maio 14, 2008

A stylus vai morrer?

O programa leitor de RSS para Palm OS mRSS chegou à versão 5.0 cheio de novidades, na semana passada. Visual completamente novo e interface aprimorada para o uso dos dedos. Sim, essa é realmente uma nova tendência entre os desenvolvedores: interface "finger-friendly". Isso vale tanto em Palms como em Windows Mobile.

Repararam como todos os aplicativos clássicos de empresas como Resco e WebIS, há anos no mercado, agora seguem essa mesma linha? Menos informação na tela, botões maiores e rolagem com o dedo?

Eu sempre dispensei teclados físicos em meus dispositivos e tentava usá-los com uma mão só, mesmo antes do HTC Touch. Aliás, com o Touch, desempenho a maioria das minhas funções do dia-a-dia sem stylus, inclusive a entrada de dados. Só quando sento com calma uso a canetinha, quase sempre para responder emails. Ou então na cama, aos domingos antes de deitar, quando faço meu brainstorm da semana. E mesmo assim, nem é a canetinha do Touch... é a minha fiel Zoot, que por questões de ergonomia e empunhadura, gosto mais de usar. A stylus do Touch só uso para reset...

Tio Istive falou mal das stylus no lançamento do iPhone. Até entendo. As canetinhas são uma herança da época de ouro dos PDAs não conectados. Para telefonia e navegação básica, usar as duas mãos não é nada prático. Será que a Stylus está condenada à morte?

Pesquise preços de: HTC TyTN II, canetas Zoot, HTC Touch

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em PDA às 01:43 PM | Comentários (56)

janeiro 24, 2008

Dicas: Office Mobile 6.1, OneNote Mobile e Outlook OEM

Quando comecei a usar o Office 2007, a primeira coisa que me perguntei ao ver os novos formatos docx e xlsx foi: que diabos eu vou fazer com esses arquivos que ninguém que eu conheço poderá ler? A única vantagem vantagem prática que vi, pelo menos para o meu caso, é que os arquivos gerados no novo formato são mais leves. Mesmo assim continuei salvando tudo no bom e velho formato 97-2003.

Então saiu o Office Mobile 6.1 para Windows Mobile Professional, suportando os novos formatos, e decidi arriscar o upgrade - pensando justamente nos documentos sincronizados e alterados várias vezes ao longo do dia. São meus artigos, minha planilha de despesas pessoais e o livro-caixa do meu consultório. As planilhas, em especial, estão separadas em sheets mensais, então, é natural que elas aumentem de tamanho conforme o ano passa. A de despesas pessoais fechou dezembro de 2007 com pouco mais de 600 KB.

Para quem acha que a diferença é pouca, percebi que os documentos no novo formato são 40% menores. Há uma maior agilidade também na abertura e fechamento dos arquivos no PDAphone. Foi aí que finalmente achei uma utilidade real na coisa!

Para quem mexe muito com Office e tem um dispositivo móvel com pouca memória e um processador mais lento, o upgrade para o Office Mobile 6.1 é uma boa opção! Ele está disponível na seção de downloads do site da Microsoft, subseção Windows Mobile. O download, que vale para quem tem Windows Mobile 5 ou 6, é grande, mas dá para salvar no cartão de memória, felizmente.

OneNote Mobile

Outra dica legal: se o Office do seu PC tem o OneNote, como o "Home and Student" (a versão mais vendida no Brasil), saiba que ele vem com o OneNote Mobile junto. Ao abrir o OneNote, vá em Ferramentas, Opções, OneNote Mobile. O programa pedirá para instalar o OneNote Mobile em seu dispositivo móvel, caso você tenha o ActiveSync instalado. Vá em frente e faça um teste, sincronizando notas criadas no PDA com notas criadas no desktop, e vice-versa. Depois mande para mim por email. Se você já é usuário do aplicativo, conte-me sua experiência. Em breve publicarei um review no Profissionais Móveis e mostrarei como a solução é uma mão na roda para diversos tipos de profissionais e estudantes.

Outlook OEM

Uma quantidade enorme de usuários de Windows Mobile me escreve periodicamente reclamando que não conseguem registrar o Outlook do CD que acompanha os smartphones dessa plataforma. A chave de registro vale por um período limitado e, depois disso, ao procurar a Microsoft, o usuário é orientado a comprar um pacote Office que contenha o Outlook. Ou contratar um serviço Exchange para sincronismo remoto.

O problema é recente: até 2006, o Outlook que os usuários recebiam era a versão definitiva.

Obviamente os usuários ficam irritados com a orientação da Microsoft, pois querem apenas registrar o Outlook - sem ele, sua agenda, contatos e tarefas simplesmente não sincronizam. E no fim, acabam ouvindo que precisam engolir todo um pacote Office junto. Isso caracteriza venda casada!

Nos EUA, é possível fazer o registro do Outlook sozinho, por cerca de U$ 100. Por que não disponibilizar no Brasil o registro do Outlook OEM também, já que o pessoal daqui muitas vezes acaba apelando para o piratão?

Por enquanto isso não é possível, mas semana passada conversei com o pessoal da Microsoft e passei a reinvidicação para eles. É um novo perfil de usuário que eles realmente não tinham se dado conta que existia. Eles prometeram uma resposta para breve. Assim que eu a tiver, aviso aqui mesmo no blog.

Pesquise preços de: Microsoft Office, Microsoft OneNote, Microsoft Outlook

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 02:27 PM | Comentários (23) | Citações

maio 18, 2007

Constatações

Após anos convivendo com usuários de PDAs e smartphones, além de interagindo com eles através da enxurrada de emails com dúvidas que recebo diariamente, cheguei a uma constatação que muitos de vocês, que lêem o blog, irão se assustar: 90% desses usuários não instalam nenhum software em seu aparelho.

É isso mesmo. Mesmo em Symbians e Pocket PCs (os de Palm têm uma tendência à sair à caça, e a primeira coisa que buscam é um tal controle remoto, hehehe), e mesmo sabendo que há a possibilidade de instalar aplicativos em seus aparelhos, a esmagadora maioria não o faz. Posso levar horas aqui mastigando para compreender os motivos, mas os principais são comodismo e pura falta de necessidade. Esse pessoal todo faz uma boa pesquisa antes, e depois, não quer mais se incomodar.

É por isso que, nos reviews dos aparelhos que tenho recebido estou priorizando a qualidade do sistema e das aplicações nativas. Por mais que se tenha sempre um ProfiMail à disposíção, se o futuro usuário de Symbian quer um smartphone bom para ler e-mails, é a partir desse desejo que a escolha será feita, recaindo, assim, a opção por Nokias da série E.

Estou com alguns aparelhos "na fila" para subir os reviews: os Nokias N73 e E61 (que já foram extensamente falados aqui, portanto, serei atenta mais à detalhes ainda não comentados) e um aparelho não-smartphone, o Samsung D900, que é ótimo para diversão. Subirei tudo até esse fim-de-semana.

Muita gente me escreve sentindo falta desse tipo de aparelho também, e prometo de agora em diante falar mais deles. Em breve falarei também da linha Walkman da Sony Ericsson, tão logo cheguem os aparelhos.

Quanto ao podcast, coloquei o número 40 do Podsemfio como o vídeo da TV Record, em avi (25,1 MB, 6'37"). Baixem-no aqui ou diretamente pelo feeds RSS, para quem assina. É a solicitação de algumas pessoas que não conseguem acessar o YouTube. O número 41 é a edição normal em áudio do programa, já está pronta também e subirei hoje à tarde. Ah, HOJE ainda falarei do RAZR 2 e dos novos MotoQ. Obrigada a todos que mandaram dezenas de links e perguntas de quando será que virão para o Brasil. Depois eu conto... aiaiai, EDGE à lenha é fogo... :)

Pesquise preços de: celulares acessórios para celular cabo de dados para celulares

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Celular às 09:30 AM | Comentários (39) | Citações

abril 10, 2007

Dell Axim: vale a pena comprar um PDA descontinuado?

A Dell encerrou sua linha Axim de PDAs mais ou menos do modo que a Sony encerrou seus Cliés: no auge, e deixando saudades. Apesar de não estarem mais à venda no site há um bom tempo, ele continua sendo um ótima aquisição para quem quiser entrar no mundo mobile hoje.

Mas vale a pena comprar um PDA descontinuado? Se for um excelente PDA, como os Axim, sem dúvida. O modelo mais recente, o x51 / x51v, continua bem cotado no mercado e toda semana me escreve alguém perguntando se eu sei de alguém que tenha algum à venda.

Três anos (!) depois de encerrada a linha Clié, os PDAs TH-55 e UX-50 continuam bem avaliados e procurados no mercado de usados. Avaliando friamente, ambos são superiores ao "atualizadíssimos" modelos mais recentes da Palm, como o TX ou o LifeDrive. No caso do x51v, o que dizer de um PDA com dois solts, bluetooth, wi-fi, processador de 620 MHz e tela VGA? A quem me perguntar se vale a pena a compra, continuarei dizendo que sim. Só verifique o dono, a procedência. Na compra de um PDA usado, valem os mesmos cuidados que você teria na compra de um carro usado.

Pesquise preços de: acessórios para PDAs Dell Axim acessórios para HP iPAQ PDAs Windows Mobile / Pocket PC

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em PDA às 04:41 PM | Comentários (28) | Citações

fevereiro 27, 2007

Mostra-me tua tela Today e eu direi quem és

No post em que achincalhei o Datebk5, falei que, em termos de interface, a caracterísitca mais marcante da plataforma Palm OS é a "limpeza" visual. Eu sou uma admiradora de interfaces cleans e bonitas, e a tela Today é a alma de qualquer PDA ou smartphone, não importa a plataforma. Felizmente essas telas Today são totalmente configuráveis e personalizáveis a ponto de mostrar um pouco da personalidade do dono, desde a disposição das informações, a natureza dos plug-ins, até o wallpaper.

Vejam alguns exemplos, caçados aleatoriamente no Flickr:

O mais importante é a harmonia.

Uma Today polúida e repleta de coisinhas "penduradas" imdiatamente nos remetem à imagem daquela pessoa que tem sua escrivaninha lotada de papéis e livros, além de material de escritório esparramado por toda sua superfície. Provavelmente seu desktop é um daqueles lotados de ícones na área de trabalho. Você pode até gostar, mas eu sinto arrepios. Procuro deixar na minha área de trabalho somente os atalhos das pastas e arquivos mais acessados. Ícones de arquivos, como textos e imagens, só os que estou trabalhando no momento.

O wallpaper, então, mostra muito do dono. Adolescentes em geral usam fotos de celebridades, com ou sem roupa. Nerds estampam o logotipo de seu sistema ou software favorito. Geeks "família" estampam fotos de seus rebentos. Meninas preferem tons de rosa com desenhos de personagens fofos. O problema de se usar fotos como wallpaper é que comprometem a visibilidade das informações na tela. Assim, prefiro planos de fundo mais estilizados e com cor relativamente homogênea.

Além de ser a janela do SO para o mundo, a tela Today tem como função primordial fazer com que o usuário tenha concentradas, numa tela só, as informações mais cruciais de gerenciamento de sua vida pessoal, além do status do seu aparelho em termos de bateria, sinal de celular etc. Tais informações devem estar ordenadas de uma forma limpa, que possibilitem que uma olhadela rápida deixe o dono a par de tudo em dois segundos.

Vale lembrar que plug-ins muito pesados comprometem o desempenho do sistema, deixando o aparelho mais lerdo. Será que você realmente precisa da previsão do tempo dos próximos 5 dias na sua tela Today? Ou de um slideshow dos seus 345.698.093 feeds RSS? Ou da quantidade de espaço existente e restante em todos os tipos de memória do seu PDA, built-in, de programas, SD e CF? Ou de quantos contatos estão online no momento em seu instant messenger?

Um ou outro desses plug-ins até pode ter um grau de importância alto em sua rotina, dependendo de suas atividades profissionais... mas *todos*, com certeza não! Pense nisso, use o bom senso e ganhe uma interface mais bonita e um aparelho mais rápido, com menos travamentos!

Pesquise preços de: acessórios para PDAs Dell Axim smartphones Blackberry

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 03:22 PM | Comentários (29) | Citações

fevereiro 19, 2007

Quem oferece maior variedade de softwares?

No post anterior discutimos a ausência de aplicações para se instalar no A1200i, pois o sistema operacional foi "fechado" pela Motorola. Isso matou o smartphone, na minha opinião.

Mas qual é o sistema operacional para dispositivos móveis que oferece maior variedade de softwares, entre gratuitos e pagos?

Se você respondeu Palm OS...

Essa captura de tela foi feita dentro da loja virtual Handango, a maior em se tratando de softwares para dispositivos móveis. Hoje os fãs de Palm OS podem usar qualquer argumento para defender sua plataforma favorita, exceto que é o sistema com maior variedade de aplicativos.

Vale lembrar que quantidade não significa qualidade. Quando eu usava Palm achava o máximo a imensa gama de programinhas para instalar nele, mas me irritava o fato de haver 10 programas de agenda e só dois prestarem. O Windows Mobile está no mesmo caminho...

Meu primeiro Pocket PC foi comprado em 2004 e, já naquela época, consegui achar equivalentes para tudo que eu tinha no Palm, exceto o banco de dados, pois era "Smartlist-To-Go-Addict" de carteirinha. O vício passou e hoje sou "Handbase-Addict"... programa que, aliás, tem versões também para Palm e até para Symbian! Prometo preparar um post caprichdão falando dele, o povo está me cobrando faz tempo. Mas é que só agora eu consegui registrá-lo...

Outra coisa que nunca é demais falar aqui: não defendo nenhuma plataforma, e acho as guerrinhas Palm x PPC ridículas. Os WM-xiitas devem respeitar a escolha dos usuários de Palm OS, caso esses prefiram um sistema mais espartano e tradicional. Assim como os Palm-xiitas não devem criticar o WM por bobagens do tipo "Microsoft é do mal" ou por não gostarem do "Windows-way-of-life"... ainda mais quem nunca teve PPC.

E para provar que sou democrática, tenho opiniões bem formadas sobre cada um desses sistemas. HOJE o sistema que atende minhas reais necessidades é o Windows Mobile - e minhas necessidades reais são tela sensível ao toque, ambiente multitarefa, Skype e wi-fi.

Mas na minha humilde opinião, HOJE o melhor sistema para usuários finais é o robusto e estável Symbian (porque as pessoas preferem celulares com funções de PDA, e não PDAs com função de celular). E o sistema mais promissor, que terá um BOOM junto ao grande público leigo, graças à sua leveza, intuitividade, rapidez e simplicidade é o Windows Mobile for Smartphones.

Smartphones para mães e sogras

O smartphone que eu daria hoje para minha mãe seria um Samsung i321... logo mais subo o review dele! E para quem me pediu o review do Treo 680 com o "teste da mãe" - no caso, "teste da sogra", devidamente emprestada de um amigo - um aviso: preciso esperar a sogra-usuária chegar dos EUA, o que deve ocorrer no início de março. Vamos ver se ela topa gravar um podcast comigo.

Pesquise preços de: acessórios para Palm acessórios para Pocket PCs acessórios para Nokia e Symbian

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 05:56 PM | Comentários (23) | Citações

dezembro 29, 2006

Update para Dell Axim

Atenção usuários de PDAs Axim da Dell... saiu update para o sistema operacional do x50 e do x50v, prometendo corrigir diversos bugs que vinham irritando os usuários desde a disponibilização do WM5 para eles.

Quando saiu o WM5 para os Dells, pude acompanhar o resultado do upgrade num x50v. Leia aqui o review. Foi decepcionante: bugs, instabilidade, travamentos e muita, mas muita lentidão. Muita gente acabou optando pelo downgrade para o sistema operacional antigo.

Mas agora, com a ROM do WM5 melhorada, pode ser o momento dos Aximzeiros darem uma segunda chance ao sistema novo. Segundo os desenvolvedores, eis as melhorias aplicadas nessa atualização:

1. OS 5.1.195 (Build 14957.2.3.1)
2. Wireless roaming enhancement.
3. Improve CF memory card sometimes disappear.
4. CF modem driver improvement.
5. Microphone recording enhancement
6. ActiveSync connection improvement.

Mas atenção: o update só é válido para quem tem sistema operacional em inglês. E essa dica vale para quem tem qualquer modelo de PDA: muita gente me escreve falando da questão do idioma dos PDAs, e eu sempre recomendo que optem pelo inglês, na medida do possível. Muitas ROMs em outros idiomas jamais recebem qualquer tipo de atualização. Só recomendo em português se o usuário for 100% analfabeto no idioma, com dificuldades reais de uso.

Outra coisa: o upgrade só vale para quem já tem o WM5 no x50/x50v. Se o seu ainda tem o WM2003SE, faça primeiro o upgrade para a primeira ROM do WM5. Depois, atualize-o novamente com essa nova ROM.

