Disponível para Windows Mobile (PPC e smartphones) e Symbian, o Yahoo! Go é um aplicativo muito legal, indispensável para quem convive com os serviços do portal no dia-a-dia.

Eu não implico com o Google, acho ele legal, mas torno a afirmar que o Yahoo! está mais afinado com as necessidades do pessoal que gosta e vive de mobilidade. O Yahoo! Go é um dos exemplos que ilustra essa minha convicção. Ainda que você não use muito os serviço do Yahoo!, sugiro que baixe esse aplicativo em seu smartphone para experimentar. É de graça e não faz mal a ninguém. Mas nates, uma dica: baixem o CAB ou o SIS direto do site do Yahoo! Mobile e instalem no aparelho, ou apontem o browser do seu smart para http://mobile.yahoo.com/go - esse negócio de enviar SMS para o seu número de telefone não funciona muito bem aqui no Brasil, infelizmente...

A seguir, alguns screenshots das aplicações mais legais que vêm dentro do Go:


1. As configurações iniciais são rapidíssimas, basta escolher país e idioma e colocar seu ID e senha do Yahoo! (aqui, uma pequena bola fora... américa latina está vinculada apenas ao idioma espanhol... e eu me pergunto o que é pior, fazer parte do "resto" da América, como sugere o programa, ou ser obrigado a falar espanhol...?)


2. Outra aplicação muito legal: mapas e direções. Pena que não funcionem direito com mapas brasileiros. Além dos mapas estarem desatualizados, as informações de lugares interessantes e trânsito só estão disponíveis para gringos. Ok, mão à palmatória para o Google Maps...


3. News / RSS: se você não souber o endereço dos feeds que você mais gosta, a ferramenta de busca OneSearch (muito boa por sinal) sugere feeds para você. Basta citar palavras chave, como o nome do site em que você os costuma ler. O Go divide a parte de RSS em entretenimento, espotes, índices econômicos e notícias. A atualização de notícias se mostrou bem ágil.


4. Flickr, a parte que mais gostei no Go. Além de publicar suas fotos num instantinho, dá para navegar entre as últimas postagens dos seus amigos. Precisa falar mais alguma coisa?

Além das aplicações acima, o Go! traz seu email e as informações de calendário e contatos, sempre muito úteis para quem vive na rua e quer um sistema de PIM online a qualquer hora e lugar:

Estou há uma semana usando o soft e ele nunca travou nem deixou meu PPCphone lento. Até na hora de encerrar o aplicativo, o Go mostra que é amigo da turma móvel: ele mostra quantos MB sua sessão gastou ao todo. Para ficar perfeito, só faltou um clientezinho de instant messenger. No mais, dou nota 9,5 para essa ótima solução, que cativou um cantinho no meu HTC Touch.

Pesquise preços de: Windows Mobile, Nokia com Symbian, iPAQs

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 08:50 PM | Comentários (19) | Citações

julho 11, 2007

Instant messengers para todos

Várias novidades: iPhone pode rodar instant messengers e até o Skype, novo agregador de instant messengers gratuito para Windows Mobile e bugs sérios no Windows Live nos dispositivos com WM6.

O Agile Messenger, desde que passou a ser pago, deixou muitos usuários órfãos de um bom serviço gratuito de instant messaging. Apesar do Windows Mobile ter nativo o MSN Messenger (que, para a maioria dos brasileiros basta), eu uso com freqüência o GTalk e o Yahoo. Acabei aderindo ao IM+, pago, que também tem versão para Palm OS. O IM+ é um soft antiguinho, mas ganhou muitos adeptos quando o Agile passou a ser pago: ao contrário do Agile, que tem que ser pago anualmente, paga-se pelo registro do IM+ uma única vez. E o fato dos usuários de Palm OS ficarem sem o Verichat, descontinuado, contribuiu para a popularização do IM+.

Demorou, mas felizmente surgiu uma nova alternativa gratuita para WM: o OctroTalk.

O OctroTalk roda em ambiente Windows PC e Windows Mobile (tanto PPC quanto smartphone) e agrega os serviços MSN, AIM, ICQ, Yahoo e Google Talk. Mas mais do que isso, ele integra funções de VoIP e permite até transferência de arquivos!

Mas o melhor de tudo é que ele promete otimizar ao máximo a conexão móvel do usuário, funcionando de modo econômico em redes GPRS, EDGE, 1xRTT, EVDO e afins, tanto no PDA ou smartphone quanto em notebook. Também é fácil de se gerenciar com uma mão só. Testei o produto e, depois do susto dele ter bagunçado todos os meus grupos de contatos, jogando todo mundo num grupo só, achei bom. Ele é rápido, estável e não consome muitos recursos do PDAphone, pois também foi feito pensando nos dispositivos de processador mais lento. Depois, de volta ao Gaim no notebook, descobri que felizmente ele não misturou simplesmente, mas os copiou para um grupo novo próprio do Octro. Saldo final positivo, recomendo que testem.

Ainda não testei a versão PC, mas me chamou a atenção a possibilidade de compartilhas pastas no dispositivo móvel!

Falando em IM, me assustei ao ler que o Windows Live nos aparelhos com WM6 têm apagado contatos sem razão aparente. Usuários de WM6, façam backup de sua lista de contatos, por via das dúvidas! Mas para ser sincera, não gostei do Windows Live e nem estou usando - falarei mais a respeito no review do HTC Touch.

O Fring, ótimo aplicativo gratuito para Symbian, que junta MSN, Gtalk e Skype, tanto para chat quanto VoIP, também ganhou uma versão para WM. Mas até hoje não consegui testar, pois o SMS que eles promete enviar com o link para download simplesmente não chega.

E para encerrar o post, quem não ficaria feliz se o iPhone tivesse IM?

Pois é, mas não tem milagre nenhum. Aliás, tem: o "grande" milagre do smartphone da Apple é o Safari full. Por isso ele pode rodar serviços como o SoonR, um agregador de IMs com Skype junto, que usa interface Ajax. Mas quem tiver o Opera Mobile da versão 8.6 em diante também conseguirá usar o serviço!

Isso explica o fato de termos agora um Safari para Windows, conforme eu já havia adiantado aqui no blog: tio Istive quer os desenvolvedores web suando a camisa. Os serviços Web 2.0 nunca pareceram tão promissores quanto agora, nessa era pós-iPhone. Estou começando a gostar MUITO disso! :)

Pesquise preços de: MotoQ Samsung i321 HTC S411

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 01:57 PM | Comentários (20) | Citações

julho 05, 2007

Resco Audio Recorder 4

Alô, René e demais podcasters móveis que usam Pocket PC! Saiu uma atualização do Resco Audio Recorder.

A interface melhorou MUITO, ficou bem mais clean e intuitiva. Já não era sem tempo. E, se você usa um aparelho Phone Edition, também implementaram a possibilidade de se gravar chamadas telefônicas. Era outra coisa que eu estava querendo há tempos.

Vou baixar e gravar o podcast hoje à noite nessa versão nova. Vamos ver como ela se sai.

Baixem o Resco Audio Recorder aqui.

Pesquise preços de: acessórios para Pocket PCs, acessórios para PDAs Dell Axim, acessórios para HP iPAQ

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Windows Mobile às 10:46 AM | Comentários (5) | Citações

junho 30, 2007

Controle TODOS os gastos do seu smartphone

Já falei aqui no blog de softwares que controlam o gastos com tráfego de dados em seu PDA ou smartphone. Mas que tal uma solução mais completa, que acompanhe também seus gastos com serviços de voz e SMS?

Essa é a proposta do Smaato Cost, programinha gratuito disponível para os Treo (Palm OS e WM) e PPCphones com Windows Mobile 5.

Amei a idéia, baixei e instalei. Para quem tem planos de voz em minutos e dados em MB, é uma maravilha, você sabe exatamente o quanto está gastando.

O software consegue, ainda, identificar quando você está em roaming e permite criar perfis separados para diversos chips, caso você seja cliente de mais operadoras. É o fim dos sustos na hora que a conta chega! :)

Pesquise preços de: Treo 680, Palm TX, Windows Mobile

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Palm OS às 03:40 PM | Comentários (13) | Citações

junho 23, 2007

Mini-review: Opera Mini 4

Alô, donos de Palms, celulares, Blackberries e smartphones em geral: se vocês ainda não baixaram, baixem já o beta do Opera Mini 4, que está desde o início da semana disponível para download.

E temos a novidade em diversas versões: a tradicional em java, para aparelhos que suportam a tecnologia, para Blackberry e até uma versão .prc para donos de Palm. O Opera Mini enfim traz uma solução decente (e gratuita) para navegação em Palm OS. Apesar dele estar em beta, achei-o extremamente estável.

No Treo 680 ele me pareceu um pouco mais lento que as versões para demais celulares, mas isso não o desmerece. A resolução do Treo ajuda muito a navegar entre abas e dar zoom. É para dar um chute definitivo naquele Blazer horroroso.

O Opera Mini 4 está mais veloz e o update incorpora diversas funções novas muito legais, como o zoom em trechos de páginas. O aplicativo renderiza as páginas para as telinhas de dispositivos móveis, mas há uma função chamada "PC view" que mostra um thumbnail da página inteira antes de você escolher qual pedaço quer ver. Isso simplifica muito a navegação, pois os menus e a organização da página ficam exatamente como no PC.

O zoom inteligente é um prazer à parte. Se você selecionar uma determinada notícia de um jornal online, por exemplo, o browser pegará o texto da notícia e o adaptará à telinha do celular, para que sua leitura seja rápida e prazeirosa.

E para arrematar o post com chave de ouro, sugiro que vocês vejam o vídeo do Opera Mini versus iPhone. É uma provocação, mas com classe...

Pesquise preços de: celulares, celulares com Java, cabo de dados para celulares

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Celular às 03:16 PM | Comentários (21) | Citações

maio 30, 2007

YouTube no TCPMP

A dica é do leitor Rael Rogowski: um plugin para o tocador TCPMP rodar vídeos do YouTube.

Não tenho muita vontade de ver vídeos do YouTube num AppleTV ou numa TV grande. A qualidade dos vídeos online não faz juz aos telões que podemos ter em nossas salas de estar hoje. Mas ver vídeos do YouTube em dispositivos móveis e, por ali mesmo, compartilhar com os amigos, é muito legal! Mas o ideal mesmo seria uma aplicação que baixasse os vídeos direto para o celular...

P.S.: Vale lembrar que o TCPMP tem agora uma versão paga, o CorePlayer, sendo o TCPMP um beta gratuito do próprio CorePlayer. O TCPMP continua disponível e usado normalmente, inclusive seus inúmeros plug-ins.

Pesquise preços de: Windows Mobile, Palm Treo 680 MotoQ

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 11:45 AM | Comentários (11) | Citações

maio 26, 2007

Cada vez menos softwares no meu PDAphone...

O Magic Button costumava ser o primeiro software que eu instalava em um Pocket PC "virgem". Porém, os melhores softwares do mercado estão cada vez mais sofisticados e completos, e acabam por substituir esses pequenos freewares que visam compensar algumas ausências do OS nativo.

Por exemplo, o SPB Mobile Shell tem um task manager nativo. Agora, o Resco Explorer tem um gerenciador de tarefas também em seu Today plug-in. Como tenho os dois softwares, o Magic Button tornou-se inútil. Acabei por removê-lo.

Agora é a vez do Photo Suite, também da Resco, o qual também sou usuária e fã. A nova verão 6.03 saiu do forno essa semana, agora com versões standard e professional, e conta com adicionais bem interessantes: a versão standard possui um plugin de upload para o Flickr - adeus, Shozu. A versão professional tem, além desse plugin, outro para upload por FTP e permite gerenciar arquivos raw. O Resco Explorer já tinha um add-in com FTP faz tempo, mas ter essa possibilidade direto de um software de gerenciamento de imagens é fantástica! Somada ao adicional de se gerenciar arquivos raw, esse software uma mão na roda para jornalistas e fotojornalistas.

O que se pode concluir a partir disso tudo: tenho cada vez menos softwares instalados em meu Qtek S200, mas esses softwares estão cada vez melhores. Ainda que os adicionais sejam freeware, quanto menos programas instalados, mais memória livre e melhor o desempenho do aparelho! Lembro da época em que usava Palm, tinha centenas de pequenos softwarzinhos que ficavam no meu cartão de memória, mas quase nunca os usava... tinha só por ter. Hoje, os melhores desenvolvedores, como a própria Resco, também capricham na versão Palm OS de seus softwares.

Pena que essa melhora na qualidade dos aplicativos não seja unânime. O melhor software de gerenciamento de emails, o FlexMail, recebeu uma atualização recente que prometia consertar bugs antigos. Mas não vi melhoras. Além disso, o software está pesadíssimo. Voltei a usar o Messaging nativo, e engraçado, parece que o FlexMail não era tão melhor assim, ainda mais considerando que só tenho contas IMAP. Contarei detalhes em um post à parte.

