janeiro 14, 2009

Os riscos dos smartphones "genéricos"

Em meio às marcas consagradas de celulares, despontam modelos com nomes obscuros que não figuram em estatísticas: os chamados MP6, MP7, MP8, MP9 e por aí vai. São os chamados "genéricos", presentes em camelôs, pequenos importadores e várias lojas virtuais.

Para atrair a atenção dos consumidores, apostam no visual copiado de modelos famosos, um canivete suíço de recursos (entre eles, suportar 2 chips e sinal de TV) e preços muito atraentes.


A Apple pode não ter lançado o iPhone nano, mas a Foston lançou... hehehe...

Não me sinto apta a julgar esses produtos, já que nunca testei nenhum modelo. Porém decidi escrever esse post por causa das dezenas de emails que caem semanalmente no meu inbox, de gente perguntando sobre esses aparelhos. Basicamente o que recebo são queixas da qualidade e da falta de assistência e garantia quando começam a apresentar problemas. Na maioria das vezes, os problemas surgem já nos primeiros meses de uso.

Mas não é só o prejuízo financeiro - travestido de uma aparente economia - que deve preocupar quem adquiriu ou pensa em adquirir esses aparelhos.

Há um outro porém (muito mais perigoso) que quase ninguém comenta: eles não são testados por entidades regulamentadoras (como a FCC, nos EUA, ou a Anatel, no Brasil) e por isso mesmo ninguém sabe o nível de radiação que esses aparelhos emitem. As grandes fabricantes têm um cuidado especial nesse quesito, pois fazem testes à exaustão e documentam todos os resultados. No caso dos MP-qualquer-coisa, o fabricante não tem essa preocupação. Ou pelo menos, nada está claro para o consumidor.

Não sou expert no assunto e nem há um estudo definitivo ligando celulares a câncer, mas há uma preocupação geral da sociedade com a proliferação de antenas e redes sem fio em centros urbanos. No caso dos smartphones genéricos, a proliferação desses aparelhos não-regulamentados também não seria preocupante? Deixo a dúvida no ar.

Pesquise preços de: celulares 3G, celulares dual-SIM, celulares com câmera

postado via wifi

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 11:11 AM | Comentários (128)

maio 08, 2008

Tudo sobre o HTC Touch Diamond

Vocês puderam acompanhar no meu Twitter e Flickr o lançamento do HTC Touch Diamond em Londres. Passado todo o buxixo em cima do lançamento, todos já estão por dentro das especificações e podemos opinar sobre o produto.

Como fã de tecnologia móvel, foi muito legal acompanhar de pertinho o lançamento em nível mundial de uma empresa que gosto muito, a HTC. Já tive 3 aparelhos da fabricante taiwanesa (Qtek 9090, Qtek S200 e o atual HTC Touch), que está cada vez ganhando mais destaque como uma empresa inovadora.

Pelas fotos, tem-se a impressão que o Touch Diamond é um aparelho grande. Na realidade, ele é mais fino e mais leve que o HTC Touch. Só é um pouco mais longo e estreito. Encolheu, mas a tela continua com as mesmas dimensões - só que com o dobro de resolução, ou seja, é VGA. Fotos, vídeos, jogos e navegação por GPS no Google Maps são algumas das aplicações que se sobressaem numa tela assim.

Mas nem é essa a grande novidade do Diamond. O que chama a atenção mesmo é a nova geração da interface TouchFLO, agora chamada de "TouchFLO 3D". O Windows Mobile está irreconhecível. Na verdade, ele continua lá, como sempre. Mas a HTC trabalhou bastante a fim de deixá-lo com uma cara mais amigável para o usuário. Acho que dessa vez dá para começar a enterrar aquele conceito que Windows Mobile é para geeks e usuários avançados. Se muito iniciante se deu bem com o Touch, com o Diamond será ainda melhor.

O que o HTC Touch Diamond tem de interessante:

* Dimensões: 102 mm (largura) x 51 mm (comprimento) x 11.5 m (espessura)
* Peso: 110 g
* Windows Mobile 6.1 Professional
* Tela de 2,8" VGA: 640 x 480 pixels (finalmente!)
* GPS (e o Google Maps em tela VGA é um arraso!)
* Processador Qualcomm MSM7201 de 528 MHz
* GSM triband e HSDPA dualband. Ou seja, suporta 3G e funcionará em todas as operadoras GSM brasileiras, mas com versões separadas para Europa/Asia e EUA. O mesmo valerá para o Brasil: serão necessárias duas versões, uma exclusiva para a Vivo, como já acontece com o HTC Touch
* Interface TouchFLO 3D, que prioriza ações com uma só mão, deslizando o dedo, e que agora conta com transições animadas, e efeitos de flutuação em fontes e ícones.
* Acelerômetro, função que reconhece se o aparelho está na horizontal ou na vertical e automaticamente rotaciona a tela
* Animações no player de música, na previsão de tempo e na visualização de SMS e emails (eu particularmente adorei o efeito da cartinha abrindo!)
* Opera Mobile, navegador que traz visualização de desktop e renderiza zooms para adaptá-la à telinha diminuta
* Aplicativo dedicado para YouTube
* GPS (Google Maps em tela VGA é um arraso!)
* 4 GB internos para armazenamento, mais 128 192 MB de RAM e 256 MB ROM (sem slot para cartões de memória)
* Bluetooth, wi-fi e conector mini-USB para carga, sincronismo e plug de fone de ouvido
* Acessório opcional: uma base para lá de estilosa, para quem gosta de manter o aparelho firme enquanto carrega ou sincroniza.

Polêmica: Opera no lugar do Pocket IE

Para espanto de todos os presentes, a HTC decidiu colocar o Opera Mobile 9.5 como navegador padrão do Diamond, no lugar do Pocket IE. O navegador da Microsoft nunca foi grande coisa e os desenvolvedores da HTC dediram não esperar pelo novo IE prometido, que traria novidades como Flash e Silverlight. Por que?

Para os que já conhecem o Opera em dispositivos móveis, vale lembrar que o Opera Mobile *não* é o Opera Mini - conhecido para celulares com suporte a Java. O Opera Mobile possui características diferenciadas e já vem nos Symbians há um bom tempo. Para Windows Mobile, com telas sensíveis ao toque, ele não é gratuito como o Mini. Quem quiser, pode baixar e experimentar o Opera Mobile


Opera Mobile: desktop view (à esquerda) e com zoom rederizando (à direita)

O objetivo do Diamond, segundo Horace Luke, diretor de inovação da HTC, é "proporcionar a melhor experiência de uso possível num dispositivo móvel manipulado com apenas uma mão." O Opera carrega páginas com a mesma visualização que teria no desktop, o mesmo princípio do Safari do iPhone. Porém, ao dar zoom em trechos da tela, o navegador "renderiza" o trecho selecionado, adptando-o à telinha reduzida.

Essa é uma questão bastante polêmica; heavy-users podem preferir o Safari do smartphone da Apple, mas a maioria dos usuários de celular usa o navegador de seu dispositivo apenas para consultas rápidas na rua, no carro e em outras situações que exigem uma mão apenas. E, por estarem em movimento, o ideal é que a informação se ajuste à tela em tamanho e legibilidade. Curiosamente, eu abordei essa mesma questão no Podsemfio n.65. O Safari Mobile sem dúvida é um excelente navegador, mas precisa das duas mãos livres e é melhor aproveitado numa situação mais calma, como ao sentar-se numa mesa. É mais indicado para quem navega com muita frequência.

Outra questão discutível: nem todos os sites são amigáveis com dispositivos móveis. Obviamente a culpa não é dos aparelhos, mas dos webdesigners mais "desantenados". Tais websites podem trazer experiências frustrantes em celulares e smartphones.

Mais polêmica: bateria e preço

Muito genericamente foi comentado que o Diamond terá uma autonomia de bateria maior que a dos atuais dispositivos. É bom mesmo; afinal, com 3G, wi-fi, GPS, tela VGA e um processador de 528 MHz, é mais provável que o bicho precise de uma mini-usina nuclear embutida. Curiosamente, o release oficial fala que a bateria é de 900 mAh, aguentando horas em stand-by e horas com o email push ativo. Onde está o segredo? Não sei. Vamos esperar os primeiros reviews saírem para entender.

O Diamond estará disponível em junho na Europa, pela operadora Orange. Fizeram um mistério enorme em torno do preço e não deram a menor pista do quanto ele vai custar - dependerá das operadoras. O pessoal da HTC disse que é possível que ele venha para o Brasil lá pelo final do ano, importado. Aliás, a fábrica brasileira não está fabricando nenhum dos modelos 3G do catálogo nacional (TyTN II e Touch Dual) por enquanto.

Comparações inevitáveis

Não dá para evitar as comparações do HTC Touch Diamond com o iPhone da Apple. Eu não prefiro nem um nem outro, não acho um melhor ou pior que o outro. Os usuários dispostos a comprar um desses dois aparelhos precisam compreender que se tratam de smartphones distintos, para usos e objetivos distintos. Apesar do futuro iPhone trazer compatibilidade com servidores Exchange e permitir a instalação de aplicativos, ainda é muito cedo para dizer que ele está pronto para uso profissional. Outras plataformas, como Windows Mobile, Symbian e Blackberry, estão bem mais maduras e aptas a rodar as mais variadas aplicações profissionais, seja de terceiros ou não. O Windows Mobile é bastante customizável: se você não gosta do teclado virtual, pode instalar outros. Seu catálogo de softwares é vasto e tem anos de estrada.

O iPhone continua um excelente híbrido de player com celular, com interface bem intuitiva para iniciantes e usuários de aplicações mais básicas. A função iPod é matadora, a integração com o iTunes é perfeita e ainda está muito à frente de qualquer outro media-player do mercado. Com o SDK, aplicações profissionais, como um iWork mobile, têm grandes chances de despontar. Tenho certeza que daqui algum tempo o smart da Apple estará, nesse sentido, em pé de igualdade com qualquer outro dispositivo móvel "veterano". Aí sim, a briga vai ser pra valer, seja para quem quer trabalhar ou se divertir.

Coleção completa de fotos, aqui. Em breve, HTC Touch Diamond em vídeo!

Pesquise preços de: HTC Touch, HTC Touch Dual, HTC Touch Diamond

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Windows Mobile Phone às 10:27 AM | Comentários (57) | Citações

fevereiro 11, 2008

Mais lançamentos na MWC 2008


HTC P3470

Está explicado porque a CES foi tão mixuruca em novos smartphones. Todo mundo guardou as novidades para o Mobile World Congress!

- Além do primeiro Sony Ericsson rodando Windows Mobile, o XPERIA X1 do post anterior, surgem na área mais 6 modelos. Dois deles, o C702 e o C902, seguem o estilo Cybershot de celulares fotográficos. A diferença é que agora eles vêm com Symbian UIQ. Mas pelo visto, eles ficaram na sombra do XPERIA mesmo, que está ganhando toda a atenção da mídia.

- O XPERIA tem sido chamado por aí de competidor do iPhone. Mas será o Benedito? Agora todo aparelho com tela grande sensível ao toque e sem teclado "é para competir com o iPhone"? Hello! Ninguém mais lembra do Palm Pilot e de todos os outros inúmeros Palms que vieram depois?

- Upgrade na linha Advantage da HTC (foto acima): o novo modelo X7510 agora vem com 16GB de memória flash. Para quem gosta dos Advantage, vale lembrar que o modelo X7501 será vendido aqui pela HTC Brasil. Só data não temos ainda.

- Já que falamos de UMPCs da HTC, o HTC Shift finalmente saiu. Por 1119 euros (ai!). Muito se falou nesse aparelho, que nem sei bem classificar se seria um UMPC ou mini-notebook mesmo. Bem, depois de quase 1 ano de especulações em cima do lançamento, será que ele já não nasceu defasado?

- GPS em smartphones vieram para ficar mesmo! Outro lançamento da HTC, o P3470 (sem codinome amigável por enquanto), é um Windows Mobile Professional que vem com GPS embutido, mas própria a fabricante o classifica de entry-level. Faz sentido, pois não tem 3G nem wi-fi. Mas tem GPS. Quem diria, heim?

- Os lançamentos da Motorola são tão ridículos que os rumores de que ela pararia de fabricar celulares agora soam verdadeiros para mim. Será que a Motorola vai mesmo jogar a toalha?

Tem lançamentos da Nokia também. Daqui a pouco eu volto para comentá-los.

Pesquise preços de: HTC Advantage, smartphones com GPS, Sony Ericsson

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 02:18 PM | Comentários (15) | Citações

outubro 24, 2007

Mais sobre IMAP no Gmail

Bem, no post anterior falei do IMAP do Gmail e já recebi uma enxurrada de mensagens com dicas, por email e IM - desde como "forçar" seu Gmail a funcionar com IMAP até a configuração em dispositivos móveis. Vou compartilhá-las com vocês!

O leitor Igor sugeriu que eu mudasse o idioma do meu Gmail para que as opções de IMAP aparecessem. Bem, eu mudei de português para inglês e deu certo! Agora, lá nas "Settings" ("Configurações"), aparece "forwarding POP/IMAP". Basta marcar a caixinha para habilitar IMAP.

Já o leitor Almir sugeriu que eu experimentasse usar as configurações de IMAP no meu Outlook, segundo explica o suporte do Gmail, mesmo que minha conta não falesse nada de "forwarding POP/IMAP". Ele disse que no Outlook dele deu certo, e imediatamente as "labels" que ele usava em seu Gmail se transformaram em pastas IMAP. Bem, como eu já consegui o IMAP com a alteração de idioma, não pude checar, Almir, mas fica sua dica para a galera.

Configurar o Gmail para funcionar com IMAP em seu PDA ou smartphone também é moleza. Coloque imap.gmail.com no servidor de entrada e smtp.gmail.com no de saída, e no username, seu login completo com @gmail.com e só. Importante: se no seu aplicativo de email houver uma opção para baixar automaticamente as configurações do seu servidor, desmarque-a. Isso acontece no Windows Mobile 5 e 6. Senão, ele baixará sozinho as configurações de conta POP!

Aqui o IMAP do Gmail funcionou tudo direitinho, tanto em Windows Mobile quanto em Symbian. As suas labels são automaticamente transformadas em pastinhas, como vocês puderam notar na foto lá em cima. Adorei! Agora poderei voltar a acompanhar alguns grupos do Google que não conseguia por pura falta de tempo para sentar na frente do notebook. Estou tão acostumada a gerenciar tudo por mobile que muita coisa que não é prática para mim, acabo preferindo abrir mão.

Espero que as dicas funcionem também com vocês! Aproveitando a onda e atendendo a pedidos de Google-fans, logo falarei mais de Google Calendar, Google Docs e Google Reader (RSS) para dispositivos móveis. Mas agora, pé na estrada... minha semana está bem cheia.

Pesquise preços de: HTC Touch, Nokia N76, MotoQ

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Web às 10:35 AM | Comentários (33) | Citações

maio 30, 2007

Surpresas a caminho!

A última moda entre os fabricantes de dispositivos móveis é fazer suspense.

Hoje ainda pela manhã, Jeff Hawkins, CEO da Palm, promete anunciar num webcast um 'novo e revolucionário' produto da empresa. Os fãs se alvoroçaram.