Faça o download seguindo os links a seguir:

- Dell Axim X50 QVGA LE System Update for Windows Mobile Version 5.0
- Dell Axim X50 QVGA ME System Update for Windows Mobile Version 5.0
- Dell Axim X50v VGA System Update for Windows Mobile Version 5.0

Aguardo o feedback dos leitores usuários do x50/x50v. Espero que a melhora no desempenho seja substancial. O pessoal do fórum do Aximsite parece satisfeito.

Pesquise preços de: Dell Pocket PCs Acessórios para PDAs Dell Axim

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em PDA às 12:45 PM | Comentários (7) | Citações

outubro 10, 2006

Filmes no PDA (I)


Clique na imagem para ampliá-la

Há pouco falei sobre baixar vídeos do YouTube para ver no seu PDA ou iPod, agora continuarei explorando o assunto.

Vira e mexe eu comento por aqui que adoro curtir filmes e seriados na tela do meu PDA quando estou em trânsito. É uma excelente companhia em ônibus, avião ou momentos de tédio em geral. Sempre recebo e-mails perguntando qual solução uso, então resolvi escrever a respeito.

O software que uso é o Pocket DVD Studio. Ele converte DVDs e filmes DivX e AVI em geral para um formato mais leve e compatível com o seu portátil. E aí, entra praticamente *qualquer* portátil: Palm, Pocket PCs, iPod e até PSP e até celulares, que costumam rodar o formato 3GP.

Não é preciso ser nenhum expert para fazer a conversão. Você abre o arquivo, seleciona o formato desejado na telinha do PDA, resolução, qualidade de áudio e tamanho do arquivo final. Manda o programa reproduzir e "gravar", podendo pausar ou parar sempre que quiser, ou gravar só determinados trechos dentro do timeline, mostrado na parte inferior.

Vale lembrar que todo fã de multimídia em PDAs deve dispor de cartões de memória generosos. Só recomendo de 1 GB para cima. Mas o bacana do Pocket DVD Studio é que você consegue converter o arquivo deixando-o no tamanho que você quer. Claro que, quanto menor o tamanho, menor a qualidade do vídeo. Mas é uma boa para quem tem cartões mais espertanos e deseja "espremer" conteúdo neles.

Uma vez convertido, é só jogar o resultado obtido no seu cartão. Se você tem um leitor de cartões USB, melhor: a transferência é mais rápida. Recomendo principalmente para quem tem Palm. Não se torture enviando filmes para seu Palm por HotSync.

Para assistir os vídeos no PDA, basta você ter instalado o TCPMP, excelente reprodutor de mídia, suporta uma gama de formatos, tem bastante plug-ins para incrementá-lo e o melhor, é gratuito. Existem versões dele para Palm e para Pocket PC.


* * *
Na continuação desse artigo, falarei sobre os PDAs e smartphones ideais para quem quer ver vídeos, abordando detalhes sobre modelos, processadores, tela, memória... aguardem!

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em PDA às 12:25 PM | Comentários (30) | Citações

setembro 06, 2006

Dica: FlexMail 2007

Peço milhões de desculpas às pessoas com quem estou com a correspondência eletrônica atrasada, mas minha semana foi punk, tudo está relativamente em ordem agora. O probleminha com meu gerenciador de e-mails também já foi resolvido. O FlexMail 2007 saiu do beta, já instalei a versão final. O aplicativo está EXCELENTE.

Além de estar bem mais leve e ágil, agora é possível sincronizar com o servidor os indicativos de respostas, encaminhamentos e flags - conforme eu já havia dito aqui. Tive que pagar o upgrade, pois minha licença já tinha quase dois anos. Mesmo assim, o fiz com MUITO gosto.

Minha pasta de dúvidas de leitores está atolada de mensagens não respondidas das últimas semanas. Peço um pouquinho de paciência que a partir dessa semana coloco tudo em dia. Como eu fiquei no Messaging nativo nesse meio tempo, e ele não suporta sincronismo de status das mensagens, talvez eu responda de volta algumas mensagens que já tenha respondido. Não se assustem, eu não fiquei gagá, ok?

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em PDA às 04:52 PM | Comentários (3) | Citações

setembro 02, 2006

Vídeos do YouTube no Pocket PC

Muitos usuários se sentem frustrados por não poder ver vídeos do YouTube (a febre do momento) em seus dispositivos móveis. Bem, pelo menos para quem tem Pocket PC, isso é possível! E em tempo real, por streaming.

A solução é um browser chamado ThunderHawk, que permite uma visualização cheia em html de páginas da web. Basta ter o Flash Player para Pocket PCs instalado e pronto, é possível assistir qualquer vídeo online por streaming. O browser é pago, mas há uma versão trial disponível no site do desenvolvedor.

Ainda não testei porque estou com minha agenda apertadíssima. Mas conto com o feedback de vocês, leitores, aqui nos comentários.

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em PDA às 12:05 PM | Comentários (12) | Citações

agosto 21, 2006

Bugs do Fleximail 2007

Testando o novo beta há 2 semanas, decidi removê-lo. Voltei ao velho Messaging de guerra. Além de súbitos crashes, descobri que o programa sincroniza somente as pastas que ele quer, na hora que deseja.

E a descoberta se deu da pior maneira: checando o servidor. Lá estavam mensagens recebidas há dias, filtradas em pastas especificas, que o programa teima em não sincronizar. E quando o faz, misteriosamente "seleciona" mensagens, sem critério algum.

Vou colocar minha correspondência eletrônica em dia e aguardar a versão final, pois as novas funcionalidades estão muito interessantes.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 09:05 AM | Comentários (1) | Citações

agosto 17, 2006

Pocket Podcasts

Como já cansei de dizer aqui no blog, uso o excelente Egress para gerenciar meus RSS no PPC. Com sua função de baixar enclosures, posso baixar e ouvir podcasts através dele mesmo, bastando adicionar o feed correspondente.

Contudo, o Pocket Podcasts é o primeiro cliente para PDAs que conheço voltado exclusivamente para podcasts. E ele se mostra uma opção MUITO interessante para quem não tem ou não quer um MP3 player saparado de seu PDA ou smartphone!

Em princípio, não preciso de um cliente sofisticado de podcasts já que tenho meu iPod nano. Embora eu não possa atualizar podcasts on-the-go com o nano, ainda é meu gerenciador e tocador número 1 de podcasts. O Egress por sua vez quebra um galho quando estou em trânsito. Aliás, ele foi um companheirão nos 40 dias que fiquei sem banda larga. Ele também baixa videocasts, executáveis no TCPMP, que vejo na telona do meu PDA.

Porém, o que me chamou a atenção no Pocket Podcasts é o componente desktop, que permite que se baixe os episódios no computador e transfira-se os desejados para o Pocket PC. Ou seja, ele é perfeito para usuários on-the-go, mas se você preferir, pode ter um cliente no seu desktop para baixar e ouvir os podcasts, além de transferi-los para seu PDA com o simples toque de um botão. Muito bom ter uma solução assim tão eclética.

Quanto custa? Nadinha, é uma aplicação de código aberto. Porém você pode fazer doações direto para o desenvolvedor. Recomendo!

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em PDA às 12:25 PM | Comentários (6) | Citações

agosto 15, 2006

Novo Skype 2.1 para PPCs

Donos de Pocket PC podem baixar o Skype 2.1, que saiu hoje e está disponível na página do desenvolvedor.

Ainda em beta, a nova versão traz algumas funções da versão desktop que faziam MUITA falta na versão móvel, como as chamadas em grupo e a edição do perfil.

Não essenciais, mas interessantes, são as possibilidades de agora se ver o humor dos contatos, além de editar o seu próprio - ou seja, agora eu posso editar facilmente um aviso ao lado do meu nome, avisando se estou no PC ou no PDA, algo que eu queria há tempos. Tem ainda umas "perfumarias" novas, como emoticons animados, avatares dos contatos etc.

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em PDA às 11:54 PM | Comentários (5) | Citações

agosto 11, 2006

Transforme o Palm num iPod

Imagine sincronizar sua biblioteca do iTunes com seu Palm como se ele fosse um iPod. O "santo" responsável por esse milagre é o software mOcean, que além de cumprir o que promete, deixa seu Palm com a interface idêntica à do iPod para acessar e ouvir suas músicas.

Disponível para Windows e Mac, o aplicativo só funciona com Treos 650 e 700w, Palm TX e LifeDrive. Mas é perfeito para quem usa iTunes! Ele simula na tela do Palm a telinha e os controles do iPod. Inclusive reproduz a célebre clickwheel - a rodinha que é marca registrada dos tocadores da Apple.


Mas o aplicativo tem alguns defeitos, na minha opinião. A primeira é exigir cartão SD/MMC, porém segundo o desenvolvedor, essa restrição é imposição do sistema operacional. Nos FAQs do mOcean, nada é mencionado a respeito do LifeDrive - um dispositivo cuja exigência do SD/MMC não faz sentido.

O segundo defeito é que ele deveria aproveitar a conectividade dos Palms para permitir download remoto dos podcasts assinados. Infelizmente, para quem quer fazer esse tipo de uso, o QuickNews ainda é a melhor opção - aliás, o melhor gerenciador de RSS com enclosures (arquivos de mídia, podcast) para Palm OS, conforme já relatei aqui no blog.

Pesquise preços de: PDAs Palms acessórios para Palm

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em PDA às 01:52 PM | Comentários (7)

agosto 08, 2006

Dell encerrando linha de PDAs

Não é de agora que correm rumores que a linha de PDAs Axim da Dell seria descontinuada. O site Mobilezone publicou uma nota dizendo que isso já está ocorrendo, uma vez que, ainda segundo o site, a empresa remanejou o pessoal da linha de handhelds para o setor de notebooks. Procurei fontes oficiais mas nada foi confirmado ainda. Sim, "ainda", pois a morte da linha Axim não seria nada surpreendente.

O Axim x51 tinha sido recém-anunciado quando circularam os primeiros rumores que ele seria o último PDA que a Dell faria. Logo em seguida, presenciou-se também o fim da curtíssima vida da linha de MP3 Players da empresa.

Sinal dos tempos. Assim como a Dell percebeu que era difícil ser páreo para os iPods, seria igualmente difícil ser páreo para os PPCPE (Pocket PC Phone Edition, ou simplesmente, PPCphones) que hoje se esparramaram no mercado.

Aliás, enquanto o mercado de PDAphones cresce vertiginosamente, o PDAs encolhe. Isso não é novidade. Os usuários querem cada vez mais conectividade. Wi-fi é pré-requisito fundamental, mas os profissionais móveis nem sempre têm hotspots ou redes sem fio à disposição. Somado a isso, vêem-se híbridos cada vez mais diminutos e poderosos. Antes não era assim, e a maioria preferia ter PDA e celular separados. Eu mesma, até 2 anos atrás (quando conheci o maravilhoso mundo Symbian) não cogitava trocar o melhor dos dois mundos por um único convergente.

Pelo próprio remanejamento de pessoal para o setor de notebooks, não acredito que a Dell invista em PDAphones. A regulamentação desses aparelhos também é diferente. Talvez até seu excelente serviço de vendas e suporte acabasse complicando muito se resolvessem atuar em telefonia móvel.

Assim como os cultuados Cliés da Sony, os Axim da Dell deixarão muita saudade.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 02:54 PM | Comentários (3)

agosto 07, 2006

TX no Brasil: desde quando?

Vários sites noticiosos anunciaram semana passada a "cheganda" do Palm TX ao Brasil. Na verdade, é bom esclarecer que ele já vinha sendo vendido no país, mas só direto com a Palm do Brasil por telefone, há pelo menos 8 meses.

Tem coisas que não dá para entender. Na minha opinião, o TX é hoje o melhor PDA para quem faz questão de Palm OS e não quer um smartphone. Já fiz um mini-review dele aqui no blog. No Podsemfio n.7 também falei dele, junto com os demais Palms no mercado hoje, analisando vantagens e desvantagens de cada modelo. E ele é o vencedor. Podiam tê-lo colocado no varejo ao invés de vendê-lo somente direto com a Palm. Ia fazer muito sucesso. Infelizmente, anunciando-o somente agora, a Palm acaba deixando um gostinho de produto requentado...

Momento pitoresco: vejam, numa busca pelo Buscapé, que várias lojas anunciam o produto ainda como "Tungsten" e outras chamam a Palm ainda de PalmOne... eu heim. Você confiaria em lojas que mal sabem o que vendem?

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em PDA às 03:32 PM | Comentários (8)

agosto 04, 2006

Barra de buscas na tela Today

Uma coisa que achei MUITO legal no Treo 700w, que vem com Windows Mobile 5 "aprimorado" para phone edition, é a barrinha de buscas embutida na tela Today. Simples, ágil, quebra um galhão para quem, como eu, navega muito na telinha do PDA. Eu usava no Launcher um atalho para a página http://www.google.com/pda do Pocket IE, mas obviamente isso demorava um pouco. Faltava agilidade para pequenas pesquisas rápidas.

Fuçando na web, achei o blog do Jonathan Misuno, que criou um freewarezinho para suprir essa ausência nos PPCphones que ainda têm a versão 2003 do sistema operacional. Chama-se SearchToday e pode ser encontrado aqui.

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em PDA às 01:34 PM | Comentários (8)

julho 31, 2006

TV a cabo no laptop e PDA

Segundo o site Blue Bus, a TVA anunciou em coletiva no final da manhã em São Paulo o lançamento de um serviço que permite assistir seus canais de TV a cabo fora de casa, no notebook ou PDA. Para tal, é necessário um aparelho da empresa americana SlingMedia que ficará na casa do assinante, ligado ao decodificador e ao Ajato. A partir de então, basta uma conexão web em alta velocidade través da internet para o usuário navegar entre os canais e assistir os programas que quiser no seu portátil. FANTÁSTICO! Super obrigada ao meu amigo Cobra pela notinha.

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Telecom às 04:35 PM | Comentários (6)

julho 25, 2006

Novidades em softs para PPCs

Saiu a versão 3.0 do melhor leitor de RSS para Pocket PCs, o Egress. Agora totalmente compatível com Windows Mobile 5, a interface mudou bastante e ainda estou me batendo um pouco para me adaptar, uma vez que nessa versão dá para navegar pelos feeds com uma mão só, pelo D-pad. Quem tem muitos feeds vai amar a versão nova, recomendo o update imediato: o aplicativo ficou bem mais rápido no acesso e carregamento das notícias!

Outra novidade é que a WebIS liberou para toda a comunidade os betas para seus programas Pocket Informant 2007 e Flexmail 2007 (antigo WebIS Mail). Registei ambos tão logo adquiri meu primeiro Pocket PC, de tão bons que são. Uso o Pocket Informant direto e adoro - é o melhor aplicativo de agenda para quem tem muita informação para gerenciar. Contudo, o Flexmail vinha me desagradando por estar cada vez mais pesado. Segundo o desenvolvedor, a nova verão agora gerencia flags das mensagens. É uma função importantíssima para quem tem conta IMAP e recebe quantidades diárias grandes de e-mails. Como os flags, fica fácil você ver em qualquer lugar se as mensagens foram respondidas ou encaminhadas. Infelizmente nem o Messaging nativo nem a versão 2006 do Fleximail faziam isso, então, acho que chegou a hora de eu dar uma chance à novidade...

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em PDA às 04:28 PM | Comentários (2)

julho 12, 2006

Migração: Palm para Pocket PC

E-mail do leitor Davi Cordeiro:

"Gostaria de uma ajuda sua. Talvez algumas... Acabei de adquirir um Axim X50 e estou um pouco cru ainda. O motivo de adquiri-lo foi para me administrar melhor. Gostaria de saber alguns softs bons para determinados assuntos que seguem abaixo... (se tiver freeware dê a preferência)"

- Administrador Financeiro (BR)
- Administrador de senhas
- Leitor de eBook
- Agenda de compromissos diária (BR)
- Gerenciador de emails (se possível BR)
- Gerenciador de arquivos (se possivel BR)
- Anti-Vírus (se possivel BR)

Se possível gostaria de saber também como faço para converter o memopad.dat (Palm OS) para o PPC. Existe algum soft no PPC que faz isso? O Pocket Word não faz - pelo menos não consegui. Agradeço sua ajuda..."

Davi, para começar, os memos do Palm realmente não têm como serem convertidos para o PPC. Recomendo que você os abra no PC, pelo Palm Desktop, e os salve individualmente num bloco de notas como txt, usando copy e paste. Dá um pouco de trabalho, mas o txt é um formato altamente compatível - Palms lêem, PPC também, além de PCs com Windows, Mac OS X ou Linux.

Quanto aos softwares, dê uma checada no meu post sobre os aplicativos que uso no meu PPC. Na seção PDA você também vai encontrar muita coisa. Ainda assim, deixo aqui os comentários em aberto para os leitores sugerirem seus aplicativos favoritos, afinal, há muitas e muitas opções em cada categoria. Na lista de discussão Mundo Sem Fio você também pode trocar dicas com a comunidade de usuários. Boa sorte!