Pesquise preços de: Windows Mobile, Qtek, Pocket PC

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 09:24 PM | Comentários (2) | Citações

maio 23, 2007

Leitor de RSS gratuito para várias plataformas

A Iambic lançou essa semana o TopStory, um leitor de RSS gratuito para Windows Mobile (Pocket PC ou smartphones) e Palm OS.

Um bom leitor de RSS precisa saber casar bem os headlines e o conteúdo dentro do espaço exíguo que uma tela de PDA / smartphone oferece, além de possibilitar uma boa navegabilidade usando uma mão só. E isso o TopStory cumpre, além de parecer confortável na leitura das notícias. Baixei a versão para Windows Mobile aqui e vou testar. Mas meu software de escolha continua sendo o Egress, que sincroniza com o Bloglines. Assim não preciso ler novamente como "novas" no PC notícias que já havia lido no smartphone.

O TopStory é gratuito mas é suportado por anúnicios. Espero que esses anúncios não "devorem" o espaço útil da tela, que já é tão diminuta por natureza. Principalmente nos Treo, que têm a tela menor.

Experimentem e postem aqui suas impressões do aplicativo! Devo ir postando no meu Flickr algumas telas com o programinha junto com minhas impressões, hoje, ao longo do dia.

Pesquise preços de: acessórios para Palm, acessórios para Pocket PCs

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 11:26 AM | Comentários (9) | Citações

maio 17, 2007

Quando o pouco é muito


Clique para ampliar.

Para um profissional que passa boa parte de seu tempo na frente de um desktop, não existe nada melhor para sua produtividade que uma boa interface em seus softwares de trabalho. Em especial em aplicativos de escritório, que é o que os profissionais de todas áreas mais usam.

Ao mesmo tempo em que é preciso haver um equilíbrio de cores e quantidade de informações na tela, é indispensável ter acesso fácil às ferramentas. Quem migrou para o Office 2007 sofreu um pouco no começo ao ver as coisas meio "fora de lugar", mas logo compreendeu que todas as ferramentas estão dispostas de forma bem mais lógica e intuitiva. Hoje, depois alguns meses de uso, cheguei à conclusão que estou bem mais produtiva no uso do Outlook, o meu canivete-suíço do dia-a-dia. Na clínica, entre um atendimento e outro, escrevo e-mails com maior agilidade, e, ainda que esteja no telefone, estou sempre com um olho na agenda de clientes e nas tarefas prioritárias. Multitarefa total, 100% de rendimento.

Para o profissional móvel que usa PDAs ou smartphones, uma interface confortável de usar é aquela pouco poluída, com pouca informação na tela. Afinal, a tela é minúscula e o profissional não precisa de ferramentas de alto grau de complexidade. O objetivo do Office móvel - as versões portáteis do Word e Excel presentes nos Palms, Pocket PCs e Symbians - não é criar coisas complexas, mas gerenciar e modificar em trânsito um trabalho já existente. Por isso que a versão móvel do Word, por exemplo, se limita a edição de fontes, parágrafos, marcadores e formatos de arquivo - doc, txt, rtf. Sabe-se que 99% dos usuários não usam nem isso naquelas telinhas diminutas!

Definitivamente, num dispositivo móvel, menos sempre significa mais. Um computador de mão não é um PC em miniatura. É uma extensão do seu desktop de trabalho, seu braço direito quando se está longe do escritório.

Não há como negar que os smartphones são o presente e o futuro, e nunca estiveram nesse ritmo atual de ascensão. Mas se existe um momento em que sinto falta dos bons e velhos PDAs, é na hora de editar documentos do Office. Com um teclado externo, infravermelho ou bluetooth, mais um PDA com uma tela enorme e com alta resolução, a sensação que se tem é quase igual à que se tem em seu notebook. Para editar planilhas, então nem se fala. Faz falta aqueles Palms com belas telonas, como o TX e o LifeDrive, ou o Dell x50v / x51v. Confesso que é um pouco sofrido para meus olhos inserir números em pequenas células usando um smartphone QVGA. Que bom que não uso quase nada de planilhas...

Quando migrei para a plataforma Windows Mobile, passei a usar o Outlook 2002 meio que forçada. Estava habituadíssima com o Palm Desktop. O 2003 era melhorzinho, mas nada tão significativo. Foram a beleza visual, a facilidade de uso e o acesso rápido a ferramentas da versão 2007 que me fizeram adotá-lo de bom grado e em definitivo. Agora deixo aberto sempre que estou usando meu notebook. Aqui há um review com minhas impressões do aplicativo, mais detalhadamente.

Ok, ok, eu gostei bastante da nova interface do Office 2007, mas não a ponto do vídeo abaixo, que faz parte da campanha de divulgação da empresa. E mesmo que ficasse assim, não contaria aqui para vocês. Já pensou se o pessoal da TV Record fica sabendo? Huahuahua...

Pesquise preços de: Windows Vista Office 2007 Outlook 2007

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 11:40 PM | Comentários (17) | Citações

maio 11, 2007

Skype no carro

Um dos motivos de eu ter largado os Palms e ido para Windows Mobile em 2004 foi esse: Skype móvel.

Normalmente, uso pelo wi-fi. Mas fico online pela rede EDGE do meu smartphone, também. Algumas vezes, dá para falar legal assim, mas é preciso contar com a sorte. Já gravei um podcast com os amigos do PapoTech por EDGE, quando estava sem luz em casa. Foi via smartphone e notebook até as baterias se esgotarem. E sabem que não ficou ruim?

A versão oficial do Skype para Windows Mobile é maravilhosa, com as mesmas funcionalidades do desktop. A novidade: essa semana saiu o beta da versão 2.2.20, corringindo alguns bugs chatos da versão anterior, como encerramento aleatório de ligações - não, não era vudu das operadoras de telefonia, era bug mesmo. A versão para processsadores menos velozes (como os Qtek 9100 e S200) foi, segundo o desenvolvedor, melhorada ainda mais. Estou baixando já!

Quem tem Symbian, pode usar o Fring, software que cito por aqui há séculos e os usuários amam. Já há até soluções para Blackberry despontando. Quem tem Palm, bem, infelizmente ainda não há um aplicativo de VoIP que seja amigável e simples de usar. Só fazendo gambiarras, intermediando com chamadas convencionais ou gastando uns trocados mesmo nas chamadas simples, de Skype para Skype. Uma pena.

Na foto acima eu estava chegando na clínica e liguei rapidamente para um amigo que está nos EUA, usando minha rede de dados da Claro, no Qtek. Que andava pisando na bola nos últimas semanas, mas pelo visto, estabilizou.

Pesquise preços de: Qtek, telefones VoIP aparelhos com Windows Mobile

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 08:56 PM | Comentários (22) | Citações

abril 22, 2007

Mini-review: Stupid2go, ops, Smart2go

Prometi um review do software Smart2go há tempos, mas fiquei bastante decepcionada com ele, e desisti. Para não deixar a promessa em vão, decidi postar aqui os problemas que encontrei nesse que seria um promissor produto da Nokia.

O Smart2go foi bastante comentado quando saiu, e não foi à toa. A promessa de um software de mapas da Nokia, gratuito, compatível com as plataformas Symbian e Windows Mobile era bem atraente.

Depois do download do instalador, é preciso baixar os mapas. O usuário não depende de conexão ou GPS para consultá-los, e essa é a grande promessa do produto: democrático e acessível para todos. Para nossa sorte, há uma bela lista de cidades brasileiras disponíveis no serviço. Basta escolher a cidade que você quer e passar seus mapas para o smartphone. Só que é aí que a porca torce o rabo... mapa feito por gringo, deu no que tinha que dar. Usando a navegação online, demorei um tempão para achar a cidade de Curitiba, até que descobri que, no Smart2Go, na verdade ela se chama Curituba. Aliás, uma das principais avenidas de Curituba se chama Malhada Floriano Peixoto...

Fora esses errinhos ortográficos, a navegabilidade do programa é bem interessante, e há muitos complementos legais, com buscas específicas, por exemplo, de aeroportos. Mas o sistema de busca não é tão eficiente: ele sempre retorna itens que nada tem a ver com o que foi solicitado. E sabe-se lá porque inventaram de colocar um teclado com as letras ordenadas alfabeticamente. Isso atrapalha bastante, pois estamos acostumados com a sequência dos teclados convencionais. É preciso, assim, ficar catando milho, e isso atrasa um pouco a digitação.

A Nokia também disponibilizou, separadamente, guias turísiticos de cidades, com informações sobre hotéis, restaurantes, informações sobre as cidades, etc. Mas esses módulos são pagos.

Eu bem que gostaria de ter explorado o Smart2Go, mas fiquei tão decepcionada que não fui em frente. Ainda mais estando encantada com o Map24, e, agora, com o Destinator. Sinceramente, espero que esses problemas sejam corrigidos nas próximas versões. Mas, sendo o soft e os mapas desenvolvidos por gringos, dá para confiar que esses erros de grafia serão corrigidos?

Pesquise preços de: acessórios para Nokia e Symbian Nokia N73 Nokia N80

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 08:34 PM | Comentários (11) | Citações

abril 19, 2007

Mini-review: Browser MiniMo, para WM5

Atendendo a diversas solicitações, resolvi testar o novo MiniMo para Windows Mobile 5.

O problema é que eu pude testá-lo por pouco tempo, pois meu Qtek começou a se comportar de maneira esquisita e o sistema foi se corrompendo à medida que o programa era aberto e fechado. Em 24 h de uso, tive que dar um hard reset.

Mas vamos às minhas conclusões.

1. O programa é enorme, e pesado, MUITO pesado. Meu Qtek conseguiu navegar e fazer as tarefas básicas, mas o coitado ficou de língua de fora. Não sei se isso acontece também com PDAphones mais robustos, o fato é que 200 MHz de 64 MB de ROM não deram pro gasto.

2. O MiniMo lembra muito um browser de desktop, é bem completinho. Ao abrir o programa, encontra-se a barra de busca do Google, de mapas, de previsão do tempo entre outras. Até RSS ele tem. Por isso mesmo, ele é bem pesado.

3. Navegação por abas é legal, muito legal. Mas com 3 abas, o desempenho do PDAphone ficou bastante comprometido. De resto, é bem fácil gerenciar as abinhas.

4. A visualização das páginas é excelente, e altamente personalizável. Você escolhe como quer visualizar as páginas. Num modo otimizado, dá para economizar tempo e dinheiro carregando o indispensável. Mas se o usuário assim dá para desejar, dá para ver as páginas no formato integral, como seria vista num browser de PC. Só que o carregamento é mais demorado, e, dependendo do tamanho da página, sua memória vai para o espaço.

Bastou navegar um pouquinho e o meu Qtek S200 (WM5) começou a se comportar de forma estranha. Além de ficar mais lento, a barra inferior sumiu e eu simplesmente não tinha mais como fazer o tecladinho virtual se recolher. Vejam a foto abaixo:

Conclusão: não o recomendo para quem quer um browser para navegação básica, em trânsito, para buscas rápidas ou pequenas consultas. Em compensação, os heavy users, geeks e nerds em geral vão gostar muito do programa, pois tem uma interface completa e recheada de funções legais. Mas atente-se que é preciso um hardware bem poderoso para que o desempenho seja satisfatório.

Como tive um problema bem sério no meu PDA, obrigando a resetá-lo, sugiro que instalem esse aplicativo com cautela, fazendo backup de todos os dados antes.

Pesquise preços de: PDAs iPAQ Qtek 9100 acessórios para Pocket PCs

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Windows Mobile Phone às 12:43 PM | Comentários (6) | Citações

abril 18, 2007

Atualizações de software e possível smartphone da Dell

Os excelentes aplicativos Pocket Informant, que turbina a agenda de contatos, compromissos, notas e tarefas no Windows Mobile, e o FlexMail, aplicativo de e-mail completíssimo, receberam atualizações essa semana, com versões para novos sistemas operacionais além do Windows Mobile PPC.

A WebIS, que desenvolve softwares de ótima qualidade, está diversificando as plataformas. Além das tradicionais versões para Pocket PCs, já há versões para Windows Mobile for Smartphones - os modelos sem tela sensível ao toque, como o MotoQ e o Samsung i321. Além desses 2 programinhas, uso também o FlexWallet, um gerenciador de senhas e dados bancários bem seguro.

Também há versões para Blackberry, e o que eu gosto mais na WebIS é que os preços são similares para todas as plataformas. Quem tem Blackberry sabe que em geral os softwares para esse sistema costumam ser bem mais caros que os de outros smartphones.

E por falar em smartphones, a notícia que a Dell deescontinuou a linha Axim nem bem esfriou e já surgem rumores que a empresa já está desenvolvendo um PDAphone. O dito cujo teria o codinome "Fly", rodaria WM6, suportaria redes 3G e estaria disponível já no final de 2007. Será que é verdade ou é só para deixar os fãs órfãos dos Axim um pouco menos tristes?