No próximo dia 5 é a vez da HTC, que anunciará um novo produto que 'revolucionará a experiência de uso em mobilidade'. A julgar pela imagem de divulgação da HTC, de uma moça tocando algo invisível e com as pontas dos dedos, parece algo a ver com uma nova modalidade de uso de tela. Bem, é só palpite. Mas não é de agora que eu acho que as stylus vão morrer!

A Palm, por sua vez, colocou um contador numa página - 24h antes do anúncio de algo entitulado 'Hawk'. Guardaram bem o segredo...

Tudo isso é medo do iPhone? Será que todo esse buzz se justifica? Logo descobriremos.

Pesquise preços de: PDAs, Palms, acessórios para Palm

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Palm OS às 01:32 AM | Comentários (23) | Citações

maio 18, 2007

Constatações

Após anos convivendo com usuários de PDAs e smartphones, além de interagindo com eles através da enxurrada de emails com dúvidas que recebo diariamente, cheguei a uma constatação que muitos de vocês, que lêem o blog, irão se assustar: 90% desses usuários não instalam nenhum software em seu aparelho.

É isso mesmo. Mesmo em Symbians e Pocket PCs (os de Palm têm uma tendência à sair à caça, e a primeira coisa que buscam é um tal controle remoto, hehehe), e mesmo sabendo que há a possibilidade de instalar aplicativos em seus aparelhos, a esmagadora maioria não o faz. Posso levar horas aqui mastigando para compreender os motivos, mas os principais são comodismo e pura falta de necessidade. Esse pessoal todo faz uma boa pesquisa antes, e depois, não quer mais se incomodar.

É por isso que, nos reviews dos aparelhos que tenho recebido estou priorizando a qualidade do sistema e das aplicações nativas. Por mais que se tenha sempre um ProfiMail à disposíção, se o futuro usuário de Symbian quer um smartphone bom para ler e-mails, é a partir desse desejo que a escolha será feita, recaindo, assim, a opção por Nokias da série E.

Estou com alguns aparelhos "na fila" para subir os reviews: os Nokias N73 e E61 (que já foram extensamente falados aqui, portanto, serei atenta mais à detalhes ainda não comentados) e um aparelho não-smartphone, o Samsung D900, que é ótimo para diversão. Subirei tudo até esse fim-de-semana.

Muita gente me escreve sentindo falta desse tipo de aparelho também, e prometo de agora em diante falar mais deles. Em breve falarei também da linha Walkman da Sony Ericsson, tão logo cheguem os aparelhos.

Quanto ao podcast, coloquei o número 40 do Podsemfio como o vídeo da TV Record, em avi (25,1 MB, 6'37"). Baixem-no aqui ou diretamente pelo feeds RSS, para quem assina. É a solicitação de algumas pessoas que não conseguem acessar o YouTube. O número 41 é a edição normal em áudio do programa, já está pronta também e subirei hoje à tarde. Ah, HOJE ainda falarei do RAZR 2 e dos novos MotoQ. Obrigada a todos que mandaram dezenas de links e perguntas de quando será que virão para o Brasil. Depois eu conto... aiaiai, EDGE à lenha é fogo... :)

Pesquise preços de: celulares acessórios para celular cabo de dados para celulares

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Celular às 09:30 AM | Comentários (39) | Citações

abril 13, 2007

HTC P3300: análise de um PDAphone com GPS

Conforme já comentei antes aqui no blog, GPS não é mais modinha geek. Transformou-se numa excelente ferramenta de produtividade, principalmente para quem mora nos grandes centros.

Se você já tem um PDA, é possível comprar um dispositivo avulso, que se conecta por bluetooth. Se você quiser usar o GPS com uma freqüência alta, em sua rotina diária, aposte na convergência e pegue um PDA que já tenha a tecnologia embutida, como o HTC P3300, ou HTC Artemis, como preferirem.

A surpresa veio logo de cara, com o tamanho do P3300. Eu acho que meu Qtek S200 atingiu o 'nirvana' em termos de tamanho, com o equilíbrio perfeito entre dimensões, peso e tamanho de tela. O P3300 é bastante parecido com o S200, porém um pouco mais leve e fino.

Eles também se assemelham muito quando analisamos o hardware interno e as funcionalidades. Faz todo sentido, uma vez que o produto ia se chamar Qtek G200, mas como a marca 'Qtek' foi substituída por HTC, simplesmente, ele foi rebatizado de HTC P3300. O aparelho é funciona em redes GSM, o processador é de 200 MHz, tem 64 MB de memória interna, bluetooth, wi-fi, EDGE, roda Windows Mobile 5 e sincroniza e recarrega via mini-USB. A câmera, apesar de ser de 2 MP como o S200, infelizmente não tem macro. O slot SD foi substituído por um micro-SD. E claro, os adicionais: o módulo GPS e rádio FM.

A grande novidade são os controles. O P3300, ao invés de trazer os tradicional 'navigation pad', aquele botão direcional que fica no meio, inovou trazendo um 'trackball' de mouse e uma 'rodinha' semelhante aos primeiros modelos de iPod. A solução foi batizada de 'HTC RollR'.

E qual a vantagem disso? Bem, a rodinha pode ser girada tanto no sentido horário quanto anti-horário e ter a velocidade personalizada, mas não é clicável. Assim, o usuário ganha uma imensa agilidade na hora de navegar em listas longas, como de contatos ou músicas, algo impossível com os direcionais tradicionais.

O trackball, por sua vez, é a bolinha central, que pode ser ativada ou desativada. Quando ativado, surge um ponteirinho de mouse na tela e você o direciona e clica como se estivesse mesmo usando um mouse tradicional. Enquanto a rodinha é útil na navegação em textos, a bolinha do mouse é ótima para imagens, como selecionar pontos em mapas, algo que se faz muito num PDA com GPS, lógico.

GPS, navegação e mapas

Não bastar um PDA com GPS. O idealizador de tudo é o software de navegação. Além de ter uma interface simples, descomplicada e intuitiva, é importante ver os mapas que ele suporta. Os mapas são instalados separadamente em seu PDA, conforme sua necessidade. O P3300 acompanha o TomTom, ótimo software, porém com foco em mapas europeus. Usuários brasileiros são unânimes na preferência pelo Destinator, mas mapas serão um assunto para outro post.

Como avaliação final, o HTC P3300 é aprovado com louvor, destacando a portabilidade, seu ponto forte. Só ficou mesmo devendo na câmera, bem fraquinha. A autonomia da bateria é razoável, e o maior devorador de bateria com certeza é o GPS. Por isso mesmo, numa ótima sacada da HTC, ele acompanha um recarregador veicular. Muito bom!

Num futuro próximo analisarei outros PDAphones com GPS, bem como módulos de GPS avulsos.

Pesquise preços de: GPS iPAQs com GPS Qteks

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 09:24 AM | Comentários (28) | Citações

março 02, 2007

Teclado que dá tontura

Você gosta de teclados QWERTY expostos? Ou escondidos sob sliders? Ou fechados num aparelho concha? Ou não gosta de teclado algum e acha que o modelo apresentado pelo iPhone é o ideal?

Bem. A Samsung resolveu inovar na maneira de esconder seu teclado e apresentou o SCH-u740. Quando ele é aberto, o teclado QWERTY, normalmente oculto, fica lado a lado com os botões direcionais expostos quando ele está fechado. O problema é que os teclados ficam em sentidos opostos. Dá tontura só de pensar em digitar um e-mail ali.

Será que os designers da Samsung agora usam os mesmos alucinógenos dos designers da Nokia?

Pesquise preços de: acessórios para Palm acessórios para Pocket PCs acessórios para Nokia e Symbian

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 01:31 PM | Comentários (6) | Citações

O sucessor do TyTN e novidades da HTC

Entre as novidades com WM6 que a HTC deve lançar (ainda estamos no campo das especulações), três chamaram a atenção: o HTC Kaiser (substituto do TyTN), o HTC Elf e o HTC Gene 100.

Antes que o pessoal faça piadinhas, já vou avisando que o "baixinho" da turma é o Gene, e o não o Kaiser... :)

Todos têm 64 MB de RAM, e processador de 200 MHz, exceto o Kaiser, que terá o dobro e será o sucessor do HTC TyTN (vulgo Qtek 9600). O Gene é o único que não tem teclado. Mais detalhes nos links a seguir, lembrando que não são fontes oficiais:

HTC 4550 (HTC Kaiser)
HTC 3450 (HTC Elf)
Dopod D600 (HTC Gene 100)

Céus, eu ODEIO esse lance dos aparelhos WM terem um nome diferente em cada canto do mundo.

O Kaiser e o Elf estão previstos para junho desse ano, e o Gene, para março.

A família E-TEN também têm novos membros rodando WM6, s serem oficialmente apresentados na CeBIT, (outra) feira de tecnologia que começa no dia 15 de março. Entre os novos membros, o primeiro a funcionar em redes 3G – HSDPA/WCDMA. E os já anunciados Glofiish M700 e X500. Os três dispositivos são GSM, têm wi-fi, processador de 400 MHz, 128 MB de memória e GPS. Essa é a opção para o pessoal que reclamou da ausência de GPS nos i-Mate.

Acho GPS legal, mas não é crucial para mim. Prefiro uma tela grande, VGA, caprichada. Se der para ligar em projetores, fico mais feliz ainda. Tenho sentido falta disso durante minhas palestras e aulas, onde sou obrigada a levar o notebook. Assim, por enquanto, fico com os novos i-Mate mesmo.

E updates de sistema operacional, teremos ou não teremos nos aparelhos da HTC? O site Pocketfactory anunciou que, segundo a fabricante, os atuais modelos não receberão atualização de sistema operacional. Já o Pocket PC Thoughts contradiz essa afirmação:

"HTC and its carrier partners will have Windows Mobile 6 upgrades available for a variety of recently released devices. We will continue to work with these partners to provide additional upgrades based on market need."

Resta aos usuários aguardar algum pronuciamento oficial da fabricante taiwanesa. Não temos nada confirmado ainda.

Pesquise preços de: acessórios para PDAs Dell Axim acessórios para HP iPAQ HTC / Qteks

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 01:17 PM | Comentários (3) | Citações

fevereiro 28, 2007

i-Mate Ultimate

Caros fãs de Windows Mobile, estejam onde vocês estiverem, sentem. Encostem na cadeira. Lembram quando falei da nova linha Ultimate, da i-Mate?

Agora respirem fundo e cliquem nesse link. Isso, com calma. Não quero leitores usando marcapasso depois e botando a culpa em mim.

Notem que todos têm as mesmas características: processador de 520 MHz, tela VGA com saída de vídeo XGA direta, tela sensível ao toque, 3G, HSDPA, bluetooth, wi-fi b/g/e/i, USB super veloz, slot para cartão microSD, rádio FM e bateria de 1400 mAh, câmera de 2 MP e WM6 Professional. O que muda é apenas o design, presença de teclados diversos e o tamanho da tela. Por isso mesmo, é impossível que cada um de nós não se identifique com um modelo.

Eu já escolhi o que é a minha cara. E vocês?

Pesquise preços de: acessórios para Palm acessórios para Pocket PCs smartphones

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Windows Mobile às 12:55 PM | Comentários (15) | Citações

fevereiro 27, 2007

Mostra-me tua tela Today e eu direi quem és

No post em que achincalhei o Datebk5, falei que, em termos de interface, a caracterísitca mais marcante da plataforma Palm OS é a "limpeza" visual. Eu sou uma admiradora de interfaces cleans e bonitas, e a tela Today é a alma de qualquer PDA ou smartphone, não importa a plataforma. Felizmente essas telas Today são totalmente configuráveis e personalizáveis a ponto de mostrar um pouco da personalidade do dono, desde a disposição das informações, a natureza dos plug-ins, até o wallpaper.

Vejam alguns exemplos, caçados aleatoriamente no Flickr:

O mais importante é a harmonia.

Uma Today polúida e repleta de coisinhas "penduradas" imdiatamente nos remetem à imagem daquela pessoa que tem sua escrivaninha lotada de papéis e livros, além de material de escritório esparramado por toda sua superfície. Provavelmente seu desktop é um daqueles lotados de ícones na área de trabalho. Você pode até gostar, mas eu sinto arrepios. Procuro deixar na minha área de trabalho somente os atalhos das pastas e arquivos mais acessados. Ícones de arquivos, como textos e imagens, só os que estou trabalhando no momento.

O wallpaper, então, mostra muito do dono. Adolescentes em geral usam fotos de celebridades, com ou sem roupa. Nerds estampam o logotipo de seu sistema ou software favorito. Geeks "família" estampam fotos de seus rebentos. Meninas preferem tons de rosa com desenhos de personagens fofos. O problema de se usar fotos como wallpaper é que comprometem a visibilidade das informações na tela. Assim, prefiro planos de fundo mais estilizados e com cor relativamente homogênea.

Além de ser a janela do SO para o mundo, a tela Today tem como função primordial fazer com que o usuário tenha concentradas, numa tela só, as informações mais cruciais de gerenciamento de sua vida pessoal, além do status do seu aparelho em termos de bateria, sinal de celular etc. Tais informações devem estar ordenadas de uma forma limpa, que possibilitem que uma olhadela rápida deixe o dono a par de tudo em dois segundos.

Vale lembrar que plug-ins muito pesados comprometem o desempenho do sistema, deixando o aparelho mais lerdo. Será que você realmente precisa da previsão do tempo dos próximos 5 dias na sua tela Today? Ou de um slideshow dos seus 345.698.093 feeds RSS? Ou da quantidade de espaço existente e restante em todos os tipos de memória do seu PDA, built-in, de programas, SD e CF? Ou de quantos contatos estão online no momento em seu instant messenger?

Um ou outro desses plug-ins até pode ter um grau de importância alto em sua rotina, dependendo de suas atividades profissionais... mas *todos*, com certeza não! Pense nisso, use o bom senso e ganhe uma interface mais bonita e um aparelho mais rápido, com menos travamentos!

Pesquise preços de: acessórios para PDAs Dell Axim smartphones Blackberry

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 03:22 PM | Comentários (29) | Citações

fevereiro 23, 2007

Aparelhos com Windows Mobile 6

Por enquanto, os dois aparelhos que recebrão atualização de sistema operacional são o Palm Treo 750 (Windows Mobile Professional) e o T-Mobile Dash (Windows Mobile Standard), ambos ainda indisponíveis no Brasil via operadoras. Mas entre os tech-maníacos a expectativa é grande em cima de novos aparelhos. Espera-se, com o novo OS, melhor aproveitamento de processador, memória e bateria, em aparelhos mais leves e finos.

Até o momento, o aparelho mais bem avaliado por usuários do WM5 é o HTC TyTN, ou Qtek 9600, que recém-chegou aos EUA como exclusividade da Cingular, com a alcunha de "Cingular 8525", por 400 dólares e contrato de 2 anos. Ugh! Eu fiz um review dele há algum tempo, no Podsemfio n.20. Quem quer um desbloqueado deve checar os modelos vendidos na Europa.

O que ele tem de tão especial? O 3G, claro, que cresce cada vez mais na Europa e nos EUA e é a alegria dos fãs de mobilidade, a ponto de muitos dispensarem uma conexão fixa no escritório ou até em casa. Dependendo dos hábitos do usuário, claro, pois conexão banda larga em casa, na Europa, é muito barato se compararmos com os preços do Brasil.