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 11:42 AM | Comentários (10)

junho 30, 2006

Nota 10 para o suporte da Dell

Logo que a bagunceira Maggie veio morar comigo, ela enroscou uma unhazinha na tecla Alt do meu notebook, arracando-a e quebrando a molinha, impedindo o reencaixe. Não era nada urgente, deixei quieto pois estava atarefada demais com os preparativos da mudança.

Se eu soubesse que era *tão* simples e eficiente o suporte da Dell... nossa, a Palm me deixou traumatizada mesmo.

Liguei para o 0800 do suporte da Dell, que anotou minha solicitação. No mesmo dia me retornaram para agendar o conserto, sem maiores questionamentos.

No dia e horário combinado, veio o técnico até minha clínica. Ele trocou na hora o teclado (!) e registrou tudo em seu Blackberry, mandando imediatamente para a central o aviso de serviço realizado em garantia. Assinei o comprovante e pronto.

Concluindo... NOTA 10 PARA O SUPORTE DA DELL! E nota zero para a Maggie, que está tendo aulas de etiqueta felina. A Mizzi é uma lady, nem chegava perto dos meus gadgets.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 06:11 PM | Comentários (17)

junho 27, 2006

Que tal um Palm OS 5 open source?

Parece que muita gente ainda não 'engoliu' bem a descontinuidade do Palm OS em prol do ALP da Access, ou simplesmente não quer esperar até 2007 para os primeiros 'betas' do novo sistema - que suportará os aplicativos atuais para Palm. Li no blog do Erick Sasse que, segundo o OSNews, querem desenvolver um 'clone' do PalmOS 5 open source.

Eu, como consumidora final e fã de tecnologia móvel, acho que quanto mais opções tivermos, melhor. Se vai dar certo, só o tempo dirá.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 11:02 AM | Comentários (4)

junho 12, 2006

Plug-ins do meu Pocket PC

As 10 ferramentas que personalizam e melhoram o desempenho do meu Pocket PC, na sequência...

1. Magic Button - 1a coisa que todo usuário de Pocket deve instalar em seu dispositivo.
2. Pocket Weather - ótimo para quem sai de casa às 9 e volta às 23 h e mora numa cidade imprevisível como Curitiba.
3. Resco Explorer Plug-in - coloca na tela Today atalhos para programas, pastas e documentos (antes eu usava um launcher gratuito)


4. Resco Keyboard (fotos acima) - um senhor upgrade no keyboard nativo, adiciona textos pré-definidos, atalhos e até uma calculadora básica (o que me fez dispensar a calculadora pop-up, que usava antes)
5. Pacote de ícones para Pocket Informant - uso muito a visão mensal da agenda, então resolvi investir U$ 4 num pacote bacana de ícones.
6. Screen Capture - plug-in do Resco Photo, faz captura de telas, como as que ilustrei nesse post.
7. Egress Today plug-in - vai mostrando na tela Today as últimas notícias. Bastante personalizável, mas atualmente não deixo ativado porque tenho feeds demais.


Otimizadores do sistema operacional

Há excelentes gerenciadores, completíssimos, como o Pocket Breeze ou o Spb Pocket Plus. Testei todos. Não uso nenhum porque deixariam meu PPC mais lento inutilmente, já que eu usaria um mínimo de funcionalidades.

Confira também os aplicativos que mais uso no meu PPC.

Pesquise preços de: acessórios para Pocket PCs PDAs Palms

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 11:53 AM | Comentários (16)

junho 09, 2006

Softwares do meu Pocket PC

Os 20 aplicativos mais acessados no meu Pocket PC, na sequência...

1. Pocket Informant - sou heavy user mesmo, gerencio minha vida nele.
2. Messaging - dá conta muito bem das minhas contas IMAP.
3. Egress - não vivo sem rss. Alguém vive? Tenho 106 feeds nele, desde jornais online, sites de tecnologia e saúde, blogs favoritos passando por fotos e grupos no Flickr e últimas faixas no Last.fm
4. Pocket Sharp MT - de onde costumo blogar.
5. Resco File Explorer - poderoso substituto do explorer nativo, um verdadeiro canivete suíço.
6. Agile Messenger - o popular agregador de comunicadores instantâneos é indispensável.
7. Resco Photo Viewer - vejo e edito fotos obtidas com a câmera do Qtek ou da câmera digital, via cartão SD.
8. Modem Sem Fios - ligando meu notebook ao PPC para navegar via gprs
9. Resco Audio Recorder - onde gravo aulas e podcasts.
10. Skype - só ficou em 10o. porque estou sem wi-fi em casa. Faz tudo o que a versão desktop faz.
11. Notas / Pocket Word - uso com o teclado para lembretes, recados telefônicos, aulas da faculdade, rascunhos de posts etc.
12. Pocket Internet Explorer - com direito a atalho na tela Today direto para buscas no Google, além de vários bookmarks de sites otimizados para PDA.
13. RepliGo - meu leitor favorito, onde tenho artigos da web, ebooks e guias de referência.
14. Windows Media Player - para streaming ou para ouvir podcasts baixados via Egress. Música só no iPod.
15. TCPMP - só vejo vídeos no PPC em viagens. Tenho ainda um mini-portfólio dos meus trabalhos.
16. Resco Radio - streaming de qualquer rádio do mundo, maravilhoso.
17. Clearvue PPT - para visualizar as aulas que meus professores disponibilizam em PowerPoint. É nativo no Qtek 9090, junto com o Clearvue PDF.
18. E-Wallet - guarda senhas, registros de softwares, números de documentos.
19. Microsoft Reader - leitor de e-books
20. xBackup - nativo do Qtek, faz backup dos dados PIM no cartão.

Confira também os meus plug-ins / add-ons que uso na tela Today do PPC.

Pesquise preços de: acessórios para Pocket PCs PDAs Palms

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 08:56 PM | Comentários (27)

junho 07, 2006

Skype no Palm: a luta continua

Enquanto os usuários de Pocket PC tem uma versão do Skype para seus dispositivos, a galera Palm ainda não conseguiu se acertar nesse quesito. Os desenvolvedores arregaçaram as mangas e foram à luta. Surgiram duas soluções em VoIP para Palm OS, e a comunidade, ansiosa, foi aos testes. Pena que os resultados foram decepcionantes.

O EQO é um aplicativo não exatamente para Palm OS, mas para qualquer dispositivo móvel que suporte Java. Funciona de uma maneira esquisita: usando o GPRS, ele mantém você online na rede do Skype e usa o SkypeOut para direcionar as chamadas para seu número de celular. Não faz muito sentido, a não ser que o dispositivo tenha wi-fi, e portanto, não tenha que gastar seus créditos SkypeOut para receber chamadas. Só que aí chega-se numa encruzilhada sem saída: os modelos atuais de Palm que tem wi-fi (TX e LifeDrive) não tem função de PDAphone, e os PDAphone da Palm, da linha Treo, não têm wi-fi. Ou então, para quem pode, usar o EVDO, mas aí se estará pagando do mesmo jeito pela chamada, e muito, já que EVDO consome muita banda. É mais fácil usar a telefonia celular convencional.

A outra solução, que já era prometida há algum tempo e muito aguardada pela comunidade Palm, é o mobiVoiP. E o aplicativo é um mistério total. Para começar, não existe versão de testes, você precisa logo de cara adquirir um plano mensal. E ninguém quer pagar um plano de algo que não conhece. Nesse serviço não há suporte à rede Skype, as ligações gratuitas são apenas entre membros com conta mobiVoiP. Ou seja, corre-se o risco de ficar falando sozinho...

Analisando os pré-requisitos que constam no site do desenvolvedor, é preciso ter, além de uma conta no mobiVoIP, um dispositivo Palm OS com conexão web e microfone ou headset. A empresa mostra na apresentação em flash do produto que os modelos Tungsten T3, T5, Zire 72, Z22, Treo 650, TX e LifeDrive têm suporte ao serviço. Não sei como farão isso num Z22 ou num T5, já que eles não tem microfone. O Z22 não tem nem funções de conectividade!

Em suma, nenhuma das duas opções disponíveis oferece aquilo que os usuários efetivamente desejam.

Afinal, por que está tão complicado resolver essa carência nos Palms? Não há dúvida que o futuro das telecomunicações é todo baseado em VoIP, inclusive em dispositivos móveis. Minha teoria é que, como o Palm OS foi oficialmente descontinuado, nenhum desenvolvedor quer investir neles, ainda mais em aplicações que consomem muitos recursos do PDA, como acontece com VoIP. O jeito é aguardar o prometido ALP em 2007.

postado via laptop

escrito por Bia Kunze em PDA às 12:19 PM | Comentários (20)

Torcedor móvel

Vejam só que chique, meu amigão Ricardo Cobra numa matéria do caderno Link do Estadão! Todo posudo, junto com seu Dell x50v! Além de ser um torcedor móvel, como diz a matéria, vale lembrar que ele tem um site nota 10 sobre futebol, o Fanáticos Por Futebol... que infelizmente a matéria não cita.

Parabéns, amigo! Agora cá entre nós, o "gerente comercial Nogueira" não combinou nadinha ao lado daquele escudo do Corinthians, né não? Fala sério!

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 11:12 AM | Comentários (2)

junho 05, 2006

Sincronismo por bluetooth

A base do seu PDA fica em casa e você não tem como sincronizá-lo no trabalho? Use um dongle bluetooth - aqueles dispositivos parecidos com pendrives, que você pluga na USB do computador - e para faça o sincronismo sem fios. A seguir, tutorial para Palms e Pockets.

Instalando o dongle

Instale seu dongle normalmente no PC. Repare que ele cria "portas virtuais" que fazem o mesmo papel das portas normais:

Bluetooth COM Port - SERIAL
Porta virtual de comunicação substituta da serial ou USB, para ligação de dispositivos como PDAs, celulares etc. Essa é a porta que será usada para o sincronismo com seu PDA. Anote-a. (geralmente é COM3, COM4, COM5 etc)

As demais portas, a título de conhecimento, são DUN (dial-up networking, porta para conexão com um modem), LAN (porta que criará uma rede através do bluetooth) e FAX (para conectar-se a um modem remoto e enviar fax).


Sincronizando o Pocket PC

No ActiveSync do PC, vá em Arquivo -> Configurações de conexão. Marque a caixinha que permite conexão serial ou infravermelho (não fala, mas bluetooth também conta) e seleciona e COM que representa sua porta serial bluetooth. No Pocket, vá no Bleutooth Manager e vá para o assistente para criar nova coenxão. Selecione a opção "ActiveSync pelo bluetooth" e avance. Ele vai pedir para que seja definida, no PC, a respectiva porta serial para sincronismo. Ele vai procurar por bluetooth os dispositivos disponíveis. Selecione o seu computador e pronto, configuração feita.

Para sincronizar, abra o ActiveSync do seu Pocket. Lá nos atalhos, deve existir um chamado "ActiveSync com [nome do seu PC], selecione-a e execute-a.

Sincronizando o Palm

No PC, vá no ícone da bandeja do sistema e ative a conexão serial. Dentro da respectiva aba, marque a COM da sua porta virtual bluetooth. Para sincronizar, abra o Hotsync no Palm, selecione a porta adequada e mande bala.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 08:09 PM | Comentários (19)

maio 31, 2006

Google Calendar agora é móvel

Ter uma agenda remota sincronizável é algo muito interessante para profissionais que tem PDA, estão em constante deslocamento e têm uma pessoa gerenciando seus compromissos em outro lugar. Algo como o Exchange Server, que infelizmente é uma solução cara e mais restrita a executivos. Eu desejava algo semelhante que funcionasse com o Google Calendar e minhas preces foram atendidas!

Um desenvolvedor colocou os neurônios para funcionar e criou um aplicativo para sincronizar o Google Calendar com Microsoft Outlook, Lotus Notes, Novell GroupWise, Palm Desktop, e, por conseguinte, os dispositivos móveis baseados em Palm OS, Windows Mobile e BlackBerry.

Obviamente já estou baixando as respectivas versões para testar com o Pocket PC e o Palm. Mais tarde comentarei os resultados aqui no blog, junto com outros aplicativos parecidos que eu vinha testando, o MobileSync for Plaxo e o Mail2web, dica do Enxaqueca.

O programa que sincroniza com o Google Calendar chama-se CompanionLink, é shareware e custa 30 dólares. Mais detalhes aqui.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em Desktop às 01:15 PM | Comentários (4)

maio 29, 2006

Sites que não abrem em dispositivos móveis

Bia, tenho uma dúvida que pode ser boba, mas que me incomoda muito. Tenho um O2 Atom. Eu, utilizando o Internet Explorer do Windows Mobile, não consigo entrar em sites como o Orkut, Real Internet Banking ou o próprio site da O2 para atualização da ROM. Acho que cada site é por um problema diferente (ou não?!): no Orkut, não me aparece o campo para logar. No Real Internet Banking, não me aparece o teclado virtual para digitar a senha e no site da O2 acredito que seja pela falta de Flash Player. Você tem alguma opinião a respeito? (Ferdinando Demarchi)

A culpa não é do seu Atom, Ferdinando. De fato, a arquitetura de muitos sites não é compatível com dispositivos móveis. Sites de banco, nem pensar, por uma série de mecanismos sofisticados, como aqueles tecladinhos virtuais, que visam melhorar a segurança. Muitos bancos oferecem sites à parte para acessar através de PDAs e celulares.

Já que o problema não pode ser resolvido, dá ao menos para amenizar. Browsers como NetFront ou Opera Mini, para Pocket PC, acessam muita coisa que o Pocket Internet Explorer não acessa. O Orkut é um exemplo. Flash também é uma 'praga' para dispositivos móveis e, nesse caso não se tem muito o que fazer. Nos Palms, a situação não muda. Seu browser nativo, o Blazer, também tem várias limitações.

Se o que interessa em um site são os conteúdos em texto e hiperlinks, experimente o Google Mobilizer. Você coloca lá o endereço do site que quer visitar e o Mobilizer o adequa à telinha do portátil, com a opção de mostrar ou não imagens.

Para usar o Mobilizer, digite direto na barra de endereços no seu PDA:
http://www.google.com/gwt/n

Boa sorte!

Pesquise preços de: celulares acessórios para celular cabo de dados para celulares

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 11:15 PM | Comentários (36)

maio 24, 2006

Tabela da copa na palma da mão

Na Copa de 2002, eu tinha um Palm m515 e usava um aplicativo, o TinyStocks, para acompanhar tudo na palma da mão. Já dava os primeiros passos no mundo wireless e atualizava as tabelas via conexão discada por infravermelho - com linha tradicional através de um modem Psion ou então via celular com um Nokia 3320, TDMA.

Hoje, para minha surpresa, verifiquei que o TinyStocks foi novamente disponibilizado (ainda de graça) nessa Copa do Mundo. O tempo passou, os Palms evoluíram e o programa acompanhou a evolução. Hoje, num mundo mobile com fotos, cores e conectividade ao alcance de todos, a experiência de acompanhar o evento é ainda mais prazeirosa.

Outra opção freeware para Palm OS é o World Cup Planner apresenta a listagem completa dos jogos e tem atualização online. Permite exportar partidas para o Calendário.

O Mobilo é a opção mais democrática para acompanhar a tabela da Copa. Todo mundo que tem celular ou PDA com suporte a Java pode usar e é igualmente gratuito, inclusive com versão em português!

Para quem uma versão poderosa e não se importa em gastar 15 Euros, a Resco disponibilizou o caprichado World Cup Mobile 2006, nas versões para Palm, Pocket PC, Windows Smartphone e Symbian Série 60. A interface é bonita, tem tabelas, estatísticas, fotos das cidades, dos estádios, histórico das seleções, notícias, curiosidades e até perfis dos jogadores. Enfim, completíssimo. Não há versão em português, apenas inglês, alemão, espanhol e francês. Indispensável para os fãs mais ardorosos de futebol.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 10:56 AM | Comentários (2)

maio 11, 2006

Mini-review: acessórios para PDAphone


Clique para ampliar.

Aproveitando uma promoção da PDAir, com frete grátis para qualquer parte do mundo, comprei um kit para turbinar meu Qtek 9090: uma case de couro, um cabo USB retrátil e um suporte para carro. Aliás, esse suporte para carro revelou-se um excelente acessório, fundamental para profissionais móveis que, como eu, gastam bastante tempo no carro e no trânsito.

Nunca tive antes um suporte desses para carro (chamado tecnicamente de "PDA mount"), mas enfim matei a curiosidade em ter um. E está se revelando um acessório extremamente útil.

A case acompanha um daqueles clipes para cinto rosqueáveis, que nunca usei na vida - talvez por ser mulher, já que prefiro ter tudo dentro da bolsa a tiracolo. Mas esse encaixe enfim tornou-se útil para mim: posso pendurar o PDA no suporte do carro sem tirá-lo da case. A pequena rosca da case serve tanto para o PDA mount quanto o clipe para cinto.