Pesquise preços de: Blackberry Samsung i321 MotoQ

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Windows Mobile às 10:05 AM | Comentários (6) | Citações

abril 17, 2007

O PDA do IBGE

Dá para imaginar que tipo de profissional pode ser mais móvel que um recenseador do IBGE? Agora, enfim, a tecnologia móvel passa a trabalhar a favor do Censo, e nesse ano de 2007, pela primeira vez, os formulários de papel foram substituídos por computadores de mão.

Conheça um pouquinho mais o PDA do IBGE e como ele será utilzado na missão de contar quantos somos, quem somos e o que fazemos.

Distribuidores da Ambev há muito usam PDAs para coleta de pedidos, o que confere uma grande agilidade na entrega dos mesmos em bares, restaurantes e estabelecimentos afins. No início de 2001 os funcionários encarregados das vendas já usavam PDAs Jornada, e a experiência ensinou que um PDA para esse tipo de trabalho precisa ser fisicamente muito robusto. O número de equipamentos avariados era imenso, ainda mais cos vendedores em sua maioria usando motocicletas.

Pensando nisso, o PDA do IBGE foi adaptado para agüentar qualquer tranco. A "base" é um Pocket PC Mio P550, rodando Windows Mobile 5, e, com as adaptações de hardware, ganhou a denominação de "Mio P550b".

O software-formulário é dividido em várias etapas. Para avançar nas etapas desse questionário, o recenseador precisa preencher corretamente todas as informações da etapa anterior. Apesar do questionário ser bem grande, graças aos PDAs e da tela touchscreen, as entrevistas são feitas em pouquíssimos minutos.

Além da coleta de dados, o software permitirá alterações cadastrais e atualizações de nomes de ruas e desagregação de municípios, portanto, de quebra, o Censo 2007 ajudará a atualizar o mapeamento e o endereçamento postal das cidades. O envio das informações será de modo wireless (wi-fi ou dial-up, dependendo da infra-estrutura da região) direto para a central de processamento de dados do IBGE.

O PDA tem também GPS, especialmente útil nas regiões rurais, onde o recenseador poderá se localizar e captar as coordenadas geográficas da sua área de atuação.

O modelo é propositalmente grandão e pesado, um dos mais resistentes da família dos PPCs, com tela grande, para facilitar a visibilidade e a interação do recenseador com o dispositivo. Esses recenseadores são em número de 80 mil, contratados como temporários, na maioria jovens de 18 a 30 anos, e receberam um treinamento de 2 semanas na utilização do PDA, agora no início do mês.

Mas o mais interessante é o "revestimento" do PDA. A capa de revestimento azul, padronizada, tem essa cor forte para evitar perdas. Sua superfície emborrachada e com ondulações laterais visa proporcionar boa empunhadura. O PDA tem ainda um segundo revestimento, interno, de borracha, com o intuito de vedar o aparelho e deixá-lo impermeável. E por fim, a canetinha stylus é presa ao aparelho por uma cordinha de nylon. A recarga desses aparelhos é feita diariamente, e, apesar do Mio P550b acompanhar uma bateria de 1200 mAh, os PDAs do IBGE receberam baterias de 1900 mAh. Detalhe importante, já que nas zonas rurais dificilmente se acham tomadas...

Assim reforçados e prontos para entrar em campo, esses 80 mil PDAs vão trabalhar tanto na contagem da população como no Censo Agropecuário. As operações iniciaram ontem, dia 16. Alguns municípios tiveram alguns problemas técnicos e adiaram o início do trabalho.

Trabalho árduo, aliás: os PDAzões têm a responsabilidade de contar a população em 5.435 dos 5.564 municípios brasileiros (os que tem menos de 150 mil habitantes) e, ainda, visitar as 5,7 milhões de propriedades rurais existentes em todos eles.

O mais legal de tudo será o processamento dos dados. Graças à eliminação do papel, a contagem, tabulação e divulgação dos dados será muito mais rápida. Antigamente, levava-se de 3 a 5 anos para fazer todo esse gigantesco trabalho, e, mesmo no início da era digital, tinha-se o trabalho quase hercúleo de pegar todos os dados dos formulários e digitá-los nos computadores, o que, além de demorado, podia levar a imprecisões e erros. Ou seja, quando os dados eram divulgados, o perfil da população àquela altura já era outro... Agora, graças à tecnologia móvel, saberemos melhor quem somos, e muito mais rapidamente!

Mais sobre o Censo 2007: Site do IBGE. Obrigada ao pessoal da seção Paraná pelas informações, prestadas de forma tão atenciosa, eficiente e gentil.

Pesquise preços de: acessórios para HP iPAQ iPAQs PDAs

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Vida Sem Fio às 01:02 PM | Comentários (10) | Citações

abril 09, 2007

Duelo entre browsers

Desde que publiquei minha análise do Deepfish, tenho recebido vários emails e voicemails solicitando um comparativo entre os browsers disponíveis e dando dicas para testar o MiniMo.

Comentei que o MiniMo dava problemas nos meus devices, mas agora vi uma recém-lançada versão para Windows Mobile 5. Estou baixando e testarei no decorrer dessa semana. Para os fãs do Palm OS, a novidade é que o Opera ganhará uma versão exclusiva e virá nos futuros Treos.

Avaliarei browsers para todos os sistemas operacionais de dispositivos móveis: Palm OS, Windows Mobile, WM for Smartphones e Symbian. Mas se vocês quiserem, já podem ir deixando aqui nos comentários qual browser vocês preferem: o nativo do seu sistema ou de terceiros, e qual, quais suas qualidades e defeitos. Uma queixa muito freqüente é a impossibilidade de acesso ao Orkut.

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 09:19 AM | Comentários (12) | Citações

abril 02, 2007

Deepfish: os primeiros testes

Instalei e estou testando a novidade da Microsoft para Windows Mobile, o Deepfish.

Difícil dizer que o Deepfish é um browser. O que ele faz, por enquanto, é pegar o link e fazer uma "foto" da página para você. É um mero reprodutor de páginas. Os links da página não são clicáveis, e nem zoom dá para fazer. Ou seja, é completamente inútil, já que não dá para ler nada nem ir a lugar algum, apesar de ser uma reprodução perfeita de uma página de um navegador de desktop.

Bem que eu estranhei ele ser tão levinho...


Clique nas imagens para ampliá-las.

Mas claro, o Deepfish é um produto em desenvolvimento, foi recém-anunciado. Vamos acompanhar o andar do projeto. Particularmente, ele promete muito. Mas por enquanto, NetFront e Opera são as melhores opções. Já testei o MiniMo, da Mozilla, e se ele não travasse tanto, poderia deixar minhas impressões aqui também.

Pesquise preços de: acessórios para PDAs Dell Axim acessórios para HP iPAQ PDAs Windows Mobile

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 03:05 PM | Comentários (14) | Citações

março 30, 2007

Deepfish

O Deepfish é um projeto da Microsoft de um browser para Windows Mobile que promete uma experiência única em termos de navegação na web, reproduzindo o desktop da maneira mais fiel possível.

A idéia parece muito interessante, hoje temos o NetFront e o Opera por aí (aliás, saiu um novo beta do Opera Mobile) mas quanto mais opções, melhor! Eu adoraria ter que dispensar meu notebook para acessar certos sites que necessito diariamente, mas mesmo com as opções de 3º, eu ainda não consigo.

O download do Deepfish é restrito e vai sendo liberado em "partes". Já cadastrei meu e-mail para receber notificações de downloads e updates. Estou curiosíssima!

Aqui tem umas telinhas para quem quiser conferir.

Pesquise preços de: celulares acessórios para celular cabo de dados para celulares

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 10:44 AM | Comentários (14) | Citações

março 22, 2007

Review: Outlook 2007

O Windows Vista pode não ser unânime hoje na preferência dos usuários, graças às suas exigências de hardware. Mas o Office 2007, ao contrário, funciona maravilhosamente bem tanto no Vista como no XP e torna prazeirosa a experiência de uso de aplicativos de escritório.

Há muitos reviews do Office 2007 web afora, e, embora a minha avaliação da suíte como um todo seja bastante positiva, vou me ater ao Outlook somente, pois é o aplicativo de maior interesse dos usuários móveis.

O que eu gostei...

- O novo padrão de layout, não só do Outlook, mas de todos os aplicativos Office. Radicalmente modificado, menus dão lugar a abas e botões visualmente mais fáceis de achar. Escrever um e-mail, por exemplo, ficou bem mais agradável: na hora mesmo você escolhe prioridade da mensagem, fontes e assinatura, sem ficar catando os menus.

- Barra lateral expansível. Enquanto você gerencia e-mails, fica de olho nos compromissos e tarefas. Para mim isso é excelente, pois posso gerenciar meu correio entre um paciente e outro, sem me perder nas minhas inúmeras outras tarefas.

- Eu AMEI as categorias com cores, algo mais do que bem vindo, pois sempre gerenciei meus dados assim no Pocket Informant. Quem tem 15 categorias como eu sabe como é mais fácil esse controle pelo visual.

- Busca aprimorada. Agora tudo é centralizado no novo Windows Desktop Search, inclusive as buscas dentro do Outlook. Vamos combinar, aquela busca do Windows era vergonhosa, não? Funciona da mesma forma que o Google ou o Copernic, ou seja, primeiro o sistema indexa tudo, depois tudo é encontrado num instantinho. Eficiente, aprovei e já removi o Google Desktop, que usava até então.

- Fotos dos contatos. Sincroniza com o Windows Mobile 5 like a charm. A associação por imagem ajuda a organizar e-mails, compromissos, tarefas e ligações telefônicas linkadas a cada contato, algo útil principalmente no PDA ou smartphone.

- A solução de feeds do Outlook dá um banho em muitas por aí. Dá para baixar feeds resumidos e completos, inclusive com anexos de mídia. E como tudo é gerenciado como pastas, dá para sincronizá-las com o PDA ou smartphone. Show!

- Pastas de pesquisas pré-definidas são uma boa sacada. Se você faz buscas recorrentes sobre um mesmo assunto, deixe a pastinha própria lá. Ela vai sendo atualizada automaticamente.

O que eu não gostei...

- WGA para tudo. Para registrar o programa, para baixar o Windows Desktop Search e, de tempo em tempo, para ver se o próprio Outlook é original. Enche.

- Podia haver uma integração com comunicadores instantâneos. Até tem, mas só para clientes corporativos.

- Apesar de estar mais rápido para carregar quando é aberto, ele continua pesadão como um todo. Mas se você deixá-lo o dia inteiro aberto, ele vai devorando sua memória de uma maneira absurda, obrigando-o a fechá-lo e reiniciá-lo.

Até então, a versão do Outlook que eu vinha usando era a OEM que acompanhou o Qtek S200. Aliás, apesar da versão 2003 estar no mercado há um bom tempo, é a 2002 que vinha acompanhando os Pockets, mesmo os mais recentes. O que é uma grande sacanagem, já que o 2003 é BEM superior.

O Outlook 2007 vale muito a pena, mas vale notar que ele não vem nas versões mais econômicas do pacote Office. Ele também pode ser adquirido sozinho.

Pesquise preços de: Windows Vista Microsoft Office 2007 Microsoft Outlook 2007

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 11:43 AM | Comentários (19) | Citações

março 12, 2007

Screenshots do Universe para Palm OS

Recebi vários e-mails e comentários da respeito do browser Universe, para Palm OS, conforme notinha que publiquei ontem.

De um modo geral, notei que os leitores com os Palms Zire 71 e 72 foram mais bem sucedidos que os donos de LifeDrive, TX e Treo 650.

Crashes têm sido constantes, mas não creio que vocês devam desistir. Acompanhem o desenvolvimento do programa pelo site, novos betas devem corrigir esses problemas. Mas para tal é preciso que vocês ajudem o desenvolvedor, mandando relatórios de bugs e inconsistências.

É bom lembrar de uma coisa: beta é beta, façam um backup completo de seus Palms antes de instalar o Universe. Nunca se sabe!

A seguir, alguns screenshots do Universe em um Palm TX, enviados pelo leitor Rodrigo Rocha. Obrigada, Rodrigo!

Pesquise preços de: Palms acessórios para Palm Palm TX

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 08:57 PM | Comentários (2) | Citações

março 11, 2007

Review: HandBase 3

Se você é profissional liberal, autônomo ou pequeno empresário e precisa dos dados de seus clientes sempre à mão, é bom ter um programa de banco de dados para dispositivos móveis, como PDAs ou smartphones. Foi a primeira coisa que busquei para meu Palm m100, em 2001, quando havia recém-entrado para o mundo Palm. Quando migrei para Pocket PC, em 2004, testei todos os softwares possíveis e imagináveis que pudesse usar no lugar do SmartList To Go, que infelizmente, só existia na verão Palm. O melhor, hoje, superior inclusive ao próprio STG, é o HandBase.