Mas o HTC TyTN (ou Qtek 9600, ou Cingular 8285, como preferirem) tem alguns defeitos que, para mim, são suficientes para descartá-lo como meu equipamento de escolha. O mais sério é o tamanho: ele é muito espesso e pesado. Andar por aí com ele no bolso do meu jaleco, por exemplo, íncomoda. Mas claro, continua sendo um PDAphone muito eficiente, ainda mais para quem quer usar e abusar de conectividade - tem wi-fi, EDGE e 3G. É completo. O segundo mais sério é a autonomia de bateria. Quem passa o dia na rua invariavelmente precisa carregar na bolsa um cabo ou bateria extras, ainda mais considerando que muitos amigos meus que usam esse modelo se renderam ao plano de dados ilimitado, passando o dia todo online.

A i-Mate anunciou o lançamento de cinco novos dispositivos high-end, ou topo de linha, com o novo WM6. A linha foi batizada de Ultimate: 5150, 6150, 7150, 9150 e 8150. O que varia é o formato, tem modelo slider, barra, concha, com teclado, sem teclado... Todos os modelos são GSM quadriband GSM/EDGE e triband UMTS/HSDPA, terão memória de 256MB, display VGA (isso mesmo, VGA!), 3G e Bluetooth 2.0, rádio FM, GPS. E o design deles é ARREBATADOR, como dá para notar na foto ao lado.

Mas quem chamou minha atenção mesmo foi o HTC Gene. Sem teclado para deixá-lo gordo, tela generosa, e corpo enxuto para usá-lo tranquilamente como um celular, no bolso da calça, da camisa ou num cantinho da bolsa. Lembra muito o meu S200, que hoje considero ter atingido o "nirvana" na questão tamanho. Ao contrário do TyTN, não é nem grande demais dificultando a portabilidade, nem pequeno demais comprometendo visibilidade de tela. Mas acho que poderia ter um processadorzinho melhor e mais memória, não?

Bem, isso é só o começo, muito mais aparecerá por aí. Vamos ficar de olho! E vocês, o que gostariam de ver hoje em termos de hardware?

No próximo post vou detalhar o Windows Mobile 6 e falar o que gostei e o que não gostei nele.

Pesquise preços de: Qtek 9100 acessórios para Palm acessórios para Pocket PCs

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 06:20 PM | Comentários (5) | Citações

fevereiro 21, 2007

Mini-review: Samsung i321

Eu falei muito bem do MotoQ em seu review, publicado em dezembro. Fiquei muito impressionada naquele que foi o meu primeiro contato com um smartphone rodando o sistema Windows Mobile for Smartphones. Agora chegou a vez de avaliar um aparelho desses que funcione em redes GSM. E a novidade que a TIM trouxe é o Samsung i321.

O SGH-i325N, ou Samsung i321 é exclusividade brasileira. Lá fora seu modelo correspondente é o SGH-i320N (ou simplesmente Samsung i320). Fisicamente são praticamente idênticos, com algumas poucas melhorias do i321 em autonomia de bateria (algo que infelizmente não pude avaliar).

Perfil do usuário de Windows Mobile for Smartphones

Hoje há cada vez mais gente interessada em smartphones, mas muitos se frustram ou se confundem com o excesso de funções de um Windows Mobile ou um Palm OS, principalmente com a tela sensível ao toque. A maioria desses usuários busca apenas um celular mais esperto, porém que continue simples, intuitivo e principalmente, pequeno e leve como os aparelhos "normais". Um Qtek ou um Treo definitivamente não combina com esse tipo de usuário.

Prova do sucesso desse sistema operacional é a grande procura no exterior por aparelhos como o Samsung Blackjack, o T-Mobile Dash e o Motorola Q.

Até então só tínhamos o Symbian para satisfazer tal público. Agora com o Windows Mobile for Smartphones, um novo leque de possibilidades se abre para um público bem definido. O sistema é rápido, estável e muito, mas muito intuitivo mesmo, uma vez que todo mundo conhece o "jeito Windows" de se acessar arquivos, pastas e programas.

Tenho percebido que, entre as dezenas de pessoas que me escrevem toda semana querendo colocar mais mobilidade em sua vida profissional, o usuário dinâmico, que se desloca muito e exerce suas atividades profissionais em notebooks, é o que mais se adequa ao Windows Mobile for Smartphones. O perfil desse pessoal é mais ou menos assim:

1. Querem um smartphone que seja o mais leve possível, pois já carregam muita "tralha" no dia-a-dia, e que não seja tão largo como os Blackberry ou Nokia série E.
2. Que possibilite gerenciamento de emails de forma fácil. Navegação é mais eventual, só para emergências ou pesquisas rápidas.
3. Não querem aprender a escrever diretamente na tela e preferem teclado QWERTY. Os botões físicos possibilitam escrita com uma só mão, de forma mais ágil que os Symbian sem esse teclado.
4. Não se importam com a não-edição de documentos Office, pois preferem fazê-la em seus notebooks. Um visualizador de boa qualidade é fundamental para checar o conteúdo desses documentos tão logo eles adentrem o inbox.
5. É fundamental que esse smartphone funcione como um modem ao ser ligado ao notebook. Assim, para facilitar a vida e otimizar o desempenho, é importante que esse smartphone tenha porta mini-USB, bluetooth (caso o notebook também tenha) e possua EDGE (no caso dos GSM) ou EVDO (nos CDMA).
6. A presença de wi-fi não é crucial. Tais usuários não querem depender de hotspots, preferem uma conexão de dados sempre presente. Portanto, costumam adquirir um plano de dados com a operadora.

Análise do i321N

Ao retirá-lo da caixa, o primeiro "oooh!" vem na hora que se constata e finurinha do aparelho. Ele é muito fininho, tal como o MotoQ, mas um pouquinho mais estreito. Pode agradar em cheio aqueles que gostam do E62 e E62 da Nokia, mas os acham muito largos. E o danado é muito leve *mesmo*. Pesa apenas 95g. Compará-lo com o supernutrido N80, por exemplo, é covardia:

Não tem cabo miniUSB como o MotoQ, é cabo proprietário. O fone de ouvido usa conector proprietário também. Não gostei muito do botão direcional e do tecladinho. Mesmo sendo suspeita para falar de teclados QWERTY, ainda acho o do MotoQ melhor, com teclas mais altas e um pouco mais afastadas. Quem tem dedos mais grossos pode sofrer um pouco, mas isso vai do gosto e da habilidade do usuário. Eu, particularmente, acredito que um botãozinho estilo joystick é mais interessante nesses dispositivos sem tela sensível ao toque.

A tela QVGA é excelente! Muito nítida e brilhante. O SO rápido, muito ágil. O padrão de expansão é microSD, mas na caixa não vem cartão incluído. Que pena. Não pude testar a autonomia de bateria, pois não fiquei com o aparelho tempo suficiente para tal, mas nos fóruns dizem que não é grande coisa. Ele tem uma câmera de 1.3 MP, mas não espere grande coisa dela também. Tosquinha, serve só para brincar mesmo.

Em termos de sistema operacional, tudo nele funciona como no MotoQ - sugiro que vejam os detalhes aqui. A base de softwares para esse sistema está crescendo bastante, e, ainda que só seja possível visualizar arquivos Office nele, a Dataviz já oferece o Documents To Go como alternativa, por U$ 30.

Vale lembrar que usar o Skype no i321 dependerá da velocidade da rede de dados da sua operadora GSM. O ideal é usar EDGE, mas ainda assim, o resultado não é totalmente satisfatório. O mesmo vale para o MotoQ: VoIP nele é uma delícia sob a rede EVDO, mas em 1xRTT temos resultados semelhantes ao EDGE.

Gostaria de ficar com esse aparelho um pouco mais de tempo para fazer uma análise mais profunda, não só dele mas também do sistema Windows Mobile for Smartphones, que, como já falei aqui, considero muito promissor. Conversarei com o pessoal da TIM e pretendo ter um desses em definitivo comigo. Mas em primeira instância, aprovei o i321. É uma excelente escolha para quem quer um celular inteligente sem ter que apelar para PDAphones mais trambolhudos. O i321 pode conviver no seu dia-a-dia substituindo seu celular, sem pesar no bolso.

E quando digo sem pesar no bolso, falo tanto no sentido literal como no figurado. Além da TIM, a Claro recém colocou esse aparelho em seu catálogo de smartphones também. Comprando-o com um plano de minutos e de dados, dá para conseguir um bom desconto, conseguindo por R$ 600 ou R$ 700. O aparelho avulso e desbloqueado também já chegou em várias lojas online, mas obviamente aí é bem mais caro.

Pesquise preços de: Samsung i321 celulares Samsung acessórios para celular

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Reviews às 11:21 AM | Comentários (108) | Citações

fevereiro 19, 2007

Quem oferece maior variedade de softwares?

No post anterior discutimos a ausência de aplicações para se instalar no A1200i, pois o sistema operacional foi "fechado" pela Motorola. Isso matou o smartphone, na minha opinião.

Mas qual é o sistema operacional para dispositivos móveis que oferece maior variedade de softwares, entre gratuitos e pagos?

Se você respondeu Palm OS...

Essa captura de tela foi feita dentro da loja virtual Handango, a maior em se tratando de softwares para dispositivos móveis. Hoje os fãs de Palm OS podem usar qualquer argumento para defender sua plataforma favorita, exceto que é o sistema com maior variedade de aplicativos.

Vale lembrar que quantidade não significa qualidade. Quando eu usava Palm achava o máximo a imensa gama de programinhas para instalar nele, mas me irritava o fato de haver 10 programas de agenda e só dois prestarem. O Windows Mobile está no mesmo caminho...

Meu primeiro Pocket PC foi comprado em 2004 e, já naquela época, consegui achar equivalentes para tudo que eu tinha no Palm, exceto o banco de dados, pois era "Smartlist-To-Go-Addict" de carteirinha. O vício passou e hoje sou "Handbase-Addict"... programa que, aliás, tem versões também para Palm e até para Symbian! Prometo preparar um post caprichdão falando dele, o povo está me cobrando faz tempo. Mas é que só agora eu consegui registrá-lo...

Outra coisa que nunca é demais falar aqui: não defendo nenhuma plataforma, e acho as guerrinhas Palm x PPC ridículas. Os WM-xiitas devem respeitar a escolha dos usuários de Palm OS, caso esses prefiram um sistema mais espartano e tradicional. Assim como os Palm-xiitas não devem criticar o WM por bobagens do tipo "Microsoft é do mal" ou por não gostarem do "Windows-way-of-life"... ainda mais quem nunca teve PPC.

E para provar que sou democrática, tenho opiniões bem formadas sobre cada um desses sistemas. HOJE o sistema que atende minhas reais necessidades é o Windows Mobile - e minhas necessidades reais são tela sensível ao toque, ambiente multitarefa, Skype e wi-fi.

Mas na minha humilde opinião, HOJE o melhor sistema para usuários finais é o robusto e estável Symbian (porque as pessoas preferem celulares com funções de PDA, e não PDAs com função de celular). E o sistema mais promissor, que terá um BOOM junto ao grande público leigo, graças à sua leveza, intuitividade, rapidez e simplicidade é o Windows Mobile for Smartphones.

Smartphones para mães e sogras

O smartphone que eu daria hoje para minha mãe seria um Samsung i321... logo mais subo o review dele! E para quem me pediu o review do Treo 680 com o "teste da mãe" - no caso, "teste da sogra", devidamente emprestada de um amigo - um aviso: preciso esperar a sogra-usuária chegar dos EUA, o que deve ocorrer no início de março. Vamos ver se ela topa gravar um podcast comigo.

Pesquise preços de: acessórios para Palm acessórios para Pocket PCs acessórios para Nokia e Symbian

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Aplicativos às 05:56 PM | Comentários (23) | Citações

fevereiro 14, 2007

O que rola na 3GSM

Cheguei de viagem com muita coisa para colocar em dia. Tenho uma agenda de pacientes lotada até sexta-feira e ainda por cima minhas aulas na faculdade começaram ontem. Assim, peguei o bonde andando no 3GSM.

Explicando: O 3GSM é um grande congresso de telefonia móvel que está rolando em Barcelona. Começou na segunda-feira e vai até amanhã. E está repleto de novidades: o anúncio do Windows Mobile 6, novos Nokia da série E (incluindo o E61i, upgrade do E61, com câmera), novos screenshots do tão falado Access Linux Plataform, upgrade do Treo 750 para Windows Mobile 6 e o novo Flash da Adobe, versão Lite 3, que pretende melhorar a experiência de vídeos em dispositivos móveis. Xi, é tanta coisa... vou esmiuçando com calma ao longo da semana.

Pesquise preços de: celulares acessórios para celular cabo de dados para celulares

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 05:32 PM | Comentários (4) | Citações

janeiro 23, 2007

Mini-review: Motorola A1200i (MotoMing)

O smartphone Motorola A1200i é um aparelho PDA + celular que funciona com sistema operacional aberto, baseado em Linux. O aparelho hoje é promovido pela Motorola com grande hype em cima de executivos e descolados em geral: além de ter sido um dos prêmios do vencedor do reality show "O Aprendiz 3", o gadget ganhou estandes com destaque nos atuais eventos de moda no RJ e SP.

Para começar, é preciso ter em mente que há dois modelos semelhantes: o A1200 é chinês. O A1200i é o modelo internacional, vendido agora nos demais países do mundo. Em princípio o A1200 só funciona com a ROM original, não podendo funcionar com outros idiomas. Já o A1200i é mais versátil nesse sentido, e, segundo a Motorola, é esse o modelo que está sendo vendido no Brasil agora, tanto pela Claro (ver detalhes) como pela TIM . E que tem chamado muito a atenção de clientes e usuários pela beleza, tamanho reduzido sem detrimento de visibilidade de tela e leveza (pesa só 120g).

A Motorola o apresenta como MotoTask no seu site, nome de batismo dele no Brasil, mas na caixa vendida aqui, mesmo com os manuais em português, vem escrito MotoMing, nome do seu similar chinês. Estranho, não?

Falando em design, o pessoal do Fashion Rio concorda que o A1200i é um smartphone top model, mas não é anoréxico: têm tela sensível ao toque de 320 x 240 pixels, slot para cartão miniSD, câmera de 2 MP com flash, macro e OCR (falarei disso mais adiante) e o mais surpreendente: dois processadores. Um é para as tarefas de básicas de telefonia e dados, o outro é dedicado à multimídia e execução de programas. Graças a isso, dá para trabalhar em ambiente multitarefa com conforto.

A interface é muito bonita, a tela é linda, mas aos não iniciados, perambular pelos menus e configurações pode ser confuso no início. Habituar-se, porém, é questão de tempo. Há muitas opções escondidas e os ícones de serviços infelizmente são minúsculos, então às vezes é preciso dar muitos "taps" para se chegar a algum lugar.

Com as medidas 95,7 x 51,7 x 21,5 mm (comprimento, largura, espessura), vejam que ele cabe certinho na palma da minha mão. Reforçando que minhas mãozinhas são pequenas! A empunhadura é gostosa, pois as laterais são emborrachadas. Cabe num bolso de camisa e não incomoda, pois além de pequeno, ele é relativamente fino:

Ele não tem tecladinho QWERTY (aleluia!), apenas um teclado acionado virtualmente na tela sensível ao toque. Também dá para usar o sistema de reconhecimento de caracteres, mas comigo não funcionou direito.