Clique para ampliar.

Já não é de hoje que adquiro cases de couro da PDAir, que são de excelente qualidade. Em princípio, fiquei num dilema: como atender chamadas com o PDA dentro da case e quando não se tem o fone por perto? O jeito é atender com ele contra a orelha, dentro da case mesmo. Admito: é mais bizarro do que fazer sidetalking com o N-Gage. Agora, mais do que nunca, me vejo na obrigação de não desgrudar mais do meu fone bluetooth. Me recuso a atender chamadas no Qtek dentro da case ou fazer sidetalking...

Contudo, usar o tecladinho com o Qtek dentro da case é bem simples. A proteção plástica que cobre o teclado é a mesma que serve para segurar o PDA dentro da carteira. Basta deslizar a tampa e teclar normalmente. Eu já disse várias vezes aqui que odeio esses tecladinho qwerty em PDAs, mas admito que comecei a usar o do Qtek para escrever SMS e e-mails quando só tenho uma mão livre. Mas que ele é feio, isso ele é, ainda bem que fica escondido!

O cabo retrátil é um acessório versátil e excelente para carregar na mochila. Cabe em qualquer cantinho sem fazer aquele emaranhado de fios. A base do Qtek agora ficará na clínica direto, era horrível ter que carregá-la para tudo quanto é canto.

Além de ligar o Qtek na USB do notebook para sincronismo e recarga, colocado no PDA e ligado na portinha USB do notebook, esse cabo retrátil pode ser plugado nos meus adaptadores de energia para tomada ou 9V para o carro.


Clique para ampliar.

Mais uma vez, a salvação para profissionais que passam o dia na rua: no corre-corre diário, não sofro mais perigo de ficar sem bateria, podendo recarregar meu PDA de várias maneiras. Aliás, o adaptadorzinho USB para tomada também serve no cabo USB do meu iPod nano!

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em PDA às 03:02 PM | Comentários (17)

maio 05, 2006

Câmeras Canon não gostam de promiscuidade

Se você vai comprar uma câmera digital que usa um padrão de cartão igual ao seu Palm ou Pocket PC e pretende usar um mesmo cartão em vários aparelhos nem sempre você poderá colocar tranquilamente um cartão de um dispositivo para o outro. É bom ficar atento em alguns detalhes, para não passar pela desagradável experiência de ver dados perdidos do nada.

Minha câmera fotográfica estava na clínica e eu precisava fazer umas fotos rápidas em casa. Meu irmão me emprestou a câmera dele, uma Canon PowerShot SD300. Tirei o cartão de memória dele para usar um meu, já que meu SD de fotos ficou na clínica dentro da câmera, tirei o SD do Pocket PC mesmo e fiz as fotos.


Foto da Canon PowerShot SD300.

Coloquei o cartão na Canon e depois de feitas as fotos, fui recolocá-lo no Qtek, pois a idéia era fazer umas poucas fotos e enviá-las imediatamente por e-mail. Como já havia feito centenas de vezes desde os tempos do meu Palm m505, com as minhas EasyShare da Kodak, inclusive na minha última viagem a Sampa:


Foto da Kodak EasyShare CX7430.

Perdi TUDO que tinha no SD: programas, documentos, aulas, fotos, vídeos, áudio. Tudinho. A Canon, para fazer suas fotos, FORMATOU meu SD sem nenhum aviso, criou uma pasta e lá salvou as imagens.

O engraçado é que nunca tive problema desse tipo com as Kodak, a única marca que sempre usei (e adoro), que sempre salvaram as fotos em diretórios criados por elas mesmas (DCIM), e jamais apagaram quaisquer outros dados que já estivessem previamente no cartão. Fica o aviso para os donos de câmeras e cartões de memória... cuidado com seus dados! Certas marcas de câmera, pelo jeito, odeiam promiscuidade digital... felizmente, a Kodak é bem "PDA-friendly".

Só um detalhe: eu perdi tudo que tinha no SD, mas não perdi de verdade, pois São Backup é meu protetor e sempre me amparou nesses momentos desesperadores. Usuários móveis, fica a dica: quando se fala em backup dos dados do PDA, é bom incluir no "pacote" o conteúdo dos cartões de memória. Nunca é demais avisar.

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em PDA às 10:19 AM | Comentários (14)

abril 28, 2006

Mini-review: E-TEN M600


Clique na imagem para ampliá-la.

Quem deseja um Pocket PC Phone Edition compacto sem abrir mão de recursos avançados deve avaliar com carinho o E-TEN M600. Até então um dos mais compactos Pocket PC Phones do mercado, o lançamento do minúsculo O2 Atom (tema de um dos próximos posts semana que vem) derrubou o preço do M600, e hoje eu o considero a melhor alternativa de PDAphones considerando custo-benefício.


Clique na imagem para ampliá-la.

Costumo dizer aos amigos, conhecidos e todos que me procuram, que se eu não tivesse adquirido o Qtek 9090 através de um preço imbatível pela Claro (graças ao plano corporativo que fechei com eles), minha escolha sem dúvida seria o E-TEN M600.

Finalmente consegui ter um em mãos, testá-lo e avaliá-lo, graças ao meu amigo Gustavo, que possui um M600 há cerca de um mês. Calouro de jornalismo, mergulhou e em um mês de uso já está totalmente famlliarizado com seu aparelho e o mundo sem fio.

Além de compacto, o aparelho é muito bonito. No design, a única bola fora é a localização da stylus, que para ser removida deve ser puxada para baixo. Outra coisa estranha que me chamou a atenção foi a espessura: é exatamente a mesma do meu "gordinho'' Qtek 9090. Porém, o Qtek tem um slider que esconde o tecladinho Qwerty. O M600 não apresenta tecladinho embutido.

Tecladinho em PDAs é algo controverso. Para algumas pessoas ele é irrelevante. Mas pode ser uma boa opção para quem gosta de escrever SMS e e-mails rápidos com uma só mão. Eu, particularmente não gosto e não uso. O teclado exposto do Treo 650, por exemplo, me incomoda pacas. O do Qtek não, já que pelo menos fica escondido.

Quem sempre quis a praticidade de um smartphone mas sempre adiou a migração por causa da pobreza de recursos desses aparelhos, pode respirar aliviado. Bluetooth, wi-fi, slot SDIO, câmera de 1.3 MP, processador de 400 MHz e as memórias ROM de 64 e RAM de 128 MB deixam o M600 em pé de igualdade com os bons PDAs disponíveis hoje.


Clique na imagem para ampliá-la.

O sistema operacional foi uma revelação à parte. Acostumada com o Windows Mobile 5 dos Dell Axim x50v e x51v (vide review), me surpreendi com o WM5 do M600. É a primeira vez que mexi no WM5 num Phone Edition, e toda a impressão ruim e desprezo que eu tinha pelo OS novo se desfizeram imediatamente. O WM5 do M600 é veloz, incrivelmente estável e bem intuitivo. Tanto que, em um mês de uso, o Gustavo estava totalmente ambientado. Pelo que notei nas configurações pessoais e programas instalados por ele, já dá para considerá-lo um usuário de moderado para avançado. Inclusive usa bastante o gravador de voz surpreso com a qualidade excelente dos áudios obtidos. Ele relatou que tampouco teve problemas para se familiarizar com o ActiveSync.

Achei esquisito tirarem o programa nativo de backup. Deve ser por causa do WM5, que graças ao novo gerenciamento de memória, evita que se perca todos os dados quando a bateria zera. Mesmo assim, backup nunca é demais, é uma ferramenta primordial - ainda mais num smartphone, onde, presume-se, o usuário passa muito tempo longe de um computador.

A lerdeza do MW5 dos Dell é inexistente no M600. Os bugs, idem. Pareceu-me, inclusive, ligeiramente mais rápido que meu Qtek, que roda WM 2003, apesar de sabermos que o 2003 é mais leve. Isso tudo me leva a crer que os problemas por mim verificados, conforme já havia relatado antes aqui no site, não são do WM5 em si. São das versões disponibilizadas pela Dell.

Na hora de se avaliar o desempenho, a avaliação geral é boa. A autonomia dele em modo standby é de cerca de 4 dias, mas obviamente com o uso constante do GPRS e do wi-fi, ela despenca. A qualidade das fotos obtidas com a câmera está na média na categoria. Nada surpreendente, dá para brincar.

A única decepção no desempenho do M600 foi na hora de assistir vídeos. Tentei assistir dois, um de 23 e outro de 35 MB, no WMP e no TCPMP. Verifiquei lags e dessincronismo entre som e imagem. A telinha menor também reduz o prazer em se ver vídeos on-the-go.

Definitivamente, quem curte vídeo em PDAs, deve optar por um modelo mais adequado para isso, como o x51v, e não num smartphone, onde tudo é compactado. Recomendo a telona VGA do x51v ou, pelo menos, um PDA qualquer com tela grande.


E-TEM M600

Pontos fortes: Tamanho compacto, conectividade, WM5
Pontos fracos: Localização da stylus, reprodução de vídeos

Para quem recomendo: Quem deseja um Pocket PC Phone Edition com OS atualizado, recursos poderosos e boa autonomia de bateria sem gastar muito.

Preço médio: U$ 500 (não disponível oficialmente no Brasil)

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 04:40 PM | Comentários (14)

abril 26, 2006

Os PDAs mais populares do momento

Estive analisando no site Brighthand a pesquisa dos PDAs mais populares hoje - tanto os não-celulares como PDA-phones. Dá para tirar muitas conclusões interessantes.

Votaram 45.025 internautas entre os dias 20 e 25 de abril de 2006 e o resultado foi o seguinte:

1. Palm Treo 700w (12.4% / 5585)
2. HP iPaq hw6515 (9.7% / 4380)
3. Palm TX (6.4% / 2902)
4. Palm Treo 650 - CDMA e GSM (4.9% / 2218)
5. Dell Axim X51v (4.7% / 2137)
6. Cingular 8125 (8100) smartphone (3.6% / 1619)
7. Palm Tungsten E2 (3.5% / 1577

Não é surpresa que os PDAphones (ou smartphones, como queiram) predominem na listagem. Nunca se viu por aí tantos modelos disponíveis. A escolha se tornou bem complicada. E entre os não-celulares, temos dois topo da linha de excelente conectividade, o TX e o x51v.

O que chama a atenção é a presença do Treo 700w encabeçando a lista. O primeiro Palm que roda Windows Mobile caiu em desgraça entre os heavy-users em geral, pois sua memória RAM de parcos 32 MB mostrou-se insuficiente para rodar aplicativos pesados, como multimídia.

Verificando quem são os donos desses Treos, encontramos executivos, profissionais liberais e gente que viaja muito. Os usuários desse aparelho querem praticidade e boa autonomia de bateria, e não entretenimento - assim, as supostas deficiências não os incomodam.

Aqui no Brasil, mudam-se os modelos, mas o perfil é o mesmo: a presença de smartphones cresce a passos largos. Essa semana colocarei aqui no site os reviews dos 3 smartphones (ou PDAphones, como preferirem) mais "quentes" nas comunidades de usuários brasileiros: o E-TEN M600, o O2 Atom e o Palm Treo 650.

Também colocarei no ar, em breve, uma enquete para descobrirmos quais os nossos PDAs mais populares. Aguardem.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 01:10 AM | Comentários (6)

abril 05, 2006

ALP mostra a cara

O Access Linux Plataform (ALP), substituto do Palm OS, foi mostrado ontem (pela 1a vez oficialmente) na conferência Linux World, em Boston. O pessoal do Palminfocenter fez algumas fotos das telas do novo OS ainda protótipo.

As fotos do Palminfocenter mostram o ALP ainda cru. Não é o formato final, algo que está bem longe de acontecer. Mas dá para ter uma idéia da "cara" que o sistema terá.

Veja aqui as fotos.

Tudo ainda é muito nebuloso e incipiente, mas dá para tirar algumas conclusões gerais:

1. O futuro OS não tem nem nome ainda. ALP é provisório.
2. A interface é bastante "iconizada" (mais ícones, menos texto), algo enfatizado em smartphones.
3. Não lembra em nada a interface do Palm OS, mas segundo prometem, rodará os PIMs do Palm sem perder o formato tradicional.
4. Nem adianta perguntar sobre multitarefa ou como será a entrada de dados. Não se tem nada.

Para quem ainda está meio perdido nessa história, vamos desatar o nó. A PalmSource é a empresa desenvolvedora do Palm OS, comprada pela japonesa Access, que descontinuou o tradicional OS e em seu lugar colocará o ALP. O ALP é baseado na versão 2.6.12 do kernel do Linux. O ALP contará com quatro diferentes plataformas de desenvolvimento: o ALP nativo, o emulador Palm OS 68k, o ambiente Linux nativo (GTK+) e o J2ME (Java Virtual Machine).

A Palm Inc. é outra empresa, essa sim a fabricante do hardware dos Palms. Correm rumores que a Palm também está trabalhando num novo OS baseado em Linux. É aguardar para ver. Mas não se empolguem, a coisa ainda tá longe. O ALP, por exemplo, está estimado para 2007 e os primeiros aparelhos com ele só em 2008. Os atuais Palms do mercado não poderão fazer update de OS, isso é tecnicamente inviável.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 12:59 PM | Comentários (3)

abril 01, 2006

Palm lança Treo 700d

Em primeira mão, o site Pocket PC Thoughts apresentou o novo smartphone da Palm, o belíssimo Treo 700d, numa edição comemorativa dos 10 anos da empresa.

Fisicamente idêntico ao 700w mas rodando MS-DOS v6.22, o 700d é automaticamente o PDA com maior número de programas compatíveis no mercado. Seus 60 MB de flash ROM funcionam para o DOS como um HD, mas um floppy drive pode ser plugado em sua host USB.

No pacote de softwares que vem com o produto estão o Lotus 123, WordPerfect 6.0 e o Sidekick 1.5 para gerenciar as funções de celular. O tecladinho QWERTY torna o uso do DOS altamente intuitivo, fazendo jus ao slogan "Simply Palm" e ao princípio KISS que os palmaníacos tanto prezam.

E aí, alguém se habilita? :D :D :D

escrito por Bia Kunze em PDA às 03:59 PM | Comentários (8)

março 29, 2006

Eclipse sem fio




Eclipse sem fio



O fenômeno foi transmitido ao vivo nas TVs locais do Oriente Médio. Quem não mora na Líbia, viu pela web mesmo. Na telona do PC ou na telinha do PDA, a NASA transmitiu tudo por streaming.


Postado via celular

escrito por Bia Kunze em Web às 02:16 PM | Comentários (5)

março 27, 2006

Retrospectiva: os Palms que tive em 10 anos


Clique na imagem para ver todas as fotos.

Os Palms completam essa semana uma década de existência. Não aderi desde o início, só no ano 2000, mas desde então tive 6 Palms. Analisei cada um deles para saber qual foi o melhor. Minha conclusão foi surpreendente.

E na sua opinião, qual foi o melhor Palm fabricado até hoje, considerando as inovações e características técnicas da época do lançamento?

Palm m100 (2000)
Meu primeiro Palm realmente foi uma revolução em minha vida. Eu o ganhei logo após seu lançamento, e era um modelo de entrada com características "fashion" - ganhei junto uma faceplate azul. Logo no 1o dia, cometi uma gafe histórica: virei a caixa de ponta cabeça procurando a tal da canetinha, sem saber da existência do slot próprio para stylus... É, ao menos dá para perceber que melhorei bastante de lá para cá, não? Bem, logo nos primeiros meses virei heavy user. Já tinha criado até banco de dados dos meus pacientes. Precisei fazer um upgrade na memória, de 2 MB para 8 MB. Na época, tais upgrades eram relativamente comuns.

Palm m505 (2001)
Economizei uns caraminguás para comprar o m505, que prometia ser o sonho de consumo do mundinho palm. Vendi o m100 para um colega e comprei o m505 na semana de lançamento, indo buscá-lo em SP durante a participação de um "big encontro" da comunidade palm-br. Design da aclamada série V, tela colorida e expansão de memória eram uma revolução. Meu primeiro cartão foi de 32 MB. Comprei ainda um dongle IR e um Palm Portable Keyboard, que era um espetáculo. Logo tive que comprar um cartão de 128 MB, pois a farra das fotos digitais on-the-go era enorme.