Mas não é só para profissionais liberais que esse software se destina. Você pode criar banco de dados para catalogar seus livros, DVDs, trabalhos, projetos, clientes, pacientes, receitas culinárias e usar referências prontas, como guias medicamentosos. Quem tem pressão alta ou diabetes e precisa, a pedido do médico, medir e anotar dados diariamente, pode usar bancos de dados já feitos para isso. Basta inserir diariamente seus dados.

Por muitos anos, enquanto usei Palm, fui fiel ao SmartList To Go. Simples de usar, qualquer pessoa pode criar e personalizar seus próprios bancos de dados, sem necessitar de conhecimentos avançados. O HandBase segue o mesmo princípio da simplicidade e intuitividade.

Versões

O HandBase está disponível para as mais diversas plataformas: Palm, Windows Mobile e Symbian. O mais legal é que, se um dia você trocar de sistema operacional, seus bancos de dados funcionarão perfeitamente. A base de dados é a mesma para qualquer sistema operacional. Acho isso fantástico. Instalei o HandBase no meu Windows Mobile e num Palm OS, para testar. A base de dados de meus pacientes funcionou redondinha em ambos.

Mesmo dentro de cada plataforma, existem várias versões do programa, com funções e preços diferenciados. A mais básica não permite criar formulários nem manipular arquivos do Access. Recomendo a Professional, que é a que eu estou usando e permite um sincronismo perfeito com o desktop, além de manipular seus dados tanto ali como no PDA. Mas quando se fala em desktop, é Windows. Quem usa Mac só encontra versão compatível se o PDA for Palm OS.

Construindo seu banco de dados personalizado

Você pode criar seu próprio banco de dados personalizado ou baixar versões prontas na galeria disponível no site do desenvolvedor, podendo adaptá-la às suas necessidades.

Planejamento é importante. É bom botar antes no papel os campos que você deseja criar, o tipo (texto, numérico, lista de opções, checkbox, imagem...) e o tamanho. Depois é só criar uma New Database e ir acrescentando seus campos, um a um. Pronto, o banco de dados está pronto. Agora é só ir adicionando os registros. Cada item é um registro.

Só isso já é suficiente para manipular dados, mas você pode querer dar uma cara mais "bonitinha" a fim de facilitar a consulta e a inserção de informações. Para isso existe o Forms Manager, que não está disponível na versão básica do software. Para criar seus formulários, abra o seu banco de dados, vá em File -> DB Properties. Você encontrará o menu das propriedades do seu banco de dados, podendo reeditar campos e desenhar os formulários, além de muitas outras opções.

Depois de prontos, os formulários usarão sua base de dados para exibir as informações. Criar formulários é quase uma arte. Vai exigir um pouco do tempo do usuário, mas é um aprendizado gosto, e pouco a pouco você se vê impelido a criar mais coisas, uma vez que com o tempo você se aperfeiçoa e domina melhor o programa.

Banco de Imagens

Instalando um plug-in chamado Image Plugin, dá para criar campos que permitem adicionar imagens em alta-resolução aos seus banco de dados. Infelizmente o plug-in é de terceiros, e como tal, pago à parte. Mas vale muito a pena para médicos e dentistas que precisem fotografar antes e depois de casos clínicos, por exemplo. Quando eu usava o Smartlist-To-Go, a possibilidade de usar imagens era nativa, mas limitada a 256 cores. Isso inviabiliza imagens que necessitem de algum grau de detalhamento. Com o Image Plugin, já estou pensando até em fazer um mini-atlas de patologia bucal...

O plug-in está disponível para Palm e para Pocket PC. O mais bacana é que ele não insere a imagem dentro do banco de dados, mas a localiza numa pasta específica do cartão de memória, por exemplo. Isso não compromete a leveza dos arquivos.

Visualização de imagens: link dentro do banco de dados e visualização externa, com auxílio do ImagePlugin.

Custo-benefício

No site do desenvolvedor, você encontrará os demos para download, que funcionarão por 30 dias. Depois desse tempo, será preciso registrá-lo. É um aplicativo relativamente caro (R$ 39), mas tendo em mente que ele pode ser substituir muitos outros softwares específicos, como gerenciadores finaceiros e PDA-wallets, o custo-benefício é bem razoável.

O demo do ImagePlugin, porém, dura apenas 7 dias, e seu registro custa U$ 10.

Estou disponibilizando alguns dos meus formulários de dados para quem quiser testar e usar à vontade. Obviamente, o de pacientes não tem os registros, mas mantive os do guia medicamentoso, que eu já havia copiado de um dos arquivos disponíveis no site. Vale a pena perder algumas horinhas lá, fuçando, acha-se muita coisa interessante, devidamente separadas por categorias.

Clinica.zip - criação minha, vazio, pronto para adicionar registros, com formulários (pdb + hdf), sem ImagePlugin.
Guia Medicamentoso.zip - com uma lista de , com formulários (pdb + hdf).
Log de Leitura.zip - para quem gosta de catalogar os livros que lê, com formulários (pdb + hdf).
Receitas.zip - para guardar suas receitas favoritas, muitas eu pego no site do meu amigo Cobra, sem formulários por enquanto, farei quando tiver tempo (pdb).

Os dois primeiros estarão também na homepage da Odontopalm. Os do SmartList To Go, que usei por muito tempo, continuam lá.

Espero que gostem do review e aproveitem bastante o HandBase. Esse review estava sendo cobrado por inúmeros leitores há um bom tempo, mas eu mesma queria me familiarizar mais antes de postar aqui. Em caso de dúvidas, peço que não me escrevam, mas postem aqui nos comentários, para ajudar a todos que estiverem aprendendo a mexer no programa.

Pesquise preços de: notebooks PDAs Palms

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 09:32 AM | Comentários (23) | Citações

março 10, 2007

Novo browser para Palm OS

Aleluia! Enfim uma boa notícia para os (muitos) usuários que odeiam o browser dos Palms. Um desenvolvedor corajoso como nenhum outro (ninguém mais quer desenvolver para uma plataforma oficialmente descontinuada) colocou no ar o beta do Universe, um novo browser que promete melhorar a pífia navegação do nativo Blazer.

Quem conhece bem os Palms sabe que essa história de não haver navegador decente para a plataforma não é culpa, absolutamente, do Palm OS. Vocês se lembram da saudosa época do NetFront nos Sony Cliés? Ah, os Cliés... Por incrível que pareça, modelos como o TH-55 e o UX-50, fora de linha há anos, ainda batem bonito os atuais topo de linha da Palm e continuam cotadíssimos no mercado de usados.

Eu não canso de repetir isso... que saudades do Cliés...

Usuários de Palms, testem o beta do Universe e deixem aqui suas impressões. Vale lembrar que é um beta, então dêem um desconto, deve haver muitos bugs. Mas como o navegador é open-source, há boas chances dele melhorar bastante em pouco tempo, com o auxílio da comunidade. Leiam aqui as impressões dos usuários que estão testando a novidade. A navegação em abas e o RSS parecem ser bem legais.

Se quiserem mandar capturas de tela, mandem-nas para bia arroba garotasemfio.com.br que eu publico aqui.

Pesquise preços de: Pesquise preços de: Lifedrive Palm TX Treos

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Palm OS às 11:37 AM | Comentários (23) | Citações

março 09, 2007

De mapas a topless

Amanhã subirei dois reviews de aplicativos, um deles mais do que aguardado, o HandBase 3, minha escolha de banco de dados para pacientes e clientes, e o outro do Smart2go, serviço gratuito de mapas da Nokia.

O HandBase é único que conseguiu substituir com vantagens o SmartList To Go dos tempos de Palm. O HandBase me deixou absolutamente in love, e promete agradar usuários não só de Windows Mobile mas também de Palm e até Symbian, já que há versões para as três plataformas.

O Smart2go, alardeado serviço de mapas e rotas, gratuito, disponibilizado pela Nokia para toda sua série Symbian, chamou minha atenção por ter uma versão Windows Mobile. Ele tem muitos pontos positivos, mas fiquei sem banda larga e o software me deu alguns "sustos", por isso mesmo o review atrasou.

Falando em mapas, quando é que teremos um Google Maps Móvel de cidades brasileiras, heim? No desktop já temos, mas em dispositivos móveis, nem pensar. Hoje brinquei num Blackberry 8700g de um amigo e fiquei encantada perambulado em diversos mapas de cidades gringas. No Brasil, só temos fotos de satélite, por enquanto. Como eu já disse aqui no blog, fotos de satélite num dispositivo móvel não têm graça nenhuma, mas mapas de ruas são uma mão na roda. Ainda mais num dia como hoje, em que o Jorge Búchi conseguiu fazer São Paulo parar.


Aqui você encontra um review legal do Google Maps para Blackberry.

E para encerrar o post, já que estamos falamos nisso, vocês viram os "achados" em superzoom no Google Maps? Dá até para ver o rosto das pessoas. Que medo! Vou parar de fazer topless na varanda de casa... ;)

Pesquise preços de: Blackberry 8700g acessórios para Blackberry smartphones Windows Mobile

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 04:20 PM | Comentários (6) | Citações

fevereiro 27, 2007

Mostra-me tua tela Today e eu direi quem és

No post em que achincalhei o Datebk5, falei que, em termos de interface, a caracterísitca mais marcante da plataforma Palm OS é a "limpeza" visual. Eu sou uma admiradora de interfaces cleans e bonitas, e a tela Today é a alma de qualquer PDA ou smartphone, não importa a plataforma. Felizmente essas telas Today são totalmente configuráveis e personalizáveis a ponto de mostrar um pouco da personalidade do dono, desde a disposição das informações, a natureza dos plug-ins, até o wallpaper.

Vejam alguns exemplos, caçados aleatoriamente no Flickr:

O mais importante é a harmonia.

Uma Today polúida e repleta de coisinhas "penduradas" imdiatamente nos remetem à imagem daquela pessoa que tem sua escrivaninha lotada de papéis e livros, além de material de escritório esparramado por toda sua superfície. Provavelmente seu desktop é um daqueles lotados de ícones na área de trabalho. Você pode até gostar, mas eu sinto arrepios. Procuro deixar na minha área de trabalho somente os atalhos das pastas e arquivos mais acessados. Ícones de arquivos, como textos e imagens, só os que estou trabalhando no momento.

O wallpaper, então, mostra muito do dono. Adolescentes em geral usam fotos de celebridades, com ou sem roupa. Nerds estampam o logotipo de seu sistema ou software favorito. Geeks "família" estampam fotos de seus rebentos. Meninas preferem tons de rosa com desenhos de personagens fofos. O problema de se usar fotos como wallpaper é que comprometem a visibilidade das informações na tela. Assim, prefiro planos de fundo mais estilizados e com cor relativamente homogênea.

Além de ser a janela do SO para o mundo, a tela Today tem como função primordial fazer com que o usuário tenha concentradas, numa tela só, as informações mais cruciais de gerenciamento de sua vida pessoal, além do status do seu aparelho em termos de bateria, sinal de celular etc. Tais informações devem estar ordenadas de uma forma limpa, que possibilitem que uma olhadela rápida deixe o dono a par de tudo em dois segundos.

Vale lembrar que plug-ins muito pesados comprometem o desempenho do sistema, deixando o aparelho mais lerdo. Será que você realmente precisa da previsão do tempo dos próximos 5 dias na sua tela Today? Ou de um slideshow dos seus 345.698.093 feeds RSS? Ou da quantidade de espaço existente e restante em todos os tipos de memória do seu PDA, built-in, de programas, SD e CF? Ou de quantos contatos estão online no momento em seu instant messenger?

Um ou outro desses plug-ins até pode ter um grau de importância alto em sua rotina, dependendo de suas atividades profissionais... mas *todos*, com certeza não! Pense nisso, use o bom senso e ganhe uma interface mais bonita e um aparelho mais rápido, com menos travamentos!

Pesquise preços de: acessórios para PDAs Dell Axim smartphones Blackberry

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 03:22 PM | Comentários (29) | Citações

fevereiro 26, 2007

Poluição visual no Palm OS

Em termos de interface, a caracterísitca mais marcante da plataforma Palm OS é a "limpeza" visual. Mas softwares como o Datebk5 fazem questão de estragar tudo, criando uma tela Today que mais parece penteadeira de p*ta.

E não é só a tela Today não, navegar pelos calendários, contatos, tarefas e outras mil informações não é nada fácil, você se perde no meio daquela poluição visual. Digam o que quiser, o aplicativo até pode ser podersoso, mas num programa desse tipo, acredito eu que um um visual clean é essencial no gerenciamento do dia-a-dia de forma eficiente. Você acessa sua agenda várias vezes por dia, portanto, precisa achar rápido a informação que deseja, não? Mas a interface desse programa não ajuda, é tão horrorosa quanto um gorila de cara amarrada... :)

Em compensação, bom-gosto foi a palavra de ordem no time de desenvolvedores do TreoMemo. Ele deixa a interface do sistema tão linda que dá vontade de jogar a do OS nativo no lixo. Mais ou menos como o SPB Mobile Shell fez no Windows Mobile.