A tela é protegida por uma tampa de acrílico transparente, bem bonita, mas que me deu a impressão que deve riscar e trincar fácil... é importante usá-lo numa capa sempre. Ele acompanha uma capinha daquelas de se prender no cinto. Ele também acompanha cabo de sincronismo USB e um cartão miniSD de 128 MB que não dá para nada, ainda mais se você for desfrutar das funções multimídia do bicho. Do outro lado tem os encaixes de fones de ouvido e mini-USB.

Na frente ele tem os tradicionais botões de "ligar" e "finalizar", além de um joystick pequeno, meio afundado, chato e difícil de manusear. Odiei. Na lateral esquerda tem 3 botões: quando o flip está aberto, eles alternam entre as funções de perfil de toques (normal, silencioso etc). Quando está fechado, abrem o MP3 player, a câmera e o log de chamadas. Com o MP3 player ativo e rodando, esses 3 botões avançam, retrocedem ou pausam o tocador. Bem legal e prático.

Entre as funções nativas do aparelho, temos e-mail, agenda, contatos, notas e tarefas, que sincronizam nativamente com o Outlook. Mas de modo geral, elas funcionam de uma maneira bem básica. São inferiores em recursos a seus similares nos Palms e Pocket PCs. Ele possui ainda um programa visualizador, que serve para fotos, PDFs e documentos Office. Não há modo de edição, e mesmo o visualizador sozinho é bem fraco.


Browser: Opera

O programa de e-mail é ridículo. Só tem o básico do básico para gerenciamento de mensagens. Quem precisa manipular uma quantidade grande de e-mails vai sofrer. Em compensação, o browser é de-li-ci-o-so.

Lamentei, e MUITO, a ausência de EDGE no aparelhinho. Depois, para minha grande surpresa, descobri fuçando os menus que o browser é uma versão do Opera para a Motorola. Só podia, né? O melhor browser para dispositivos móveis não iria me decepcionar no A1200i! Só achei engraçado o fato de colocarem um software de código fechado, e não open-source, como o sistema geral. Depois tive a mesma constatação nas aplicações multimídias: o aplicativo é o RealPlayer! A qualidade do áudio e vídeo é razoável, mas há uma limitação de formatos compatíveis. Talvez futuros firmwares resolvam essa questão, o que é uma pena um hardware tão legal com softwares tão fracos...

Mais uma coisa chata: a autonomia da bateria é pífia. Há um consenso nesse quesito entre os usuários. Prepare-se para levar o carregador junto na pasta, especialmente se você usar bastante as funções de PDA e navegação.

Outra maravilhosa surpresa no MotoMing: a câmera com OCR. Posicionada por trás do aparelho, aciona-se uma travinha para ativar a função macro, focaliza-se um cartão de visitas na área da tela delineada em vermelho, fotografa-se e... instantaneamente os dados são escaneados, os caracteres reconhecidos e salvos nos contatos.

Simplesmente impressionante: ele salva o nome no campo nome, os telefones nos campos de telefones, endereços nos campos de endereços, e-mails nos campos de e-mails... tudo de forma automática. É de cair o queixo.

As fotos são feitas na resolução de 2 MP, e, como eu disse antes, tem modo macro. Para quem gosta de brincar com as imagens, ele vem com um mini-aplicativo para edição de imagens, que faz aquelas brincadeirinhas comuns com cores, brilho, contraste etc. Tem mais: O MotoMing ainda tem Rádio FM, bluetooth, gravador de voz e chamadas, comando de voz e Java.

Agora vem o grande ponto fraco do bichinho: onde arranjar softwares para instalar nele?

Mas é aí que reside o diferencial dos sistemas open-source. Se o aparelho vingar, é bem possível que apareçam usuários e desenvolvedores incrementando as bibliotecas de software para ele. Mas por enquanto, nesse quesito, ele poderá frustrar um pouco os executivos e descolados a quem ele se destina. Um belo hardware não é nada sem software, sem utilidade prática. Já falei que o aplicativo de email é mídia são apenas medianos, uma pena, ainda mais com chip dedicado para multimídia. Estamos à mercê de atualizações de firmware e desenvolvimento de aplicativos... É esperar para ver.

Assim, leitores, proprietários de A1200i e entusiastas de plataformas abertas, deixo os comentários desse post em aberto para que vocês deixem sugestões de aplicativos, links e novidades para os usuários desse gadget. O sucesso dele dependerá da comunidade. Hoje, do jeito que ele vem, infelizmente eu não compraria um, justamente pela falta de ferramentas de produtividade essenciais para o meu ritmo de trabalho.

Mais uma vez, super obrigada ao Eduardo da Cerenatel pelo aparelho para testes.

Pesquise preços de: Motorola A1200i acessórios Motorola softwares Linux

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Reviews às 04:29 PM | Comentários (151) | Citações

janeiro 15, 2007

Reviews na fila...

Estou com vários aparelhos em mãos para fazer reviews. Prometi a vocês há algum tempinho análises do Nokia N80 e do Motorola A1200i. Por causa da CES e da MacWorld semana passada, tive que adiar a publicação. Essa semana ainda os reviews estarão no ar. Também falarei do Samsung i321N, recém-chegado nas revendas da TIM. Roda Windows Mobile for Smartphones, sendo uma versão GSM do MotoQ. Uma belezinha! Fiquei gamada! E depois, ainda tem o Nokia E61. Aguardem mais um pouquinho...

Pesquise preços de: Nokia N80 Nokia E61 Motorola A1200i

postado via gprs / edge

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 04:55 PM | Comentários (1) | Citações

janeiro 02, 2007

E-TEN M700 e novas tendências para 2007

Vejam só as especificações do E-TEN M700 (foto), que deverá ser vendido ainda em 2007: WM5, processador de 400 MHz, bluetooth, wi-fi, EDGE, câmera de 2 MP, GPS e rádio FM.

Pois é, quem está habituado com os PPCphones logo notou o diferencial do M700: a presença de wi-fi e GPS juntos! Por algum motivo, PPCphones com GPS não costumam vir com wi-fi integrado. O M700 é o primeiro que quebra esse padrão e com certeza causará um buzz entre os fãs da plataforma! Não duvido que será um sucesso.

Outra coisa: parece que a moda dos teclados deslizantes laterais pegou, não? Marca registrada de modelos da HTC, é a primeira vez que vejo um modelo E-TEN com um igual. E não é à toa que faz sucesso: é MUITO mais confortável digitar em teclas maiores. E é bem mais prático ter a opção de mantê-lo recolhido quando você quer usar o aparelho como telefone!

Tendências em mobilidade

Embora os PPCphones proliferem como coelhos, eu acho que 2007 será o ano da versão Smartphone do Windows Mobile. Lá fora já pipocaram vários modelos, pegando carona no bem sucedido MotoQ - como o Samsung Blackjack, aparelho GSM que tem sido um campeão de vendas e é a nova vedete dos fãs de mobilidade. São dispositivos que estão conquistando os usuários que nunca tiveram smartphone, graças à estética e simplicidade, sem deixar de ser um device poderoso. Quem acha que simplicidade é com os Palms, deveria experimentar um Windows Mobile for Smartphones. Eu mesma fiquei fascinada. Passa fácil no "teste da mãe" e pode até ameaçar o reinado do Symbian!

Veja aqui os comerciais de TV do Samsung Blackjack, disponível nos EUA pela Cingular:
- Comercial 1 - destacando a leveza e o design do aparelho
- Comercial 2 - destacando as aplicações multimídia

Já no campo dos PPCphones, noto uma tendência na popularização dos modelos com GPS integrado. Os usuários de PPCphones têm um perfil mais exigente, e boa parte deles são geeks, aficcionandos em tecnologia. Com o Google Maps avançando no terreno mobile, o GPS passa a ser uma função interessante para quem viaja ou se desloca muito.

Enquanto isso, a Palm apostará todas as fichas no Treo 680, a fim de conquistar o usuário "virgem" de smartphone. O bom pacote de aplicativos que vem com o produto mais o investimento global em marketing poderão ajudar bastante. A competição é árdua, os Symbian e o Blackjack são os principais concorrentes. Os usuários brazucas fãs da Palm podem ficar felizes: o Treozinho deverá vir pra cá esse ano ainda, mas não se animem com os preços... acho que isso vai atrapalhar a estratégia de popularização aqui.

Pesquise preços de: smartphones MotoQ GPS

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 11:09 AM | Comentários (27) | Citações

dezembro 27, 2006

Retrospectiva 2006: ano da convergência

Esse mês completei um ano de uso do plano ilimitado de dados da Claro. Tanta gente me escreveu esse ano perguntando se valia a pena, que eu acho que a Claro deveria me pagar uma boa comissão por tamanha influência que exerci... hehehe.

O meu contato com o público grande desse blog, dos fóruns e listas de discussão me faz concluir que 2006 foi o ano da convergência.

Há um ano adquiri, junto com o plano de dados da Claro, meu primeiro aparelho convergente com Windows Mobile, o Qtek 9090. Contudo, não foi minha primeira experiência com smsrtphone / PDAphone. Antes dele, tive dois Symbian, o Nokia 7610 e Nokia 6260. Mas acho que o primeiro sistema operacional estável para Pocket PCs foi o WM2003 SE.

Há um ano também optei em largar meus dois PCs de mesa e comprar um notebook. Não há novidade alguma em ter um computador portátil, mas o que realmente fazia a aquisição valer a pena foi o plano de dados ilimitado. Liberdade e mobilidade, a qualquer hora e em qualquer lugar, seja no smartphone, seja no notebook!

Investindo cada vez mais na odontologia domiciliar, a dupla notebook + smartphone se tornaram tão importantes quanto o famigerado "motorzinho de dentista".

É... já tive aparelhos de todos os sistemas operacionais - 6 Palms, 4 Pocket PCs e 3 Symbians. Acho que posso falar qual é o melhor.

Symbian está maduro, poderoso e é o mais estável de todos. O Windows Mobile cresceu espantosamente, graças à sua disposição em suprir lacunas do Palm OS e atrair usuários mais exigentes. O Palm OS parou no tempo, estando mais restrito a usuários ortodoxos e avessos à novidades.

Já falei num dos Podsemfio que o grande público prefere um celular com funções de PDA, e não um PDA com funções de celular. Por isso o Symbian é campeão de popularidade. E anotem mais essa: o sistema operacional que mais crescerá em 2007 será o Windows Mobile for Smartphones, com aparelhos cada vez mais apelativos: leves, fininhos, elegantes e práticos e, em termos de internet móvel, com um quê de Blackberry.

Mas o que faz de 2006 o ano da convergência não são os aparelhos, mas os serviços. As operadoras finalmente descobriram o público ávido por dados e por web móvel. Aqui no Brasil, temos o EDGE do GSM e o EVDO do CDMA. Lá fora, 3G já é uma febre.

E você, é adepto da convergência? Se sim, como você usa a web em seu aparelho convergente?

postado via gprs / edge, na estrada, rumo a SC

escrito por Bia Kunze em Telecom às 07:38 AM | Comentários (16) | Citações

outubro 09, 2006

Está sobrando Treo 650!

Parece que a Claro entrou semana passada com alguma promoção interessante com o Treo 650, pois tenho recebido uma enxurrada de e-mails de gente que foi procurada pela operadora, que está propondo verdadeiras pechinchas.

Segundo o que foi me passado, o preço do Treo 650 varia de R$ 500 a R$ 1500, dependendo do pacote de minutos que você pegar. Se você optar por um plano de dados generoso também, o aparelho sai quase de graça.

Vale a pena? Sem dúvida que sim, pois o Treo é um bom smartphone para quem não quer abrir mão da plataforma Palm OS. Mas é válido lembrar que ele está MUITO defasado perto dos Windows Mobile que temos por aí hoje. Sem contar os Symbian, que têm muito mais jeitão de celular que PDA e possuem uma legião de fãs. O que eu achei estranho em cima dessa proposta da operadora é que parece que está sobrando Treo 650, pois os Qtek 9100 estão em falta desde o fim do mês passado. Para algumas pessoas, como o leitor Ronaldo, que está esperando seu 9100 há quase 15 dias, a espera já beira o limite da paciência, pois prometeram a entrega do aparelho entre 3 e 5 dias. Pressionando o vendedor, este retornou com uma contra-proposta oferencendo o Treo 650 no lugar. Lógico que ele não aceitou e ainda deu piti. Engraçado que o boleto já chegou hoje, hehehe...

Eu mesma me vi tentada pelo Qtek 9100 quando meu 9090 quebrou, mas desisti quando me disseram que há fila de espera - antes do dia 15, seria impossível eu tê-lo em mãos. O mesmo vale para os BlackBerry, em especial o 8700g. Segundo a assessoria da TIM, empresas têm comprado BlackBerries em quantidades enormes e o estoque logo se acaba, e quem é pessoa física ou fica a ver navios ou se vê induzida a pegar o Treo 650.

O Nokia E62, o Motorola Q e o HP hw6915 já estão chegando nas lojas para o Natal, e eu estou curiosa para saber a receptividade do público em cima deles. Somando-se aos BlackBerry 8700g e ao Qtek 9100, fechamos o "quinteto" de smartphones que vai aquecer o comércio nesse fim de ano.

Para alegria da galera, devo ter todos eles em mãos em breve para entupir esse blog de reviews!

E você, leitor, já escolheu o smartphone que vai pedir ao Papai Noel? :)

Pesquise preços de: smartphones PDAs Treo 650

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 06:40 PM | Comentários (53) | Citações

setembro 15, 2006

Preview: HTC Artemis

O site francês Ultimate Pocket publicou um belo review daquele que promete ser "O" gadget de fim-de-ano dos fãs de PDAs convergentes: o HTC Artemis. Enquanto a Palm tateia no escuro com o Treo 750v, lançado ontem (e, como já se tornou rotina dentro da Palm, sem nada de inovador), o Artemis dá um show, com GPS integrado, EDGE, wi-fi e um inédito trackpad.

O Artemis é o primeiro PDAphone da HTC a integrar um receptor GPS. Até agora, o device mais bem sucedido nessa missão é o concorrente E-TEN G500. Além de ter um tamanho reduzido e ser relativamente leve dentro de sua categoria, o aparelho tem um design lindinho. Seu rádio FM (item obrigatório nos devices com GPS integrado) tem uma funcionalidade interessantíssima: permite gravar direto em MP3 o que se está ouvindo.

Trackpad?

Você já imaginou um trackpad, vulgo "cursor de mouse", num PDA? Pois bem, essa é a grande novidade no Artemis. Até então só se tinha visto isso no HP iPAQ hx4700 tinha esse recurso, que nem foi muito explorado pelos usuários. Mas num smartphone, como é o caso do Artemis, isso parece ser *muito* mais interessante. A partir do D-PAD, sensível ao toque e giratório, pode-se comandar o cursorzinho pela tela, tornando muito mais interessante o conceito de one-handed-user, ou seja, navegar por todas as funções do PDA agilmente com uma só mão.

No vídeo abaixo dá para ver bem como isso funciona na prática. Gostei bastante!

Eu já estava me preparando para quebrar o porquinho quando vi que o processador é um reles OMAP de 200 MHz e me decepcionei. Engraçado, quando a gente tem a sensação que encontrou o gadget perfeito, que se enquadra direitinho dentro de suas necessidades, sempre surge alguma coisa que nos faz desistir. No caso do processador, é comum ver por aí super PPCPEs com mil e uma funções, mas com um processador mais fraco. A explicação para isso está na preocupação com autonomia de bateria - item primordial em qualquer aparelho que integre função de telefone.