Palm m515 (2002)
Comprei o Presenter-To-Go e troquei minha câmera fotográfica digital que usava memória flash SmartMedia por uma que usava SD. Logo tive que trocar o m505, com 8 MB internos, por um m515, com 16 MB e tela mais brilhante. Não foi um upgrade lá muito revolucionário, mas a memória interna fez toda uma diferença. Explica-se: o Presenter-To-Go ocupava o slot SDIO e as apresentações, sempre cheias de fotos de casos clínicos, geravam arquivos grandes. Na época comecei também com minhas primeiras conexões wireless, alinhando a porta IR do m515 com a do finado Nokia 3320, TDMA. Brincadeira cara, era muito esporádica, já que se navegava a 9600 kbps e a tarifação era por minuto. Preferi um modem portátil IR da Psion, que me deu boa mobilidade e velocidade, já que usava linha discada. Os palm-modems, que usavam o tal conector universal, também fizeram sucesso na época. Foi o melhor Palm que tive em todos os tempos, fui muito feliz com ele. Estava tão satisfeita que nem os Sony Cliés - objetos de desejo na época - me seduziram. Tinha um monte de acessórios que usavam o padrão SD, não queria mudar para Memory Stick de jeito nenhum.

Palm Tungsten T (2002)
Nova revolução, e o bolso coçou de novo! Um mês após o lançamento do Tungsten T, vendi o m515. Estava fascinada com o novo Palm OS 5, que pela primeira vez trazia tela em alta resolução e bluetooth. Comprei um dongle bluetooth (o mesmo que tenho hoje) e adorava fazer hotsync remoto e compartilhar a conexão web do meu PC na clínica. Foi aí que começou minha dependência do wireless: matei o sincronismo de e-mails e passei a baixá-los apenas direto no Palm. Só não foi o melhor Palm de todos até hoje porque os bugs e resets eram constantes. Um OS com mudanças grandes normalmente acaba enfrentando muitos problemas de compatibilidade no início. Mesmo assim foi o modelo que fiquei por mais tempo.

Palm Tungsten T3 (2003)
Mais um modelo de Palm que virou o queridinho da comunidade. Aderi logo no começo também, após um mês de lançamento. Na época ainda adquiri meu primeiro celular GSM, um Sony Ericsson T68i, e o GPRS passou a ser uma presença constante na minha vida. Encostei o Psion. A telona retrátil hi-res+ me animou a, pela 1a vez, assistir filminhos num Palm. O T3 prometia ser o melhor Palm de todos os tempos, e realmente foi... por exatos 10 meses. Aí começou a MDS e o sonho virou pesadelo. E que pesadelo. Prefiro esquecer. O trauma foi tão grande que prometi a mim mesma nunca mais comprar nada fabricado pela Palm. Como nenhuma outra empresa tinha equipamentos com Palm OS (a Sony saiu do mercado), fui para os Pockets.

Palm Zire (o espartano) (2003)
Comprado logo depois do T3, para minha secretária. Ficou até hoje. E quebra o maior galhão lá na clínica, gerenciando apenas agenda, notas e alguma coisa no SmartList To Go. Como modelinho básico, só pecava pela ausência do backlight.

O futuro...
Palm, nunca mais. Palm OS foi descontinuado. ALP? Quem sabe, um dia. Desde que não seja fabricado pela Palm, é claro! ;)

Confira a galeria completa de todos os Palms na CNet. Fotos de todos os Palms e acessórios que eu tive estão no Flickr.

Pesquise preços de: Palms acessórios para Palm acessórios para Pocket PCs

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em PDA às 06:12 PM | Comentários (19)

março 23, 2006

Podcasts móveis

Foi lançada pela empresa VoiceAtom a solução Audiobay para podcasters móveis, usuários de Pocket PCs. Por U$ 25, adquire-se uma solução completa com gravador, publicador, gerador de rss e hospedagem por 12 meses.

No meu modo de vista, é uma solução estilo "podcast for dummies". Pensando bem, dummies mal sabem o que é podcast, fazer então, está fora de cogitação... Já os não-dummies preferem montar seus sites e criam seus próprios rss. Ou aprendem na marra. Para gravar e subir o podcast, usam-se aplicativos de gravação e ftp gratuitos. Mas enfim, fica a dica para quem quiser experimentar.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 03:13 PM

março 21, 2006

Enfim! Alfa do novo Agile Messenger para PPCs

Enfim, após um longo e extenuante período de espera, saiu o primeiro alfa da atualização do Agile Messenger para PPCs. Além das já conhecidas funcionalidades, ele agora integra o Gtalk (além de MSN, AOL, Yahoo, ICQ e Jabber / XMPP), suporta WM5, telas VGA e formato landscape. Em breve sairá uma versão para smartphones.

O arquivo pode ser baixado diretamente desse link:
http://www.agilemobile.com/alpha/AgileMessengerWM5-alpha.zip

Lembrem-se que ainda é um alfa para testes. Ajude os desenvolvedores enviando bugs e problemas para o e-mail bug_reports arroba agilemobile.com. Vocês podem postar os bugs aqui também, para ajudar os demais "testadores" que encontrarem os mesmos problemas.

postado via laptop

escrito por Bia Kunze em PDA às 02:18 PM | Comentários (4)

março 17, 2006

O futuro das fabricantes de PDA

As 3 maiores fabricantes de PDA no mundo, Palm, HP e Dell preparam-se para o futuro, onde convergência será lei. O que esperar de cada uma delas? Eis minhas previsões.

postado via PDAphone

A Palm não aposta mais no Palm OS. Veremos cada vez mais smartphones, sendo os Treos com Windows Mobile (como o 700w) a principal aposta. Mês que vem devemos ter o lançamento do 700p, rodando Palm OS, que não deverá trazer nada de inovador. Aliás, é um lançamento perigoso, por trazer um OS oficialmente descontinuado.

Os tradicionais e baratos modelos básicos continuarão no mercado, mas voltado a um público iniciante, que busca apenas funções de organizador pessoal. Não teremos investimento no público low-end.

Separar a divisão de handhelds foi apenas o primeiro passo da HP vislumbrando o futuro dos portáteis. Tudo indica que a empresa vai continuar produzindo apenas smartphones. Decisão radical? Pode ser, já que nem todos querem um PDA conectado. Mas é uma medida que visa protegê-la de prejuízos futuros, já que PDAs vendem cada vez menos.

E o que esperar da Dell? Bem, eu acredito que a linha Axim x51 é a útima da empresa na área de handhelds. Não apostem em atualizações nela. O próprio x51 terá vida curta. Das duas uma, ou a Dell segue a tendência mundial e adota apenas smartphones ou simplesmente enterra sua linha de PDAs de vez.

escrito por Bia Kunze em PDA às 08:13 AM | Comentários (1)

março 13, 2006

VoIP em Palms e Symbian

Se isso for verdade, uma legião de palmaníacos poderá comemorar, já que uma solução em VoIP é uma das ausências mais sentidas nos Palms.

Segundo rumores, o MantraGroup estaria trabalhando em uma solução móvel de VoIP para Palm OS, que inclusive já teria um beta fechado e nome: MobiVoIP.

Por ora, apenas usuários de Pocket PC podem usufruir dessa tecnologia, fazendo ligações telefônicas através de uma versão especial do Skype para tal plataforma. A própria Skype já está demonstrando versões para Symbian, ainda em desenvolvimento. Só estão aguardando os Nokia com wi-fi ganharem mercado, o que não vai demorar.

postado via PDAphone

escrito por Bia Kunze em PDA às 01:21 PM

fevereiro 16, 2006

Palm OS dará lugar ao novo ALP

Enfim, amigos, o dia chegou. Muita gente teimou em negar a morte iminente do Palm OS, mas agora ela foi oficialmente anunciada.

Conforme já sabíamos, a novidade é um sistema totalmente reescrito. Access Linux Plataform, ou ALP, é o nome do substituto anunciado ontem em Barcelona na 3GSM World.

postado via PDAphone

Qual o futuro do Palm OS após a compra da PalmSource pela Access? A única certeza era que os japoneses não comprariam um sistema moribundo se não tivessem uma carta na manga. Comprando a PalmSource, a empresa não lançará seu sistema "no escuro" - o ALP já nascerá detendo 60% do mercado de handhelds. A idéia é justamente pegar esse mercado amplo e integrar o atual e maioritário Palm OS no novo ALP. Com o passar do tempo, o Palm OS será naturalmente diluído até desaparecer.

Mas, mirando o futuro, o foco da Access obviamente é o ramo de smartphones, que não pára de crescer. Empresas como NTT DoCoMo, NEC e Samsung já manifestaram interesse na nova plataforma.

E o que esperar desse tal ALP? Muita coisa, conforme as especificações da Access. Enfim teremos aí um sistema operacional para portáteis realmente competitivo, em condições de bater de frente com o Windows Mobile: kernel Linux, inclusive com otimizações para interface gráfico (GIMP), banco de dados (SQLite), streaming e ambiente multitarefa. Vem aí inclusive uma versão nova do NetFront, com suporte até a AJAX.

Mas tenho muitas dúvidas ainda, principalmente sobre a questão do open-source. Não entendo muito disso, mas como ficarão os atuais desenvolvedores de aplicativos comerciais para Palm OS? Terão que adaptar seus produtos futuramente para deixá-los com código aberto?

Enfim, como por enquanto só podemos discutir hipóteses, só me resta dizer que o ALP promete. O único problema é que não teremos aparelhos suportados tão cedo, pelo menos até 2007, o que pode estagnar o mercado de Palms atual. Quem compraria hoje um aparelho oficialmente obsoleto?

Eu já aguardo a novidade ansiosa! E num momento otimista do dia, imaginei: quem sabe a Sony não volte ao mercado? Sim, porque não boto mais um centavo do meu bolso em hardware da Palm Inc.

Todos os detalhes do anúncio do novo sistema estão aqui.

escrito por Bia Kunze em PDA às 10:28 PM | Comentários (11)

fevereiro 06, 2006

Apple vai comprar a Palm?

Rumores e mais rumores se espalham no mundo dos portáteis. Começaram semana passada, por fofocas de que a Dell estaria abandonando sua linha de handhelds. Agora é a Palm Inc. que está na berlinda, por causa de especulações de que a Apple planejaria comprá-la.

Tais buxixos têm uma causa comum: o novo relatório do IDC, reforçando mais ainda a queda na venda de PDAs em favor da ascendência dos smartphones. Segundo o IDC, as vendas mundiais de PDAs caíram 18.2% no último quadrimestre de 2005.

Se a Palm realmente for comprada pela Apple, é bem provável que o Palm OS saia do purgatório. A Palm continua sendo a empresa líder em vendas de PDAs, mas seu reinado não é mais absoluto. Concorrentes como HP e Dell avançam a passos largos, lembrando que vendas de PDAs com Windows Mobile até pouco atrás eram inexpressivas.

Para quem tem uma história de rancor com essa empresa e está de lua-de-mel com um iPod, um Palm fabricado pela Apple é uma idéia que agrada bastante. (Obrigada de novo, Vaine!)

postado via laptop

escrito por Bia Kunze em PDA às 08:21 PM | Comentários (8)

WM5: downgrade para WM2003SE

De Georges do Vale:

Tudo jóia? Gostei muito do seu site, muito explicativo. Tenho um pequeno problema, ano passado eu adquiri um x50v do nosso querido "Johnny Bravo". Semana retrasada me chegou aqui em casa um CD-upgrade da Dell para o Windows Mobile 5.0, eu o instalei e não gostei do desempenho do novo S.O., muito pesado, demora no acesso dos programas e de vez em quando dá umas travadinhas que no WM2003SE não aconteciam. Gostaria de saber como faço para retornar para o Win 2003 SE porque o negócio aqui tá dificil! Desde já muito obrigado.

postado via laptop

Olá, Georges! Bem, acredite se quiser, muitos donos de x50v têm me procurado com a mesma queixa. O fato é que eu também achei o WM5 problemático, embora no x51v isso não acontecesse. Muitos se arreprenderam do upgrade, outros estão meio perdidos no sistema novo... tem até donos de x51v, como WM5 nativo, querendo usar o 2003SE no lugar!

Mas se você deseja voltar ao WM2003SE, no fórum do Aximsite há diversos tópicos sobre upgrade e downgrade de S.O., tenho certeza que os links a seguir serão muito úteis:

WM5 downgrade to WM2003SE links inside
WindowsMobile 5.0 compatible software list
I gave up... back on 2003se
Um, So has anyone actually SUCCEDED in downgrading on a x51?

Boa sorte!

escrito por Bia Kunze em Leitores às 08:20 AM | Comentários (3)

fevereiro 03, 2006

Mini-review: Opera em palms, pockets e pendrives

Fãs móveis do navegador Opera têm 3 novas opções de uso on-the-go: uma versão para memórias flash e pendrives, uma para Windows Mobile (inclusive WM5) e, por fim, uma em Java (J2ME) para qualquer aparelho portátil compatível - o que pode ser um alento para quem odeia os navegadores medíocres dos Palms...

Analisei as 3 versões e, a seguir, estão minhas impressões sobre cada um.

* Opera Mini: um browser compacto que funciona em qualquer celular que não tenha recursos sofisticados. Basta rodar Java e ter um navegador wap. A lista de aparelhos compatíveis está no site do OM. Por ser tão versátil, ele pode ser usado também em palms, que, como se sabe, não têm navegadores lá muito decentes. Baixe-o direto de seu portátil pelo endereço http://mini.opera.com.

Usuários de palms que testaram o produto adoraram o suporte ao botão 5-way, a rapidez na hora de carregar sites e suporte ao formato landscape. Por outro lado, há uns probleminhas na renderização de algumas páginas. Deve ser porque todas passam pelo servidor do Opera antes, que as encolhe e adpta às telinhas de celulares. Pelo pouco que testei da verão low em meu Z600, até ser roubado, gostei muito da rapidez. Mas não esperem grandes coisas. É um quebra galho bacana para pesquisas rápidas. Fico devendo as fotos da tela...

* Opera para Pocket PC: tenho testado a novidade (demo) no meu Pocket PC e não me adaptei muito bem ainda. Acho que ele poderia ser mais prático: dá para abrir várias janelas, mas pular de uma para a outra é bem chato, via menus, já que não tem abas. O jeito de contornar isso é via Magic Button. Em compensação, suporta telas VGA e modo landscape, e o ajuste das páginas na telinha do pocket é perfeito. Há uma versão compatível com WM5.


Java Applets

O grande trunfo dele, é o suporte a java applets. Isso significa que, pela 1a vez, é possível navegar num site de banco num portátil, passando pelo tecladinho virtual. Matador!


Ajuste perfeito na telinha do pocket

* Portable Opera: a exemplo do que ocorre com o Portable Firefox, é uma versão para pendrives, cartões de memória ou qualquer tipo de memória flash em geral. Deve rodar até em câmeras digitais e iPods. Achei muito interessante, dá para fazer tudo que o Opera normal faz: levar seus favoritos, feeds e até emails para todo lugar, usar em qualquer computador e não deixar rastros de navegação. E é gratuito.

Vale lembrar que já existe há um tempinho uma versão do navegador para Symbian s60 (como o Nokia 6600 e tantos outros) e outra para WM Smartphones (como o MPx220).

Enquanto isso, screenshots do futuro Internet Explorer 7 vazaram na web. Duas vezes. Eu particularmente acho que não vazaram, mas "foram propositadamente" vazadas... é muita coincidência tanto "vazamento". Bem... Com a concorrência ganhando cada vez mais terreno, a Microsoft precisa mostrar serviço, não?

Pesquise preços de: acessórios para Palm acessórios para Pocket PCs acessórios para Nokia e Symbian

postado via pocket pc

escrito por Bia Kunze em PDA às 10:51 AM | Comentários (29)

janeiro 25, 2006

Mini-review: Palm T|X

Pude matar um pouquinho da saudade dos palms (?) mexendo à vontade no novo T|X, na semana passada. Para quem quer wi-fi e quer Palm OS, ele é a única opção ao LifeDrive. Mas qual dos dois é o melhor?

O que chama atenção, em primeiro lugar, é o custo benefício do Palm TX. Por aproximadamente , o usuário leva um palm elegante, com uma telona nítida e brilhante, processador de 312 MHz, 128 MB de memória e wi-fi nativo. A Palm apresenta o TX como sucessor do T5, mas tirou muitas funções que o T5 tem, a fim de baratear o produto.

Até compreendo tirar coisas como o cradle (berço) para melhorar o custo-benefício. Mas eu questiono esse negócio de colocar o TX como substituto do T5. Adicionaram o wi-fi sim, mas poxa, tiraram o gravador de voz... Tudo bem, faço um esforcinho compreensivo e entendo, afinal a empresa quis colocar no mercado um Palm com wi-fi para quem não gostou do caro e desajeitado LifeDrive.

Mas meu susto mesmo veio ao constatar que aquele modo de pendrive / porta-arquivos que fez sucesso com a galera a partir do T5 foi removido TAMBÉM! Estranho, como botam 128 MB de memória, que é mais do que suficiente para um palm, e tiram essa função tão boa? Sacanagem!

Além da sentida ausência do gravador de voz e do modo pendrive, não gostei muito dos alarmes baixinhos, acho que a localização do speaker, na parte de trás, atrapalha nesse ponto. Baixinhos e tediosos de sempre. Aliás, achei graça nisso, mudei de plataforma há um ano e meio e ao pegar um Palm constato que os sons de alarme não mudaram nada...