Viram só? Assim como é possível poluir o que é limpo, é simples deixar o limpo ainda mais gostoso de se olhar.

Tá, prometo que vou parar de ficar babando em cima do Mobile Shell aqui no blog. Mas que eu amo esse aplicativo, ah, amo. Nem esperei o trial acabar, registrei no 5º dia de uso, nunca tinha feito isso com software nenhum.

Pesquise preços de: Palms acessórios para Palm acessórios para Pocket PCs

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 09:14 AM | Comentários (12) | Citações

fevereiro 24, 2007

Hier e Fring para Symbian

Aí vão duas dicas legais de VoIP e IMs para usuários da plataforma Symbian.

Primeiro: o Fring é uma solução de comunicação multi-protocolo que funciona com Skype, MSN e Gtalk, inclusive para voz. Rola chat de texto também, mas suporte a VoIP através dessas 3 redes é sem dúvida sensacional. Dica do Francis, que está usando a solução em seu Nokia E61.

Para quem tem Symbian S60 e gostaria apenas de um MSN Messenger básico e grátis, a solução é o Hier, esse da foto acima, que achei prático e eficiente. Foi testado e aprovado num N80. Vale muito a pena.

Pesquise preços de: acessórios para Nokia e Symbian Nokia N80 Nokia E61

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Symbian às 08:46 PM | Comentários (47) | Citações

fevereiro 19, 2007

ShoZu, o amigo móvel do Flickr

O ShoZu não é nenhuma novidade entre os fãs de "blogagem móvel" de fotos e vídeos. Mas só decidi adotar o serviço agora, pois estou animada com a qualidade da câmera do Qtek S200 - com 2 MP e boas funções que produzem fotos razoáveis. Até então, eu tinha um pouco de vergonha de postar fotos toscas de celulares com 1 MP, VGA ou QVGA. Ainda mais no Flickr, famoso pela qualidade do material publicado pela comunidade.

A partir de hoje pretendo fazer mais posts on-the-go de fotos no meu Flickr, mostrando meu dia-a-dia sem fio. E fiz um mini-review do ShoZu.

Para que tirar e publicar fotos on-the-go, em tempo real, seja uma atividade prazerosa, é preciso que o processo seja prático. No Flickr, por exemplo, para fazer isso seria preciso abrir um novo email em seu celular, procurar a imagem perdida no seu aparelho, anexá-la, digitar um texto e mandar para um endereço de e-mail agregado à sua conta no serviço.

O aplicativo ShoZu facilita muito as coisas através do Share-it. Você o instala em seu celular ou smartphone e configura de acordo com seu serviço de hospedagem. Há versões do programa para uma imensa variedade de celulares, inclusive os mais simples, desde que tenham câmera.

Sempre que você fizer uma foto e quiser publicá-la de imediato, basta abrir o aplicativo. Automaticamente ele mostra uma janelinha com as últimas imagens obtidas.

Mais dois cliques e ela está no ar. Se você quiser, pode editar título, texto e tags, mas isso é facultativo. O que importa é que é tudo muito rápido e prático!

Se quiser, dá para deixar que o programa diminua automaticamente a resolução das fotos e as deixem mais leves, a fim de economizar algum dimdim de conexão de celular. Minhas fotos faço sempre na qualidade máxima e as posto assim mesmo, cada uma fica em torno de 250 KB. Mas só me dou a esse luxo porque meu plano de dados é ilimitado.

Outras funções legais do ShoZu: ele acompanha os comentários que as pessoas vão fazendo em sua página e até faz backup online dos contatos do seu celular. Show!

E o ShoZu não é o melhor amigo só do Flickr, mas de um montão de outros serviços de fotos, vídeos ou texto mesmo - como Wordpress, Blogger, Textamerica e até YouTube. Mais detalhes aqui.

Adorei o serviço e pretendo postar fotos adoidada daqui em diante. Para quem quiser acompanhar meu Big Brother Móvel, o feed das fotos é este.

Pesquise preços de: câmeras digitais celulares com câmera cartões de memória

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Celular às 11:00 PM | Comentários (19) | Citações

Quem oferece maior variedade de softwares?

No post anterior discutimos a ausência de aplicações para se instalar no A1200i, pois o sistema operacional foi "fechado" pela Motorola. Isso matou o smartphone, na minha opinião.

Mas qual é o sistema operacional para dispositivos móveis que oferece maior variedade de softwares, entre gratuitos e pagos?

Se você respondeu Palm OS...

Essa captura de tela foi feita dentro da loja virtual Handango, a maior em se tratando de softwares para dispositivos móveis. Hoje os fãs de Palm OS podem usar qualquer argumento para defender sua plataforma favorita, exceto que é o sistema com maior variedade de aplicativos.

Vale lembrar que quantidade não significa qualidade. Quando eu usava Palm achava o máximo a imensa gama de programinhas para instalar nele, mas me irritava o fato de haver 10 programas de agenda e só dois prestarem. O Windows Mobile está no mesmo caminho...

Meu primeiro Pocket PC foi comprado em 2004 e, já naquela época, consegui achar equivalentes para tudo que eu tinha no Palm, exceto o banco de dados, pois era "Smartlist-To-Go-Addict" de carteirinha. O vício passou e hoje sou "Handbase-Addict"... programa que, aliás, tem versões também para Palm e até para Symbian! Prometo preparar um post caprichdão falando dele, o povo está me cobrando faz tempo. Mas é que só agora eu consegui registrá-lo...

Outra coisa que nunca é demais falar aqui: não defendo nenhuma plataforma, e acho as guerrinhas Palm x PPC ridículas. Os WM-xiitas devem respeitar a escolha dos usuários de Palm OS, caso esses prefiram um sistema mais espartano e tradicional. Assim como os Palm-xiitas não devem criticar o WM por bobagens do tipo "Microsoft é do mal" ou por não gostarem do "Windows-way-of-life"... ainda mais quem nunca teve PPC.

E para provar que sou democrática, tenho opiniões bem formadas sobre cada um desses sistemas. HOJE o sistema que atende minhas reais necessidades é o Windows Mobile - e minhas necessidades reais são tela sensível ao toque, ambiente multitarefa, Skype e wi-fi.

Mas na minha humilde opinião, HOJE o melhor sistema para usuários finais é o robusto e estável Symbian (porque as pessoas preferem celulares com funções de PDA, e não PDAs com função de celular). E o sistema mais promissor, que terá um BOOM junto ao grande público leigo, graças à sua leveza, intuitividade, rapidez e simplicidade é o Windows Mobile for Smartphones.

Smartphones para mães e sogras

O smartphone que eu daria hoje para minha mãe seria um Samsung i321... logo mais subo o review dele! E para quem me pediu o review do Treo 680 com o "teste da mãe" - no caso, "teste da sogra", devidamente emprestada de um amigo - um aviso: preciso esperar a sogra-usuária chegar dos EUA, o que deve ocorrer no início de março. Vamos ver se ela topa gravar um podcast comigo.

Pesquise preços de: acessórios para Palm acessórios para Pocket PCs acessórios para Nokia e Symbian

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 05:56 PM | Comentários (23) | Citações

fevereiro 14, 2007

Cara nova para a tela Today

Se tem uma coisa que não muda no Windows Mobile, desde os primórdios do sistema, é a tela Today. Agora o Windows Mobile 6 apareceu e a tela Today é a mesma de sempre. Não está na hora dela ganhar um visual mais moderninho? Pois bem, vejam como ficou a minha com o SPB Mobile Shell.

O programa simplesmente faz uma "revolução" na interface do WM5, simplificando (e muito) e experiência do usuário com o sistema e ao acesso rápido às suas principais informações. A tela Today e a interface padrão são mantidas. Além de tudo, a aparência fica muito mais clean, bonita e moderna. E o sistema ganha, fica com a tela "Agora", além da tela "Today".

A tela Today ganha abas para acesso rápido à informações cruciais do dia-a-dia, como bateria, últimos programas acessados, photo dialer, previsão do tempo, entre outras opções - todas configuráveis pelo usuário. A tela "Agora" deixa o PDAphone com cara de celular e quebra o maior galhão para aquelas consultas que você só quer "bater o olho" rapidinho: nível de bateria, nível de sinal da rede, novos sms, novos emails, chamadas não atendidas, clima na sua região, o próximo compromisso agendado e um baita relógio.

Eu amei o programa, com certeza irei registrá-lo ao fim dos 15 dias de testes. Embora haja algumas queixas de lentidão por parte de alguns usuários no fórum da SPB, eu não notei grande diferença. Acho que isso é crucial para mantê-lo instalado ou não em seu aparelho.

O SPB Mobile Shell está com desconto promocional de lançamento, para membros do fórum Pocket PC Addict. Detalhes aqui.

Pesquisar preços de: acessórios para Pocket PCs acessórios para PDAs Dell Axim smartphones

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Windows Mobile às 04:28 PM | Comentários (14) | Citações

fevereiro 05, 2007

GPS e mapas na telinha

Você já experimentou o Google Maps em seu PDA, celular ou smartphone? Disponível há um bom tempo para Palm e Blackberry e celulares com Java, agora há uma versão própria para Windows Mobile - embora eu já conseguisse usar a versão Java em meu Qtek com o Midlet Manager.

Independente do sistema operacional do seu aparelho, as desvantagens continuam as mesmas: nada de mapas de cidades brasileiras. Mas quem disse que só existe o Google Maps? Os brasileiros têm uma opção igualmente boa e grátis...

Google Maps for Mobile

O Google Maps promete um mundo na palma da mão: além dos tradicionais mapas e fotos de satélite, há itinerários, rodovias e até spots comerciais como pizzarias, correios, hospitais e pontos turísticos. Se você tiver um GPS, a experiência é ainda mais prazeirosa. Se você já tem um PDA, pode comprar um módulo GPS compatível que funcione por bluetooth e usá-lo no próprio PDA, sai bem mais barato que os GPS dedicados.

Já quem prefere aparelhos dedicados, como os Garmin ou Airis, que vêm com mapas e tudo, precisa desembolsar uma bela grana pela solução completa. Mas quem usa ostensivamente diz que vale cada centavo.

Por enquanto, a versão mobile do Google Maps é só para gringo ver. O Brasil está pouquíssimo mapeado e por enquanto só tem as fotos de satélite, que são lindas no desktop, mas convenhamos, num PDA ou smartphone não servem para nada. Enfim, para navegar nos mapas brasileiros do Google, por enquanto só na versão desktop.

Como experimentar não custa nada, acesse pelo seu aparelho móvel o link http://www.google.com/gmm e instale direto a versão compatível com seu aparelho. Mas como já disse, mapa de satélite em telinha de celular para mim é inútil.

Map24

Nem tudo está perdido. Há uma excelente opção nacional para suprir a ausência do Google Maps. Chama-se Map24 e dá para usar em smartphones com Windows Mobile ou Symbian e é totalmente gratuito. Quem me passou a dica desse aplicativo foi o Erick Sasse, animado por ver sua cidade, Americana, no interior de São Paulo, mapeada.

Instalei no meu Qtek e estou embasbacada. Basta uma conexão web ativa para navegar nos mapas, pesquisar ruas e traçar rotas. Curitiba está toda mapeadinha e dá para traçar rotas numa boa, sem complicação.

Dá para usar também direto no brower. Basta criar uma conta, gratuitamente, para se tornar usuário do serviço. Você pode salvar pontos e rotas em seu profile e acessá-las depois em seu dispositivo móvel. Muito legal!

A seguir, alguns screenshots do aplicativo. Clique sobre as imagens para ampliá-las:

O Map24 for Mobile está disponível na seção MyMap24 do portal, acessível após a criação de sua conta. Você escolhe o modelo do seu smartphone a partir de uma lista. Para resumir, funciona em Windows Mobile, Windows Mobile for Smartphones (família MotoQ) e Symbian série 60 (2nd e 3rd), incluindo as séries E e N mais recentes.

Para que servem mapas e GPS no PDA?

Apesar de ser uma tecnotarada de carteirinha, para os mais diversos tipos de dispositivos móveis, os aparelhos GPS (sigla de Global Position System, Sistema de Posicionamento Global, por satélite, saiba mais aqui) nunca chamaram minha atenção por causa de um fator simples: eu não tinha utilidade para eles. Embora tivesse mexido em alguns , eu nunca tive o impulso de comprar um para "brincar". Até porque seria um "brinquedo" bem caro...

Porém, agora com a odontologia domiciliar exigindo deslocamento constante por Curitiba, região metropolitana e até cidades do interior, além das viagens como consultoria que começo a fazer com cada vez mais freqüência, passei a avaliar a utilidade real de um dispositivo desses para meu trabalho.