Não que os 200 MHz não dêem conta do recado. Dá para usar bluetooth, GPRS, EDGE e wi-fi numa boa. Acho que o sofrimento viria mesmo na hora de se rodar vídeos ou usar o Skype, tarefas que exigem muito poder de processamento. E como sou Skype addict e só vejo vídeos on-the-go no próprio Pocket PC, ainda não é dessa vez que abrirei mão dos 400 MHz do meu Qtek 9090.

Para quem quer um processador mais robusto, o lançamento de escolha é mesmo o HTC TyTN, isso se você não faz questão do GPS embutido, lógico.

Mais fotos e telas do HTC Artemis aqui.

Pesquise preços de: acessórios para Pocket PCs smartphones Qtek

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 09:00 AM | Comentários (13) | Citações

agosto 25, 2006

Broncas com o BlackBerry da TIM e da Claro

Usuários do BlackBerry estão chateados com esse negócio das operadoras colocarem automaticamente a frase "Enviado do meu BlackBerry®" no final de cada e-mail enviado pelo aparelho. Usuários da Claro mais ainda: "Enviado do meu BlackBerry® da Claro".

Além disso, há divergências nas cobranças. Paga-se uma certa taxa para uso de e-mail e navegação ilimitada, mas a TIM inventou de cobrar o acesso de aplicativos de terceiros à parte. Um pepino!

O leitor Fabio, de SP, me mandou um e-mail onde relata sua bronca com a TIM:

"Bia, você conhece alguém que utilize o BlackBerry e esteja revoltado porque existe cobranca de dados gprs / wap de aplicativos de terceira parte? Ou seja, se a aplicação utilizar o APN tim.br você será cobrado normalmente. Isso inclui a maioria dos programas de terceiros para o BlackBerry. Estou p*! Eu inclusive antes da aquisição do aparelho liguei na central de atendimento e perguntei se com uso de programas como msn, ssh, telnet, rdesktop eu seria cobrado a mais. A resposta foi não. Sem contar que no site consta "internet irrestrita e ilimitada". Estou brigando com a TIM há 1 mês. Me devolveram o dinheiro do primeiro mês, mas avisaram que os próximos serão cobrados. Conhece alguém que passou por algo similar e tenha se dado bem? Obrigado e desculpe o desabafo. Enviado do meu BlackBerry®"

Fabio, eu desconhecia essa cobrança pelo uso de aplicativos de terceiros. O que é algo totalmente absurdo, visto você paga por um plano de internet ilimitada. No meu plano da Claro atual, pago R$ 100 por mês de tráfego de dados ilimitado, não importa qual browser, programa de email, leitor de RSS ou comunicador instantâneo uso. Até meu plug-in meteorológico acessa a web de tempo em tempo.

Você tem uma cópia do contrato? É importante procurar isso. Mesmo que lá conste alguma coisa, a propaganda da TIM é indiscutivelmente enganosa, dizendo oferecer um pacote para internet irrestrita e ilimitada. Entrarei em contato com a TIM e cobrarei uma posição deles a respeito.

O s*pam deixado no fim do e-mail é outro absurdo. Já recebi queixas de pessoas falando que os amigos dizem que é muita metidice colocar tal frase na mensagem - sendo que na verdade nem é por escolha do usuário. No caso da Claro, pior: vai uma propaganda embutida, o que não se justifica de maneira alguma, uma vez que o serviço é pago - e muito bem pago - pelo assinante do serviço. Também entrarei em contato com a Claro cobrando uma resposta.

Enquanto isso, deixo o espaço aqui nos comentários para quem tiver BlackBerry e queira deixar sua bronca. Vamos nos unir, não deixemos que as operadoras façam gato e sapato.

Pesquise preços de: acessórios para celular smartphones Blackberry

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 04:46 PM | Comentários (62) | Citações

agosto 22, 2006

Treo 700wx

Não, não é o novo Treo GSM anunciado para setembro. Segundo o Pocket PC Addict, é apenas um upgrade do Treo 700w para a operadora norte-americana Sprint, que estará disponível dia 27 de agosto para usuários corporativos e dia 3 de setembro para o grande público. De novidade, apenas a memória RAM em dobro - de 32 para 64 MB.

A questão da memória foi muito debatida no lançamento do Treo 700w, pois como se sabe, os PPCs costumam vir com pelo menos 64 MB para programas. Os 32 MB do 700w se mostraram insuficientes em aplicações multimídia ou em ambiente multitarefa, irritando os heavy-users. Ninguém compreendeu o porquê da mancada. Talvez os engenheiros da Palm estivessem acostumados com as configurações espartanas de seus aparelhos em ambiente monotarefa...

UPDATE: agora em janeiro de 2007 o Treo 700wx estará disponível pela Vivo... em breve farei um review do aparelho.

Pesquise preços de: Palms acessórios para Palm Treo

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 09:01 AM | Comentários (3) | Citações

agosto 20, 2006

Mini-review: Qtek 9100

A Claro disponibiliza os aparelhos Qtek 9090 e 9100 em seu catálogo. A seguir, especificações e detalhes do Qtek 9100, comparado ao 9090.

Um review completo do Qtek 9090 (aparelho que possuo atualmente) você encontra aqui.

O Qtek 9100 tem um teclado que desliza lateralmente sob o aparelho, ao contrário do 9090, que desliza para cima. Se você tem dedos mais largos e pretende usar muito o tecladinho, o 9100 é o de uso mais confortável. Ao abrir e deslizá-lo para o lado, a tela automaticamente rotaciona para a horizontal.

As dimensões do 9090 são 71,1 x 125 x 18,7 mm, e mesmo as do 9100 sendo mais avantajadas 108 x 58 x 23,5, o 9100 é bem mais leve: pesa apenas 150 g, contra 210 do Qtek 9090. O Qtek 9090 ainda tem melhor autonomia de bateria em relação ao 9100, aliás, a bateria do 9100 é de 1200 mAh, contra 1490 mAh do 9090. Explica-se essa diferença por causa do processador: o do 9100 é de 200 MHz, o 9090 tem o dobro de clock.

Ambos têm display TFT LCD de 240 x 320 pixeis com 65000 cores. Suas câmeras fazem fotos e vídeos e têm diversos recursos embutidos, diferenciando na resolução: a câmera do 9090 é VGA, enquanto a do 9100 atinge até 1.3 MP de resolução.

O Qtek 9100 é um excelente aparelho, mais leve (embora um pouco maior que o 9090) e com sistema operacional atualizado, contudo, a escolha do usuário deve ser levada em conta no tipo de uso que pretende-se fazer do aparelho. O processador de 400 MHz do 9090 é bastante poderoso e dá um fôlego excelente para pular de um a outro aplicativo. O meu 9090 é relativamente rápido, muito estável e roda vários programas simultaneamente em multitarefa. Os 200 MHz do 9100 podem ser insuficientes para rodar multimídia mais pesada, como assistir filmes, e rodar o Skype - programa que consome muitos recursos do sistema.

Ambos possuem bluetooth, infravermelho e wi-fi, mas apenas o 9100 possui EDGE. O EDGE incrementa consideravelmente a velocidade de navegação, mas se você pretende navegar só no aparelho, lendo emails e abrindo páginas da web, isso pode não trazer tanta diferença prática. Contudo, se a intenção for usar o aparelho ligado a um notebook como modem sem fios, o EDGE faz uma bela diferença, sendo mais recomendado o 9100.

O WM5 do 9100 é estável, mas pareceu-me que o sistema como um todo é mais lento que o 9090, especialmente quando houver muitos aplicativos abertos ao mesmo tempo. Talvez seja do sistema operacional novo, mais pesado, e por causa do processador, já que a memória do 9100 é quase idêntica ao do 9090: 128 MB de RAM e outros 64 MB para programas (no 9090 são 45 MB).

No meu caso, embora precise de vez em quando usar a função de modem sem fios, ainda prefiro manter o 9090 por causa do processador, já que uso bastante multimídia nele, faço streaming e VoIP através do Skype via wi-fi, e os 200 MHz do 9100 podem não dar conta das minhas exigências. Além disso, o 9100 usa cartões de memória mini-SD, o que me faria perder minha coleção de SDs e MMCs, que gosto de intercambiar entre meus gadgets.

Pesquise preços de: smartphones PDAs Qtek

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 09:16 PM | Comentários (50) | Citações

agosto 18, 2006

Novo Treo em setembro

Preparando-se para o Natal, a Palm anunciou oficialmente que em 12 de setembro será lançado um novo aparelho da família Treo. O lançamento será feito na Inglaterra, pois é um Treo GSM voltado para o mercado europeu. Em junho, o Treo 650 parou de ser vendido por lá por não ser mais compatível com o novo padrão de tecnologia europeu. Esse novo Treo (750?) estará prontinho para funcionar na rede 3G / UTMS da Vodafone e rodará Windows Mobile 5.

Será que não está meio tarde para a Palm?

Os PDAphones da HTC, que rodam Windows Mobile e são vendidos sob diversas marcas (Qtek, O2, Torq, etc) são um grande sucesso. A Nokia, por sua vez, domina os quatro cantos do mundo com seus modelos com wi-fi, tanto da família N, voltada para multimídia (como os excelentes N91, N80 e N73) quanto da família E, que lembram Blackberries - cujos modelos E50, E61, E62 e E70 deverão chegar ao Brasil ainda esse mês, também preparando terreno para o Natal. A Palm dormiu no ponto, só agora vai lançar um modelo com wi-fi (espera-se) e ainda assim não é com Palm OS.

Uma coisa que me chamou muito a atenção, lendo essa notícia na Reuters, foi o seguinte parágrafo:

"The company is hoping the move to the Windows Mobile will help alleviate the concerns of Treo users who have long complained of Palm's own operating system crashing the handsets on a regular basis."

Traduzindo: "A companhia espera que a mudança para o Windows Mobile ajude a diminuir as preocupações de usuários da linha Treo, que há muito reclamam que o sistema operacional da Palm trava os computadores de mão regularmente."

O que é que os entusiastas dos Palms e os militantes anti-Windows têm a dizer sobre isso?

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 11:30 PM | Comentários (14) | Citações

agosto 09, 2006

Pacote ilimitado de dados para todos a R$ 75

Estou confirmando oficialmente a novidade, direto da Claro. Agora o BlackBerry está disponível para todos - seja pessoa física ou jurídica - e há um plano especial de dados para todos: por R$ 75 ao mês você tem acesso ilimitado a e-mails e navegação em seu dispositivo.

Contudo, ele só está disponível em planos pós-pagos. O Blackberry 7290 sairá por cerca de R$ 700.

A Claro disponibiliza, além do 7290, o 7100. Já a TIM oferece o 8700g por cerca de R$ 1.500 e há pacotes de dados ilimitados a R$ 69 (para e-mails) e R$ 79 (para e-mails e navegação). Aliás, o modelo 8700g é apaixonante. Em breve, reviews completíssimos dos Blackberries aqui no blog.

A idéia da Claro é, enfim, trazer o Blackberry para o usuário comum e popularizar a internet e a comunicação móvel. Não há dúvidas que os preços estão atraentes. Já há comerciais exclusivos do aparelho em peças de rádio e TV. Será que pega? Será que a web móvel ENFIM deixará os guetos geek e ganhará as ruas?

Pesquise preços de: smartphones Blackberry placa PCMCIA wireless

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 05:00 PM | Comentários (33)

agosto 08, 2006

Mais sobre o Treo Nitro

Um fórum chinês publicou fotos daquele que seria o futuro Treo Nitro (alguns sites também chamam de Lowridder) - aquele Treo GSM com Palm OS e, quem sabe, o wi-fi nativo que a comunidade palmiteira tanto aguarda!

Já que estamos falando de PDAphones movidos a Palm OS, O que era apenas um rumor uma semana atrás, foi oficializado através de um press-release divulgado em conjunto pela Palm, Microsoft e Vodafone. Segundo o comunicado , a próxima geração de smartphones Treo será compatível com 3G/UMTS (inicialmente, disponível apenas na Europa, através da própria Vodafone), terá funcionalidades do tipo "push-e-mail" e será baseado no sistema operacional móvel da Microsoft.

Quando o aparelho for lançado, a RIM (Research in Motion) ganhará mais um concorrente de peso, complicando ainda mais a sua situação no mercado de aparelhos voltados para o segmento corporativo. Ainda não há informações sobre o lançamento da próxima geração de Treos nos Estados Unidos ou Canadá.

Será que o rumor é para valer? Eu acredito que teremos um Treo GSM com Palm OS e wi-fi, acredito em Papai Noel, Mula-Sem-Cabeça, Saci Pererê e na revista Info!

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 06:00 PM | Comentários (2)

agosto 04, 2006

E-TEN G500+ e M600+

E-TEN M600+
Clique para ampliar

Quer entrar de vez para o mundo dos PPCphones sem medo de arrependimento depois? As versões "plus" do E-TEN G500 e do M600, que já foi analisado aqui no blog, têm tudo para serem novos sucessos. Conseguiram melhorar ainda mais os aparelhos!

Tal e qual seu irmão mais velho M600, o "plus" é pequeno o suficiente para caber no seu bolso e ser usado como um celular comum, mas o tamanho não compromete muito a parte de multimídia, especialmente em filmes e games, como nos PPCPE encolhidíssimos, como o Atom O2 - em que a tela chega a ser pequena demais para um PDAphone. A não ser que você não use com frequência esses recursos que exijam mais tela, claro.

E-TEN M600

Agora a memória ROM é de 256 MB, a câmera é de 2 MP , o suporte para Bluetooth é 2.0 e a versão 5 do Windows Mobile vem com a tecnologia push incorporada, útil para quem quer e-mails em tempo real em seu dispositivo.

Vale lembrar saiu atualização também para o G500, agora G500+, que difere do M600 por possuir rádio FM e GPS integrados. A versão "plus" do G500 conta as mesmas melhorias do M600+, ou seja, o dobro de ROM (256 MB) e tecnologia Direct Push da Microsoft. Aliás, em breve publicarei um post falando só sobre essa tecnologia push.

Para mim é quase perfeito. É GSM quadriband e tem wi-fi, lógico, mas *DE NOVO* faltou colocarem EDGE, que já era, na minha opinião, o único "defeito" do M600. Que mancada heim? Mais detalhes do M600+ e do M500+ você encontra no site do fabricante.

Pesquise preços de: PDAs smartphones

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 05:12 PM | Comentários (8)

agosto 02, 2006

Motorola Q no Brasil


Clique para ampliar

Opa! Furo de post! Acabei de saber por fontes oficiais que, em breve, o belíssimo Motorola Q desembarcará no Brasil!

Sucesso lá fora (onde seu apelido é 'RAZRberry') o Motorola Q é a única opção de smartphone fininho que conheço (apenas 11,5 mm de espessura) tal e qual a linha RAZR, por isso ganhou adeptos apaixonados.

Além de fino, tem a interface física e jeitão de Blackberry, câmera de 1.3 MP e slot mini-SD. E ainda por cima, roda Windows Mobile 5 com tecnologia push, compatível com Exchange! Ou seja, é lindo de morrer e não fica devendo em poder e funções.