Mas tenho que ser justa e realçar as qualidades do danadinho. Quando ele entra em ação, não decepciona. Sem dúvida hoje ele é o melhor Palm do mercado. Mexer nos programas, arquivos, mídias etc, é tudo muito rápido. Perto do TX, o LifeDrive parece uma carroça. O acesso wi-fi, então, é um foguete. Usando minha rede aberta de casa, constatei que as páginas carregam quase instantaneamente.

Uma coisa que eu gosto bastante na família T5 / TX é o aproveitamento de espaço físico externo. O palm é leve e fininho. Sua telona ocupa o máximo de espaço possível, deixando apenas o indispensável para os botões, pequeninos e simples. Minimalismo é tudo de bom, aprendi isso com o iPod. A inovação é a carcaça escura, com aspecto plastificado, substituindo a de aspecto mais metalizado do T5. Pouca coisa diferente, mas não desmerece o conjunto.

Quer um Palm com wi-fi mas não sabe qual escolher? Só recomendo o LifeDrive se o usuário quiser carregar muitos (e pesados) arquivos, principalmente de mídia. Os 4 GB encarecem muito o produto, e muitos palmusuários que aderiram ao LD logo no lançamento, ávidos pelo wi-fi nativo, arrependeram-se por gastar tanto dinheiro e não usar seu HD devidamente. Como a maioria dos profissionais móveis está mais interessada num organizador pessoal leve, ágil e funcional, fica a dica: o TX é a melhor pedida e não vai desapontar ninguém.

Pesquise preços de: PDAs Palm TX Palm LifeDrive

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em PDA às 05:15 PM | Comentários (29)

janeiro 18, 2006

Bluetooth capado também no Dell x51v?

Virando e revirando o x50v e o x51v que tive em mãos semana passada, vi-me diante de alguns misteriosos bugs, que mencionei aqui ao fazer o mini-review do Windows Mobile 5. Não ficou muito certo se eram bugs do WM5.

Nada melhor nessas horas do que recorrer à comunidade de usuários e tirar essa dúvida de uma vez por todas. Conversei com donos de x51v, visitei fóruns, troquei informações com um monte de gente. E enfim, o mistério foi desvendado: o Dell Axim x51v vem com o bluetooth stack da Microsoft, não o tradicional (e mais completo) da Widcomm / Broadcomm, e vários profiles estão faltando. Traduzindo: o bluetooth do x51v é diferente e inferior ao do x50v, com diversos perfis a menos, portanto, menos compatível com acessórios e menos versátil em conectividade que o seu modelo antecessor.

Segundo um review do site PocketNow:

"O Dell Axim X51v agora usa o stack bluetooth da Microsoft ao invés do da Widcomm. As opiniões sobre qual é melhor são contraditórias,e a Microsft está melhorando o seu rapidamente. Contudo, nessa versão, ainda falta o perfil do bluetooth networking."

Explicando em miúdos para quem, como eu, não é especialista em hardware... a grande chatice do x51v é o bluetooth menos funcional que o do x50v. Dá para o navegar via GPRS com um celular bluetooth, como eu fiz, e a transferência de arquivos entre aparelhos também ocorre numa boa. Mas se você gosta de usar headsets (fones) bluetooth, ou mandar seu programa de contatos discar para o número de alguém no celular via bluetooth, infelizmente isso não será possível. Logo que o aparelho foi lançado, especulava-se nas listas que a impossibilidade de se dicar para um contato no celular por bluetooth fosse um bug no software de contatos.

De quem é a falha? Da Dell, fabricante do x51v? Ou alguma imposição da Microsoft para o uso do novo stack, a fim que referido PDA funcionasse com o novo Windows Mobile 5?

Haverá correção para o problema? Ainda segundo o review da PocketNow:

"Vale mencionar que planeja-se um update para o Windows Mobile 5 para ainda esse ano, que adicionará suporte ao profile A2DP do bluetooth. Isso significa que você poderá usar headsets bluetooth stereo profile. That means you'll be able to use wireless Bluetooth stereo headphones for audio."

Para concluir, fica o impasse: vale a pena a compra do Dell x51v? Claro que ele continua sendo um excelente PDA, mas a ausência de certos perfis bluetooth certamente frustrarão muitos usuários, principalmente aqueles já acostumados ao sistema Pocket PC. A Dell costuma ser pontual e eficiente na liberação de ROMs e patches de sistema para seus usuários. Porém, se o problema dos perfis bluetooth será corrigido nesses patches, só o tempo vai dizer. Quem viver verá.

Eu particularmente, não compraria um x51v agora. O texto do meu mini-review do WM5 deixou isso claro, pois o WM5 precisa de alguns acertos e os desenvolvedores dos programas mais difundidos precisam de um tempo para deixá-los totalmente compatíveis com o OS novo. Agora, com esse novo impasse, recomendo fortemente que os usuários sedentos por upgrade de PDA aguardem um pouco mais se realmente desejam um Dell.

escrito por Bia Kunze em PDA às 04:55 PM | Comentários (13)

janeiro 13, 2006

Google mergulha de cabeça nos portáteis

Primeiro foi a versão pda-friendly do webmail da empresa, o Gmail. Depois, o anúncio da página inicial personalizada, igualzinha à dos browsers nos desktops.

Agora eles informam que haverá em breve Google Talk para o Blackberry, que também funcionará como na versão desktop, com todas as funções.

Será que há planos do GT em palms e pockets também? Seria o meu pontapé definitivo no MSN, que detesto. E nem estou falando do programa (uso os agregadores Trillian no PC e Agile em PDAs e celulares), falo do serviço mesmo. Tenho entrado pouco nele, prefiro icq e yahoo - esses sim, fico bastante.

postado via pocket pc

escrito por Bia Kunze em PDA às 11:33 PM | Comentários (1)

janeiro 12, 2006

Mini-review do Windows Mobile 5

Você está interessado em um PDA com Windows Mobile 5? Ou fazer um upgrade no seu, se compatível? Brinquei um pouco no novo sistema, em dois aparelhos diferentes - um x50v "upgradeado" e um x51v com a novidade nativamente. Foi o suficiente para escrever um mini-review com minha opinião.

postado via laptop

Mexi num x50v atualizado para WM5. Achei lento, muito lento. E tem uns bugs idiotas. Por exemplo, aquele bug de volta e meia ele listar 2 vezes o slot do cartão SD ou CF no gerenciador de arquivos. Mexi num x51v também e notei que muitos bugs permancem, mas a lerdeza não. Concluo que deve ser por causa do upgrade de memória do 51.

Falando nisso, gostei do novo sistema de gerenciamento de memória. Ficou mais fácil administrar a memória para programas e a memória para armazenamento. E ficou mais fácil explicar isso para os novatos em Pockets também. :)

Seja no 50 ou 51, o novo OS tem dado MUITO pau com vários programas. Mesmo os que foram recentemente atualizados. Mas deve ser uma questão de tempo os desenvolvedores adaptarem-nos adequadamente.

A barrinha do Task Manager congela direto no x50v. No 51, continua como sempre foi. Enquanto estive com meu x50v, usava-a sempre e gostava bastante. Era bem prática.

Estranhei um pouco também as mudanças para gerenciar bluetooth. Você se perde totalmente na hora de criar uma nova conexão. Acho que é questão de costume, porque na prática você acaba usando menos "taps" para se conectar. Isso é bom.

O WM5 é muito bonito visualmente. Os novos links da tela Today para os serviços do Hotmail / MSN não servem para nada, a não ser que você seja usuário ativo dos serviços. O MSN Messenger está mais bonitinho, mas continuo achando ele um lixo. Sei lá, não gosto, sempre achei fraco. O Messaging idem, ganhou uma bela roupagem nova, mas funções que é bom, continua aquele feijãozinho com arroz.

Quanto aos aplicativos, o novo PowerPoint é simples, mas quebra um galhão. O Pocket Word melhorou, mas ainda perde alguma formatação quando se têm tabelas. Ainda não dá para inserir imagens, é uma pena. A melhor surpresa foi o Pocket IE. Está mais usável, agora dá para salvar as imagens das webpages. Gostei também da barrinha que mostra o status de carregamento das páginas, muito útil num ambiente multitarefa - enquanto carrega, você faz outras coisas.

Para concluir, não descartaria o update para o WM5, mas aguardaria sair uns patches, principalmente se você depende muito do seu PDA no dia-a-dia.

escrito por Bia Kunze em PDA às 10:59 PM | Comentários (14)

novembro 28, 2005

1001 utilidades para a rede sem fio doméstica

Uma das grandes vantagens de se ter uma rede wireless em casa é não precisar ligar o PC para manter contato com o mundo. Se eu chego de noite em casa muito cansada, saco meu PDA, vejo os emails, acesso os instant messengers e o skype. Andando pela casa, lanchando, deitada na cama...

É... um dia, nossos filhos e netos ficarão boquiabertos em saber que certa vez existiu algo chamado "desktop", que te obrigava a sentar na frente dele e ficar ali por horas, passivamente. Claro que um PDA não substitui um desktop, mas já penso seriamente em me tornar desktopless, vendendo meu PC e abraçando um notebook. Tem dois programinhas que integram meu PDA e meu desktop via wi-fi de maneira deliciosa, quero falar um pouco deles...

Existem dois aplicativos para PPC que realmente fazem meu lazer com wi-fi valer a pena. Vocês conhecem o Resco Radio? Bem provável que sim. É um dos meus favoritos. Além de ouvir rádios do mundo todo por streaming, posso salvar trechos da programação que eu quiser em MP3 no cartão de memória. Bárbaro, não?

Outra tetéia, descoberta mais recente, é o Salling Clicker. Esse programa é tipo um controle remoto wireless, dá para acessar sua máquina e mandar rodar vários tipos de arquivos, mas o que eu mais gosto mesmo é de ouvir música. Já que o meu PC está ligado no meu sistema de som, acesso o pocket e escolho no iTunes as músicas que quero ouvir pela casa.

Nos momentos mais privativos, deito na cama, relaxo, coloco um fone de ouvido, acesso as pastas de música do meu PC através do Resco Explorer e ouço no meu pocket mesmo. Também posso assistir meus filmes e seriados, ou acessar qualquer outro arquivo que eu quiser.

Alguém ainda duvida que uma rede sem fio pode fazer diferença na sua rotina doméstica?

Pesquise preços de: roteador wireless modems ADSL placa PCMCIA wireless para notebooks

postado via desktop

escrito por Bia Kunze em PDA às 09:11 PM | Comentários (16)

novembro 25, 2005

Wi-Fi e Qtek 9090 na Claro

Tenho conversado com o pessoal da Claro Empresas. Estou bastante interessada num Pocket PC Phone Edition que a empresa está disponibilizando para usuários corporativos.

postado via pocket pc

Trata-se do QTek 9090, um Pocket PC com telefone celular quadri-banda GSM/GPRS e wi-fi. As especificações são de fazer o queixo cair: processador Intel 400MHz, visor colorido VGA de 3,5", teclado alfanumérico deslizante, conectividade Bluetooth, Wi-Fi e infravermelho, além dos recursos multimídia de câmera digital integrada e MP3 player. Eis aqui um interessante review do bichinho.

Eu já estava há tempos interessada em um smartphone com Windows Mobile, mas nenhum até então com os 400 MHz mínimos de processador que o Skype exige.

Há outros PDA-phones similares à venda lá fora, alguns até um pouco melhores. Contudo, depois que soube que um membro do grupo, o Ivan, teve que mandar o Loox dele para a Europa para mandar consertar uma tela quebrada, prefiro apostar em algo que tenha assistência e garantia por aqui. Meu PDA é minha ferramenta de trabalho, dependo dele para tudo, quero facilitar as coisas.


Claro Wi-Fi

Durante a Futurecom a Claro anunciou o Claro Wi-Fi. Segundo a empresa, o serviço tem conexão até duzentas vezes mais rápida do que a conexão discada comum. O novo produto não cobra pelo volume de dados trafegados e não tem adicional de roaming. O Claro Wi-Fi é oferecido para o modelo Qtek 9090 e placa Sony Ericsson GC 89. Os planos custam a partir de R$ 45 ao mês. A operadora conta com duas parcerias para o desenvolvimento do novo serviço: a Motorola Brasil e a Vex. O acesso à rede Wi-fi é possível por meio de uma solução chamada Symbiosis, desenvolvida pelo Centro Mundial de Aplicações e Serviços de Infra-estrutura da Motorola Brasil; e a tecnologia da Vex permite que velocidade de transmissão e recepção seja de até 11 Mbps.
(Fonte: e Market News)

É uma iniciativa interessante. Mas pagar mensalidade por algo tão instável quanto o Wi-Fi da Vex, não, obrigada.

escrito por Bia Kunze em PDA às 12:02 PM | Comentários (5)

novembro 16, 2005

Netfront for VGA Pocket PCs


Clique na imagem para ampliar.

Quando se fala em browser para portáteis, NetFront é o melhor. Consagradíssimo nos Cliés, depois nos Symbian e nos Pocket PCs, enfim saiu uma versão VGA para esses últimos. Eis um mini-review dele.

postado via pocket pc

Enquanto não instalo o WM 5 no meu Dell x50v (muitos dos meus programas os quais não vivo sem ainda não são incompatíveis), onde segundo analistas o Pocket IE deu uma boa melhorada, fico com o upgrade do NetFront. Demorou, mas finalmente saiu a versão 3.3 para os Pockets com tela VGA.

As novidades são, segundo o desenvolvedor, as seguintes:

- Supports VGA LCD
- Smart Frame Operation
- Web Data/Password Manager
- Popup Block
- Supports RSS and Atom Feed
- Page Translation
- Rendering to a virtual-sized screen (Virtual Canvas)
- NetFront SMIL Player
- NetFront SVG Viewer

Não dá para descrever a sensação maravilhosa de se ter um browser poderoso num PDA com tela VGA. Java, SSL, abas, frames, download de imagens dos sites, e agora, até RSS! O fabricante já promete até suporte a flash na versão final.

Esse é apenas um technical prewiew, mas recomendo fortemente o download. Mais informações, aqui.

escrito por Bia Kunze em PDA às 12:14 AM | Comentários (12)

novembro 10, 2005

RSS readers para Pocket PCs

Depois da 1a parte desse artigo, onde falei em leitores de RSS para Symbian, e da 2a, para PDAs em geral e Palms, encerro a série com os melhores agregadores exclusivos para Pocket PCs!

postado via desktop


Egress, meu leitor favorito de RSS no PDA.

Eis os aplicativos que testei:

1) PocketRSS - um aplicativo que mostra suas notícias na tela Today, através de um plugin. Funciona tanto online como offline.

2) PocketFeed - um bom agregador gratuito que funciona hierarquicamente. As notícias são mostradas numa janela logo abaixo da lista de seus sites inscritos.

3) NewsBreak - programa bem interessante para quem lê muito RSS. Interface organizada, oferece opção de mostrar na tela Today quantos headlines ainda não foram lidos. Dá para importar ou exportar canais, ou inseri-los manualmente. A atualização das notícias pode ser feita via conexão ao PC, ou on-the-go.

4) RSS Sync - é uma extensão do ActiveSync, interessante para quem não dispõe de conexão wireless. As notícias são atualizadas via ActiveSync, sendo, portanto, um leitor offline. E o melhor, gratuito.

5) Egress - é a minha escolha atual. Assim como o QuickNews do Palm OS, o Egress baixa as notícias em RSS e os arquivos de áudio anexos. O programa tem uma interface amigável, organizada e permite visualizar fotos junto com as notícias. A leitura dos feeds é agradável e totalmente customizável. Os downloads podem ser programados ou automáticos. O plugin para a tela Today mostra o canal e o título da notícia, com data e hora, mas isso pode ser customizado pelo usuário. Pena que é um pouco pesado.

escrito por Bia Kunze em PDA às 10:22 AM | Comentários (7)

outubro 31, 2005

Calculadoras rápidas

É indispensável instalar no seu PDA uma calculadora pop-up, leve e simples de usar, para consultas rápidas. Seja para Palm ou para Pocket PC, há 2 opções interessantíssimas e gratuitas. Instale e aproveite!

postado via desktop

Para Palm OS, a dica é a SnapCalc. Depois de instalada, ela fica escondidinha na barra de atalhos e é ativada através de um atalho na área graffiti. O tamanho da calculadora é regulável, e, sendo pop-up, não é preciso sair do aplicativo em uso. Usei muito nos meus palms, desde os tempos dos m50x até o T3 e recomendo. Dá para fazer copy/paste dos cálculos. Freeware.

Para Pocket PC, a dica é a CalcNote. Depois de acionada, você pode deixá-la minimizada na barra de aplicativos no Today, ou em qualquer outro lugar. Basta um toque para ativá-la em pop-up. Além de calculadora, tem a função de notepad, permitindo adicionar notas rápidas ou abrir as já existentes do Notes do Pocket. Freeware.

escrito por Bia Kunze em PDA às 05:26 PM | Comentários (5)

outubro 23, 2005

Subiu no telhado

Está gerando a maior polêmica nos sites de Palm mundo afora a provável descontinuação do Palm OS pela Access. O site Palminfocenter até publicou uma nota apocalíptica que acabou substituída por um texto mais low-profile.