Geek que é geek de verdade não bota o pé na estrada sem um GPS a tiracolo, seja ligado ao PDA ou dedicado só para a tarefa. Hoje, PDAs que já tem GPS embutido ganham mais espaço no mercado e fãs ardorosos. Um belo exemplo é o iPaq hw6940, que é lindo, poderoso e completíssimo - sob medida para agradar os usuários mais exigentes. Em breve farei um review dele.

Se GPS não é novidade nenhuma, o que tem o Map24 de tão especial? Bem, ele é simples, eficiente, gratuito e dá para usar direto no smartphone. Ou seja, é a solução mais democrática que conheço para nós, brasileiros. O que pode ser melhor do que isso? Já virou um dos meus softwares favoritos e indispensáveis...

Pesquise preços de: iPaq hw6940 GPS bluetooth para PDAs navegadores GPS

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 06:39 PM | Comentários (40) | Citações

janeiro 13, 2007

Office de bolso

Todo smartphone que se preze vem com programas compatíveis com a plataforma Office, para visualização ou edição de documentos de texto, planilhas e até apresentações. Porém, alguns smartphones vêm com os aplicativos Office limitados à visualização apenas, como o MotoQ. Mas já estão surgindo opções de terceiros para suprir essa carência!

Conheça opções para seu escritório móvel ficar 100% funcional, usando todas as funcionalidades dignas de um pacote Office completo.

RIM - Blackberry

Seu Blackberry não pode editar documentos, mas há soluções de terceiros que podem. A opção se chama eOffice. Os screenshots são espantosos - aparentemente dá para fazer qualquer coisa com seus documentos sem dificuldades. Essa solução é muitíssimo elogiada pelos donos dos aparelhinhos da RIM.

Porém o preço é salgado: 199 dólares para a versão professional. Aliás, softwares para Blackberry são bem caros, muito acima da média das demais plataformas de dispositivos móveis. Qual seria o motivo? Os custos das licenças para desenvolvimento seriam mais caros? Ou será que é porque os usuários desse aparelho são, em boa parte, executivos? Sim, porque eu mesma estou acostumada com esse tipo de coisa - se eu for numa loja de artigos médicos, comprar uma tesoura, me apresentando como manicure, ela custa R$ 10. Se eu falar que sou dentista, é R$ 30...

Windows Mobile for Smartphones

A exemplo do Blackberry, o MotoQ não edita os documentos nativamente. Mas isso não é motivo para dispensar o aparelho, caso você tenha se apaixonado (como 99% dos compradores) por ele à primeira vista. A Dataviz lançará em breve um DocumentsToGo para Windows Mobile for Smartphones, mas se você quiser testar uma versão preview para degustação, pode baixá-la no site do desenvolvedor.

O DTG é um clássico no mundo Palm, com anos de estrada. A última versão para Palm OS é bem pesada, mas muito poderosa. Uma coisa que chama a atenção é a eficiência na manutenção da formatação dos arquivos originais. Mesmo a atual versão do Mobile Office dos Pocket PCs (WM5) não preserva tão bem a formatação original dos documentos como a solução da Dataviz.

Teclado externo: braço direito

Com um teclado à parte você ganha agilidade nas suas tarefas rotineiras, podendo até dispensar o notebook em muitas ocasiões. Ficar só nos tecladinhos nativos ou no graffiti é básico para escrever SMS ou e-mails rápidos. Mas cansa. Haja mão! Nessas horas, nada como sacar um teclado dobrável e escrever com conforto. Para fazer anotações em aula, por exemplo, é perfeito! E ele não adiciona tanto volume a mais na sua pasta ou bolsa.

Atenção...

Não invente de criar animações cheias de frufrus, planilhas e textos com macros ou funções complexas. Um PDA não é substituto de um desktop, mas uma extensão dele. Assim, seu companheiro de bolso fará a ponte entre seus trabalhos no computador e as consultas e edições rápidas necessárias quando se está na rua. No meu caso, adicionar dados na minha planilha de custos, consultar tabelas ou editar textos rápidos é rotina há anos. Praticamente desde que entrei no mundo Palm. Já levei até apresentações completas no meu Palm, bastando plugá-lo num datashow para dar aulas e palestras.

Hoje não conseguiria mais viver sem um Office de bolso...

Pesquise preços de: Pesquise preços de: MotoQ Blackberry teclados bluetooth

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 01:47 PM | Comentários (20) | Citações

janeiro 05, 2007

Novidades em softwares

Que tal turbinar seu PDA nesse início de 2007 com novidades?

* Agendus Beta para Pocket PC - o mais popular gerenciador de PIM para Palm OS agora tem um beta para Windows Mobile. Baixei-o há alguns dias e instalei no meu Qtek. O que posso dizer, até agora, é que a interface é bem parecida com a da versão Palm, mas com aquele toquezinho "Outlook". Comparado ao Pocket Informant, achei os ícones nativos mais bonitinhos. Os do PI não são grande coisa, tanto que adquiri um pacote de ícones para ele à parte. Os ícones são muito úteis na visão mensal, que eu uso muito: basta uma olhada rápida para saber que dia tenho consulta médica, ou uma viagem, por exemplo. O Agendus para WM vem com alguns adicionais interessantes, iguais aos da versão Palm, como os quotes do dia e a previsão do tempo. Para quem gosta, é uma boa. Mas há alguns poréns: infelizmente, o Agendus é mais pesado e lento que o Pocket Informant. Também não gostei do modo Today, poluído demais, e das fontes, que não combinam com as do Windows Mobile. Outro defeito: as fotos dos contatos não sincronizam com o Outlook do desktop. Mas por se tratar de um beta, temos que dar uma segunda chance. Com certeza vale o download para testes! Baixe aqui as versões PPC e Symbian (sim, existe para Symbian também!)

* GoogHelper para Windows Mobile e Windows Mobile for Smartphones - É uma daquelas aplicações extremamente simples, mas que quebram o maior galhão. Só achei uma pena não ser possível customizar os sites de busca de acordo com seu gosto e hábitos. Mais detalhes, aqui. Uma solução mais simples, e gratuita, é o SearchToday, já citado aqui no blog.

* Chatter Email para Palm OS - Você precisa de um aplicativo de e-mail mais focado em uso corporativo? Deixe seu Treo com uma pinta de Blackberry com o Chatter Email. O programa permite acesso IMAP ou Microsoft Exchange via tecnologia push sem complexidade. Acesse o site do desenvolvedor e conheça melhor o produto, aqui. Como todo software que é focado em executivos móveis, o preço é salgadinho: U$ 40 a versão básica e U$ 60 a versão completa. Uia...

* DialByPhoto para Palm OS - Lembram quando falei do plug-in para discagem via foto, presente no Treo 700w? Pois bem, agora os Treos Palm OS também podem ter a mesma coisa através desse aplicativo. E vamos combinar: a interface é LINDA. Vale a pena experimentar ao menos a versão demo, aqui.

Estou testando muitas outras novidades em softwares, e postarei aqui no blog aos poucos.

Pesquise preços de: PDAs acessórios para Palm acessórios para Pocket PCs

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 04:07 PM | Citações

dezembro 20, 2006

Skype em 120 milhões de smartphones

Esse é o número de aparelhos em todo o mundo que podem rodar nativamente o Skype, agora que ele também está disponível nos Windows Mobile sem touchscreen.

Tenho certeza que uma versão para Symbian deve sair, uma vez que o Skype que estender seus tentáculos cada vez mais na mobilidade. Aliás, um Skype versão Symbian é mais do que aguardado, inclusive no Brasil, onde os Nokias E61 e N80, que têm wi-fi, já aparecem nas lojas. Ok, ok, temos as redes das operadoras, mas elas são instáveis e caras. O wi-fi é sempre bem vindo para quem quer VoIP.

Enquanto isso, saiu uma nova versão do beta do Skype para Windows Mobile. Segundo os desenvolvedores, essa é uma versão otimizada para PPCs que têm processadores menos robustos. Opa, isso já era mais do que bem-vindo, uma vez que a versão normal estava pesando no meu aparelho.

Basta ir no site, escolher a marca e modelo do seu PDAphone e baixar. Instalei o beta no meu Qtek S200 (que tem clock de 200 MHz), vamos ver como se comporta.

Pesquise preços de: acessórios para Nokia e Symbian telefones com VoIP fones e headsets para VoIP

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 09:37 AM | Comentários (5) | Citações

dezembro 05, 2006

Meteorologistas de bolso

Ontem comentei da utilidade de programas que funcionam como Photo Dialer na tela Today dos aparelhos Windows Mobile. E os programinhas de previsão do tempo, são úteis ou inúteis?

Aqui em Curitiba talvez não sejam úteis, pois temos as 4 estações do ano no mesmo dia e somos obrigados a carregar guarda-chuvas ou casacos mesmo com o maior sol lá fora. No fim da tarde o panorama certamente não será mais o mesmo... Mas os programinhas que mostram a previsão do tempo para os dias seguintes são bem interessantes para quem viaja muito e não têm a menor idéia sobre que roupa botar na mala.

Aplicativos

O clássico Agendus, gerenciador PIM para usuários de Palm, há muito deixou de ser uma agendinha turbinada. A versão atual, a 11, inclui modo de previsão de tempo para a cidade que você selecionar. Isso é possível graças ao modo "wireless" do programa, que busca na web as informações - inclusive, se o usuário desejar, mapas e direções de endereços dos seus contatos. Ou até umas maluquices como "the day in history" - acontecimentos histórico que aconteceram no mesmo dia e mês, mas em anos anteriores.

Se você prefere uma aplicação dedicada, uma boa opção é o Weather Manager.

Nos Symbians, um dos mais conhecidos é o Handy Weather. Simples e poderoso, tem a vantagem de ser totalmente customizável e facilmente atualizável, já que os Symbians sempre têm conexão disponível.

No caso dos Pocket PCs, é comum encontrar programas de previsão de tempo que funcionam como plug-in na tela Today, entre eles o Pocket Weather e o SPB Weather.



Pocket Weather em um Pocket PC com tela VGA (Dell Axim x50v)

Mas o mais famoso de todos é o WorldMate. No início disponível apenas para Palm OS, hoje há versões para todas as outras plataformas, inclusive BlackBerry. Além de previsão do tempo, ele fornece uma série de outras informações úteis para viajantes, como situação de aeroportos, hora mundial, conversor de moedas, entre outros.

Estas são apenas algumas soluções. Há dezenas pela web, para inúmeras plataformas. Peça ajuda ao Google, ele é seu amigo.

Dicas

Na hora em que você for escolher o seu aplicativo, é preciso ficar de olho em algumas coisas:

1 - Tempo de atualização: alguns programas vêm pré-configurados para atualizar os dados sozinhos, de tempo em tempo. Se você não quer levar sustos com gastos de conexão em seu smartphone, desabilite essa função e atualize manualmente, conectando-se apenas quando você quiser.

2 - Tela Today: O Weather Watcher não funciona na tela Today, mas como um programa à parte. Isso economiza recursos de sua máquina, e até que faz sentido, afinal você consulta a previsão do tempo no máximo uma vez por dia. Não é preciso tê-lo o tempo todo na tela Today, embora eu admita que esteticamente fica bem simpatiquinho. O melhor é que o programa é gratuito!

3 - Atualização por sincronismo: se você tem PDA não-smartphone, ou não está a fim de gastar nada em dados no seu smartphone, prefira programas que dêem a opção de atualização via sincronismo com o desktop.

4 - Diretórios de cidades: alguns programas oferecem a previsão de tempo apenas para uma lista pré-selecionada de cidades. Se você mora em Itapejara D'Oeste, são grandes as chances de sua cidade não estar lá. Nesse caso, prefira programas que permitem adicionar cidades configurando latitude e longitude.

5 - Se você não está a fim de instalar nada e deseja apenas fazer consultas eventuais, adicione o Weather Channel Mobile nos seus bookmarks: http://www.weather.com - funciona maravilhosamente bem em qualquer browser de dispositivos móveis, basta saber o CEP (ZIP code) da região a ser verificada.

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 11:02 AM | Comentários (2) | Citações

Freewares para todas as plataformas

Acho que esse é um dos pedidos mais freqüentes que recebo de leitores: diretórios de softwares gratuitos para PDAs e smartphones. Pois bem, aí vai minha listinha de favoritos, para todas as plataformas!

Aplicativos freeware para Palm: http://www.freewarepalm.com/

Aplicativos freeware para Windows Mobile: http://www.pocketpcfreeware.com/

Aplicativos freeware para Windows Mobile for Smartphone (MotoQ e congêneres): http://www.smartphone-freeware.com/

Aplicativos freeware para Symbian: http://www.symbian-freeware.com/

Pesquise preços de: PDAs smartphones

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 10:28 AM | Comentários (4) | Citações

dezembro 01, 2006

Verichat é descontinuado

Aos fãs do comunicador instantâneo Verichat, uma notícia triste. A PDAapps, adquirida pela Intellisync, que agora pertence à Nokia, descontinuou o produto.