Não há data certa para lançamento, preços ou operadoras. Mas podem ter certeza que vai causar frisson por aqui entre os geeks estilosos, já que ele lembra muito o RAZR v3 - o maior sucesso da Motorola desde o StarTAC.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 05:35 PM | Comentários (57)

agosto 01, 2006

Smartphones

Essa é a 'semana smartphone'. Começou com o Podsemfio n.13, falando dos 10 mandamentos para quem vai adquirir um. Subirei artigos com análises comparativas entre aparelhos Palm OS (Treos GSM e CDMA), Symbian (Series 60 e UIQ), WM (Qteks, O2, HTCs e uma infinidade de outros modelos) e Blackberry, mais tutoriais sobre tecnologia push em e-mails, como é a navegação em cada tipo de OS, portabilidade, conectividade, multimídia... aguardem :)

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 03:59 PM | Comentários (1)

julho 21, 2006

Revolução VoIP no ar

Agora sim, dá para dizer que a revolução VoIP está mesmo começando!

Conforme falei no meu último podcast, a plataforma campeã de presença nos smartphones - Symbian - não dorme no ponto, e lançou a versão 9.3 do seu SO com wi-fi nativo. Todos querem VoIP em seus dispositivos móveis.

Enquanto isso, no site da loja do Skype, mais e mais headsets wi-fi com versões compactas do popular programa de VoIP surgem. Estão cada vez mais elegantes, funcionais e absolutamente independente de computadores de mesa. O pessoal do Mobility Guys dá mais detalhes dos novos aparelhos.

E aqui no Brasil, os telejornais anunciaram durante a semana reduções nas tarifas de telefonia fixa de longa distânicia. Telecoms e empresas de TV a cabo anunciam, nos intervalos, serviço de banda larga e... voz sobre IP!

É o que eu digo, o sinal de que alguma coisa na área de tecnologia vai pegar fogo é quando sai do gueto geek - e ganha espaço na TV aberta, seja nos telejornais ou nos intervalos comerciais, onde inclusive já se usa o termo VoIP...

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 08:00 AM | Comentários (7)

julho 17, 2006

Podcasts em tempo real no celular

Que tal um podcast em tempo real no seu celular? Você assina seus canais favoritos e recebe as atualizações em tempo real, tão logo sejam lançadas - baixando e ouvindo (ou vendo) direto no próprio aparelho. Isso já existe!

Meu amigo Gustavo Jreige lançou ontem seu podcast Outros Olhos, sobre mídia e jornalismo. Num trabalho de altíssimo nível, nessa edição especial de lançamento ele fala sobre telejornais, e conseguiu entrevistados de peso, como Joelmir Beting e Celso Freitas. Fiquei impressionada com o excelente conteúdo. Apenas precisa de alguns ajustes técnicos, um detalhe menor, já que é a primeira vez que ele se aventura no mundo dos podcasts. Esse guri vai longe... e digo que é meu amigo, com o maior orgulho!

Fiz uma participação falando sobre jornalismo, informação em tempo real, mobilidade e interatividade. E por pouco não falei de um tipo de serviço porque não existia: informação sob demanda, em formato de pod ou videocast, em tempo real, no seu celular ou smartphone.

Não existia até hoje, pois agora foi lançado o Mobipod: o serviço distribui os pod e videocasts que você assina em tempo real no seu smartphone. A plataforma suporta Java, Symbian, Windows Mobile e aparelhos CDMA que suportam mídia (baseados em Brew), ou seja, é um serviço democrático.

Por enquanto o Mobipod está restrito somente aos ingleses, mas não deve tardar o surgimento de algo parecido nas operadoras daqui. Mais que isso, as possibilidades de se explorar tal tecnologia são infinitas! Além de qualquer um de nós poder se fazer visto e ouvido, a qualquer hora e em qualquer lugar, abrem-se novas oportunidades para as áreas da comunicação e publicidade.

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Celular às 08:59 PM | Comentários (4)

junho 28, 2006

Batizando os novos Treos

Nem bem eu havia falado dos Treos, chamando o nome "Hollywood" de escroto, saem novos rumores no site Engadget: um provável Treo "Lennon" com GSM, EDGE, câmera de 1.3 MP, Windows Mobile e Wi-Fi (epa!). E um suposto Treo "Nitro", com as mesmas especificações, mas com Palm OS.

Achei o nome Lennon curioso. Certa vez li que a Palm e a Microsoft usavam nomes de cantores ou músicas para batizar seus protótipos. O atual 700w era chamado de "Hendrix" quando estava na prancheta.

Para dar sorte (ou longevidade no mercado), eu acharia melhor pegar ícones do rock que *não* tivessem sofrido mortes trágicas e precoces... no lugar de Lennon e Hendrix, que tal um Treo McCartney ou um Treo Clapton?

Acho que eu me sairia bem como publicitária. Além do McCartney e do Clapton, logo de cara minha mente maligna imaginou a concorrência entrando em ação, usando nomes de ícones do metal. Que tal o comercial de um "Blackberry Ozbourne" simbolizando a Palm como um morcego? Hehehe...

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 08:24 PM | Comentários (3)

junho 23, 2006

Sobre Treos e Treo Hollywood

Há um ano e meio no mercado lá fora e seis meses no mercado brasileiro, o Treo 650 é a única opção de smartphone GSM para quem quer Palm OS. E pelo visto, assim será ainda por um longo período.

Seus sucessores, Treo 700w (com Windows Mobile) e o Treo 700p (com Palm OS) recém-saídos do forno nos EUA, funcionam só na tecnologia CDMA. Especula-se um tal de Treo Hollywood (sim, eu também acho esse nome meio escroto) que talvez fosse GSM. Enfim, vazaram algumas fotos do suposto Hollywood, e pelo visto será mesmo GSM. De novidades, uma carcaça escura, cores invertidas nos botões e a ausência daquela antena horrorosa, dando ao aparelho uma cara de Blackberry. Mas para a infelicidade de alguns, as fotos do protótipo do Hollywood mostram ele rodando Windows Mobile, algo bem plausível já que a fonte é de dentro da Microsoft.

A pergunta que não quer calar é: será que *UM DIA* a Palm lançará um Treo GSM com Palm OS e wi-fi? Seria um estouro, uma vez que a base de usuários fiéis ao Palm OS ainda é grande. Sem contar que quem prefere Windows Mobile tem milhares de excelentes opções ao fraco Treo 700w.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 01:31 PM | Comentários (6)

junho 16, 2006

N-Gage Game Shop

Enquanto correm rumores que a próxima geração do N-Gage esteja no forno, 3 anos após lançado o primeiro modelo, a Nokia criou uma Game Shop para o dispositivo. Para o primeiro N-Gage...

Fica no ar aquela sensação de 'tarde demais', uma vez que a comunidade de gamers móveis apelou para a pirataria para conseguir os jogos, diante da dificuldade em consegui-los. O único caminho legal era a compra dos títulos em MMCs em lojas físicas. No Brasil a situação sempre foi ainda mais complicada: a escassez de títulos e lojas sempre foi uma barreira para os fãs da plataforma.

Mas por que a Nokia só abriu agora essa loja virtual? Bem, parece que os jogos têm sumido de vez das lojas, para desconsolo dos usuários, e a Game Shop seria uma forma de manter a 'chama' do N-Gage acesa.

Tarde demais ou não, eis uma chance de encontrar toda a biblioteca de games num só lugar, comprando, baixando e instalando na hora seus títulos favoritos a partir de ? 30 cada.

O N-Gage continua considerado um excelente Symbian na comunidade, principalmente depois do fiasco de seu sucessor QD. Para quem está empolgado com a Game Shop como uma possível prenúncio da 3a geração do dispositivo, melhor ir com calma: vale lembrar que a Nokia está integrando seus jogos com a série N. Pode não ser nada além disso.

E se você prefere games nos consoles tradicionais, acho bom esperar o afamado Nintendo Wii... esse sim parece que vai quebrar a mesmice dos videogames de última geração...

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em Celular às 12:41 PM | Comentários (1)

junho 13, 2006

Um servidor no bolso

Ao invés de pagar um serviço de hospedagem, hoje, se eu quiser, posso usar um Symbian como servidor para meu site e deixá-lo sempre ligado na minha bolsa. Uau!

A Nokia portou o servidor web Apache para o ambiente Symbian. Isso significa que seus aparelhos agora podem servir conteúdo para a internet.

Com a palavra, a Nokia: "Muitos celulares atualmente têm mais capacidade de processamento do que os servidores de internet mais antigos (...) não há mais razão para que servidores web não possam residir em telefones móveis."

Mais detalhes aqui. Obrigada ao Anderson pela notícia. Segundo o Enxaqueca, a novidade já está funcionando.

Sempre digo que o futuro já chegou, é o presente e é móvel. Webmasters e designers, fazer sites compatíveis com dispositivos móveis não é o grande lance do momento! Logo os sites estarão todinhos no seu bolso também!

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em Celular às 11:38 AM | Comentários (4)

junho 11, 2006

Review: Nokia N90

Publicado o review do Nokia 6681, é hora de conhecermos seu irmão mais novo, o N90. O Symbian que roda em ambos é o mesmo (8.0), mas o N90 se difere por ser clamshell (dobrável, concha) e ter uma câmera poderosíssima.

A super câmera

Aliás, a câmera é a responsável pelo tamanho e peso exagerados do aparelho (mede 11,2 por 5,1 por 2,4 centímetros e pesa 173 gramas). Mas ela é um arraso. Tem lentes Carl Zeiss e os resultados são, disparado, os melhores que já obtive de qualquer outro modelo de câmera integrada em celulares.

A câmera faz fotos de até 2 megapixels e está acoplada ao aparelho de forma bastante ergonômica. Gira até quase 180 graus e tem design twist-and-shoot - como no meu Symbian anterior, a ratoeira, ou melhor, o 6260. Incorpora a tecnologia PictBridge para quem quiser imprimir as fotos direto pela USB do bichinho.

O manuseio da câmera é simples, e fazer filmes manuseando o N90 lembra muito uma filmadora mini-dv em termos de design. E ainda tem flash, modo macro e zoom digital de 20x. Só faltou mesmo um zoom ótico. Conta também com uma função de auto-foco que permite melhorar o resultado das fotos. O equipamento faz vídeos de alta qualidade (CIF, de 352 x 288 pixels) com capacidade de edição no próprio telefone. Os filminhos são de uma qualidade incrível.


Ao lado do Qtek 9090

Características

Além do tamanho, o N90 peca um pouco também no quesito bateria. Talvez as duas telas coloridas sejam um pouco responsáveis pelo alto consumo de energia.

O tocador de música suporta MP3 e AAC, mas não WMA. Ver videos nele é muito bom, nos Symbians anteriores nunca dei bola para isso. Achei um absurdo o fone de ouvido que acompanha o aparelho - o pop-port padrão da Nokia. O aparelho deveria, no mínimo, ter uma saída para fones comuns, para aproveitar ao máximo a qualidade do som estéreo do aparelho, como a Nokia fez com o primeiro N-Gage. E, por custar quase R$ 3 mil, deveria também vir com um fone bluetooth, como muitos celulares top de linha (e de menor valor) por aí.

Assim como o 6681, a tela é um espetáculo à parte! A resolução é de 352 x 416 pixels, o dobro dos symbians antecessores.

No campo conectividade, o N90 está muitíssimo bem servido com bluetooth 2.0, entrada USB 2.0 e é tri-band GSM/GPRS/EDGE 900/1800/1900 MHz. É possível optar por GPRS / EDGE ou WCDMA a 2.100 MHz, mas como 3G ainda não é para o nosso bico, o EDGE já está excelente.

A memória interna dele é de 31 MB e seu slot para cartões segue o padrão RS-MMC, acompanhando na caixa um de 64 MB.

Em breve farei um post falando só do SO Symbian 8.0, mas no geral adorei o sistema: rápido, estável e com resolução de tela de encher os olhos. Para quem quer um smartphone com a melhor câmera do mercado, o N90 é a escolha. No saldo final, como aparelho, achei superior inclusive ao Treo 650, que em breve terá um review aqui também.

Pesquise preços de: celulares acessórios para celular Nokia N90

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 04:11 PM | Comentários (10)

maio 31, 2006

Google Calendar agora é móvel

Ter uma agenda remota sincronizável é algo muito interessante para profissionais que tem PDA, estão em constante deslocamento e têm uma pessoa gerenciando seus compromissos em outro lugar. Algo como o Exchange Server, que infelizmente é uma solução cara e mais restrita a executivos. Eu desejava algo semelhante que funcionasse com o Google Calendar e minhas preces foram atendidas!

Um desenvolvedor colocou os neurônios para funcionar e criou um aplicativo para sincronizar o Google Calendar com Microsoft Outlook, Lotus Notes, Novell GroupWise, Palm Desktop, e, por conseguinte, os dispositivos móveis baseados em Palm OS, Windows Mobile e BlackBerry.

Obviamente já estou baixando as respectivas versões para testar com o Pocket PC e o Palm. Mais tarde comentarei os resultados aqui no blog, junto com outros aplicativos parecidos que eu vinha testando, o MobileSync for Plaxo e o Mail2web, dica do Enxaqueca.

O programa que sincroniza com o Google Calendar chama-se CompanionLink, é shareware e custa 30 dólares. Mais detalhes aqui.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em Desktop às 01:15 PM | Comentários (4)

maio 29, 2006

Sites que não abrem em dispositivos móveis

Bia, tenho uma dúvida que pode ser boba, mas que me incomoda muito. Tenho um O2 Atom. Eu, utilizando o Internet Explorer do Windows Mobile, não consigo entrar em sites como o Orkut, Real Internet Banking ou o próprio site da O2 para atualização da ROM. Acho que cada site é por um problema diferente (ou não?!): no Orkut, não me aparece o campo para logar. No Real Internet Banking, não me aparece o teclado virtual para digitar a senha e no site da O2 acredito que seja pela falta de Flash Player. Você tem alguma opinião a respeito? (Ferdinando Demarchi)

A culpa não é do seu Atom, Ferdinando. De fato, a arquitetura de muitos sites não é compatível com dispositivos móveis. Sites de banco, nem pensar, por uma série de mecanismos sofisticados, como aqueles tecladinhos virtuais, que visam melhorar a segurança. Muitos bancos oferecem sites à parte para acessar através de PDAs e celulares.

Já que o problema não pode ser resolvido, dá ao menos para amenizar. Browsers como NetFront ou Opera Mini, para Pocket PC, acessam muita coisa que o Pocket Internet Explorer não acessa. O Orkut é um exemplo. Flash também é uma 'praga' para dispositivos móveis e, nesse caso não se tem muito o que fazer. Nos Palms, a situação não muda. Seu browser nativo, o Blazer, também tem várias limitações.

Se o que interessa em um site são os conteúdos em texto e hiperlinks, experimente o Google Mobilizer. Você coloca lá o endereço do site que quer visitar e o Mobilizer o adequa à telinha do portátil, com a opção de mostrar ou não imagens.

Para usar o Mobilizer, digite direto na barra de endereços no seu PDA:
http://www.google.com/gwt/n

Boa sorte!

Pesquise preços de: celulares acessórios para celular cabo de dados para celulares

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 11:15 PM | Comentários (36)

maio 24, 2006

Tabela da copa na palma da mão

Na Copa de 2002, eu tinha um Palm m515 e usava um aplicativo, o TinyStocks, para acompanhar tudo na palma da mão. Já dava os primeiros passos no mundo wireless e atualizava as tabelas via conexão discada por infravermelho - com linha tradicional através de um modem Psion ou então via celular com um Nokia 3320, TDMA.