"Palmiteiros" ardorosos continuam defendendo sua adorada plataforma. "Symbianistas" olham tudo com ar de desdém e os "Pocketeiros" simplesmente ignoraram a notícia. E você, o que acha? O Palm OS está realmente em vias de ser extinto?

postado via pocket pc

escrito por Bia Kunze em PDA às 05:51 PM | Comentários (7)

outubro 21, 2005

RSS readers para Palms

Selecionei os melhores leitores de RSS que funcionam em browsers de portáteis ou Java Mobile, funcionando, portanto em qualquer PDA ou smartphone. Em seguida, uma seleção dos melhores leitores de RSS exclusivamente para a plataforma Palm OS.

postado via desktop

Para qualquer PDA ou Smartphone

Bloglines for PDA - o Bloglines é o agregador de escolha de muita gente, pois permite que se acesse seus feeds de qualquer computador, basta entrar no site e logar em sua conta do serviço. Gratuito, não precisa instalar nada, tudo é feito via browser. O que muita gente não sabe é que existe um link PDA-friendly, que torna a navegação bem mais ágil e
visualmente agradável em portáteis. Contudo, o Bloglines exige uma conexão permanente.

FreeNews - Baseado em Java, é um aplicativo para PDAs e celulares que suportam essa plataforma.

NewsMob - Assim, como o Bloglines, o NewsMob is é um agregador de RSS que funciona no browser do seu PDA, com o diferencial de também permitir sincronismo, além da leitura online. É gratuito.


Para Palm OS ou Pocket PC

AvantGo - Durante anos o AvantGo fez o maior sucesso porque permitiu que seus usuários gerenciassem módulos de conteúdo. Com o advento do RSS, isso deixou de ter sentido. Contudo, o AvantGo agora deu a volta por cima e recém-lançou, ainda em beta, um serviço agregador de feeds. E ele continua gratuito. A única coisa chata é a limitação de espaço / módulos.


Exclusivos para Palm OS

Usuários móveis em geral preferem baixar seus feeds no seu PDA e depois lê-los offline a qualquer hora, em qualquer lugar. Uma série de aplicativos interessantes podem fazer isso por você. Veja as características de cada um e escolha o seu.

Sunrise - Antigamente chamado JPluck, é um aplicativo que converte sites ou feeds RSS em documentos formato Plucker para leitura offline no palm. O JPluck deve ser instalado no desktop para fazer as conversões. No palm, é só instalar o freeware Plucker ou usar um leitor qualquer desde que compatível com o formato. Seu funcionamento é um pouco trabalhoso, mas o resultado compensa, já que é possivel levar qualquer site da web no Palm.

FeedBurner - Bastante conhecido e aprovado pelos usuários, é a opção de quem quer atualizar seus feeds on-the-go. O FeedBurner funciona muito bem para quem tem os novíssimos palms com wi-fi, como o LifeDrive e o TX, ou um smartphone como os Treo.

NewsMob - Simples e gratuito, um leitor de feeds que funciona em Java.

Quick News - É o novo nome do antigo HandRSS, o pioneiro em RSS para palms. O Quicknews sem dúvida é a melhor e mais poderosa opção disponível hoje para quem tem Palm OS. Ele baixa as notícias em RSS e os arquivos de áudio anexos - o que o torna perfeito para amantes de podcasts.


**
No próximo post, leitores de RSS exclusivamente para Windows Mobile. Aguardem...

escrito por Bia Kunze em PDA às 09:18 PM | Comentários (5)

outubro 17, 2005

Dell Presentation Bundle versus Margi Presenter To Go

Muitos profissionais, como executivos e professores, acham complicada a estrutura técnica que uma simples apresentação demanda. A única preocupação deveria se concentrar na pesquisa do tema e preparação do material.

Contudo, na hora da apresentação é preciso um PC ou notebook para gerenciar os arquivos, um datashow para projetar a tela e vários cabos, tomadas e carregadores disponíveis. Usuários do sistema operacional Windows ainda sofrem com eventuais crashes e incompatibilidades. Isso é mais comum quando se prepara a apresentação em uma máquina e projeta-se em outra. O que pode ser mais desagradável na hora de sua palestra ou aula: o visualizador de slides travar? O sistema dar pau? As imagens não abrirem?

Para evitar dores de cabeça, esses profissionais preferem preparar tudo em seu notebook e usar ele mesmo na apresentação. Porém, nesse caso, adeus mobilidade. Você se torna refém de pesado (e caro) arsenal tecnológico.

Que tal usar seu PDA para esse serviço? Confira, no MundoSemFio, uma análise entre as duas opções disponíveis no mercado: O Dell Presentation Bundle e o Margi Presenter-To-Go.

postado via pocket pc

escrito por Bia Kunze em PDA às 12:09 PM | Comentários (6)

outubro 03, 2005

Boot de 6 minutos

Nos últimos dias vivi em função dos prazos para os trabalhos da faculdade. Feliz com a sensação de dever cumprido, voei até um laboratório de informática para aproveitar os 10 minutinhos que restavam antes da aula começar. Nas mãos, o VCD recém-saído da ilha, com o meu documentário "Curitibanos Adotivos". Curiosidade imensa de ver minha obra pronta...

Só perdi tempo. O sistema levou 6 minutos para carregar o Win XP. Desisti. Saí bufando. Restavam-me 4 minutos.

Com o briefing tive mais sorte. Já na sala, saquei meu tecladinho e o PDA, ajeitei-o no Pocket Word e fui até o serviço de impressão nas salas de xerox. O SD foi para o leitor USB da máquina e o arquivo impresso. Se tudo levou 3 minutos, foi muito...

postado via pocket pc

escrito por Bia Kunze em PDA às 11:40 PM | Comentários (10)

setembro 27, 2005

Gerencie melhor seu Pocket PC

Saiba como gerenciar melhor seu Pocket PC, com algumas dicas de utilização de memórias e melhor aproveitamento da tela Today.

postado via desktop


Memórias internas

O Pocket PC tem 2 memórias internas, a Principal e a Built-in.

Quando mais espaço você tiver na sua memória principal, mais programas rodarão e mais rapidamente. Economize-a o máximo que puder, só instale programas de sistema, ainda assim, leves. Na minha memória principal, só tenho instalados alguns plug-ins da tela Today e mais nada. Hoje, esses plug-ins são o Pocket Weather e o tdLaunch. Todos os demais programas são instalados no cartão CF, mesmo o Resco Explorer e o NewsBreak, que têm plug-in para o Today.

PocketBreeze, SBP, Wisbar, entre outros, são programinhas muito úteis, mas comem uma memória desgraçada. Nunca vi coisa igual. Já testei todos, mas não uso nenhum. Seriam subutilizados. Quem usa sabe o quanto eles deixam o OS lerdo.

A Built-in Storage também é uma memória interna, para armazenamentos diversos. Carrego ali alguns documentos do Office que atualizo constantemente, sincronizando com o PC todo dia. Por exemplo, meus cadernos da faculdade e o meu caixa da clínica.


Memórias externas

Meu cartão CF (128 MB) é exclusivo para programas e seus aditivos (como os feeds RSS do NewsBreak ou os mapas do Pocket Streets). O SD (1 GB) é reservado para dados e está entupido de filmes, mp3, e-books e documentos do Office, RepliGo e PocketMindmap. Mesmo atolado de mídia, ainda tenho uns 300 MB livres.

Uso o SD exclusivamente para dados porque muitas vezes quero acessá-los em outros PCs (como os da faculdade) através do meu leitorzinho SD. É só espetá-lo na USB e acessá-lo como um drive qualquer.


Atalhos na tela Today

Para resolver os problemas de gerenciamento do sistema, já que não uso PocketBreeze, SBP ou Wisbar, uso o plug-in do Resco Explorer. Na tela Today ele mostra para mim os status de baterias e memórias, o que já está muito bom. Mostra alguns atalhos para documentos também. Mas atalhos para programas continuo com o tdLaunch, por ser bem mais customizável.

Se você quer ver um screenshot da minha tela Today, com detalhamentos, clique aqui.

escrito por Bia Kunze em PDA às 04:37 PM | Comentários (8)

setembro 11, 2005

Access compra PalmSource: isso é bom ou ruim?

Novo rebuliço no mundo Palm: A Access, uma desenvolvedora de softwares para PDAs e smartphones, comprou a PalmSource, e passa a ser a nova proprietária do sistema operacional Palm OS. Press release completo, aqui.

A julgar pelo repertório da empresa, que é responsável, entre outras aplicações, pelo excelente navegador NetFront, creio que seja uma boa notícia. Quem sabe os japas da Access não se animam tirar o Palm OS da UTI? Tenho certeza que na terra do sol nascente tem muita gente morrendo de saudades dos Cliés da Sony...

postado via pocket pc

escrito por Bia Kunze em PDA às 06:08 PM | Comentários (2) | Citações

agosto 31, 2005

Google Talk para portáteis

Fazia teeeeempo que não me pediam convites para o Gmail. De repente eles voltaram à tona. E ao checar meu inbox, vi que eles disponibilizaram agora 100 convites, ao invés dos 50 habituais... Prova do sucesso de Google Talk, e olha que ele ainda está nada apelativo em funções para o grande público (leia-se fru-frus). Minha lista de contatos no GT já está em 74 viventes. Mas para que eu possa adotá-lo de vez, ainda faltam soluções para dispositivos móveis.

O Google Talk funciona no Jabber, porque usa o protocolo XMPP. Ou seja, quem tem outros sistemas operacionais, como OSX e Linux, pode usar o Gaim, Miranda, Adium, entre outros. Quem usa Trillian precisa baixar o Trillian Pro.

Já nos portáteis, como palms, pockets e smartphones, o Agile Messenger não funcionou com o GT, apesar de suportar XMPP. Descobri que é porque o aplicativo precisa suportar TLS (tipo um SSL, de criptografia). Por enquanto, o único programa no PPC que vi funcionar com o GT é o Imov. Pena que a inrterface é horrível e não rola com os outros IMs (MSN, ICQ etc) simultaneamente. É preciso dar logoff em um antes de logar outro.

Meu x50v ressucitou, depois de muita luta. O imov dava pau direto, então resolvi desinstalar. Vou transferir a garantia do aparelho para a Dell Brasil e pedir um novo, afinal os bad pixels continuam lá. Será que fui contaminada pelo vírus do Sadim?

postado via desktop

escrito por Bia Kunze em PDA às 10:01 AM | Comentários (10) | Citações

agosto 27, 2005

Falta de sorte

É, eu joguei pedra na cruz mesmo. E ainda assoei o nariz no Santo Sudário e botei caipirinha no Santo Graal. Meu x50v morreu de novo, igualzinho a primeira vez. E dois dias depois de eu encontrar três dead pixels...

Isso foi me acontecer justo agora que passo o dia fora de casa, das 8 da manhã às 23 horas e estou com vários trabalhos em andamento para sexta próxima.

E eu não acho capinha transparente para meu 7610, já virei o Brasil. As lojas e assistências fazem empurra-empurra e a Nokia do Brasil me ignora. Só queria algo para proteger a lente, mais nada. Do jeito que anda minha falta de sorte, e do jeito que sou desastrada por natureza, qualquer hora acontece um acidente e... ai ai. Decidi que vou vendê-lo por R$ 1.500,00. Mas não sei o que pegar no lugar, só sei que continuarei com Symbian.

Pensando bem, vou ver que capas encontro por aí e depois escolho o aparelho...

postado via desktop

escrito por Bia Kunze em PDA às 09:00 PM | Comentários (11) | Citações

agosto 15, 2005

O teclado bluetooth chegou

Depois de 10 dias de viagem de Fortaleza até Curitiba (ele veio de pau-de-arara?) meu teclado bluetooth da Think Outside chegou!

A exemplo do teclado infravermelho (Palm Wireless Keyboard) que eu vendi, o tecladinho bluetooth funciona com qualquer PDA Palm OS ou Windows Mobile, além de celulares Symbian series 60. Meu Nokia 7610 não tem infra, por isso decidi vender o PWK e pegar esse bluetooth, para usar com meu PDA e meu celular.

Comparadamente, o teclado bluetooth é menor e mais fininho que o PWK. E satisfazendo minhas expectativas, posso usar o bluetooth do Dell x50v simultaneamente com o teclado e com a conexão GPRS do celular.

Além do teclado, encomendei um cabo retrátil para meu PDA. No decorrer da semana, falarei mais sobre eles.

postado via pocket pc

escrito por Bia Kunze em PDA às 04:47 PM | Comentários (15) | Citações

agosto 02, 2005

E por falar em Windows Mobile...

Já instalei o básico no meu x50v - meus aplicativos registrados (Pocket Informant, WebIS Mail, RepliGo e Resco Media Suite, que contém o Recorder, Picture Viewer, File Explorer e KeyBoard Pro) e alguns freeware (Betaplayer, Agile Messenger, Skype, MS Reader, Adobe Reader, tdLaunch). E claro, o PocketSharp MT para blogar. Mas ainda falta muita coisa, no fim-de-semana eu termino.


A Dell saiu na frente no update de sistema operacional para seus PDAs. Assim que saiu o anúncio do Windows Mobile 5 pela Microsoft, ela foi a primeira a anunciar o upgrade para a linha x50. Em seguida, ela lançou uma promoção sensacional - quem comprar o x50 vai levar junto o CD com o Windows Mobile 5. Para os demais, o upgrade custará U$ 39. A previsão de disponibilidade é em outubro.

Mais sobre o novo Windows Mobile aqui. Uma das funções mais bacanas, citada pela lista de discussão do MundoSemFio, é o switcher entre conexões GPRS e WLAN, automaticamente, quando esta última estiver disponível / indisponível.

postado via desktop

escrito por Bia Kunze em PDA às 12:34 PM | Comentários (4) | Citações

agosto 01, 2005

PDA zero km

Estou de pocket outra vez, um x50v zerinho que a Dell americana trocou para mim. Agora é hora de ajeitar os cartões de memória, reinstalar aplicativos... Update de ROM não precisa, ele veio atualizado. Nossa, nem vejo a hora do Windows Mobile 5 estar disponível!

Ainda hoje vou reinstalar programas do zero, deixando-o tinindo para a suada rotina dele de gerenciador de pacientes, de caderno de faculdade, de terminal multimídia. Tem ainda as funções de navegador web e administrador de e-mails, mas isso ele divide com o 7610.

Céus, para que é que eu uso PC mesmo? Esqueci.

postado via pocket pc

escrito por Bia Kunze em PDA às 01:20 PM | Comentários (3) | Citações

julho 29, 2005

Pedra na cruz


Meu pocket empacou na alfândega. A Receita nem se deu conta que é replacement e tá me cobrando R$ 712,82 de tributos. Claro que recorri, sorte que tenho todas as notas e guias de envio, com tudo especificado. Ridí­culo. É um pacotinho mínimo (vejam foto) e o Dell nem está inteiro... Mesmo assim, ai que saco, meu trabalho ficará mais uns dias prejudicado. (sent via nokia 7610)


postado via celular

escrito por Bia Kunze em PDA às 02:03 PM | Comentários (4) | Citações

julho 25, 2005

LifeDrive no varejo brasileiro

O LifeDrive Mobile Manager da palmOne, ops, Palm Inc, enfim chegou nos grandes varejistas brazucas! Engraçado, ele não consta ainda na página brasileira da Palm...

Bem, hoje tive a oportunidade de manusear um LifeDrive por alguns minutos. Vou postar aqui minhas impressões.

Ele é bonito e tem uma tela maravilhosa, apesar de bem maior e bem mais espesso que qualquer outro palm, ou mesmo um pocket pc. O Blazer no lugar do WebPro como navegador foi uma boa troca, mas o NetFront ainda é superior. Pelo menos chutaram aquele lixo do WebPro! Ufa.

Quanto ao HD interno de 4 GB, creio que só serve para encarecer o produto e deixá-lo extremamente lento. O aparelho desliga o HDzinho de tempo em tempo para poupar bateria... Haaaaaja paciência para acessar os dados. Mas não adianta nada, ele é um devorador de energia, como o T3 ou o x50v. Fora que nem todo usuário demanda tanto giga. Acho, portanto, essa capacidade de armazenamento desnecessária, pois já temos memórias flash de 4 GB por aí. E um cartão de 1 GB está com preço bastante acessível hoje. Eu mesma, que mexo muito com imagens e multimídia, nunca lotei o cartãozinho... E olha que até já ripei DVDs para assistir no pocket durente viagens!