Fui usuária do VeriChat por muito tempo enquanto usuária de Palm OS, e sempre o achei o melhor comunicador instantâneo para essa plataforma. Aliás, foi através desse aplicativo que ensaiei os primeiros passos na comunicação sem fio, conectando meu m505 ao celular, na época ainda TDMA da TIM (um V60, por cabo, e depois um 3320, por infravermelho) Há outras opções, como o IM+, Chatopus e Mundu. Já havia testado todas essas algum tempo atrás mas nenhuma era tão boa quanto o Verichat.

Para quem usa Windows Mobile, a melhor opção continua sendo o Agile. Há algum tempo esse passou a ser pago, mas continuo usando a versão gratuita livremente. Há versões para Symbian também. Infelizmente a versão para Palm OS não recebe atualizações há anos. Nem sei se ainda funciona.

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 10:00 AM | Comentários (6) | Citações

novembro 27, 2006

Promoção WebIS - 30% de desconto

O que é legal nessas premiações de "softwares do ano" é que a gente acaba conhecendo muitos indicados que talvez jamais tenhamos ouvido falar antes. E se ficou entre os finalistas, a gente conclui que são invariavelmente aplicativos bons.

Na premiação da "Pocket PC Magazine", que engloba o universo Windows Mobile, vi muitos softwares excelentes que já conhecia. Mas também tomei contato com aplicativos inéditos. Sugiro que vocês acompanhem aqui os finalistas e vencedores.

Se você é fã da WebIS, desenvolvedora dos excelentes Pocket Informant e FlexMail, campeões por 3 anos consecutivos em suas categorias, uma boa notícia: entrei em contato com eles pedindo um desconto para os leitores do meu site e eles forneceram um link de uma promoção que dá 30% na compra de qualquer software deles, até dia 26. Cliquem aqui e aproveitem!

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 05:33 PM | Comentários (3) | Citações

novembro 20, 2006

Leitor de RSS gratuito para Windows Mobile

Se você tem um PDA ou smartphone com Windows Mobile, deseja um agregador de feeds poderoso mas gratuito, a dica é o Hubdog. Disponível nas versões Windows Mobile (para PDAs e PDAphones com tela sensível ao toque) e Windows Mobile for smartphones (para aparelhos sem touchscreen, como o Moto Q), ele é bem completo, embora às vezes a interface pareça um pouco confusa. Ele até suporta e executa podcasts!

Clique nos links para saber mais sobre leitores de RSS para Symbian ou Palm.

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 12:26 PM | Comentários (4) | Citações

Eu odeio o Adobe Reader

Eu odeio PDF. Eu odeio o Adobe Reader. E o pior é ser obrigado a ter essa inhaca no desktop só para poder visualizar arquivos nesse formato. Acho o Adobe Reader ruim, fraco e pesado demais por tão pouco. Há versões para Palm, Windows Mobile e Symbian também. Todas igualmente ruins.

Por essas e outras eu não abro mão do RepliGo. Uso há anos, desde meus primeiros Palms. Além dos visualizadores gratuitos para Windows, Windows Mobile, Palm e Symbian, recentemente saiu para BlackBerry. Só o conversor do desktop (que funciona como uma impressora virtual) é pago. O RepliGo tem busca, bookmarnks, marca-texto, comentários, hiperlinks, vários modos de visualização e gráficos de alta qualidade. Ele preserva integralmente documentos, páginas da web ou qualquer outra coisa.

Pena que parou na versão 2.0 há um tempão. Espero não morra.

E para vocês verem como sou fã antiga dele, vejam isso, isso e isso.

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 08:04 AM | Comentários (17) | Citações

novembro 15, 2006

Lua-de-mel com o HanDBase

Nem acredito que encontrei um gerenciador de banco de dados para meu Pocket PC tão simples, intuitivo e eficiente como o HanDBase. Em apenas 4 dias testando o programa na versão demo, já criei databases completos para gerenciar meus prontuários de pacientes de clínica e domiciliares.

Ele é MUITO parecido com o SmartList To Go. Porém, com algumas vantagens em cima do aplicativo da Dataviz. Há versões do HanDBase para Palm OS, Windows Mobile, WM para smatphones e Symbian s60. Mas os programas de dados, em formato PDB, podem ser lidos em qualquer plataforma. Isso significa que posso mandar meus bancos de dados por infravermelho, bluetooth ou e-mail para Palms ou aparelhos Symbian, que os visualizarão e editarão numa boa. O SmartList só funcionava com Palm OS. É o fim do drama da compatibilidade de plataformas!

O conduíte é rápido e eficaz. Dá para genrenciar os bancos de dados tanto no PDA quanto no PC. Pena que para personalizar o Forms View é preciso registrar o aplicativo antes. Se a lua-de-mel continuar nesse ritmo, registrarei o programa sem titubear.

Em breve, conforme já prometi, postarei reviews e tutoriais sobre gerenciamento de pacientes e clientes em PDAs.

Enquanto isso, alguém aí quer comprar o meu registro do SmartList To Go? :)

Pesquise preços de: PDAs Palms acessórios para Palm

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 12:23 PM | Comentários (13) | Citações

novembro 14, 2006

VoEDGE

A pergunta que eu mais tenho recebido nas últimas semanas, seja por comentários ou e-mails, é: afinal, dá ou não dá para usar VoIP com conexão EDGE? Dá sim, e confesso que estou absolutamente viciada! No último Podsemfio esclareci de vez essa questão, fazendo uma demonstração prática com o notebook conectado ao meu smartphone e usando o Skype.

A qualidade de áudio estava muito boa, deu para conversar sem atrasos ou interrupções. A gravação é que não está aquelas coisas, usei o PrettyMay mas não gostei. Falando nisso, agurado sugestões de bons softwares para Windows que gravem conversas por VoIP.

Eu tenho pego conexões que variam de 170 a 190 kbps, em média. Mas depende. Tem dias que pego 120 kbps. A verdade é que até agora não peguei nada abaixo de 100 kbps. Isso me animou muito a usar aplicativos no PDA que até então só usava via wi-fi, principalmente streaming de rádio via Resco Radio.

Durante a conversa com o Cobra via "VoEDGE", nós nos animamos tanto com a boa qualidade que resolvemos fazer umas loucurinhas - do tipo usar a webcam ou transferir arquivos. E obviamente demos com os burros n'água - no vídeo o atraso era tão grande que o Cobra parecia um fantasma pixelizado. E na transferência de arquivos, a velocidade não passava de 247 B/s... Pudera, aí já é querer tirar leite de pedra, não?

O importante é que dá para usar VoIP com EDGE sim, e a qualidade é legal. Mais detalhes sobre "VoEDGE" no Podsemfio n.18.

*Feed para receber o Podsemfio: http://feeds.feedburner.com/podsemfio
*Feed para a versão low do Podsemfio, com menor qualidade porém mais compatível com dispositivos móveis ou conexão discada: http://feeds.feedburner.com/podsemfio-low

No próximo podcast falarei de dois aparelhos que estão "bombando": o Nokia E62 e o Moto Q. Se você tem um deles e quer mandar sua participação, deixe seu áudio na secretária eletrônica do meu Skype, o nome de usuária é biakunze. Também dá para mandar recados de voz pelo Gtalk, onde meu user também é biakunze.

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Celular às 12:11 PM | Comentários (7) | Citações

outubro 17, 2006

Personalizando o Skype móvel

O Skype é certamente um software presente em 100% dos Pocket PCs com wi-fi. O mais bacana é que seu desenvolvimento não pára, exatamente como o da versão em desktop. Sem dúvida é o software mais admirado por quem curte VoIP e mobilidade. E pelo meu entusiasmo, dá para notar que sou uma admiradora, não?

A versão 2.1 do Skype saiu do beta, que já apresentava ótimas novidades. Agora, mudei algumas coisinhas no modo de gerenciar o aplicativo quando estou no PC ou no PDA.

As melhorias da v2.1 são: plug-in na tela Today para acesso mais rápido, visão mais completa dos contatos (com foto e a tal frase de "humor do dia"), conversa em texto em grupos e até a possibilidade de atualizar seu perfil on-the-go, usando a câmera do próprio aparelho para atualizar sua foto.

Perfil exclusivo para o Skype móvel

Eu vinha enfrentando um problema complicado no meu Skype. Como minha lista de contatos é enorme, levava um tempão para carregar. De modo geral, sempre tenho entre 20 e 30 pessoas online, e muitas estão mandando sempre mensagens de texto a todo instante. E claro, quanto mais se usa, mais banda e processamento o software consome.

Agora, a possibilidade das pessoas verem que estou no meu dispositivo móvel com certeza fará com que o uso seja mais ponderado e racional, evitando mensagens não urgentes. Para tal, configurei um texto e uma imagem específica (Bia em versão South Park, hehehe) para indicarem que estou on-the-go.

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 03:34 PM | Comentários (15) | Citações

outubro 09, 2006

Vídeos do YouTube no iPod e no PDA

Já comentei aqui como fazer para assistir vídeos do YouTube no seu Pocket PC, por streaming. Mas percebo que o que as pessoas querem mesmo é salvar os vídeos desse popularíssimo serviço em suas máquinas, antes que sejam retirados do site. Ou antes de que o próprio site vá à falência, como costuma-se especular ultimamente...

Para quem usa plataforma Mac, o aplicativo PodTube permite que o iTunes capture vídeos do serviço online e os salve em sua biblioteca, permitindo que sejam posteriormente transferidos para o iPod. No ambiente Windows, quem faz isso é o iTube. Os vídeos podem ser vistos tanto no iTunes quanto no iPod.

Para quem quer simplesmente baixar os vídeos no seu computador, o aplicativo de escolha é o vDownloader, que funciona não só com o YouTube mas também outros serviços de vídeo online, como o do Google. Dá para salvar nos formatos AVI, MPEG ou PSP, escolhendo-se a resolução e o bitrate, e depois assistir em qualquer player compatível com esses formatos. O resultado final permite visualização posterior em Palms e Pocket PCs, através do player TCPMP. Para ganhar agilidade, o melhor é usar um leitor de cartões e jogar os arquivos direto no cartão de memória do seu PDA ou smartphone. Transferências por HotSync ou ActiveSync para esse tipo de conteúdo são penosas.

Quem usa o Windows Media Player e tem smartphone ou PDA com Windows Mobile pode organizar uma biblioteca e usar a opção de sincronismo, nativa no próprio programa. É bastante prática para quem tem muito conteúdo de mídia para transportar.

Se você tem uma pancada de vídeos dos mais diversos formatos e gostaria de converter para quaisquer outros formatos, recomendo que usem o Media Convert. Essa utilíssima dica ouvi no podcast dos rapazes do PapoTech.

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Mac Sem Fio às 01:26 PM | Comentários (12) | Citações

setembro 25, 2006

Spammers acima de qualquer suspeita

Nessa época de campanha eleitoral todo mundo deve estar recebendo um ou outro spam de candidatos por aí. E você certamente fica com a pulga atrás da orelha: "como esse cão conseguiu meu e-mail para mandar lixo, já que não divulgo meu e-mail na internet?"

Nesse post ensino como "caçar" os safados que vendem seus dados pessoais por aí. Mas prepare-se... você vai levar um tremendo susto ao constatar que instituições "acima de qualquer suspeita" também vendem seus dados pessoais para spammers.

Pois bem, acabei de matar a charada. Recebi um spam de um candidato a deputado através de um e-mail que uso somente para o Conselho Regional de Odontologia do Paraná. Pensando bem, não foi lá uma "grande" surpresa: na época das eleições do próprio CRO, recebi inúmeras mensagens de ambas as chapas concorrentes, não só fazendo propaganda como também mandando baixarias a respeito do adversário.

Mesmo assim, que "ótima" notícia para uma segunda-feira, descobrir que a entidade máxima que regulamenta o exercício da minha profissão vende meus dados pessoais, não?

Engraçado que, depois de eleito, ninguém gosta de divulgar por aí seus feitos e realizações. O CRO-PR é o pior exemplo. Tudo é feito às escusas. Só publicam uma revista que não faz nada além de propaganda e "feitos" do próprio Conselho, como jantares e condecorações a seus ilustríssimos diretores. Nunca mandaram e-mails aos profissionais - pelo menos não para mim - para mandar boletins, balancetes, comunicados e notícias inerentes a projetos de lei ligados à Odontologia. Pra que e-mail, então? Para criar listas de associados e vendê-las, claro...

Se você tem alguma profissão regulamentada por lei e regida por Conselhos Federais ou Regionais, vá fundo e investigue se os seus dados pessoais não são vendidos também...