Hoje, para minha surpresa, verifiquei que o TinyStocks foi novamente disponibilizado (ainda de graça) nessa Copa do Mundo. O tempo passou, os Palms evoluíram e o programa acompanhou a evolução. Hoje, num mundo mobile com fotos, cores e conectividade ao alcance de todos, a experiência de acompanhar o evento é ainda mais prazeirosa.

Outra opção freeware para Palm OS é o World Cup Planner apresenta a listagem completa dos jogos e tem atualização online. Permite exportar partidas para o Calendário.

O Mobilo é a opção mais democrática para acompanhar a tabela da Copa. Todo mundo que tem celular ou PDA com suporte a Java pode usar e é igualmente gratuito, inclusive com versão em português!

Para quem uma versão poderosa e não se importa em gastar 15 Euros, a Resco disponibilizou o caprichado World Cup Mobile 2006, nas versões para Palm, Pocket PC, Windows Smartphone e Symbian Série 60. A interface é bonita, tem tabelas, estatísticas, fotos das cidades, dos estádios, histórico das seleções, notícias, curiosidades e até perfis dos jogadores. Enfim, completíssimo. Não há versão em português, apenas inglês, alemão, espanhol e francês. Indispensável para os fãs mais ardorosos de futebol.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 10:56 AM | Comentários (2)

maio 23, 2006

Calendário Mobile da Copa

Faltam 2 semanas para o início da Copa do Mundo 2006. Você já tem a programação dos jogos? Se você quer acompanhar as partidas mais importantes, é hora de importar a programação para sua agenda e seu PDA!

Para quem usa o excelente Google Calendar (que para ser perfeito para mim, só ficou devendo uma opção de sincronismo) basta ir na opção 'add calendar' e selecionar uma das várias opções de calendários públicos da Copa, em formato iCal

Isso não vale só para o Google. Calendários no formato iCal podem ser importados para programas compatíveis, inclusive em plataformas Mac ou Linux.

Já para quem usa o Microsoft Outlook, encontrei em vários sites uma versão da empresa MT Criativa, bem difundida na web. Baixei e importei para meu Outlook, pois não quero agendar pacientes em certos jogos, mas foi uma decepção: há várias partidas com data e/ou hora errada, inclusive um dos jogos do Brasil.

Tive que fazer várias correções. Se alguém puder me explicar como exportá-lo corrigido, eu disponibilizo aqui para download.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em Web às 04:19 PM | Comentários (8)

maio 17, 2006

Análise do Treo 700p

A Palm lançou essa semana o smartphone Treo 700p, substituindo o Treo 650, que foi lançado no começo do ano aqui no Brasil pelas operadoras.

Vale a pena comprar um Treo 650 agora? Ou é melhor escolher o Treo 700p? Quais as vantagens desse novo modelo em relação ao antecessor?

O Treo 700p já era aguardado pela comunidade mobile em geral. Afinal, no fim do ano passado a Palm lançou seu primeiro modelo com Windows Mobile, o 700w, deixando no ar uma expectativa em cima de um possível modelo 700p, com inovações em relação ao bem-sucedido modelo 650.

Analisando com calma as especificações do 700p, ficou evidente que é um lançamento inútil em termo de inovações. Melhoraram alguma coisa na câmera, tem bluetooth que suporta fones, mas não voice dialing (como assim, Bial?) e LÓGICO, não tem wi-fi, e o motivo é mais uma vez o EV-DO, já que o bicho é CDMA.

Bem, tem algumas melhorias, agora o bluetooth suporta mais de
uma conexão ao mesmo tempo. Bom para quem quer usar um teclado e um fone ao mesmo tempo, por exemplo. O dial-up networking (para uso como Modem Sem Fio) também está presente - no 650 só foi implementado posteriormente, através de atualização do sistema operacional. Mesmo assim, nada disso é novidade... a concorrência já tinha isso e muito mais. E vale lembrar que o Palm OS já foi oficialmente descontinuado. Em suma, o Treo 700p é um Treo 650 "requentado".

Qual a grande novidade em lançar um produto assim? Nenhuma, o Treo 700p é apenas estratégia de mercado. A Verizon, parceira da Palm e da Microsoft no lançamento do 700w, quer ampliar sua base de clientes, conquistando os usuários habituados com o Palm OS.

Para a Palm, a idéia é aproveitar o sucesso do 650 e ampliar sua base de usuários de smartphones. Vale lembrar que, bem ou mal, a Palm ainda detém 70% dos PDAs no mundo, mas em smartphones o número não é expressivo - O Symbian domina.

Para o usuário final, tecnicamente faz pouca diferença escolher um ou outro. Mas financeiramente essa é uma boa oportunidade para quem é fã do Palm OS e quer migrar para um modelo com celular embutido: o preço do 650 deve cair.

E vale lembrar que isso tudo vale para tecnologia CDMA. Não há previsão de versões GSM, por enquanto, tanto para o 700w com o 700p. O Treo 650, por sua vez, está disponível em ambas as tecnologias.

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 12:50 PM | Comentários (7)

maio 14, 2006

Tutorial: Modem Sem Fio

Atendendo ao pedido do Arliss Ferreira, leitor desse site, publico aqui um tutorial bem explicadinho para se usar seu smartphone Windows Mobile com 'Modem Sem Fio'. A idéia é usar a conexão celular do PDA para navegar num PC ou notebook.

1. Para que o PC / notebook interprete seu PDAphone como um modem sem fio, desative o ActiveSync da bandeja do sistema: botão direito sobre o ícone -> sair. Feche também todos os aplicativos em execução no seu PDAphone.

2. Você precisará dos drivers de modem sem fio do seu PDAphone e do programinha discador. Geralmente eles acompanham o CD, mas no caso do meu Qtek 9090, preferi pegar a versão mais atual no fórum da HTC / XDA. O driver é um arquivo .inf e o discador, .exe.

3. No PDA, vá no aplicativo 'Modem Sem Fios'. Selecione a opção USB. Coloque o PDA na base e plugue-o na USB do computador. Clique em 'iniciar' na tela do 'Modem Sem Fios'.

4. O Windows XP imediatamente reconhecerá o dispositivo como um modem e pedirá o driver. Proceda à instalação indicando seu arquivo '.inf'. Em alguns casos o Windows diz que o driver não é aprovado pelo XP, aquele bla-bla-bla todo. Mande prosseguir.

5. Concluída a instalação, clique no .exe, o programa discador, e configure com usuário, senha e APN. Esses dados variam conforme sua operadora.

User: claro
Password: claro
APN: claro.com.br

ou

User: tim
Password: tim
APN: tim.br

ou

User: brt
Password: brt
APN: brt.br

Boa navegação!

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em Tutoriais às 08:27 AM | Comentários (11)

abril 28, 2006

Mini-review: E-TEN M600


Clique na imagem para ampliá-la.

Quem deseja um Pocket PC Phone Edition compacto sem abrir mão de recursos avançados deve avaliar com carinho o E-TEN M600. Até então um dos mais compactos Pocket PC Phones do mercado, o lançamento do minúsculo O2 Atom (tema de um dos próximos posts semana que vem) derrubou o preço do M600, e hoje eu o considero a melhor alternativa de PDAphones considerando custo-benefício.


Clique na imagem para ampliá-la.

Costumo dizer aos amigos, conhecidos e todos que me procuram, que se eu não tivesse adquirido o Qtek 9090 através de um preço imbatível pela Claro (graças ao plano corporativo que fechei com eles), minha escolha sem dúvida seria o E-TEN M600.

Finalmente consegui ter um em mãos, testá-lo e avaliá-lo, graças ao meu amigo Gustavo, que possui um M600 há cerca de um mês. Calouro de jornalismo, mergulhou e em um mês de uso já está totalmente famlliarizado com seu aparelho e o mundo sem fio.

Além de compacto, o aparelho é muito bonito. No design, a única bola fora é a localização da stylus, que para ser removida deve ser puxada para baixo. Outra coisa estranha que me chamou a atenção foi a espessura: é exatamente a mesma do meu "gordinho'' Qtek 9090. Porém, o Qtek tem um slider que esconde o tecladinho Qwerty. O M600 não apresenta tecladinho embutido.

Tecladinho em PDAs é algo controverso. Para algumas pessoas ele é irrelevante. Mas pode ser uma boa opção para quem gosta de escrever SMS e e-mails rápidos com uma só mão. Eu, particularmente não gosto e não uso. O teclado exposto do Treo 650, por exemplo, me incomoda pacas. O do Qtek não, já que pelo menos fica escondido.

Quem sempre quis a praticidade de um smartphone mas sempre adiou a migração por causa da pobreza de recursos desses aparelhos, pode respirar aliviado. Bluetooth, wi-fi, slot SDIO, câmera de 1.3 MP, processador de 400 MHz e as memórias ROM de 64 e RAM de 128 MB deixam o M600 em pé de igualdade com os bons PDAs disponíveis hoje.


Clique na imagem para ampliá-la.

O sistema operacional foi uma revelação à parte. Acostumada com o Windows Mobile 5 dos Dell Axim x50v e x51v (vide review), me surpreendi com o WM5 do M600. É a primeira vez que mexi no WM5 num Phone Edition, e toda a impressão ruim e desprezo que eu tinha pelo OS novo se desfizeram imediatamente. O WM5 do M600 é veloz, incrivelmente estável e bem intuitivo. Tanto que, em um mês de uso, o Gustavo estava totalmente ambientado. Pelo que notei nas configurações pessoais e programas instalados por ele, já dá para considerá-lo um usuário de moderado para avançado. Inclusive usa bastante o gravador de voz surpreso com a qualidade excelente dos áudios obtidos. Ele relatou que tampouco teve problemas para se familiarizar com o ActiveSync.

Achei esquisito tirarem o programa nativo de backup. Deve ser por causa do WM5, que graças ao novo gerenciamento de memória, evita que se perca todos os dados quando a bateria zera. Mesmo assim, backup nunca é demais, é uma ferramenta primordial - ainda mais num smartphone, onde, presume-se, o usuário passa muito tempo longe de um computador.

A lerdeza do MW5 dos Dell é inexistente no M600. Os bugs, idem. Pareceu-me, inclusive, ligeiramente mais rápido que meu Qtek, que roda WM 2003, apesar de sabermos que o 2003 é mais leve. Isso tudo me leva a crer que os problemas por mim verificados, conforme já havia relatado antes aqui no site, não são do WM5 em si. São das versões disponibilizadas pela Dell.

Na hora de se avaliar o desempenho, a avaliação geral é boa. A autonomia dele em modo standby é de cerca de 4 dias, mas obviamente com o uso constante do GPRS e do wi-fi, ela despenca. A qualidade das fotos obtidas com a câmera está na média na categoria. Nada surpreendente, dá para brincar.

A única decepção no desempenho do M600 foi na hora de assistir vídeos. Tentei assistir dois, um de 23 e outro de 35 MB, no WMP e no TCPMP. Verifiquei lags e dessincronismo entre som e imagem. A telinha menor também reduz o prazer em se ver vídeos on-the-go.

Definitivamente, quem curte vídeo em PDAs, deve optar por um modelo mais adequado para isso, como o x51v, e não num smartphone, onde tudo é compactado. Recomendo a telona VGA do x51v ou, pelo menos, um PDA qualquer com tela grande.


E-TEM M600

Pontos fortes: Tamanho compacto, conectividade, WM5
Pontos fracos: Localização da stylus, reprodução de vídeos

Para quem recomendo: Quem deseja um Pocket PC Phone Edition com OS atualizado, recursos poderosos e boa autonomia de bateria sem gastar muito.

Preço médio: U$ 500 (não disponível oficialmente no Brasil)

postado via gprs

escrito por Bia Kunze em PDA às 04:40 PM | Comentários (14)

abril 10, 2006

Novo Blackberry com jeitão de celular

Não há dúvidas que o novo Blackberry está mais bonito. As fotos que vazaram são do modelo 7130v, que deve ser lançado agora em abril, substituindo os anteriores da série 7100.

Só me pergunto o porquê dessa mudança profunda no visual. Medo da concorrência? Desde que a Palm licenciou aplicativos do Blackberry, ano passado, mais algumas "pendengas" juduciais, muito se especulou sobre o fim do popularíssimo aparelho da RIM.

E por falar em especulações, o aguardado Treo 700p foi citado no site Engadget com uma suposta data de lançamento, 15 de maio. O Treo 700p seria o substituto do Treo 650, rodando Palm OS, e não Windows Mobile como o Treo 700w.

postado via wi-fi

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 08:09 AM | Comentários (3)

fevereiro 24, 2006

Agile Messenger e GTalk

A Claro - PR está sem GPRS e sem SMS até as 18 h de amanhã, segundo me informou uma atendente hoje de tarde, após inúmeras e infrutíferas tentativas de me conectar.

A boa notícia é que reativei a ratoeira (meu Nokia 6260) para usar o GPRS da Brasil Telecom e descobri que a última versão do Agile Messenger para Symbian agora suporta o Google Talk! E mais, no site do desenvolvedor há um aviso que breve teremos uma versão para Windows Mobile 5.

Nunca é demais lembrar: o Agile é um agregador de comunicadores instantâneos (MSN, ICQ, Yahoo, AIM e Google / Jabber / XMPP) com versões para diversas plataformas de portáteis, como Palms, Pockets, Symbian e mais uma série de smartphones diversos - veja a lista e os links para download aquï.

Que bom que o Agile continua firme. Há pouco tempo cheguei a comentar na lista do Mundo Sem Fio que os desenvolvedores tinham parado no tempo.

Agora sim, finalmente poderei usar o GTalk direto. MSN Messenger, prepare-se para morrer!

postado via PDAphone

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 08:09 PM | Comentários (7)

fevereiro 11, 2006

GPRS ilimitado: tráfego do 1° mês

Enfim, chegou a hora... fechei o 1o mês com meu Qtek e o plano de GPRS ilimitado da Claro.

É hora de fazer as contas e ver o quanto de dados trafeguei. Colocarei aqui os números obtidos, e quais ferramentas de medição usei, tanto no note quanto no Qtek.

Tráfego de dados no Qtek 9090

Recebidos: 103,05 MB
Enviados: 34,02 MB
Total: 137,07 MB
Velocidade média: 31 Kbit/seg
Uso principal: e-mails (WebIS Mail), rss (Egress), instant messaging (Agile), browser (PIE)


Tráfego de dados no notebook, usando o Qtek como modem sem fio

Recebidos: 307,52 MB
Enviados: 60,64 MB
Total: 368,16 MB
Velocidade média: 24 Kbit/seg
Uso principal: navegações básicas no browser (Firefox), e-mails (MS Outlook) e instant messaging (Trillian)

Vale lembrar que nos dias que eu usava mais o note, não usava quase o Qtek. E vale lembrar também que esses números são obtidos no meu horário de trabalho na clínica ou em trânsito. Para lazer, streaming, navegações mais prolongadas, downloads ou VoIP, eu uso o wi-fi de casa.

Não sei o porquê da diferença nas velocidades. Talvez por causa do Win XP e o Norton Internet Security, aliás, este setado para bloquear pop-ups e banners publicitários, no sentido de agilizar minha navegação.


Ferramentas de medição

Para avaliar a velocidade de conexão no notebook, uso sempre o site Numion. Para avaliar a quantidade de dados trafegados, uso o freeware NetStat Live.