A conclusão a qual cheguei foi que não há inovação nenhuma nele. Pareceu-me nada mais que um T5 com wi-fi. Qual a novidade em wi-fi embutido? Heavy-users de PDA já usufuem disso faz tempo com os Cliés e os Pocket PCs. O que poderia ser de fato novidade no LifeDrive seria o novo sistema operacional (prometido há pelo menos 2 anos), suporte a multitarefa e melhor grenciamento de multimídia. Como não é esse o caso, usuários de Cliés ou PPCs não se encantam com o LifeDrive.

Não há prazer maior num PDA hoje do que tomar notas numa aula enquanto ela é gravada no voice recorder. Enquanto isso, posso fazer pesquisas na web com o browser ou permanecer online em instant messengers. Ou mesmo no skype, usando meu fone sem fio.

Pra resumir, o LifeDrive nada mais é que aquilo que a própria palmOne anuncia: um Palm espaçoso. Por isso que o Gilberto, meu amigo que trouxe o LifeDrive de fora, colocou-o à venda e vai voltar ao mundo pocket, dessa vez com um Loox. Sinto muito, Palm, não foi desta vez.

Vejam aqui o lançamento do LifeDrive no Submarino. E as especificações completas dele, vejam aqui.

postado via desktop

escrito por Bia Kunze em PDA às 08:58 PM | Comentários (20) | Citações

julho 15, 2005

palmOne volta a ser Palm Inc

Enquanto os usuários de Pocket PC têm wi-fi, multitarefa, e skype há um bom tempo, e já têm o Windows Mobile 5 já na área, a ex-palmOne (agora Palm Inc. novamente) tinha outras preocupações. A nova logo, por exemplo. E que logo feia... prefiro a antiga.

Ô Palm, cadê o Cobalt, heim?

postado via desktop

escrito por Bia Kunze em PDA às 12:31 AM | Comentários (9) | Citações

junho 06, 2005

O x50v foi passear...

Bem, o x50v foi pra assistência mesmo, acabei de despachá-lo... Será substituído por outro. Mas não achei nada parecido com meu problema nos fóruns por aí. Os relatos semelhantes que li tiveram solução; comigo, não. Enquanto isso estou com meu x30 de volta. A pessoa para quem eu o tinha vendido teve problemas financeiros e não terminou de pagar, então pedi de volta. Assim que o x50v voltar (coisa de uns 20 dias, acho) torno a vender o X30.

Simplesmente não posso viver mais sem PDA, virou ferramenta de trabalho tão importante quanto o bisturi (sou periodontista, para quem não lembra). E o x30 tem wi-fi, nunca deu UM pau sequer e a bateria duuuuuuuura... O chato é que, uma vez com tela VGA, estranhei muito a tela do x30. E não poderei fazer minhas apresenações com ele, vai ser tudo na base do PC e (eca!) disquetão. Mesmo assim, o X30 é uma fofura, a volta dele justo nesse momento foi providencial!

postado via desktop

escrito por Bia Kunze em PDA às 11:16 AM | Comentários (10) | Citações

junho 05, 2005

A morte do meu pocket

Conforme relatei na última quinta, aquele dia meu X50v congelou na tela today quando estava na base. Tive que dar um soft reset. Depois disso, não ligava mais. Nem apertando botões. Não era a travinha. Deixei o Dell sem bateria noite adentro, na intenção de se esgotar a energia dele por completo, conforme orientação do Johnny Bravo. De manhã, inseri a bateria, dei novo reset e ele ressucitou! Mas no meio das configurações, a tela congelou de volta. Dei novo reset e voltei ao problema inicial. Não ligava mais.

Sexta tomei coragem e fiz tudo de novo, tirei bateria e tal, deixei o fim de semana inteiro assim. Iniciei uma sessão espírita aqui há pouco, mas não teve jeito... agora nem suspiro de vida ele tem mais. Morreu mesmo. Amanhã vai para a assitência. Snif.

Ironia do destino

O mais irônico de tudo é que só hoje consegui configurar meu access point wi-fi direito - durante a semana, tive problemas com o cabinho de rede dele e tive que substituir. Hoje, deu tudo certo. A configuração foi moleza. Que ótimo, tenho uma linda rede wi-fi aqui mas não tenho PDA para usar nela. Buá!

postado via desktop

escrito por Bia Kunze em PDA às 11:49 PM | Comentários (14) | Citações

maio 24, 2005

Pacote Media Suite da Resco

Além de fazer uma faculdade que trabalha com audiovisual, ou seja, multimídia a todo o vapor, manipulo muitas imagens de casos clínicos no meu dia-a-dia com pacientes. Em geral, fotografo com minha câmera digital, tiro o cartão de memória e jogo direto no Pocket PC, onde vejo as fotos nativamente.

Por isso, vinha buscando alternativas mais poderosas às opções nativas do x50v nas funções de visualizador e editor de imagens, gravador de áudio e gerenciamento de arquivos. O Resco Media Suite está suprindo perfeitamente minhas necessidades e me surpreendendo com funções que nem imaginava existir num PDA. Estou há 3 semanas com o pacote e feliz que nem pinto no lixo!

postado via pocket pc

O pacote é composto por 4 softwares:

Resco File Explorer
Um gerenciador de arquivos que substitui o Explorer nativo com grande vantagem. Além das ferramentas básicas de gerenciamento de arquivos e pastas, tem compactação, encriptação, busca avançada e dá até para navegar em redes. Indispensável.

Resco Photo Viewer
Permite visualizar imagens em vários formatos: RAB, BMP, 2BP, JPG, JPE, JPEG, GIF, PCX, PCD, TIF, TIFF. Tem ainda zoom, crop, rotação, slide show e até função de screenshot...

Resco Audio Recorder
Muito mais poderoso e versátil que o gravador de voz nativo do pocket, o programa permite optar se a gravação será em wap ou mp3, com vários níveis de compactação de acordo com a memória disponível no PDA ou no cartão de memória. Dá ainda para gravar com a tela desligada (para poupar bateria), colocar tags em trechos das gravações e até agendar gravações automáticas. Um arraso. Tenho gravado aulas, palestras e reuniões com ele.

Uma grande vantagem da multitarefa do Windows Mobile sobre o Palm OS reside justamente no gravador de voz. Quando eu tinha meu Palm Tungsten T3, eu não podia fazer outras coisas simultaneamente, como tomar notas!

Resco Keyboard Pro
Não tinha a intenção de usar, mas veio no pacote. É um aprimoramento do tecladinho nativo para inserção de dados. É mais completo a customizável. O destaque fica por conta da adição de frases pré-configuradas com um toque da stylus e também com a calculadorazinha que quebra o maior galho quando se deseja fazer cálculos rápidos sem sair da janela de trabalho.

O registro de U$ 46 vale a pena. Recomendo fortemente esse produto!

escrito por Bia Kunze em PDA às 12:06 AM | Comentários (7) | Citações

maio 19, 2005

LifeDrive: vale a pena?

Com a alcunha de "Mobile Manager", a palmOne lançou ontem o aguardado LifeDrive, seu novo PDA topo de linha. A pergunta que fica no ar é: será que este PDA pode salvar a empresa do declínio de popularidade e vendas que vem sofrendo?

postado via pocket pc

Vamos às especificações:

Processador: 416 MHz, Intel XScale
RAM: 32 MB
ROM: 4GB Hitachi Microdrive
Conectividade: IrDA, bluetooth e wi-fi
Expansão: slot SD / SDIO
Gravador de áudio: sim
Câmera fotográfica: não
Display: resolução de 320 x 480 pixels
Bateria: íon-lítio, 1660 mAh
OS: Palm OS Garnet (5.x.)
Preço: U$ 499

Em resumo, não há grandes novidades, exceto pelo wi-fi (uma reinvidicação antiga) e pelo HD interno de 4 GB - o que nos faz indagar se o LifeDrive quer concorrer com os Pocket PCs ou com os iPods. O tamanho e o peso não são nada assustadores como os rumores antecipavam. Uma pena que o tão aguardado OS novo (Cobalt) ainda não tenha dado as caras. Mesmo assim, é um dispositivo altamente sedutor, com grande apelo de armazenamento de dados e multimídia. Uma ótima opção móvel para quem gerencia sua vida em trânsito a maior parte do tempo. O LifeDrive é também uma ótima chance para a palmOne reconquistar o terreno perdido pelos usuários que migraram para Windows Mobile em busca de máquinas mais poderosas. Mas não reconsquistando os "migrantes", pois o LifeDrive não apresenta funções novas para quem já tem PDAs topo de linha da Dell ou HP!

Mesmo de olho nos usuários novos ou em usuários de Palm OS com planos de trocar de máquina, há dois sérios obstáculos para o LifeDrive definitivamente cair no gosto do público hard-user:

Primeiro: o novo Windows Mobile 5 já saiu, com muitas melhorias interessantes especialmente nas aplicações nativas. E o principal: com update já liberado para usuários de PDAs topo de linha da Dell e HP. No (ótimo) site do Jalf, tem a lista completa das melhorias.

Segundo: a péssima imagem da empresa junto aos usuários, no que diz respeito à qualidade de seus produtos. Problemas crônicos como MDS, descascamentos, zumbidos, linha verde na tela dos modelos com câmera... O reflexo da atitude dos usuários começa agora a manifestar-se nas estatísticas, já que um relatório do Gartner Group mostrou que a Blackberry superou a palmOne e lidera o mercado de PDAs. De nada adianta lançar um super PDA topo de linha com muitas funções novas, sendo que os riscos dele morrer em sua mão são altos, não é mesmo?

Assim, o sucesso do LifeDrive depende da própria palmOne. Não existe OS melhor ou pior quando a briga é Palm OS versus Windows Mobile. Existe sim uma "sinuca de bico" para os usuários de Palm OS, que não têm outra opção de fabricante à palmOne. Que saudades da Sony...

E quanto a mim? O LifeDrive faria eu voltar ao mundo Palm OS? Bem, minha humilde opinião pessoal é... hã... ei, quem é que o fabrica mesmo? Ah tá. Então não, obrigada.

escrito por Bia Kunze em PDA às 12:12 PM | Comentários (37) | Citações

maio 04, 2005

Dúvida: bateria extra para Dell x50v

Recebo vários e-mails diários com dúvidas sobre gadgets e mobilidade, porém nem sempre posso responder porque o meu tempo é restrito. Geralmente eu indico a lista de discussão do MundoSemFio, onde experiências de usuários tradicionais e novatos são trocadas. Mas algumas dúvidas são interessantes de serem respondidas e postadas aqui mesmo, pois evitará que novos usuários tornem e me procurar com a mesma dúvida. Peço a todos que me mandarem dúvidas publicadas aqui, que comentem aqui mesmo no blog, e não por e-mail. Não só para poupar meu tempo e minha banda, mas pelo mais importante: compartilhar as informações com toda a comunidade móvel!

postado via pocket pc

Bia, comprei uma bateria de 2200 Mha para meu Axim x50v e não entendo como usá-la. Ela é muito maior que a outra e não permite o fechamento do painel traseiro do X50v e me parece que, sem fechá-lo, o aparelho não funciona. Sabe se é necessário algum dispositivo adicional ou se existe outra tampa para o compartimento traseiro? Agradeço antecipadamente se puder me dispensar alguma atenção. Geraldo Couto.

Resposta: Geraldo, a bateria estendida acompanha uma outra tampinha para fechamento. Essa tampinha deve ter acompanhado sua bateria extra, não? Dê uma verificada na embalagem do seu produto.

Comentário: Essa bateria estendida se tornou um item obrigatório para os heavy-users, já que o tempo de duração da bateria nativa é pífio - mas eu não reclamo muito, porque ela dura mais que meu antigo Tungsten T3 e uso pouco wi-fi. Contudo, é preciso ficar atento se você tem um case de couro ou alumínio. O Dell fica bem mais gordinho e, na maioria dos cases padrão, o PDA não encaixa. Investiguem antes de comprar!

escrito por Bia Kunze em PDA às 08:17 PM | Comentários (1) | Citações

maio 03, 2005

Case do x50v


Clique na foto para ampliá-la.

Lembram da case da PDair que encomendei para o X50v? Em 15 dias, chegou. Ficou uma graça e é de excelente qualidade. Recomendo.

postado via pocket pc

escrito por Bia Kunze em PDA às 12:45 PM | Comentários (6) | Citações

maio 01, 2005

Desenhando no PDA

Que frio! Apesar do sol tímido lá fora, a temperatura é de 14°C. Resolvi ficar na caminha quente mesmo, brincando no pocket pc e assistindo um programa de TV que o professor de edição pediu para ver.

Instalei coisas novas no meu pocket. Estou testando o novo Pocket Artist 3, um programa que eu estava sentindo MUITA falta (pois adoro desenhar). Depois de muita demora, finalmente saiu a versão com suporte a telas VGA, como o X50v. Agora sim, me animei a atualizar a seção de desenhos do Flickr! Para quem tem palm e gosta de desenhar, a opção é o Mobile Paint, que usei muito quando tinha o T3 e hoje está ainda melhor. Ambos são programas bem versáteis, poderosos.

O Pocket Artist é um mini-photoshop que dá para carregar no bolso. O problema é o registro salgado: U$ 50. Ai meu bolso!

postado via pocket pc

escrito por Bia Kunze em PDA às 11:52 AM | Comentários (6) | Citações

abril 30, 2005

Guia de migração no forno

A semana foi muito puxada, sumi mesmo, felizmente esse fim de semana estou podendo descansar um pouco.

Lembram quando falei que estava fazendo um Guia de Migração Palm OS <-> PPC? Bem, o Guia está no forno de deve ser publicado essa semana. Assim, os "migrantes" que tiverem dúvidas podem mandar seu e-mail para bia [arroba] mundosemfio.com.br que ela será devidamente abordada tutorial. Ah, xfer, me passe também uma lista de coisas que você achar que devem ser pertinentes de serem abordadas. Tem um tópico imenso que só fala de gerenciamento de memória, por exemplo...

Segunda-feira eu volto ao mundo mobile com tudo, deixa eu me recuperar mais um pouquinho dessa semana maluca.

postado via desktop

escrito por Bia Kunze em PDA às 10:09 PM | Comentários (2) | Citações

abril 27, 2005

BOMBA: Liz Kimura de Pocket PC

Acabei de receber a BOMBA, por telefone, da minha querida amiga Liz Kimura: ela é a mais nova proprietária de um Pocket PC!

É o fim de uma tradição. Para quem não a conhece dos tempos dos encontros de usuários, ela é uma palm-user tradicionalíssima, desde os primeiros modelos da então 3com... Que deu aulas, palestras sobre a plataforma... Que foi até na PalmSource nos EUA... que sempre defendeu e promoveu a Palm Inc sem nada em troca... Muito pelo contrário... Enfim, tudo por amor, mesmo.

E mais: ela está chateadíssima com essa empresa. O T3 gerou traumas profundos. Numa das pirações do T3, ela acabou perdendo boa parte dos contatos (que não são poucos) bilateralmente. Ah, COMO eu a entendo. Ela está a base de pendrive até o Dell x50v chegar. Bem, hoje posso dizer que, DEFINITIVAMENTE a palmOne está com o pé na cova...

Amiga, por sua causa prometo apressar a publicação do Guia de Migração no Mundo Sem Fio...

postado via desktop

escrito por Bia Kunze em PDA às 08:41 PM | Comentários (8) | Citações

abril 12, 2005

Novos palms na área

Segundo rumores, estariam para sair 2 novos modelos de PDA da palmOne, o Tungsten E2 e o LifeDrive. O E2 nada mais seria que um E turbinadinho, com mais processador, mais memória e bluetooth.

Mas as atenções estão todas voltadas para o suposto LifeDrive, que seria o novo topo de linha da empresa. Especula-se que terá dtela VGA (640 x 480 pixels), interfaces Bluetooth e Wi-Fi, novo conector com porta Ethernet e uma câmera fotográfica de 3 megapixels. Viria com o sistema operacional Cobalt e teria 1 GB de memória flash interna e gravador de voz.

Supõe-se que além de funcionar como porta-arquivos como o Tungsten T5, o LifeDrive apresentaria uma inovação: o FolderSync. Ou seja, seria possível sincronizar pastas via Exchange, através de Bluetooth ou Wi-Fi, explicando o licenciamento do ActiveSync pela PalmOne.

Será que dessa vez a palmOne acertou? É ver para crer!

postado via desktop

escrito por Bia Kunze em PDA às 11:55 PM | Comentários (7) | Citações

abril 11, 2005

Case para o X50v

Enfim encomendei uma case de couro para meu X50v. É da PDAir, igual à da imagem ao lado. Na aximcases.com, por U$ 35 com o frete, um ótimo preço. Como o investimento em um PDA é alto, é preciso ter uma boa proteção. Há ainda as cases de alumínio, mas não gosto muito. Em bolsa de mulher, elas fazem um baita estrago, detonam tudo o que vêem pela frente. Quando a case chegar posto umas fotinhos.

postado via pocket pc

escrito por Bia Kunze em PDA às 01:16 PM | Comentários (15) | Citações