Como rastrear a origem do spam

Eu tenho domínio e servidor próprio, tudo fica mais fácil. Configuro um "catch-all" numa determinada conta que só uso para tal fim. Toda vez que preciso fornecer um email para uma organização ou empresa qualquer, faço assim:

receitafederal@dominio.com.br, cro@dominio.com.br, editoraabril@dominio.com.br

Se você tem uma conta do Gmail, sabia que pode fazer isso também? Crie "apelidos" e use-os quando precisar divulgar seu e-mail num formulário de uma empresa ou instituição qualquer, usando o símbolo "+". Tudo o que vier depois do sinal funcionará como uma tag. Por exemplo: se o seu email é mariazinha@gmail.com, pode criar "variações" atreladas à sua conta principal, por exemplo:

mariazinha+receitafederal@gmail.com, mariazinha+submarino@gmail.com, mariazinha+editoraabril@gmail.com

Assim fica fácil você saber em que "mãos" seus dados pessoais circulam.

Infelizmente não dá para impedir a chegada de spam, mas com certeza já ajuda bastante saber o responsável pelo vazamento da sua privacidade.

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 02:40 PM | Comentários (6) | Citações

setembro 14, 2006

Google Livros

Dá para acreditar? Hoje tirei o dia para fazer algumas coisas fora da clínica e inevitavelmente peguei algumas filas. Nesse momento, estou na fila do supermercado relendo O Pequeno Príncipe no meu PDA. Devo ter lido esse livro quando tinha uns 7 ou 8 anos. Não, não virei miss... foi um professor da faculdade que pediu. Nada como uma leitura oportunista na sala de espera do médico ou na fila do supermercado. Comigo não existe momento chato e estressante...

Falando em livros, tem muita coisa boa no Google Livros. Ontem fiquei algumas horas caçando coisas por lá. Praticamente tudo que hoje é de domínio público pode ser achado. Aproveitem!

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em Web às 03:25 PM | Comentários (2) | Citações

setembro 06, 2006

Dica: FlexMail 2007

Peço milhões de desculpas às pessoas com quem estou com a correspondência eletrônica atrasada, mas minha semana foi punk, tudo está relativamente em ordem agora. O probleminha com meu gerenciador de e-mails também já foi resolvido. O FlexMail 2007 saiu do beta, já instalei a versão final. O aplicativo está EXCELENTE.

Além de estar bem mais leve e ágil, agora é possível sincronizar com o servidor os indicativos de respostas, encaminhamentos e flags - conforme eu já havia dito aqui. Tive que pagar o upgrade, pois minha licença já tinha quase dois anos. Mesmo assim, o fiz com MUITO gosto.

Minha pasta de dúvidas de leitores está atolada de mensagens não respondidas das últimas semanas. Peço um pouquinho de paciência que a partir dessa semana coloco tudo em dia. Como eu fiquei no Messaging nativo nesse meio tempo, e ele não suporta sincronismo de status das mensagens, talvez eu responda de volta algumas mensagens que já tenha respondido. Não se assustem, eu não fiquei gagá, ok?

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em PDA às 04:52 PM | Comentários (3) | Citações

agosto 12, 2006

Não gaste R$ 6000 no litro de tinta de impressora

Um litro de tinta de impressora custa R$ 6000. Depois que a ficha caiu, eu não me revoltei, simplesmente. Eu me alarmei! Muita gente que quebra vidros de carros para roubar aparelhos de som vai se tocar que está perdendo dinheiro. O negócio é arrombar escritórios e roubar cartuchos de tinta!

Brincadeiras à parte, fico estupefata de constatar que, em plena era da documentação eletrônica, muita gente se sente dependente ainda do papel e dos cartuchos. Minha mãe até hoje imprime artigos da internet para ler depois, e os faz como as crianças do século passado faziam com suas pastinhas de recortes.

Felizmente hoje há maneiras de não desperdiçar nosso dimdim com esse líquido tão precioso.

Eu só uso minha impressora quando realmente preciso. Ou melhor, quando sou exigida. Hoje, é apenas para os receituários dos pacientes, que ainda precisam de um papel em mãos para se dirigirem à farmácia. Fora isso, nem para a faculdade. Na UnicenP a maioria dos meus professores tem uma mentalidade totalmente compatível com o mundo digital. Se algum trabalho meu tiver que ir para o papel, os alunos mandam imprimir dos próprios laboratórios para a Central de Impressão. Que só usa impressoras a laser. Pudera, o que se podia esperar do Grupo Positivo?

E você? Gasta racionalmente sua tinta? O que você faz quando paga uma conta ou fatura via internet banking? Imprime o comprovante e grampeia na conta? Fala sério!

Ano passado comentei aqui no site que há maneiras de guardar seus recibos, documentos e páginas da web num formato universal, que funciona em PDAs e celulares, que não gera perda na formatação, usando o RepliGo. O único problema é compartilhar os arquivos, já que tudo fica no formato RGO. Mas isso também é possível usando o formato PDF. Há vários programinhas gratuitos por aí, que criam uma impressora virtual e "imprimem" tudo o que você quiser em arquivos PDF. Excelente.

Assim, converto todos os meus comprovantes, recibos, demonstrativos de pagamentos e tabelas de referência em PDF. Mas textos e páginas da web, colunas de jornais, artigos científicos... ainda prefiro o RepliGo, que uso desde 2002. Ele funciona bem mais redondinho em PDAs e smartphones para esse fim. Leio meus artigos com conforto visual, posso adicionar anotações, bookmarks e até sublinhar trechos com marca-texto.

P.S.: Aproveitando a deixa... ok, já falei isso aqui milhares de vezes, mas... o Reader da Sony tá demorando MUITO! Não agüento de expectativa...

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 02:52 PM | Comentários (22)

junho 12, 2006

Embarcando a família na onda VoIP

Você já está mais do que familiarizado com as maravilhas da tecnologia VoIP, mas sua conta de telefone não diminui? Talvez esteja na hora de colocar a família toda na onda, inclusive a vó Maria, que acha que "computador é coisa de retardado".

Chegou a hora de fazer um tutorial "VoIP para a família", inclusive selecionando os IPphones mais newbie-friendly (que neologismo heim?) do mercado.

Existem vários 'Skypefones' chegando agora às lojas. Mas obviamente eles precisam de uma rede para funcionar. Há duas opções:

1. Plugando o aparelho na USB do computador (que deve estar ligado, claro)
2. Usando uma rede wi-fi

Aparelhos que usam rede wi-fi são bem mais práticos pela liberdade que proporcionam. Mas existem uns similares a telefones sem fio. Ainda que precisem ser plugados ao computador, pelo menos se tem mais liberdade de movimento.

Há uma série de 'IPphones' à venda hoje, cada vez mais parecidos com telefones convencionais. Mas para que sua tia pare de fazer DDD pra falar com o neto do Tocantins, é preciso que esse aparelho seja o mais independente possível do desktop. Ou mesmo livre de configurações chatas. Enfim, que tenha cara de "telefone normal", senão ela desiste.

* Solução econômica - Hoje você encontra diversos IPphones básicos nas principais lojas de informática do país. Estão com preço bastante acessível, a partir de R$ 160, mas têm a desvantagem de não proporcionar mobilidade. Ele fica atrelado ao PC pela USB. Mas já ajudam bastante, quando você recebe uma chamada não precisa sair correndo em busca de fones, microfones e mexer no PC para atender. Basta o toque de um botão.

* Jeitão de telefone sem fio - Aparelhos como o CIT200 (foto acima) também se ligam à USB do computador, mas com uma vantagem: funcionam como telefones sem fio. Assim, você só pluga a base para recarga na tomada e o receptor USB no PC. O aparelho poderá circular pela casa à vontade. Hoje considero essa a melhor solução custo-benefício para quem quer um IPphone e "adestrar" a família para usá-lo, sem complicações. Leia aqui um review completo do CIT200.

* Wifi-fone com cara de celular - Recentemente inseridos no mercado, os IPphones que funcionam por wi-fi ainda estão caros, mas podem ser um belo investimento e não será preciso trocar de aparelho tão cedo. Use a rede wi-fi que você tem em casa ou no escritório e esqueça o PC. O modelo SPH101, da Netgear, até jeitão de celular tem, com um design nota 10 e telas coloridas totalmente Skype-friendly. Um mimo.

* Híbridos num futuro próximo - A Brasil Telecom é uma operadora que já avisou que vai disponibilizar esses equipamentos. Eles funcionam como um celular comum, habilitado pela sua operadora. Quando você encontra um access point wi-fi, você se loga na rede e pode receber e fazer chamadas pela tecnologia VoIP. Esses sim prometem!

Sinto muito, pessoal, mas agora vou bancar a metida: quem tem um "Pocket PC Phone" não precisa esperar. Já pode fazer isso tranquilamente, basta instalar o programinha Skype para Windows Mobile e aproveitar! Dá para andar pela casa com ele no bolso ou andar nas ruas, por aí, aproveitando a oportunidade quando se encontram hotspots...


postado via gprs

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 03:52 PM | Comentários (9)

março 24, 2006

Receita Federal vende dados pessoais

O publicitário paulista Ailton Tenório da Silva estava com a pulga atrás da orelha querendo saber como recebia tanta propaganda indesejada em seu e-mail e em casa.

Em 2003 teve uma idéia. Adicionou letras ao final de seu endereço físico e criou endereços específicos de correio eletrônico para cada cadastro que fazia. Inclusive na declaração de Imposto de Renda.

Até que... surpresa! Ele passou a receber spams variados na sua conta de e-mail fornecida somente à Receita Federal. E, um belo dia, ele recebeu no endereço fornecido também exclusivamente à Receita (o nome de sua rua acrescentando as letras B, I e R no final) uma correspondência oferecendo cartão de crédito.

História completa aqui.

Eu faço isso também. Cada vez que tenho que botar meu e-mail em algum formulário num site qualquer (de procedência séria ou não), coloco o meu email como nomedosite arroba odontopalm.com.br. A do endereço físico não conhecia, mas vou adotar.

Já peguei muita gente de "alta reputação" por conta desse truque no email. Mas juro que nunca imaginei que até a Receita Federal fizesse isso, e foi o que me deixou estarrecida. Isso em tese deveria ser punido. Mas por quem?

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em Web às 05:14 PM | Comentários (13)

março 23, 2006

Podcasts móveis

Foi lançada pela empresa VoiceAtom a solução Audiobay para podcasters móveis, usuários de Pocket PCs. Por U$ 25, adquire-se uma solução completa com gravador, publicador, gerador de rss e hospedagem por 12 meses.

No meu modo de vista, é uma solução estilo "podcast for dummies". Pensando bem, dummies mal sabem o que é podcast, fazer então, está fora de cogitação... Já os não-dummies preferem montar seus sites e criam seus próprios rss. Ou aprendem na marra. Para gravar e subir o podcast, usam-se aplicativos de gravação e ftp gratuitos. Mas enfim, fica a dica para quem quiser experimentar.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 03:13 PM

março 18, 2006

Dica: Mobilicio.us

O Del.icio.us, um serviço online de catálogo e compartilhamento de bookmarks, é bem popular hoje na internet.

A novidade agora é o Mobilicio.us, serviço já no ar há alguns dias, que torna o acesso aos seus bookmarks do Del.icio.us viável nas telinhas diminutas e de PDAs e celulares.

Como eu andava carente de conexão, só consegui testá-lo agora.

postado via PDAphone

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 09:56 AM | Comentários (7)

março 13, 2006

Dica: gadgets na educação

O notebook de U$ 100 do MIT já é realidade. O pai do laptop popular, Nicholas Negroponte, afirma que o presidente Lula já acertou para ano que vem a distribuição de 1 milhão desses computadores portáteis para escolas públicas. Lula, por sua vez, manifestou desejo de vê-lo produzido aqui.

Em tempos onde nunca se falou tanto em gadgets na educação, fica uma dica interessantíssima de leitura e referência no tema: o blog Teaching with gadgets, feito por um professor que relata suas experiências em mobilidade, apostando em PDAs e Tablets nas salas de aula. Vale a pena conferir!

postado via PDAphone

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 10:09 PM | Comentários (6)

março 12, 2006

Dica: Salling Clicker

Que tal ouvir suas músicas do PC ou Mac no seu PDA, smartphone ou celular, via bluetooth ou wi-fi? O aplicativo Salling Clicker transforma seu portátil numa jukebox móvel.

Usei por um tempinho como teste, mas tornou-se inútil quando adquiri o iPod. Eu o usava basicamente para ouvir músicas, mas vale ressaltar que esse programinha espetacular funciona com uma variedade imensa de mídias. Roda em conjunto não só com o iTunes (foto acima), mas também com WMP, BSPlayer e até MS PowerPoint. Exato, dá para fazer apresentações remotas com ele!

O Salling Clicket é shareware e funciona com uma grande variedade de portáteis. Vale a pena experimentar!

postado via laptop

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 07:13 PM | Comentários (6)