Já no Pocket PC uso o Spb GPRS Monitor, na minha opinião o melhor programa da categoria. Com GPRS ilimitado, ele perdeu a utilidade para mim, mas recomendo-o fortemente a todos os usuários. Ele não só monitora a quantidade de dados trafegados, como também calcula, na sua moeda, o total gasto, baseado nos informações de preço que você colocar nas configurações do programa. Ele ainda gera gráficos de tráfego por hora, dia ou mês, e os relatórios podem ser exportados para arquivo. Muito bom! Não tem como levar sustos quando a conta chega...

Pesquise preços de: smartphones celulares com EDGE Qtek

postado via PDAphone

escrito por Bia Kunze em Celular às 02:50 PM | Comentários (20)

fevereiro 06, 2006

Sony Ericsson licencia ActiveSync Exchange

Boas notícias para os fãs da Sony Ericsson. Ela está licenciando o protocolo do Exchange ActiveSync da Microsoft para seus futuros lançamentos. Entre os modelos atuais, os novíssimos P990 e M600 já contam com a novidade.

Usuários corporativos móveis serão beneficiados com uma sincronização mais segura entre seus dispositivos e o servidor Exchange 2003 - para quem não conhece, é uma tecnologia onde os dados de agenda, contatos, e-mails são sincronizados do dispositivo (PDA, notebook, celular, smartphone) direto no servidor da empresa.

Com essa implementação, Sony Ericsson agora se junta à DataViz, Motorola, Nokia, Palm Inc. e Symbian Ltd, que já ofereciam essa possibilidade.

O release completo está aqui. Obrigada ao Vaine pela notinha.

postado via laptop

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 02:31 PM | Comentários (4)

janeiro 17, 2006

Verizon também "capa" bluetooth

Não é só a Vivo que tem o hábito de "capar" o bluetooth dos seus aparelhos. Os donos do recém-lançado Treo 700w (o polêmico Palm que roda Windows Mobile) estão rodando a baiana porque a Verizon capou a função bluetooth-DUN (dial-up networking) do bichinho!

postado via pocket pc

Usuários enfurecidos, pois atrelaram a compra à um contrato de U$ 50 mensais só de EV-DO, não podem ligar seus Treos a notebooks ou outros computadores e navegar na web sem fios. A Verizon sugere que eles façam uma segunda assinatura (!) de U$ 60, e adquiram uma placa EV-DO para laptops...

Verizon e Vivo também têm em comum as desculpas esfarrapadas. Segundo o site msmobiles.com, a operadora americana alega não deter estrutura compatível com o bluetooth-DUN do novo Treo, mas prometeu resolver o caso até o fim do ano.

Felizmente nem tudo está perdido. Há uma solução que permite o uso de Treos como modems externos, via USB, e o desenvolvedor lançou um beta para o 700w.

Tenho feito a mesma coisa para navegar na web pelo meu note ligado ao Qtek 9090, mas via USB. Coisa chata que me obriga a carregar a base dele comigo. Ainda não consegui fazer isso via bluetooth, não sei se por limitação do meu dongle ou incompetência minha. Agradeço a quem puder me ajudar.

No próximo podcast falarei de reviews do Treo 700w, do Qtek 9090 e do Palm Tungsten TX. Aguardem.

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 01:29 PM | Comentários (8)

outubro 19, 2005

RSS readers para Symbian

Você tem um smartphone Symbian? Pois saiba que é impossível aproveitar todas as funcionalidades de um aparelho desses sem um leitor de feeds RSS. É uma delícia agregar no seu aparelho todas as últimas notícias de seus sites e blogs favoritos e atualizar ali mesmo, a qualquer hora e qualquer lugar...

postado via desktop

Para Symbian Series 60

HeadLine Mobile RSS NewsReader

Tem update automático ou agendado dos feeds os quais você está inscrito, tem modos de visualização customizáveis, permite importar e exportar arquivos OPML (ou seja, se você já tem uma listona de feeds bo leitor do seu desktop, não precisará adicionar um a um no smartphone) e integração automática com os browsers suportados - entre eles, os aclamados Opera e NetFront.

Resco News

Poderoso, versátil, funciona com abas. Sua leitura funciona em formato html ou de texto apenas. Permite leitura dos textos integrais em browser externo. O que chama a atenção é a função de se baixar arquivos de áudio - perfeito para fãs de podcasts. Contudo, essa é uma função interessante para quem tem EDGE, pela velocidade de download. Ainda assim, baixar podcasts por GPRS não é algo barato.

Para Symbian UIQ

doHeadlines RSS Reader

Programa esperto para que tem os Symbian com tela sensível ao toque - ele usa uma ferramenta de compressão que torna o material baixado 50% menor, economizando tempo e dinheiro. Permite ler as notícias na íntegra a partir do browser que você escolher. A interface é bem clean.


**
No próximo post falarei dos leitores de RSS para Palms e Pockets! Aguardem...

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 01:10 PM | Comentários (9)

outubro 12, 2005

QTEK 9100 / i-mate K-JAM / P990

Me perdoem os entusiastas do Treo, mas enfim encontrei um smartphone WM que dá um *banho* nele em design... E olha que, fora o teclado embutido e aquele chifre que chamam de antena, eu achava os Treos bonitinhos.

Eu ando muito tentada a, num futuro não muito distante, trocar meu x50v por um smartphone Windows Mobile. Os 10 meses de vivência com o Symbian me abriram os olhos.

Na Geek.com saiu um review excelente dos novos QTEK 9100 / i-mate K-JAM. São MA-RA-VI-LHO-SOS!

Mais como sou muito exigente, ainda não achei um que satisfaça todas as minhas condições. Esse QTEK chegou bem perto, mas quero um com tela VGA, que eu possa usar para projeção... Por enquanto nenhum ainda me vez dizer "é este!"

Os Loox são os melhores PDAs da atualidade, e dizem que está por vir um modelo smartphone. Se tiver tela VGA, boa autonomia de bateria e o USB host que os atuais já têm, vou considerar o upgrade com carinho.

Quanto aos apreciadores do Lado Cinza da Força, acabou de sair o SonyEricsson P990, um Symbian UIQ com wi-fi. Uma tetéia. A Palm que se mexa, senão vai continuar comendo poeira de todo mundo.

UPDATE junho / 2006: Mais sobre o Qtek 9100, agora oficialmente no Brasil, aqui.

UPDATE agosto / 2006: review do QTEK 9100 aqui.

postado via desktop

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 01:51 PM | Comentários (16)

setembro 28, 2005

Symbian como caderno escolar

Dúvida de Luciana Monte, por e-mail:

"Bia, estou querendo um smartphone para substituir celular/câmera/palm. Até outro dia, achava que não existia o aparelho "perfeito", mas tenho descoberto coisas interessantes depois que li um artigo do Glacial sobre o Nokia 6600 e soube da existência do Symbian.

Uso meu palm (com a ajuda de um teclado) para anotar aulas/palestras num aplicativo que simula o Word. São anotações longas, às vezes de quatro, cinco páginas. O que quero saber é se é possível fazer anotações tão longas num smartphone, se existe um aplicativo que simule o Word e permita tal coisa. Se a resposta é "sim", seria necessário algum smartphone específico ou qualquer um que rode Symbian permite tal coisa?"

Resposta:

Lu, dá sim! Em qualquer Symbian Series 60 (como o 6600 do Glacial) funcionam aplicativos como o QuickWord for Symbian. Assim como o QuickWord e o Word-To-Go dos Palms, não há limite de páginas escritas. O limite é sua memória disponível.

Também existem os Symbian UIQ, que têm tela sensível ao toque, mas são bem mais caros, como os SonyEricsson P800 / P900 / P910. Para esses aparelhos, há uma versão do Word-To-Go.

Os programas do Series 60 não funcionam em UIQ, e vice-versa. Apesar de serem Symbian, são sistemas operacionais diferentes. Os series 60 são mais difundidos e têm uma diversidade maior de aparelhos no mercado.

Instalado o programinha, é só usar um teclado infravermelho ou bluetooth, que use drivers da Think Outside, todos compatíveis com Symbian, e correr pro abraço!

Pesquise preços de: acessórios para Nokia e Symbian celulares acessórios para celular

postado via pocket pc

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 07:55 AM | Comentários (19)

setembro 25, 2005

Pasmem, saiu o Treo com Windows Mobile!

Incrível! Confirmando rumores recebidos com desdém por toda a comunidade Palm, o Treo com Windows Mobile foi exibido pelo site Engadget, que recebeu um modelo em primeiríssima mão.

O novo Treo 700w é um smartphone CDMA (compatível com EV-DO) com Windows Mobile 5, câmera de 1 megapixel, tela de, aparentemente, 280 x 280 pixels e compatível com cartão SD wi-fi.

Fabricado pela Palm, com Windows Mobile e CDMA? Só falta vir da Argentina e ter a estrela do PT estampada em cima...

Se você é um Jedi convicto e está se descabelando de ódio, calma! O "w" do nome 700w leva a crer que poderemos ter uma versão 700p, rodando Palm OS. Quanto a esse novo smartphone, bem, ao menos será o fim da confusão para aqueles vendedores que adoram mostrar os "Palms da HP" das vitrines...

ATUALIZAÇÃO: Nota completa sobre o lançamento oficial em parceria da Palm, Microsoft e Verizon, aqui.

postado via pocket pc

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 06:20 PM | Comentários (7)

setembro 14, 2005

Nokia Ratoeira


Nokia Ratoeira

Estou desde 2a feira com o Nokia 6260 (carinhosamente chamado de "ratoeira") e me surpreendendo. Não tinha planos de ficar com o bichinho por muito tempo mas já cogito o contrário. Amei as fontes pequenas, a tela que gira, o rádio FM, o VPN, o Word nativo, e o fato dele poder ficar "sentado", como na foto. O teclado bluetooth funcionou de primeira.

Já tinha ouvido falar que os softwares instalados funcionam melhor quando o idioma do aparelho está em inglês. Bem, confirmo com todas as letras: é verdade. O problema é a ausência do dicionário T9 em português. Problema não, tortura. Quem usa direto sms, msn e e-mail não pode ficar sem. Será que tem como instalar? Pesquisarei isso. Não testei a câmera ainda; assim que estiver mais familiarizada, publico um mini-review.


Postado via celular

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 11:58 PM | Comentários (6) | Citações

julho 12, 2005

Estou viva

Estou postando com menor regularidade porque nesse fim-de-semana me despedi do Dell x30, vendido. Enquanto isso, aguardo o Johnny Bravo voltar das férias para receber o x50v zero km, que já está em Fortaleza. Ficarei vários dias sem PDA, mas como estou de férias na faculdade, tudo bem, o smartphone dá conta.

Ontem senti falta do pocket durante o atendimento dos meus pacientes. E ainda estou em busca de uma solução bacana de banco de dados de pacientes para o pocket, 100% sincronizável com o Access. Além disso, tenho tabelas que consulto no Excel, receituários no Word... é, realmente, o pocket faz falta.

Enquanto isso, o Nokia 7610 vai quebrando um galhão. O programa de calendário nativo dele é ótimo, gerencia minha agenda maravilhosamente bem, inclusive com alarmes, eventos recorrentes e muito mais, numa interface bem clean e funcional. Já as tabelas de referência, estou convertendo tudo no RepliGo, assim posso lê-las tanto no nokia como no pocket.

Agora descobri que existe um iSilo para Symbian, minha felicidade está quase completa. Será que troco meu teclado infravermelho por um bluetooth, para usá-lo com o Nokia 7610 - que não tem infravermelho? Preciso saber se posso usar o bluetooth do pocket simultaneamente ao bluetooth da conexão GPRS com o celular.

postado via desktop

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 12:38 PM | Comentários (8) | Citações

julho 04, 2005

7610 de volta pra casa

O Nokia 7610 voltou da assistência. Foi feita atualização de firmware. Está funcionando redondinho agora, recebendo ligações de fixos e móveis. Parece-me que está até ligeiramente mais veloz. Foram apenas 4 dias sem ele, mas senti muita falta. Symbian vicia! Tudo nele é tão mais inteligente, mais versátil, mais personalizável...

O que vai dar um pouco de trabalho é reconfigurá-lo e reinstalar os programas. Quanto aos contatos, bastou um sincronismo com o PC que estão de volta ao aparelho. Todos os 794. E as fotos e vídeos estão intactos, pois levei meu cartão de memória comigo antes de deixá-lo na assistência.

Já que eles são autorizados da Nokia, aproveitei e implorei por uma capinha para meu 7610. Expliquei que rodei tudo quanto é loja, em Curitiba e São Paulo, e não encontrei. A carcaça já está riscada, mas meu grande medo é a lente da câmera, que fica meio para fora.

Acho um desrespeito os fabricantes de celulares e revendas das grandes operadoras não disponibilizarem acessórios para seus aparelhos mais caros. Quem quer capas, baterias extras e cabos de dados, sofre à beça para encontrar, se encontrar. Será que, justamente por serem mais caros e terem menos saída, as lojas podem simplesmente ignorar os acessórios deles? Os usuários devem ficar chupando o dedo? NOKIA, EU QUERO UMA CAPA TRANSPARENTE PARA PROTEGER A LENTE DO MEU 7610!

postado via desktop

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 08:10 PM | Comentários (17) | Citações

junho 08, 2005

Do Palm para o Symbian

O Documents To Go, da Dataviz, clássica ferramenta Office para Palms, agora está disponível para Symbian série UIQ - ou seja, os SonyEricsson P800, P900 & P910, que têm tela sensível ao toque.

Iniciativa anterior foi feita pela Iambic, disponibilizando seu aclamado software Agendus (um must-have do mundo Palm) para Symbians UIQ.

O Symbian cresce mais a cada dia. Estatísticas comprovam que, enquanto as vendas de PDAs caem, as de Samrtphones crescem. Praticidade e convergência são as tônicas de um mundo cada vez mais mobile, conectado esteja onde estiver.

postado via pocket pc

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 10:48 PM | Comentários (8) | Citações

maio 29, 2005

Síndrome de Greta Garbo - parte II

Eu quero cancelar a porcaria do serviço de caixa postal da Claro e não consigo. Como é que eu faço? Naveguei por tudo quanto é menu do correio de voz e não existe essa opção.

postado via pocket pc

Sim, chutei o balde: não quero mais saber de correio de voz. De acordo com a primeira parte desse post, estou abdicando do celular em certos dias e horários em busca de um pouco de paz e sossego. Só que desde então, meu correio de voz vive lotado. E eu tenho que pagar por minuto para ouvir muita coisa inútil no meio de uma ou outra coisa útil.

Não adiantou nada minha saudação espanta-malas: "No momento não posso atender, ou então estou evitando algum chato. Se o chato não for você, deixe seu recado após o sinal."

O que eu quero é deixar o correio de voz disponível somente quando eu quiser, e não sempre que o celular estiver desligado ou fora da área de cobertura. E não quero pagar para ouvir os recados.

A solução para isso eu já tenho: um programinha para symbian chamado SmartAnswer, que já está devidamente instalado no meu Nokia 7610. O aplicativo é na verdade uma secretária eletrônica completa para o celular. Permite que você customize mensagem de saudação, quantos toques para que ela seja ativada e ainda grava os recados no cartão de memória.


(para mais programas bacanas para turbinar as funções de telefone do seu celular, clique aqui)

Diante disso, é besteira usar os serviços de caixa postal da operadora. Vamos ver se eu consigo cancelar o serviço com a Claro. Sei lá, meu sexto sentido diz que vou suar a camisa para conseguir isso. Alguém aí duvida?

escrito por Bia Kunze em Smartphone às 11:51 PM | Comentários (14) | Citações